setembro 16, 2003

Uma Revolta Reflexiva

(Que Bela Sociedade a nossa)

Que Sociedade é esta que, para se preservar, aliena os seus indivíduos?

Individuos que passam, que caminham, ao lado dos que de apoio precisam e lançam, nem uma mão, nem uma moeda, mas desprezo.

Será que esta sociedade não é fraca?
Será que não está a condenar-se a um fim inglório?
Será que consegue continuar a enganar-se?

Eu pelo menos, penso que sim!

No fundo todos nós, ou melhor, os que acham que já ajudam o suficiente, estão a condenar-se e condenar os que não se fartam de não ser egoístas!

Aqueles que passam as suas vidas a ajudar quem precisa, vêem todo o seu trabalho ser destruído pelo egoísmo dos que passam por necessitados e descredibilizam quem realmente precisa, ao mesmo que, quem não ajuda, encontra mais razões para o não fazer!

É a Sociedade Contemporânea em que vivemos:

Onde quem precisa não tem,
onde quem quer tira a quem precisa,
onde quem dá, menos dá,
onde quem não quer dar é rei.

É a (melhor) sociedade que temos.
É (não) solidária!
É Honesta (onde?)
(Des)cuida quem dela faz parte!
Impõe regras que (não) cumpre!

É o Progresso Social e Económico no seu máximo!

No final, só ganha quem abusa das regras!


Querem exemplos?

Procurem no espaço de estacionamento da vossa residência,
Ou na estrada onde todos aceleram e o mais lento é apanhado
Ou aquele que entrega declarações e é incomodado por fugir a obrigações que não tem,
o que finge uma doença, para passar à frente na fila,
ou utilizar um bébé como chamariz inocente, para alimentar vícios alheios...
Mas há mais...
Muito mais.....


É a vida... Mas não deveria ser assim!


P.S. Já critiquei/desabafei!
E agora?
O que posso, aliás, o que podemos fazer?

Publicado por emigas em setembro 16, 2003 11:30 PM
Comentários