dezembro 26, 2003

Centros Comerciais com Disfunção Bipolar

É verdade!
Essa doença que aflige povos inteiros, também tem focos de propragação nos Centros Comerciais!

Para quem não sabe, e explicando leigamente, a Disfunção Bipolar, vulgo Maníaco- -Despressividade é uma disfunção psicológica, caracterizada por variações antagónicas de humor, numa quase montanha russa de humores, i.e. ora se está muito bem disposto, ora muito me baixo triste, i.e. depressivo!

O mais interessante é que podemos ver esse tipo de comportamento em vários locais, nomeadamente nos Centros Comerciais!

Se pensarmos bem, cada vez que entramos num centro comercial, ficamos com uma certa expectativa!
Ficamos expectantes pelo que poderemos encontrar: desde o rapaz/rapariga das nossas vidas (????) até aquela camisola/cd/dvd que não queríamos mas, que passamos a querer!

Esse consumismo é um reflexo por vezes do desejo de preenchimento interior, outras vezes de uma necessidade de afirmação pessoal!

Mas a euforia da aquisição ou do encontro é breve! Dura apenas até ao momento em que o miúdo/a passa e desaparece no horizonte da próxima loja, ou quando chegamos à caixa da loja e temos de pagar!

Assim se passa um dia nas compras!

Na época de Natal tudo piora!!!
Temos de comprar, de adquirir, oferecer mais e melhor que em anos passados!

Mas temos menos dinheiro que no ano passado! Que fazer?

Vamos à loja que achamos ser mais barata! (Euforia)
Mas já está tudo escolhido! (Depressão)
Mas encontra-se alguma coisa em conta! (Alívio)
Não se consegue comprar tudo para toda a gente! (Depressão)
Temos de escolher quem vamos poder dar (Depressão)
Finalmente comprou-se tudo! (Alivio e quase Euforia)

O Dia de Natal chegou!
Recebem umas prendas (umas boas outras menos boas, algumas óptimas)!
E tudo termina!

Pelo menos até ao inicio do próximo dia de compras!

Mas também posso estar errado!

Nota: Não desejo gozar com as pessoas que sofram desta maleita, mas apenas criticar certas situações....

Publicado por emigas em dezembro 26, 2003 12:00 PM
Comentários