maio 10, 2004

O Efeito Borboleta

A Teoria Matemática do Caos, defende que, qualquer caos, contêm em si uma ordem, que o leva a tendencialmente organizar-se.

Um dos exemplos mais conhecidos desta teoria (ou explicação teórica) é o de que se uma borboleta bater as asas em Pequim, irá provocar um Tornado em Washington, pela simples razão de ter dado início a uma sequência de acontecimentos, que nem têm de estar ligados entre si.

Hoje, fui ver um filme que explorava este principio de não linearidade de acontecimentos, e misturava uma dose da capacidade de intervir em determinados momentos do Continuum Temporal, deslocando apenas a nossa consciência.

Quatro miúdos, Evan, Lenny, Tommy e Kaythlin, amigos de infância, partilham experiências que os afectam adversamente. Pelo menos os que delas se lembram. Evan herdou do seu pai uma condição estranha que provoca perdas de consciência.

A partir daí surgem histórias possíveis e paralelas que permitem que cada um de nós, tenha a possibilidade de tomar uma decisão ou outra decisão e possa viver com ela.

O filme é genial na forma como explora as relações entre os personagens e uma série de universos alternativos que surgem e se desenrolam, aos olhos do espectador e dos intervenientes da história.

Uma das conclusões do filme é a de que não existe um final feliz, se nos mantivermos sempre egoistamente em primeiro lugar. Mas se existir um momento em que podemos escolher uma solução que não nos beneficia, e fazermos o sacrifício maior, talvez consigamos mudar positivamente o nosso universo, o nosso passado e o nosso presente.

Quanto a mim, reduzi a minha existência a um momento em que toda ela poderia que toda ela poderia ter mudado. No meu caso seria um beijo!
E no seu?
Melhor ainda, e se não for tarde de mais?

Publicado por emigas em maio 10, 2004 12:19 AM
Comentários

Não vi ainda o filme mas, a teoria faz-me pensar e esbuçar um sorriso aopensar nele. A possibilidade de não haver destino, de sermos nós quem o fazemos.

Afixado por: Fernão em maio 14, 2004 01:43 PM

a teoria do caos é uma das razoes que me leva a amar a fisica careira que tenciono continuar, o filme esta muito bom , bastante melhor que " a mulher fatal" que ja abordava esta tematica de efeito sem cadeia e nem por isso relaccionados, ha um livro avassalador que é os sonhos de einstein fica a sugestao para os os amantes do genero

Afixado por: daniela em maio 21, 2004 07:44 PM

o filme é muito interessante. A idéia do jovem perder a consciencia temporariamente é a chave logica da teoria, pois neste instante nascem ou não todos os possíveis caminhos...É a prova que o destino não está escrito, ou que vivemos em dimensões paralelas.

Afixado por: rafael barata em maio 28, 2004 07:51 AM

O filme realmente é muito bom, assisti hoje. Acredito que essa teoria esteja correta. Assista tambem "Como se fosse a primeira vez", é uma comédia, porém tambem explora o lado da memória, onde uma jovem , após sofrer um acidente, perde a capacidade de guardar coisas novas na memória, deste modo, sempre q acordava, sentia-se como se estivesse no dia seguinte ao acidente.

Saudações do Brasil!

Bruno Zuccato

http://goo-goo.zip.net
http://goo-goo.fotoblog.uol.com.br

Até mais.

Afixado por: Bruno Zuccato em junho 13, 2004 07:49 AM

Se quizerem fazer o Download do filme, entre no site:

http://www.baixefilmes.com.br/filme.php?id_filme=462

Foi de lá que eu peguei o filme.

Até Mais

Afixado por: Bruno Zuccato em junho 13, 2004 07:52 AM

Acabei de assistir à pré-estreia deste filme e faço minha as tuas palavras, a maneira como é colocado o "efeito borboleta" na vida de um grupo de amigos é impressionante...e o que é pior, o final não é tão feiz quanto o esperado! Gostei muito deste filme.

Afixado por: Pity em junho 16, 2004 04:27 AM

adorei esse filme, creio q é um dos melhores q já vi na minha vida, é incrivel o q uma pequena mudança no passado, pode mudar completamente o futuro, tb curti q naum tem um final como os outros, é realmente incrivel

Afixado por: Bruno em julho 19, 2004 12:41 AM

adorei esse filme, creio q é um dos melhores q já vi na minha vida, é incrivel o q uma pequena mudança no passado, pode mudar completamente o futuro, tb curti q naum tem um final como os outros, é realmente incrivel

Afixado por: Bruno em julho 19, 2004 12:41 AM

Gostei muito do filme, faço uma leitura de que o protagonista Evan consegue enxergar várias possibilidades daqueles que ele teve os primeiros laços afetivos. Vejo não só uma relação do "Efeito Borboleta" enquanto um fenômeno físico somente, mas um efeito de enxergar várias possiblidades, coloca o humano enquanto possibilidade e escolha. A cena final me tocou bastante...

Afixado por: Mauri de Carvalho Braga em agosto 7, 2004 09:33 PM

eu estou... definitivamente impressionada... na verdade minha sensação é quase que indescritivel. Mas vejam bem a minha situação: hoje fui com uma amiga pro cinema.. escolhemos efeito borboleta para assistir... eu simplesmente AMEI o filme. Minha amiga já tinha assistido mas ela queria assistir comigo porque tinha gostado muito e achava q eu tbm ia gostar. Eu já tinha ficado meio impressionada com o filme por que eu já pensei em coisas muito parecidas sem nunca ter ouvido falar no efeito borboleta. Bom, quando cheguei em casa fui pesquisar sobre a teoria do caos (vi pela frase do começo do filme q tinha algo a ver). Eu não conhecia nada sobre isso e quanto mais eu lia mais me impressionava... para explicar como estou me sentindo precisaria falar mais sobre mim, contar como foram pra mim todos esses anos. Hoje eu tenho 18 anos.. mas lembro q quando eu tinha 14~15 anos... eu comecei a pensar no quanto cada coisa q eu fazia influenciava não soh na minha vida... mas em tudo... no mundo. Eu passava horas sentada na minha escrivaninha q ficava de frente pra uma janela e meus pensamentos seguiam mais ou menos assim: eu tocava na parede... e se eu não tivesse tocado.. e se eu tivesse tocado duas vezes... e se eu tivesse tocado sem pensar no q eu estava pensando... e até onde os segundos importavam... e coisas assim... eu parecia realmente inconformada e mal sabia porque mas aquilo me incomodava e me incomodou por tanto tempo.. por tantas noites... e até então tantas coisas já aconteceram q pareciam dividir minha vida como se a partir dali ela seguisse outros caminhos. Bom, eu sei q ficou tudo meio confuso.. mas quem quiser conversar sobre isso.. eu adoraria =D meu messenger: marine_tsukino@hotmail.com pra e-mail mesmo mandem pro darkmaho@gmail.com

Afixado por: Gabriela Coutinho em agosto 9, 2004 03:34 AM