junho 05, 2005

Num dia de jogo...

Hoje fui ao meu segundo jogo de Futebol: Portugal – Eslováquia
Portugal ganhou 2 -0 !
End of story!

Fui com uns amigos, e muitos colegas de trabalho!

Devido a mau planeamento da minha parte, eu e os três meus amigos ficamos separados.

Eu fiquei com uma amiga e o outro “casal” ficou noutra zona.

Eu tinha de ir ao jogo, pelo compromisso assumido, com os meus colegas e pelo compromisso assumido com os meus amigos.

E dado que os bilhetes que arranjei eram pares separados, certamente só fazia sentido ficar com essa amiga e o casal amigo ficar com os outros.

Assim, não tivesse sido por ela, não teria ido ao jogo, pois eu próprio cada vez menos vontade tinha de ir!

Poderia ter-lhe dado o meu bilhete, mas assim ela ficaria no meio de colegas meus acompanhada por quem decidisse... E eu viria a ter outros problemas, sobretudo pela minha ausência.

Mas senti-me mal porque, embora aprecie a companhia e não sendo muito íntimo dela, (embora esteja a tentar uma espécie de aproximação, dado que a acho uma pessoa interessante), não achei que ela se fosse sentir confortável.

Naturalmente sabia que poderiam surgir alguns zunzuns!
Sobretudo porque estava rodeado de colegas de trabalho!

E sendo eu um rapaz descomprometido, gerar-se-ia sempre algum “falatório”.

Mas de facto, estava apenas com uma amiga, nada mais...
Não namoro com ela!!!

Inocentemente, quando chegou a altura de apresenta-la, não referi nada, a não o seu nome, i.e. não disse que era amiga ou namorada!

Simplesmente, não achei que o devesse fazer...

Mas ela coadjuvou a minha apresentação com "sou uma amiga", como a assegurar-se de que não havia dúvidas disso!

Quanto a mim não havia dúvidas!

Mas por outro lado....

Não foi a sua atitude que me causou desconforto, mas o facto de ela ter sido, na sua visão, necessária!

E provavelmente foi!

Não o discuto!

Mas esperava que num estádio de futebol, os espectadores estivessem mais atentos ao jogo no campo, do que ao jogo nas bancadas!

Sobretudo, porque nas bancadas, não havia nada para ver!

Needless to say, fiquei algo desconfortável depois disso e algo reticente em fazer fosse o que fosse...

Assim, acho que lhe devo um pedido de desculpas por ter sido levada a isso, por muito inconscientemente que o tivesse feito!
E espero, se agi em desacordo com o que achava correcto, não foi por intenção....

No entanto, de boas intenções, está o inferno cheio!

(P.S. Já vos disse que detesto multidões? Fico stressado em demasia?)

Já agora o jogo foi no Estádio da Luz...
Estádio bonito por fora, feio por dentro!
E em caso de evacuação um pesadelo...

Publicado por emigas em junho 5, 2005 01:06 AM
Comentários