« Chegar tarde e a más horas... | Entrada | Nem bom nem mau »

domingo, 10 setembro 2006

E. Amadora 0-3 FC Porto

Categoria: 06/07 Superliga , Estrela Amadora , FC Porto

Tranquilo e sem forçar! Foi assim o triunfo do FC Porto sobre o Estrela da Amadora no Estádio da Luz. A vitória poderia ter sido mais simples caso os campeões nacionais tivessem acelerado o jogo durante o primeiro tempo, duranto o qual a equipa tricolor limitou-se a tentar sobreviver depois de entregar o comando do jogo ao adversário. Ao intervalo o nulo justificava-se apenas pelo menor empenho portista, onde reinava a crença que a superior qualidade dos jogadores azuis-e-brancos e a melhor e mais dinâmica estrutura colectiva iriam acabar por chegar à vantagem.

Acabou por ser Rui Duarte, acabado de entrar e praticamente na primeira vez que tocou na bola, a abrir o activo num desvio à entrada da pequena-área de pura classe, não fora a baliza ser a errada. Se até aqui havia pouca vontade em aumentar o ritmo, salvo algumas arrancadas de Anderson, a partir de então o FC Porto passou a aproveitar o erro adversário e a jogar com mais calma e classe. O segundo golo acabou por sair dos pés de Raul Meireles, e que golo! Um daqueles que já ganhou o seu lugar na categoria dos melhores da temporada! Tempo ainda para a melhor jogada da noite onde sobressaiu a classe de Anderson que na cara de Paulo Lopes, após passe magistral de Adriano, preferiu entregar a glória a Lucho González com "El Comandante" a fixar o resultado final. Realça-se sobretudo a maturidade de Anderson que deverá ter deixados satisfeito Jorginho, garantindo que o Brasil continua a exportar talentos de classe mundial.

Nada a dizer da justiça do triunfo, e pouco a acrescentar ao regresso ao 4-3-3 tal a complacência do Estrela que demonstrou demasiadas fragilidades para aspirar a uma época tranquila.

Ficha do Jogo:

Estádio: da Luz, Lisboa

Árbitro: Elmano Santos (AF Madeira)

E. Amadora: Paulo Lopes - Tony, Wescley, Hugo Carreira, Amoreirinha - Luís Loureiro (51' Rui Duarte), Tiago Gomes, Marco Paulo - N'Daye (63' Moses), Cleiton, Dario (71' Paulo Sérgio). TR. Daúto Faquirá

FC Porto: Hélton - Bosingwa, Pepe, Bruno Alves, Marek Cech - Raul Meireles, Lucho González, Anderson - Tarik Sektioui (68' Ibson, 82' Paulo Assunção), Lisandro López (46' Hélder Postiga), Adriano. TR. Jesualdo Ferreira

Golos: 55' Rui Duarte autogolo (0-1); 81' Raul Meireles (0-2); 89' Lucho González (0-3).

Publicado por bruno ribeiro às 21:53

Comentários

boas a todos..
Uma bela vitória com o melhor golo da jornada!
Gostei deste 4-3-3 mas parece k precisamos de mais algum tempo para criar ligaçoes e com a recuperação do Pedro Emanuel e o João Paulo ficaremos mais fortes no sector mais fraco da equipa k é a defesa .
Parece k teremos k aguentar mais um ano com os clubes de LISBOA a serem beneficiados pelos MEN IN BLACK....
Espero estar enganado mas contra o CSKA vamos ter algumas dificuldades!?!
Boa sorte para todas as equipas portuguesas!!!

#1 | Comentado por: bando_da_vermelhinha | 8 de maio de 2012 às 15:28

boas a todos..
Uma bela vitória com o melhor golo da jornada!
Gostei deste 4-3-3 mas parece k precisamos de mais algum tempo para criar ligaçoes e com a recuperação do Pedro Emanuel e o João Paulo ficaremos mais fortes no sector mais fraco da equipa k é a defesa .
Parece k teremos k aguentar mais um ano com os clubes de LISBOA a serem beneficiados pelos MEN IN BLACK....
Espero estar enganado mas contra o CSKA vamos ter algumas dificuldades!?!
Boa sorte para todas as equipas portuguesas!!!

#2 | Comentado por: bando_da_vermelhinha | 8 de maio de 2012 às 15:28

Comente

Obrigado por se registar, . Já pode comentar. (Sair)

(Se nunca comentou aqui o seu comentário pode ter de ser aprovado para publicação pelo editor do blogue. Terá de esperar por essa aprovação para que o seu comentário surja. Obrigado pela espera.)


Recordar-me?