novembro 14, 2003

Encruzilhada, ou sonhar Pessoas!

O regresso da Poesia a Una Salus Victus.

Encruzilhada, ou, sonhar pessoas

Parece poesia, mas não é!
É mais escárnio e maldizer.
Estou num cruzamento de sentido único
Onde tenho a possibilidade de
Escolher um caminho definido.
Escolhi sonhar, ser mais nos desejos
Do que desejar ser mais!

É a minha guerra, sonhar!
Porque sonho e perco,
Mesmo quando ganho!
Mas sonho, no entanto!
E continuo a sonhar!
A desejar pois o sonho é desejo!
Mas desejo mais do que sonhar!

Espero uma mão ou um doce
para me libertar de uma prisão,
onde vive um monstro em dimensão!
E só posso esperar que se abra a prisão,
Ou então que alguém arrisque!
E espero...
Mas já sonho não esperar!

M. Lima

Publicado por emigas em novembro 14, 2003 03:26 PM
Comentários