julho 28, 2004

O Despertar da Mente

The Eternal Sunshine of the Spotless Mind.

Este filme com Jim Carrey e Cate Winslet é uma fábula, uma história de amor, de como não podemos apagar o nosso passado sem perdermos algo de nos próprios.

É impossível sermos quem somos, sem a súmula de experiências, boas e más que nos constituem cultural e emocionalmente.
Quem somos nós, senão soma de diversas partes, nem sempre felizes mas no entanto nossas!

No filme após uma briga as personagens principais decidem apagar-se da memória um do outro, evitando a dor e a magoa...esquecendo-se simplesmente.
Mas nada é tão simples assim.

Joel (Jim Carrey) vai descobrindo, à medida que as memórias desaparecem, que o que a sua relação com Clementine (Cate Winslet) foi... foi Felicidade e Infelicidade...
As faces da moeda...
Faces deles próprios...

Então, começa a lutar!
Contra o seu desejo e contra o contrato que havia feito para lhe apagarem a memória...

O filme é alucinante irreal, surreal, indescritível...tudo acontece mesmo o impossível...pois acontece na mente de Joel...

Não será impossível, neste filme passar constantemente pela mesma pessoa pela mesma porta sem nunca deixar de caminhar. A nossa mente em certas alturas não nos deixa avançar... E mente de Joel está perder algo que cada vez deseja mais. Joel viaja na sua luta para onde nunca pensou ir e para onde temia voltar. É também uma forma de exorcizar velhos demónios!
É uma segunda vida revivida!
É uma segunda hipótese...que não se chega a ter por completo!

Mas o verdadeiro amor nunca morre...nunca desaparece...só é, por vezes, esquecido...por algum tempo!

É um filme imperdível... e se não o virem talvez seja melhor apagarem a vossa memória!

M. Lima

Publicado por emigas em julho 28, 2004 01:21 AM
Comentários