« Assim vai Portugal ........... | Entrada | Assim vai o Correio da Manhã...... »

abril 17, 2010

A Famosa Criação de Oportunidades de Emprego

Como sabem esta já tem barbas bem longas.

Como publicidade para quem estiver no comando do governo, independentemente da facção partidária, é muito útil.
Mas para os portugueses é de quase completa inutilidade.

Digo, quase completa, porque ainda tem a sua utilidade para aquelas famílias que podem suportar o resto do custo básico de vida necessário para que o formando possa concluir o seu curso de formação por forma a ser de novo inserido na sociedade como cidadão útil.

Quem for desempregado de longa duração tem direito a frequentar um curso de formação para se reintegrar de novo na sociedade.
Maravilhoso, espectacular, e pagam as refeições, o transporte e ainda dão mais 200 e poucos euros para viver.
Mas a minha casa custa-me 350 euros + 40 de luz + 15 de água + 20 de gás + 10 de telemóvel + 30 de comida + 20 restante (papel higiénico, sabão, detergentes, etc...) num total de 485 euros.
Como se estas despesas não bastassem só me pagam os transportes no fim do 1º mês.
Ok, vou morar para um quarto e tiro 200 euros, custo total 285 euros.
Pois mas falta alguma coisa aqui. Não sabem? Então nunca passaram por uma situação destas, tal como quem criou esta Lei.

Ora desta forma excluímos logo à partida a esmagadora maioria dos portugueses, que se poderiam tornar úteis ao desenvolvimento desta sociedade.

Mas como o interesse não é que os cidadãos se tornem úteis à sociedade.
É antes a criação de fornadas de instrumentos controlados.

No planeta existem 3 tipos de indivíduos:

RICOS
Os donos do poder económico, que nunca sujam as mãos.
CLASSE MÉDIA
Os que põem as ordens dos donos em execução.
ESCRAVOS
E por fim os que nunca se apercebem de como o planeta funciona.

"Em política, nada ocorre por acaso. Cada vez que um acontecimento surge, pode-se estar seguro que foi previsto para levar-se a cabo dessa maneira."
Franklin D . Roosevelt
Presidente dos Estados Unidos (1933 a 1945)

Pensem o que quiserem mas basta olhar à nossa volta.

Publicado por vitorlage às abril 17, 2010 05:03 PM

Comentários

Comente




Recordar-me?