abril 09, 2006

Whore of Babylon

SiroAnton-Whoreofbabylon.jpg
Foto de Siro Anton

No reino das mulheres-abelha, há três favos no lugar do cérebro e meia-dúzia de punhados de mel a roçar o colo. No reino das mulheres-abelha, há um ferrão de aço macio, a cortar como manteiga, a luzir como um punhal. Chega-se-lhe a bailar por entre as telhas e é sem escada e sem corrimão, é sem rede de trapezista, sem ecos de querubim. Só de vento e só de pó. Só de asas e algumas penas. Como Deus quis e o Diabo gosta: servido a quente, comido a frio, sem talher nem guardanapo. Crú. Escorrido. Em sangue bem passado. Como convém à carne, quando vôa. Lá: no reino das mulheres-abelha.

A Loira

Publicado por xc em abril 9, 2006 07:00 PM