outubro 25, 2003

Nuvem

Outro poema, quiça mais alegre, desta feita sobre nuvens!

Vi uma nuvem a viajar!
Vi –a passar rápida no seu flutuar!
Passou inerte, insensível!
Mudava de forma sem contemplações!

Olhava para a nuvem
Desejando estar com ela!
Mas não sei voar,
se não em sonhos!

Até sonhei que me vinha buscar!
Sonhei que a nuvem era uma princesa
De vapor água feita!

Sonhei que os trovões que dela saem
São não mais do que palavras amargas
trocadas quando choca com suas irmãs!

Mas é uma nuvem, disso certeza tenho!
E que a verei sempre flutuar
Nos céus do meu olhar!

M. Lima

Publicado por emigas em outubro 25, 2003 02:20 AM
Comentários