« December 2009 | Entrada

January 09, 2010

A beleza

beleza adois

A beleza é tudo aquilo que os meus sentidos me transmitem sobre o que é belo!

A beleza está na Terra, no mar, no ar, no Céu...

Gosto de contemplar a beleza do Céu em tons de azul e do arco-íris.

Gosto da beleza do Sol que com o seu esplendor ilumina o dia.

Gosto da beleza da Lua que com a sua claridade modera as trevas da noite.

Gosto da beleza do mar e das suas ondas que se espraiam na areia.

Gosto da beleza dos prados e das suas plantas em tons de lilás.

Gosto da beleza da vida nas ruas cheias gente.

A beleza pode estar em quase tudo e em todo o movimento.

A beleza das pessoas deve ser vista a partir dos olhos, porque essa é a porta do coração, o lugar onde o amor reside.

A verdadeira beleza das pessoas está reflectida na sua Alma.

A beleza das pessoas com o passar dos anos vai crescendo.

A beleza é o objecto do desejo e uma porta de entrada no transcendental.

Publicado por Carlos Alberto às 08:18 PM | Comentários (0)

January 06, 2010

Dia de Reis - Cantar as Janeiras

O dia de Reis é uma tradição que é apreciada por muita gente incluindo eu próprio. Nem o frio desta época é dissuasivo para os cantores dos Reis que participam com tanta alegria!

Existem várias cantigas alusivas a este dia, as quais são cantadas por grupos a quem se abre a porta das casas, confraternizando com o grupo, comendo e bebendo do que há, conforme a tradição aqui do Minho.

Esta cantiga da autoria do Zeca Afonso - Natal dos Simples, é uma das várias referentes a este tipo de cantoria popular, e é das que eu mais aprecio, espero que também seja do Vosso inteiro agrado.

Desejo a todos uma Noite bem passada neste dia de Reis.

reis+magos

Vamos cantar as janeiras
Vamos cantar as janeiras
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas solteiras
Vamos cantar orvalhadas
Vamos cantar orvalhadas
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas casadas

Vira o vento e muda a sorte
Vira o vento e muda a sorte
Por aqueles olivais perdidos
Foi-se embora o vento norte

Muita neve cai na serra
Muita neve cai na serra
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem tem saudades da terra

Quem tem a candeia acesa
Quem tem a candeia acesa
Rabanadas pão e vinho novo
Matava a fome à pobreza

Já nos cansa esta lonjura
Já nos cansa esta lonjura
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem anda à noite à ventura

Zeca Afonso

Publicado por Carlos Alberto às 10:00 PM | Comentários (131)

January 02, 2010

TENHA BOA DISPOSIÇÃO PARA COMEÇAR BEM O ANO!

Eu gosto bastante porque é uma música rock bem interpretada por Bob Seger, Old Time Rock & Roll.

Estando nós numa época festiva, nada melhor do que ouvir esta música, a qual nos dá muitas vibrações do verdadeiro rock and roll!

Publicado por Carlos Alberto às 05:20 PM | Comentários (0)