« vende-se | Entrada | Mário Cesariny »

março 06, 2005

o divino esteve lá

e do fundo da sala levantou-se uma voz: "e Deus votará em si"....

avelino-w.jpg

jornal de notícias
amarante
Campanha aérea
folclore Presidente do Marco faz campanha na sua terra natal e oferece viagens de helicóptero Até voou duas vezes, para aparecer na TV

Ferreira Torres ouviu uma voz interior "para não ter medo". E voou duas vezes


Tito Couto

"Deus vai votar em si", garante um dos mais fervorosos apoiantes de Avelino Ferreira Torres, que ontem ofereceu baptismos de voo de helicóptero, em Amarante. O candidato à autarquia não vai tão longe mas, ainda assim, decidiu fazer campanha o mais próximo possível do "Altíssimo".

Uma vez lá em cima, diz não se sentir mais próximo do Todo Poderoso "Mas sei que está comigo, aliás, senti como que uma voz a dizer-me: Vai, não tenhas medo que não te acontece nada". E assim subiu aos céus, duas vezes, sentado à direita das televisões.

Com os pés mais assentes na terra, o povo aplaude o pagode e sagra o candidato "É a coisa mais linda". Disso não tem dúvidas Ilda Leite. A sexagenária acredita que Ferreira Torres vai concretizar o seu "suave milagre": "Um bairro de casinhas pobres, onde possa viver com o marido entrevado e os filhos com esquizofrenia".

As gerações mais novas pedem outras bênçãos. Eva e Daniela, têm 17 anos e moram no Alto da Lomba. "Gostávamos era que tirasse os paralelos e trouxesse um centro comercial", pedem as adolescentes convertidas às catedrais do consumo.

O candidato promete muito mais, garante o melhor de dois mundos "Uma cidade nova com os encantos dos anos 70 e a liberdade de uma revolução". Com ele, "haverá um concelho novo, uma terra onde a família é cristã, pia e indivisível, onde os velhinhos terão apoio e as crianças as suas escolinhas".

Mas "haverá liberdade", numa autarquia sem câmaras de vigilância a controlar funcionários. Aliás, assgura, Amarante "voltará a ser a flor do Tâmega", com um presidente bairrista e rifoneiro.

Não há área de intervenção que não tenha ditado a condizer. Haverá desporto e lazer porque "nem só de pão vive o homem", não faltará emprego para evitar que se coma o "pão que o diabo amassou", porque com este candidato é tudo "pão, pão, queijo, queijo" e ninguém "puxa a brasa à sua sardinha" como ele. Como "Março amoroso faz o ano formoso", o candidato distribui beijocas e afagos, dá colo às crianças e afiança que é assim mesmo "A mim, ainda só não me viram as cuecas. Sou um homem transparente".

Publicado por jpcoutinho às março 6, 2005 11:02 PM

Comentários

Pois... realmente ele tem as mãos naquela posição. Mas aquele bicho de divino... carago :) abraço.

Publicado por: ognid às março 8, 2005 06:27 PM

Divino , divino era mais uma cadeiras pelo ar. ah ah ah

Publicado por: Patinho Feio às março 11, 2005 05:57 PM