Entrada | A Famosa Criação de Oportunidades de Emprego »

abril 17, 2010

Assim vai Portugal ...........

Emídio Rangel diz "Qualquer badameco escreve uma prosa contra o Primeiro-Ministro e fica bem na fotografia. ... nunca vi um Primeiro-Ministro ser tão violentamente atacado por medíocres, cobardes, vermes, comprados para a tarefa de o aniquilar nos jornais."

Caro Emidio Rangel, costuma-se dizer que o peixe morre pela boca. E a chamar alguém de badameco, o Sr. revela bastante da sua pessoa.

{badameco (é)
(latim vade mecum, vai comigo)
s. m.
1. Ant. Pasta para papéis. = vade-mécum
2. Fig. Rapazola atrevido ou impertinente.
3. Ente nulo; pessoa sem importância.}

Não entendo a razão pela qual o Correio da Manhã lhe publica o artigo de opinião, pois se eu ou outro qualquer cidadão quiser fazer um comentário as regras são as seguintes:

{Se deseja ver publicado no jornal o seu comentário, por favor identifique-se com nome e apelido e, no final do texto que escrever, coloque a sua localidade. Os comentários são sujeitos a validação, sendo excluídos todos os conteúdos racistas, xenófobos, difamatórios e atentatórios da boa imagem dos visados.}

Entendo sim, que vivemos num Planeta onde existem três tipos de pessoas:

1 - Os donos do poder financeiro
2 - Os que executam as ordens dos primeiros
3 - Os que nunca irão saber o que se passa

Como pretendo ser o bastante esclarecedor passo a fazer uma analogia figurativa:

1 - Os donos dos cães
2 - Os cães
3 - As presas

De seguida vou dar um dos mais que muitos enquadramentos que poderia fazer da realidade deste país:

Preço médio do arrendamento habitacional em Lisboa é de 471 euros.
Preço minimo do arrendamento em Lisboa é de 250 euros
O salário Minimo em Portugal é de 475 euros.
O Salário médio em Portugal é de 840 euros.

Se ganhar 840 euros e pagar 471 euros de renda, sobram-me 369 euros.
Tirando 50 euros de electricidade, 15 de água, 30 euros de gás e 10 euros de telemóvel, sobram-me 264 euros.
Tirando 50 euros para comida e 20 para transportes sobram-me 194 euros.
Por ano consigo juntar 2328 euros.

Se ganhar 475 euros e pagar 250 euros de renda, sobram-me 225 euros.
Tirando 50 euros de electricidade, 15 de água, 30 euros de gás e 10 euros de telemóvel, sobram-me 120 euros
Tirando 50 euros para comida e 20 para transportes sobram-me 50 euros.
Por ano consigo juntar 600 euros.

Atenção: Esta é uma das formas de escravatura que se utilizam nos dias de hoje.

Quando se chama badameco a outrém, temos 2 coisas em mente. Ou essa pessoa nos enerva a tal ponto que perdemos a razão. Ou consideramos que há pessoas inferiores.

Nem uma nem outra, são abonatórias da sua pessoa.

Sobre a situação do país, é por demais evidente que o povo está mais que farto de viver sem esperança, mas por outro lado tal como em 1974, não sabem como mudar, pois tal como antes são mantidos na ignorância, como escravos, sem força para pensar ou enfrentar o negro dia-a-dia. Estão pura e simplesmente à espera de um golpe de sorte, que lhes ponha fim a este sofrimento que é viver sem esperança de poderem fazer parte do país que os viu nascer, eternamente condenados a trabalhar para pessoas que com a sua ignorância, os vendem, os atraiçoam e lhes negam o direito de serem cidadãos portugueses, construindo assim um país cada vez mais vulnerável e enfraquecido, tornando-o uma presa fácil para outras potências mundiais.

E se não ler este comentário ou não o publicarem, não é importante. Pois não o escrevi para o Sr. ler, se bem que não me importe se o fizer, talvez possa aprender algo. Faço isso sim, este comentário, como um "aviso á navegação".

Publicado por vitorlage às abril 17, 2010 04:05 PM

Comentários

Comente




Recordar-me?