Voz do Seven

... de S. Paulo a Santa Comba Dão
Não é um jornal, é sim uma estante

O ATLÂNTICO É DEMASIADO PEQUENO

   
Terra adoptiva
São Paulo
  Terra Mãe
Santa Comba Dão

maio 16, 2012

Afonso Neves

eujorgezeafonso
Outeirinho, ano de 1959 - Tio Afonso à esquerda de quem observa

... porque emigrante por terras do Grão Pará há quase setenta anos [desde 1946] será pouco conhecido na ditosa Mãe-terra que o viu nascer, contudo, Afonso Neves era irmão de meu pai, Zé Neves. Sei que na sua juventude exerceu a profissão de sapateiro [no sapateiro Onofre, loja sita no mesmo local que hoje abriga a Sapataria Confiança de Leonel Gouveia] e que teria feito tropa nos Açores. Em 1946 rumou ao Brasil e eu viria a conhecer meu tio Afonso numa sua ida de férias à terrinha no ano de 1959. Apesar da minha tenra idade [a caminho dos quatro anos] tenho em memória os pastéis de nata a mim oferecidos no Café Estrela localizado nas imediações do Largo do Balcão [onde hoje reside o Banco] e a forma convincente que usou para me libertar das garras do leão e de me levar para o reino das águias. Conseguiu, embora anos mais tarde eu me tenha rebelado e rumado aos negros de Coimbra. Trinta e sete anos mais tarde, se não estou em erro, meu tio voltaria à ditosa Santa Comba em missão de despedida. Faleceu na Quinta-feira passada em Belém do Pará contando 91 anos.


maio 12, 2012

Parabéns à minha Maria

Photobucket

... hoje, dia 12 de Maio, a mulher que me vem aturando há dez anos [só por isso já merece parabéns] comemora mais um aniversário. Calma e paciente, tem tido o dom de contrariar a minha ansiedade [que não sei se fruto da idade ou da cidade] e tem sido muito boazinha e um verdadeiro docinho para mim, apesar de, note-se, eu não ser ruim de todo. Também feliz, deixo aqui expresso um beijinho mui carinhoso de parabéns, o desejo que a harmonia continue a enlear-nos e que o barco continue a navegar sem rombos de maior. Ah, a idade. Claro que a idade das damas é segredo para se manter guardado a sete chaves, ainda mais tratando-se de uma marquesa, e é óbvio que não direi quantos anos completa hoje neste dia lindo, mas como não podia deixar de fazer a minha partidinha, que quando salutar tão necessária como pão para a boca, sempre direi que para o ano é ano de tomar a vacina contra a gripe e de não pagar bilhete nos transportes públicos. Ponto final, beijoca doce que se faz tarde, o forno espera pelo bacalhau!


maio 06, 2012

Dia da Mãe

dia_mae_01

.. dizem-me que hoje, primeiro Domingo do mês de Maio, é dia de dedicação à MÃE. Por Portugal, note-se, porque por cá por terras tupiniquins será no próximo Domingo, o segundo, dia 13. Irrelevante ser hoje ou amanhã, diga-se em abono da verdade. Este DIA DA MÃE [Dia das Mães, em versão brasileira] será assim dia propício para oferecermos uma flor, um perfume ou "apenas" um carinhoso beijo em agradecimento àquela que nos deu o ser, que teve a capacidade de no ventre nos trazer e nos ter parido, como um dia escrevi em poema dedicado à mulher. Contudo hoje penitencio-me pela omissão e sinto-me na obrigação de focar também todas aquelas outras mães que não geram os filhos no seu próprio organismo mas que os recebem e educam com o mesmo amor que as demais. Neste dia soberbamente aproveitado pela sociedade consumista alguns [filhos] irão mais longe e talvez ofereçam à MÃE um télélé [celular, telemóvel] ou mesmo um computador e outros poderão ficar-se pela torradeira ou pela "varinha mágica" para triturar as batatas e as cenouras do puré para a sopa. Outros haverá que, por imposição das distâncias, se ficam pelo simples telefonema ou colocação de mensagem nas redes sociais da internet e ainda outros quedar-se-ão, por imposição das leis da Natureza, pela nostálgica elevação do pensamento em direcção à sua memória. Como é o meu caso, diga-se, e talvez por temer que o amarelecer da memória me traia, tantos são já os anos da sua partida, é que embelezo o presente texto com uma foto de minha mãe Rosa, apesar de a entrada se destinar a homenagear todas as MÃES DO MUNDO, independentemente da sua cor de pele ou do status social que ocupam.


maio 01, 2012

Parabéns ao mais velho

mae_02-2
um clique para outras mais fotos

... hoje o meu irmão mais velho está em festa por mais um aniversário natalício: atingiu neste dia 1 de Maio o último degrau antes do patamar dos setenta. Nascido em plena Segunda Grande Guerra Mundial, desde cedo começou a "dar ao ferro" e a "pregar botões" e, entusiasmado, seguiu as pisadas do pai Zé Neves na arte do bem fazer vestir. Aliás, foi o único dos quatro irmãos a fazê-lo, tornando-se, compreensivelmente, o herdeiro natural da Alfaiataria Neves actualmente sediada no Largo do Balcão na ditosa Mãe-terra de Santa Comba Dão, mas que nasceu na Casa do Zagão na Rua Santa Columba há mais de sete décadas. Arremato esta singela homenagem com os tradicionais votos de parabéns e muitos mais anos vividos com paz e saúde, lembrando que um clique na foto publicada leva a página própria com outras mais fotos da meninice [e não só] do aniversariante.


Morre a Telefônica

... e nasce a Vivo.

vivo
um clique para ampliar

A Vivo era até há bem pouco uma empresa brasileira de telefonia móvel com capitais da Portugal Telecom que posteriormente foram adquiridos pela espanhola Telefónica, de telefonia fixa e internet banda larga [também TV cabo]. Recentemente estas duas empresas [Telefônica brasileira e Vivo] fizeram a fusão e nasceu a Vivo. Poderia ser motivo de regozijo para o cliente mas não é: já neste primeiro mês de elaboração Vivo os problemas avolumaram-se tanto que a dois dias do dia do pagamento até tivemos de pedir por favor à Vivo para nos enviar a conta telefónica porque nem nos chegava por carta nem o "site electrónico" permitia o acesso à dita. Por especial gentileza de um atendente recebemo-la por e-mail. Lá diz o Povo que muda-se de moleiro mas não se muda de malandrão, com o devido respeito aos moleiros, claro.


abril 26, 2012

En-laço

Aliana1-1
um clique para mais fotos do en-laço

... na ressaca das comemorações ao Dia da Liberdade aconteceu o en-laço. Sem padre nem pastor, acompanhados apenas das indispensáveis duas testemunhas perante um Juiz de Direito. O calendário marcava o dia 26 de Abril de 2003. Era Sábado. Completam-se assim 9 anos de comunhão. Oficialmente, claro, porque há a acrescentar oito meses de vida pecaminosa antes do "papel passado". Sem grandes chatices entre nós, somos imunes às piadas de português nesta banda di cá e às ideias preconceituosas de certas mentes intolerantes da banda di lá e sem nos preocuparmos com a balança comercial entre os dois países, borrifamo-nos para os acordos ortográficos já feitos ou a fazer, porque com pês ou sem pês, cês, tremas ou hífens, a comunicação faz-se harmoniosamente e assim queremos que continue. Assim seja.


SCOTT, o cão espanto


 SCOTT- O CÃO ESPANTO

Era uma vez
Um cão labrador,
Cachorrinho de um mês,
Alegre e cheio de vigor
Precavido a brincar com sensatez
Irrequieto e dócil pleno de amor.
Assim é o meu cãozinho
Correndo o páteo de costa a costa ao seu sabor,
Ora rápido ora de mansinho
Ainda não se apercebeu da dor,
Tratado com o maior carinho
Não lhe falta afecto e calor.
Abana a cauda e bate as orelhas
O seu sorriso é um espanto,
Sacode o pêlo como as ovelhas
Não evidencia qualquer pranto,
Os seus olhos são centelhas
É delicioso o seu espavento.
Se tu fosses o meu cão
Deixava-te à solta na natureza,
Abrigava-te no meu coração
Imaculava a tua pureza,
Ambos na mesma devoção
Com o SCOTT na sua indelével nobreza.

26.04.2012
FILIPE BELO



abril 25, 2012

Comemorações do 25 de Abril

cravo2
um clique para ampliar

... no ano em que a Revolução dos Cravos completou 38 anos, houve a assinalar o "boicote" às comemorações oficiais de parte de individualidades estritamente ligadas ao Golpe [Vasco Lourenço e a Associação 25 de Abril] e de outras personalidades marcantes no enraizamento da Democracia, como o ex-Presidente da República Mário Soares. As ausências foram explicadas como forma de protesto contra as medidas de austeridade governamentais constantemente impostas ao Povo, um apertar de cinto brutal, e a perda de muitas conquistas de Abril, nomeadamente a perda de regalias na aposentação/reforma e a implantação de taxas e mais taxas no serviço público de saúde. Mais uma vez o 25 de Abril festejou-se na ditosa Mãe-terra de Santa Comba Dão [cartaz alusivo], aliás, ao contrário do que o título da notícia no portal da TVI24 pode sugerir- Santa Comba também festejou o 25 de Abril, as comemorações do 25 de Abril na nosso amado torrão natal [também terra de Salazar] sempre aconteceram e, mais, não me consta que tivessem tido interregno, sempre se realizaram ano após ano, mesmo naqueles anos em que as "mulheres do caldo verde" rogadas roíam a corda. Naquele tempo, o 25 de Abril em Santa Comba Dão não se resumia ao "levantar ao alto" as bandeiras ao toque da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários, havia foguetada logo pela manhã, e para além da habitual cerimónia do hastear da Bandeira [sempre com inicial maiúscula [pelo menos aqui no Voz], havia desporto e actividades culturais e, claro, comes e bebes, onde não faltava o caldo verde, a sardinha assada com broa e um tintol a acompanhar. Eram comemorações mais ao estilo popular, organizadas um pouco sobre os joelhos, é verdade, mas no final o sucesso era enorme, festejado e relembrado. Este ano não me consta que tenha havido comilónia para uma determinada "elite" no Salão do Quartel dos Bombeiros [como nos últimos anos antes da minha travessia atlântica a governação socialista costumava fazer] mas as comemorações contaram com a presença do Bispo de Viseu como convidado. Inconcebível na minha maneira de ver. Não sei se tomou a palavra e se discursou não quero saber o que disse porque em Estado que é, e se quer, laico, as religiões não têm nada que meter o bico em assuntos que dizem apenas respeito à sociedade civil. Se elas, as religiões, querem dar uma mãozinha, então que se deixem de discursos demagógicos, e em vez de apenas falar em pobreza do alto do púlpito, tratem, isso sim, de mobilizar o Povo para sair à rua, levantar a voz e lutar contra quem lhes impõe esse estado de carência.
Nota - foi muito prazeroso recordar rostos conhecidos na reportagem vídeo do portal TVI24 nomeadamente o senhor Lauro Gonçalves, primeiro Presidente da Câmara eleito democraticamente. O xauzinho da Nor "Píncara" no final da dita reportagem é épico e daqui desta banda di cá retribuímos-lhe com enorme carinho.


Quo vadis Briosa?

... ergue-te e anda!

Photobucket

... após a derrota caseira ante o Olhanense o espectro das descida à II Liga paira nas hostes coimbrãs, contudo é preciso acreditar. Quando faltam apenas três [3] jornadas para acabar o Campeonato, a Académica de Coimbra soma 23 pontos e encontra-se imediatamente acima da chamada "linha de água" com apenas 2 pontos de vantagem sobre o 15º classificado [Feirense], lugar que já determina a descida de divisão. Com um final de calendário nada fácil, Sporting [fora], Setúbal [casa] e Guimarães [fora], a Briosa terá que se aplicar a fundo e, porque não, esperar que Feirense e U. Leiria [último classificado com 19 pontos] não pontuem ou que os pontos que possam vir a ganhar não incomodem os pontos da equipa de Coimbra [curiosamente na próxima jornada acontece um Leiria vs Feirense]. Aconteça o que acontecer, o Planeta continuará a girar para o mesmo lado, contudo é preciso acreditar que a manutenção seja um facto. Nós acreditamos. Que já na próxima Segunda-feira em Alvalade a Camisola Preta fale mais alto e que nos ofereça, pelo menos, um pontinho. Nós acreditamos.


abril 22, 2012

512 anos d.C. [depois de Cabral]

indio
um clique para ampliar

... reza a História que em 22 de Abril de 1500 a frota de Pedro Álvares Cabral teria avistado terras tupiniquins às quais, por estarmos por alturas da Páscoa, o capitão teria de imediato chamado de Terra da Vera Cruz [assim reza a "certidão de nascimento", afinal a Carta do Achamento do Brasil redigida por Pero Vaz de Caminha]. Completam-se hoje 512 anos. Diz a Carta que ao outro dia teriam avistado os primeiros habitantes, contudo, é sabido que esta imensidão que anos depois se passou a chamar Brasil já era habitada antes de Cabral e não foi por acaso que colocámos a presente foto a embelezar a homenagem pelo aniversário, tanto mais que devemos desculpas ao povo indígena que outrora povoava estas terras. Desculpas estas que nada se prendem com o facto de sermos filho da pátria que os colonizou e os tirou do sossego [se elas são devidas os governantes que o façam] antes porque no dia 19 de Abril foi comemorado o Dia do Índio e Voz do Seven deixou passar em branco a efeméride.
[
para saber mais encaminhamos-vos para entrada feita aquando dos 508 anos que por si tem outras ligações que se devem considerar de interesse].


Catando lixo

PM
um clique para ampliar

... à primeira vista esta foto nada tem de especial, porque afinal vê-se um pouco por todo o mundo: cidadãos amigos do Ambiente que tratam de manter limpos os espaços que os rodeiam. No caso específico trata-se da limpeza em um Parque na Lituânia, mas a grande curiosidade que a legenda da foto nos relata é que o cidadão em primeiro plano é, nada mais nada menos, que o Primeiro-Ministro daquele pequeno país báltico outrora pertencente à União Soviética. O mesmo Planeta, culturas bem diferentes!


Baixa a bola

cr7-1
um clique para álbum de fotos do clássico espanhol

... talvez saturado de tanto o chatearem [constantes assobios quando pegava na bola] Cristiano Ronaldo mandou os adeptos catalães "baixar a bola" durante os festejos do golo que marcou, afinal aquele que ditou a vitória merengue em Camp Nou [1-2] e que permitiu ao Real cimentar a sua posição de líder na Liga Espanhola. Quando faltam quatro jornadas para o final do campeonato, os de Madrid têm agora sete pontos de vantagem sobre este mesmo Barcelona.

Nota - Hoje jogou-se a Jornada nº 35, mas na prática só foram disputadas 34 jornadas visto que uma ronda "ficou para trás", precisamente a Jornada nº 20, e vai ser disputada a 2-3 de Maio.


abril 21, 2012

Peixe petróleo

peixe
um clique para ampliar

... filho do petróleo derramado no Golfo do México após a explosão em uma plataforma petrolífera. Segundo a legenda que acompanha a foto, o peixe [e outros animais] apresenta lesões e infecções incomuns provocadas pela exposição ao petróleo.


O mundo dos carneirinhos

missil
um clique para ampliar

... este é um mundo de absurdos onde um mesmo facto é julgado de forma diferente, de duas maneiras se quisermos. Um só peso, mas duas medidas, já dizia Sócrates, o filósofo. Por culpa dos interesses das grandes nações, note-se: se a voz desses poderosos se levanta em condenação, os carneirinhos seguem-na e dão-lhe muito mais força castigando sem dó nem piedade os infractores, mas se perante esse mesmo facto a tal voz se cala, os carneirinhos mastigam mastigam, não emitem opinião e parece que nem sabem o que se passa ao seu redor. Vamos a factos: é sobejamente sabido que a Coreia do Norte tem um programa nuclear e costuma lançar mísseis de teste. O que acontece? Cai o Carmo e a Trindade. Os poderosos, com os EUA à cabeça, elevam de imediato a voz em condenação acusando os norte-coreanos de ameaçarem a paz mundial. Pedem sanções e fazem-lhes embargo económico e comercial. Claro que, injectados pela comunicação social, os carneirinhos apoiam em uníssono. Contudo, se o  mesmo facto acontecer em outro país onde os poderosos têm interesses [estratégicos, económicos] tudo se cala. Como neste caso a que a foto se reporta: conferência de imprensa na Índia anunciando o sucesso do lançamento de um míssil capaz de carregar armas nucleares. Alguém ouviu uma voz condenatória à acção?  Claro que não, a comunidade internacional fechou-se em copas, nada disse. Os carneirinhos, esses, meteram as mãos nos bolsos e lá foram cantando e rindo, alegres da vida, porque nada em contrário lhes foi ordenado.


Brasília, 52 anos

brasilia12-hp
um clique para imagens no portal uol - BRASÍLIA na wikipedia

... hoje a capital da República Federativa do Brasil completa 52 anos de vida [inauguração oficial a 21 de Abril de 1960]. A imagem reproduz o doodle criado pelo google.com.br para assinalar a efeméride. Nele poderemos observar alguns dos projectos mais famosos do arquitecto Oscar Niemeyer que compõe o cenário marcante da cidade, construída pelo então presidente Juscelino Kubitschek para ser a nova capital do país. Na imagem, é possível ver, da esquerda para a direita, o museu Memorial JK, o Congresso Nacional, a catedral de Brasília e Palácio do Planalto, sede da Presidência da República.


Espuma na Fonte

ESPUMA
um clique para ampliar

... ao ler a legenda que acompanha a foto [espuma de sabão em pó cobriu a fonte da Praça Izaltino Pereira, em Botucatu (SP), na quinta-feira (19). A Guarda Municipal da cidade não conseguiu deter nenhum suspeito pelo ato de vandalismo] lembrei-me, inevitavelmente, do tempo em que [também] uns vandalozitos faziam o mesmo [fizeram-no umas três ou quatro vezes] na Fonte defronte ao Palácio da Justiça na ditosa Mãe-terra, desconhecendo eu se [também] por obra de um pacote de OMO ou de uma garrafa de SONASOL, detergente para a louça, como era na altura a hipótese avançada. No aspecto estético algo ressalta à vista: a nossa Fonte permitia fotografias muito mais belas [foto enviada pelo sr. Carlos Ribeiro há já uns anos].


abril 20, 2012

Obama Parks

... políticas à parte, não fiquem dúvidas de que este homem pratica certos actos que enchem de esperança os que acreditam que é possível um mundo melhor, menos desequilibrado e mais tolerante.

obama
um clique para ampliar

... esse mesmo banco de ônibus/autocarro em que o Presidente Obama está sentado, era ocupado no dia 1 de Dezembro de 1955 pela costureira negra Rosa Parks na altura com 42 anos. Rosa recusou-se a ceder o seu lugar a um branco desafiando assim as leis que limitavam lugares e serviços que podiam ser usados pelos negros. Foi detida, mas o seu gesto de rebelião desencadeou um movimento que mudou a cara dos Estados Unidos da América.



palavra do dia

  Visitas no total
no Voz do Seven
Assinar Livro de Visitas

Imag