outubro 07, 2004

Viva à Liberdade de Expressão Ou um Novo 25 de Abril(revisto)

O Governo da República Portuguesa é desde a tomada de poder da Coligação PSD- CDS/PP, um governo a rasar a extrema direita e a imbecilidade da direita conservadora.

O Neo-Liberalismo económico que nos impuseram continua a penhorar as vidas dos cidadãos contribuintes em detrimento de fazer pagar os que o não fazem. Quem não consegue escapar paga os seus impostos e os dos outros.

Pagamos um sistema de educação que não funciona, um sistema de saúde debilitado pela irracionalidade do sistema de educação (não se justifica que apenas “meia-dúzia” de estudantes entrem em medicina todos os anos, talvez menos de uma centena).

Não se justificam contínuos aumentos dos combustíveis e dos passes sociais
A desculpa do preço do petróleo já não pega. Este atinge ciclicamente os valores altos sobretudo quando há uma guerra. (o preço de 50 dólares por barril de crude , como um bom economista poderá elucidar, levando em conta a compensação da variação da moeda, da inflação, e de outros factores, não é um valor muito díspar do valor desde há 30 anos)
Mas não acham curioso que esta marca mais alta corresponde ao preço mais elevado desde à vinte anos?
Há vinte anos, qual era o preço da gasolina?
Metade do que é hoje!!!
Para onde vais o dinheiro?
Para o Imposto sobre Produtos Petrolíferos!!!!
Ou seja para o Estado!.

A Defesa Nacional constantemente desprezada está a ser reconstruída sem um objectivo político e de relações externas.
Ou seja estamos a adquirir meios sem propósito ( mas que não deixam de cumprir as funções que lhes são atribuídas, ou não fossem os nossos militares capazes de, com um pouco de pastilha elástica, pôr um avião a voar).
Queremos ser um país interventivo na cena internacional, queremos poder enviar tropas para regularizar situações de crise, forças de imposição ou estabilização?
Então temos de ter mais tropas, certo?
Mas o Exército está a reduzir efectivos!
A Força aérea está quase inactiva!
A marinha faz o que pode!

O Presidente da República tomou a decisão de manter estas gentes no poder! Como cidadão discordo, mas construtivamente!

E acho que na primeira oportunidade o PR deve reconsiderar!

Após os episódios de comédia governativa que foi a tomada de posse dos ministros e secretários de estado, sem que os ministros soubessem quem ia para onde...

Após os momentos de incredulidade após as descoordenações dentro do governo de coligação...

Depois de uma novela na colocação dos professores, depois de confirmarem três vezes que o sistema funciona...mal...
E de continuamente e arrogantemente se colocarem acima de criticas, demonstrando uma aversão ao real...

Chega agora o maior atentado às liberdades civis...desde da Ditadura do Estado Novo!

Disseste mal de nós, vais para rua !

O Professor Marcelo Rebelo de Sousa (MRS) não tem em mim um fã ou admirador.
Sou critico das usas posições e não concordo com ele, em muitas das suas análises.
Gosto de pensar por mim próprio, mas gosto de ouvir outras opiniões.

Mas apesar de não concordar com ele (e mesmo que tivesse poder para isso) nunca me passou pela cabeça silencia-lo.
Acho que todas as opiniões (com as excepção das do Miguel Sousa Tavares e da Manuela Moura Guedes) devem ser ouvidas e tidas conta.

Mas “Gomes da Silva declarou-se segunda-feira "revoltado com as mentiras" e com as "falsidades" que são proferidas todos os domingos "por um comentador que tem um problema com o primeiro-ministro", afirmando estranhar o silêncio da Alta Autoridade para a Comunicação Social em relação aos comentários de "ódio" feitos por Marcelo Rebelo de Sousa. “
in Portugal Diário; Gomes da Silva nega intenção de silenciar Marcelo; 7-10-2004;

Segundo Rui Gomes da Silva (Ministro dos Assuntos Parlamentares) esta é uma situação que se arrasta há mais de quatro anos!
Tem graça, só agora é que reparam, por Marcelo Rebelo de Sousa ter dito que, o Governo PSD/CDS-PP ao ter “dado a ponte” de dia 4 de Outubro, tinha-o feito por motivos populistas, pelo que essa decisão tinha sido pior, do que o pior do Governo Guterres nessa matéria (Julgo que a afirmação foi mais ou menos esta!)

Silencie-se, ponha-se um processo, difame-se!!!

Fala-se com o amigo presidente do Grupo Media Capital ( Grupo da TVI) para falar com MRS para ele ou sair ou pedir desculpa... (especulação) .
O homem decide sair!


Está na altura de um novo 25 de Abril!
Vamos correr com os tipos de lá!
Vamos reimplantar a democracia em Portugal!

Publicado por emigas em outubro 7, 2004 01:09 AM
Comentários

Oh Miguel como é possível comparares aquilo que não tem comparação? Manuela Moura Guedes e Miguel Sousa Tavares?????????? Chiça, para não dizer outra coisa.....eheheheheh

Afixado por: BS em outubro 29, 2004 11:44 PM