« setembro 2004 | Entrada | novembro 2004 »

outubro 31, 2004

-Porque a boa-disposição não tem hora marcada...


Algumas das participações de Sinistro Automóvel chegadas às Seguradoras:

1. O falecido apareceu a correr e desapareceu debaixo do meu carro.

(Das duas uma: Ou era atleta ou mágico!)


2.Para evitar bater de frente no contentor do lixo, atropelei um peão.

(O importante é q não acertou no contentor do lixo!!!)

3.O acidente aconteceu quando a porta direita de um carro apareceu
de esquina sem fazer sinal.

(Autêntico caso de Ficheiros Secretos)

4.A culpa do acidente não foi de ninguém,mas não teria acontecido
se o outro condutor viesse com atenção.

(Desde que a culpa não seja de ninguém...)

5.Aprendi a conduzir sem direcção assistida. Quando girei o volante
no meu carro novo, dei comigo na direcção oposta e fora de mão!

(A culpa aqui também não é de ninguém, mas se o tivessem ensinado a
conduzir com direcção assistida isso não teria acontecido!!!)

6.O peão bateu-me e foi para baixo do carro.

(Malditos peões, só servem para destabilizar....só para chamarem a
atenção... malditos arruaceiros!)

7.O peão não sabia para onde ia, então eu atropelei-o!

(Ora lá está! Mais uma vez a tentarem destabilizar! Mas assim ao menos
ficou o caso resolvido....hospital com ele!)

8.Vi um velho enrolado, de cara triste, quando ele caiu do tejadilho
do meu carro.

(It's raining men...ALELUIA!!!)

9.Eu tinha a certeza que o velho não conseguia chegar ao outro lado
da estrada, por isso atropelei-o.

(Ora bem! Está feita a boa acção do dia)

10.Fui cuspido para fora do carro, quando ele saiu da estrada. Mais
tarde fui encontrado numa vala por umas vacas perdidas.

(Se as vacas estavam perdidas, ele foi achado ou perdido?!?)

11.Pensei que o meu vidro estava aberto, mas descobri que estava
fechado quando pus a cabeça de fora.

(E assim que ele viu as vacas, estas ficaram achadas ou continuaram
perdidas?!?)

12.Bati contra um carro parado que vinha em direcção contrária.

(Ora aí está uma coisa perigosa! Esses são os piores.... todo o cuidado é
pouco quando eles estão parados...sobretudo se vierem em direcção
contrária!)

13.Saí do estacionamento, olhei para a cara da minha sogra e caí
pela ribanceira abaixo.

(Nova campanha da DGV:'Se conduzir,não leve a sogra)

14.O tipo andava aos ziguezagues de um lado para o outro da
estrada. Tive que me desviar uma porção de vezes antes de o
atropelar.

(Mas o importante é que conseguiu! Há que ir sempre tentando e ter
orgulho na pontaria!)

15. Já conduzia há 40 anos, quando adormeci ao volante e sofri o acidente.

(É perfeitamente natural, então se o senhor conduz há tantos anos)

16.Um carro invisivel veio de não sei onde, bateu no meu carro e
desapareceu.

(Mais um caso para Mulder e Scully.... ou então para os Alcoólicos
Anónimos...)

17.O meu carro estava estacionado correctamente, quando foi bater
de traseira no outro carro.

(Eu bem digo que os parados são os piores.... )

18. De regresso a casa,entrei com o meu carro na casa errada e bati numa
árvore que não é minha.

(Aqui não restam dúvidas....é caso para os Alcoólicos Anónimos!)

19. A camioneta bateu de traseira no meu pára-brisas, em cheio na
cabeça da minha mulher.

(E só não foi na cabeça da sogra graças à nova campanha da DGV
senão...)

20. Disse à policia que não me tinha magoado,mas quando tirei o
chapéu percebi que tinha fracturado o crânio.

(Estava agora a lembrar-me...pertenceria o tal tipo dos ziguezagues
aos Alcoólicos Anónimos também???)

Publicado por Zecatelhado às 09:03 PM

-Por Terras de D. Duarte Pio - I


Passagem em revista ( não rosa ) dos factos mais marcantes da semana, nesta terra de El-Rei Nosso Senhor
Zecatelhado
=============================================

-Zecatelhado: Pronto senhor Presidente, acabou de explicar tudo!
=============================================

Alunos vão ter mais matemática e português
A ministra da Educação vai estabelecer para o 1º ciclo do ensino básico um número mínimo de horas lectivas de português e matemática, para prevenir o insucesso e abandono escolar. A medida vai entrar em vigor já no próximo ano lectivo.
-Zecatelhado :"...Ó Setôra, doisvezum são quatro?..."
============================================

Paes do Amaral nega ter feito pressão
No jornal da noite da TVI, o presidente do grupo Media Capital, Miguel Paes do Amaral, negou ter feito qualquer tipo de pressão...
-Zecatelhado"...Bem me queria parecer que o senhor não tinha cara de rabo dinamómetro!"
=============================================

Sampaio pede aproximação entre litoral e interior
Jorge Samapio defendeu que o litoral e o interior devem estar mais próximos...
-Zecatelhado"...Não dá, Presidente! Esta coisinha de país já é tão estreitinha!"
=============================================

Paulo Pedroso vai pedir uma indemnização cível de 650 mil euros ao Estado pelos danos sofridos no âmbito do processo Casa Pia.
-Zecatelhado"...Por favôr não há aí nenhuma alma caridosa que me acuse de pedofilia?"
=============================================

Ministros deslocam-se pelo país para explicar orçamento
Dezasseis dos 19 ministros do Governo de Santana Lopes deslocam-se a todo o país, entre 05 e 11 de Novembro, para explicar a proposta orçamental para 2005.
-Zecatelhado" ...As populações preparam-se para colocar um vigia no alto da povoação; Avistada a comitiva tocam a corneta e o povo desata a fugir para a terra ao lado."
=============================================

TVI
Oposição exige debate extraordinário e comissão parlamentar.
-Zecatelhado"Hã? seus malandrecos! Isso é que é saber ganhar mais umas horinhas extraordinárias!...Pudera... a vida está difícil, né?"
=============================================

Perder dentes pode afectar memória
Um estudo sueco hoje apresentado em Estocolmo sugere que um paciente pode perder memória quando o dentista lhe extrai um dente.
-Zecatelhado"...Ora bem, senhores políticos, porque é que não nos disseram há mais tempo que usavam prótese dentárias completas? Já agora: O prémio Nobel da Memória será dado à menina do Colgate?
=============================================

Clima económico português agrava-se em Outubro.
-Zecatelhado:"...Não me digas que choveram moedas de euro e eu estava a dormir..."
=============================================

Quando hoje o relógio fizer " CÚCÚ" têm que o pôr só a fazer "CÚ"(?!)
Bem, eh,eh,eh! é melhor explicar de outra maneira: Hoje às 02h00 AM vamos entrar na chamada hora de Inverno, ou seja, o relógio deverá atrasar uma hora.
=============================================

Governo faz campanha antes do referendo
No dia da assinatura do Tratado da Constituição Europeia, Santana Lopes pediu aos portugueses para participarem no referendo que vai ratificar o tratado. O primeiro-ministro revelou ainda que vai ser feita uma campanha de divulgação junto dos portugueses.
-Zecatelhado: Mas como dizia aqui um amigo da blogosfera, o Manuel do Azinhal, pode-se votar ao menos?
=============================================

Publicado por Zecatelhado às 01:48 AM

outubro 30, 2004

-Filhos da Puta!!!...


(...Esta criança morreu à fome depois de lhe terrem morto a mãe...)" N.S.R. escrevia assim no " Escrevinhador Diário" um dos melhores blogues, quanto a mim, existentes nesta comunidade.

Aqui na terra a fome continua
a miséria e o luto e outra vez a fome
acendemos cigarros com fogos de napalm
e dizemos AMOR sem saber o que seja
e pusemos em ti a prova da riqueza
ou seria antes DA POBREZA e da fome outra vez?
e pusemos em ti nem eu sei que desejos
de mais alto que nós
de melhor e mais puro

No jornal soletramos
de olhos tensos
maravilhas de espaço e de vertigem
salgados oceanos que circundam
ilhas mortas de sede onde não chove
mas a terra, ASTRONAUTA, é boa mesa
e as bombas de napalm são brinquedo
onde corre, brincando, SÓ A FOME, ASTRONAUTA!

A. Gedeão
Fala do Velho do Restelo ao Astronauta

Publicado por Zecatelhado às 08:30 PM

-Lá vem a Nau Catrineta - Out.IV


Lá vem a Nau Catrineta
Que tem muito que contar
São Paulo Portas à Proa
Santanás a comandar
Ouvi agora senhores
uma história de pasmar

D. Bagão conta o pilim
D. Morais trata das velas
D. Guedes limpa com VIM
tachos pratos e panelas
D. Pereira na enfermaria
conta pensos e emplastros
E o D. António Mexia
põe vaselina nos mastros

Rumava a Nau certo dia
Tejo abaixo até Belém
passando por Santa Iria
já perto de Sacavém
quando esta história se deu
e a qual passo a contar
tal e qual aconteceu
assim sem pôr nem tirar

Ia ao leme o capitão
D. Pedro de Santanás
com o sextante na mão
a ver se era capaz
de medir correctamente
a'ltura do astro rei
poder dizer finalmente
"até que enfim, acertei!"

Nas aulas de marear
fôra uma nódoa pegada
na arte de calcular
a'ltura que o sol levava
Cem vezes fôra a exame
e por cem vezes chumbara
sendo alvo do vexame
de todos com quem cursara

Tantava agora sozinho
sem ninguém em seu redor
com calma, devagarinho
sempre dando o seu melhor
Mas logo voltou a ver
que o seu cálculo falhara
e que não podia ser
verdade o que calculara

Fizera tudo certinho
como manda o manual
lera todo aquele livrinho
desde o início ao final
Só que aquilo que extraía
ao fazer a medição
é que em vez de Santa Iria
estava era perto de Olhão

"Que me valha S. Vicente
padroeiro da marinha
já fiz merda novamente
mas que triste sina a minha
mas porque é que não atino
com o raio da medição?
será obra do destino
será praga ou maldição?"

Ao drama de toda a cena
bem escondido num cantinho
junto à vela da mezena
assistia D. Paulinho
"Pobre do meu capitão
por todo o bem deste mundo
daixa-me dar-lhe uma mão
ou espeta a barca no fundo!"

"Senhor meu, não reparais?
trocasteis direita e esquerda
perdesteis os cardeais
por isso a conta deu merda!
O Oeste é à canhota
sendo que o Sul fica atrás
tomando o Norte por rota
é sempre assim que se faz!"

"Ai troquei os cardeais
sua bichola maluca?
por acaso vós pensais
que já estou xéxé da cuca?
sei bem onde fica o Norte
não fiquei desnorteado
tive foi a pouca sorte
do sextante estar marado!"

Temendo desmascarar
a desculpa esfarrapada
e do acto resultar
ver a barca escaqueirada
com um sorriso postiço
disse p'ró seu capitão:
"Então se calhar é isso...
deveis ter toda a razão!"

Vendo que D. Santanás
papara linha e anzol
qual raposinho sagáz
apontou então p'ró sol
"Ou é aquele mariola
que anda sempre a brincar
querendo lixar-lhe a carola
anda a mudar de lugar!"

Vós Senhor meu capitão
tendes um ar tão cansado
escutai minha opinião
ide dormir um bocado
podereis ter a certeza
e confiança também
que atracarei em beleza
a Nau chegando a Belém!"

"Acabasteis o sermão?
pois então ouvi agora
seu boiola quarentão
antes que vá borda-fora
ou que lhe ponha na mão
a esfregona e a vassoura
o balde, a pá e o sabão
e a tal cabeleira loura...

Como explicava a El-Rei
minha bichona cegueta
ter posto o Capitão Gay
ao leme da Catrineta?
mandava-me fuzilar
ou punha-me a pão e sopa
ao ver a Nau atracar
não de bordo, mas de pôpa!"

Autor: Zecatelhado, em www.jachove.weblog.com.pt

Publicado por Zecatelhado às 12:44 AM

-Malhando a Sola com...- Out. IV


Bandarra - O Sapateiro Profeta
Gonçalo Annes - O Sapateiro de Trancoso

- Olá Mestre Gonçalo! Como o tempo corre nos dias de hoje; Parece que ainda ontem aqui estive e... cá estou eu novamente já passada uma semana!

- É verdade bom amigo, é verdade! Tenho pensado nisso algumas vezes e comentado até que, ainda há poucos anos, era o meu amigo menino e moço, eu passava tardes compridas que nunca mais acabavam, aqui a bater sola. Agora parece que voam! Mal principiam e...Truca!, logo chega a hora do jantar!

- Bem Mestre, já que estamos a falar de tempo, vamos então ao motivo principal que me trouxe aqui, ou seja: Os acontecimentos mais marcantes da semana...

- Vamos lá então!

- Ponto único, mas importante: O caso Marcelo/Paes do Amaral e a polémica instalada à volta do "...eu não disse o que o outro disse que eu disse..."

- O exemplo que aqui tem
dado por estes senhores
titulados de doutores
gente que se acha importante
faz com que eu a cada instante
me interrogue "ene" vezes
será que estes " fregueses"
serão exemplo para alguém?

Um deles, o tal gestor
deu o dito por não dito
quando se viu aflito
no meio da tempestade
faltou assim à verdade
cunhou-se de mentiroso
o outro foi mais manhoso
saindo pois vencedor

Mas escondida está a razão
que sabemos subjacente
há por detrás outra gente
outros interesses, percebe?
só que um homem nunca deve
tornar público depois
o que foi conversa a dois
que a isso chamo traição

Toda esta geringonça
cheira mal, é repulsiva
e uma prova bem viva
que ambos os contendores
que se intitulam doutores
o que são é de verdade
no que respeita à amizade
uns bons amigos da onça

- Concordo plenamente Mestre, a amizade destes dois...

-Mas chega de converseta
porque o tempo não perdoa
vou correndo p'ra tripeça
que por mim está esperando
você tem que ir andando
e eu tenho que ir à luta
continuar a labuta
malhar a sola cantando

Publicado por Zecatelhado às 12:42 AM

-As Canções da Formiguinha - Out. IV


Olá bloguistas; Eu sou a formiga Rodriga, afamada cantora "Pimba" e todas as Segundas - Feiras vos venho dar música à maneira, com letras baseadas em factos reais. Espero que as minhas cantigas sejam do vosso agrado. Esta semana vou cantar outra musiquinha; Chama-se "O PÁTEO DAS INTRIGAS" e devem tentar acompanhar a letra com a musiquinha que deu nome a um tema semelhante, "O PÁTEO DAS CANTIGAS" Prontos? Então lá vai:

Ó Bagão ave de agoiro
mas que melga que ele é} Bis
com os carcanhóis do tesoiro
lixando a cabeça ao zé} Bis
fartinhos de o aturar
haja alguém que o ponha a andar
ou corra a pontapé

Sendo que o Durão se pirou
e o Santana p'ra lá caminha
S. João, S. João, S. João Refrão } Bis
pôe neste Bagão
uns patins em linha

Já viram que orçamento
este marmanjo engendrou}Bis
não existe crescimento
e o déficite aumentou}Bis
é sovina e casmurro
este jerico, este burro
que o Santanha albardou

Refrão

Publicado por Zecatelhado às 12:38 AM

outubro 28, 2004

-Nova Grelha!


Companheiros, Camaradas, Irmãos, Confrades, Amigos e ... Inimigos! ( eh,eh,eh)!;
A partir do próximo Sábado, aqui o vosso Zecatelhado vai dar início a uma nova vida neste blogue, assim, no sentido de tornar as coisas um bocadinho mais ordenadas, o Tadechuva passará a funcionar com uma " Grelha" Temática Semanal. Os temas, bem como a sua ordenação pelos diversos dias da semana, serão os seguintes:

SÁBADO: Lá Vem a Nau Catrineta - Malhando a Sola Com... - As Canções da Formiguinha.
(Espaço composto por Versos de escarro e mau sabor )

DOMINGO: Por Terras de D. Duarte.
( Passagem em revista ( não rosa ) dos factos mais marcantes da semana nesta terra de El-Rei Nosso Senhor.

SEGUNDA-FEIRA: Ripa na Rapaqueca!
( Futebol sim, obrigado! )

TERÇA-FEIRA : Urbi-et-Orbi
( Assim vai o mundo... )

QUARTA-FEIRA : Navegar, Navegar...
( O que vi na blogosfera )

QUINTA-FEIRA: A Noite dos Óscares e dos Fardos de Palha.
( O Tadechuva distingue o melhor post e albarda o burro da semana )

SEXTA-FEIRA: O que vier à Rede...
( Assim como o que vem na rede, um bocadinho de tudo )


Espero que isto me dê um gôzo do caraças ( e já agora, a vocês também ).

Um grande abração do
Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 07:26 PM

outubro 25, 2004

-As Canções da Formiguinha - Out.III


Olá bloguistas; Eu sou a formiga Rodriga, afamada cantora "Pimba" e todas as Segundas - Feiras vos venho dar música à maneira, com letras baseadas em factos reais. Espero que as minhas cantigas sejam do vosso agrado. Esta semana vou cantar outra musiquinha; Chama-se "SAMARITANO" e devem tentar acompanhar a letra com a musiquinha que deu nome a um tema semelhante, "O Fado da Samaritana" Prontos? Então lá vai:

Dos amores do Santaninha
não reza a história afinal
mas tudo aponta sem falhar
que o carapau sofreu de amores
Sofreu consigo e calou
uma paixão ardorosa
da qual nem às revistas rosa
ele algum dia ousou contar

Ó Santaninha
Ó delfim do Sá Carneiro
tu tanto ousaste
que já chegaste a Primeiro } Refrão
mas o que queria
era outra coisa afinal
subir um dia
ao trono de Portugal

Bem preparaste à maneira
um plano divinal
desde o Sporting à Figueira
e à Câmara da Capital
só que p'ra teu grande azar
o cherne fez-te a caminha
só te resta desertar
e pedir perdão à Cinha

Refrão

Publicado por Zecatelhado às 06:07 PM

outubro 24, 2004

-Malhando a Sola com...- Out. III


Bandarra - O Sapateiro Profeta
Gonçalo Annes - O Sapateiro de Trancoso

- Viva amigo Gonçalo!

- Olha o sr. Zecatelhado! Então meu bom amigo, como vai desde há quinze dias atrás?

- Menos mal, Mestre Gonçalo, menos mal! Como afirmava o Sérgio Godinho numa das suas canções: "Um dia fraco, outro forte...". Como os nossos amigos leitores sabem, a semana passada não pude entrevistar o meu caro amigo devido a ter que me deslocar a outras paragens em missão inadiável, mas esta semanita já cá estou pronto a retomar o fio normal das nossas entrevistas.
O nosso digníssimo Mestre está pronto para começar?

- Prontíssimo, grande amigo!

- Bem, então começemos:
Primeiro tema: A celeuma criada à volta da liberdade de expressão e opinião.

-Ora vamos lá então
pôr em dia a conversinha
no que respeita à vidinha
do bom povo português
dir-lhe-ei mais uma vêz
nunca é de mais relembrar
que é fundamental falar
sobre a vida da Nação

Só que quando a opinião
que cada um quer expressar
alguém a tenta calar
aí amigo, convém
decapitar sem demora
a besta, logo na hora
desfazer-lhe a pretenção

De ser novo Torquemada
aprendiz de Inquisidor
a liberdade é um valor
que temos que preservar
que nunca alguém possa ousar
pôr em causa essa bandeira
que custou, de que maneira
a todos nós conquistar

E desiludam-se assim
esses novos candidatos
a censores da opinião
e vontade populares
não queremos mais Salazares
não queremos mais ditadores
as Chaimites e as flores
há muito lhe puseram fim

- Muito bem, muito bem, subscrevo inteiramente as palavras do Mestre Gonçalo. Andam para aí uns lobos vestidos com peles de cordeiro, prontinhos a abocanhar os mais distraídos, é preciso ter cuidado com eles, desmascará-los na hora e cortar-lhes logo o passo ( e a cabeça ) a essas bestas imundas.
Agora Mestre, queria saber a sua opinião sobre as eleições nas ilhas.

- Como diz mui sabiamente
o ditado popular
que aqui se pode apontar
" Meteu a viola no saco "
a laranjada das ilhas
nem com as sete maravilhas
que fizeram deslocar
para fazer decorar
o cenário carunchoso
não se livraram do gôzo
e do baile que levaram
pois que nos Açores provaram
sopa de cardos bem quente

Escaldaram de tal maneira
as goelas inflamadas
que passaram a infectadas
ao provar o prato exótico
não achando antibiótico
que valesse a tal maleita
puseram de mala feita
o bobo da brincadeira

Na Madeira do Jardim
também levaram "p'rássar"
e fazer vociferar
o imperador anafado
que a causa de ter baixado
a diferença pontual
teria sido afinal
mais ou menos isto assim:

"Sem os cubanos marotos
enfiados na laranja
que vieram lá da estranja
a que chamo continente
Posso garantir a todos
teria sido diferente
ganhava eu certamente
com cem por cento dos votos

- Eh,eh,eh,eh! Ó Mestre, o senhor é demais! Que belo retrato do que se passou.
Bom, embora aqui não se comente muito isso, desta vez vou abrir uma excepção visto todo o país ter andado a semana toda a comentar o caso. Falo do jogo de futebol mais polémico dos últimos tempos, o último Benfica - Porto bem como ao "espectáculo " a que se assistiu no seguimento do mesmo.

- Ai senhor Zecatelhado
do que você se lembrou
eu ainda a pensar estou
se não sonhei acordado
ainda estou abismado
com tudo aquilo que vi
e vou-lhe dizer aqui
que fiquei aparvalhado

Sobre o jogo meu amigo
não me vou pronunciar
pois não posso afiançar
se a bola passou o risco
falo-lhe é no "petisco"
que nos serviram depois
bem juntinhos aqueles dois
note bem o que lhe digo

E o outro que se sentou
logo a seguir a este par
desatando a vomitar
do mesmo caldo comido
é rato velho e sabido
perito nestes caldinhos
anda nisto há uns aninhos
nunca e nada e o derrotou
De Pintos a Valentins
de Pimentas a Vieiras
de Cunhas a Oliveiras
de Veigas a Olegários
não nos comem por otários
não nos levam na trapaça
são feitos da mesma massa
do mesmo pó e afins

- Ora nem mais, é justamente isso que eu penso, Mestre. O futebol podia - e devia - ser um espectáculo tão bonito, com paixão, claro, porque a paixão COM RAZÃO, até é saudável, mas tal como infelizmente hoje em dia acontece em quase todo o lado, foi tomado por uns quantos doutorzecos engravatados da treta, cheios de truques e armadilhas quanto baste, que destruiram toda a beleza que ele encerrava.
Pronto! Está passada em revista a semana que passou. Obrigado pela sua disponibilidade aqui para a malta da blogosfera e até Domingo que vem.

-Pois chega de converseta
porque o tempo não perdoa
vou correndo p'ra tripeça
que por mim está esperando
você tem que ir andando
e eu tenho que ir à luta
continuar a labuta
malhar a sola cantando

Publicado por Zecatelhado às 07:00 PM

outubro 23, 2004

- Dependia do tamanho...


... o corte do lápis azul da Censura, chamado ao tempo de "Comissão de Exame Prévio"
Ao ler um posto do amigo José Gonçalves no "Congeminações ", que tinha por título " Ao correr da pena", lembrei-me de repente do saudoso jornal resistente "República", que diariamente sorvíamos como que um bálsamo na cinzentude dos tempos que corriam. Raúl Rêgo, Vítor Direito, Miguel Tavares Rodrigues, entre outros, escreviam de forma refinada tentando fintar a Censura do Regime Fascista, por vezes com artigos de tal forma redigidos, que a malta ria a bom rir da imaginação prodigiosa desses bravos resistentes.
Uma das formas que eles usavam para que nós soubéssemos qual a quantidade de texto cortada pelos censores, era o tamanho de uma bola preta no final dos artigos; Conforme o tamanho da bola, assim o corte.
O Raúl Rêgo, tinha o seu artigo diário de fundo ( quase sempre decorado no final com uma gigantesca bola ) que se chamava: AO CORRER DA PENA; Daí eu ter recordado o caso ao ler o post com o mesmo título do amigo José Gonçalves. Ainda um dia voltarei a este assunto.

Publicado por Zecatelhado às 02:39 PM

-Cuidado com a armadilha!


Muita atenção para um Gang de larápios que anda a actuar em Lisboa. Cuidado com os vossos automóveis e com a trapaça. O nosso amigo Raúl do "CONGEMINAÇÕES" conta-vos como é.

Publicado por Zecatelhado às 01:14 PM

-Regresso...


...Logo mais à tardinha ao convívio normal com a maravilhosa comunidade bloguer. O trabalhinho está quase concluído. Mais o resto da manhã e...ESTÁ FEITO!. Até logo.

Um abração do
Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 10:09 AM

outubro 22, 2004

-Lá Vem a Nau Catrineta - Out.III


Lá vem a Nau Catrineta
Que tem muito que contar
São Paulo Portas à Proa
Santanás a comandar
Ouvi agora senhores
uma história de pasmar

D. Bagão conta o pilim
D. Morais trata das velas
D. Guedes limpa com VIM
tachos pratos e panelas
D. Pereira na enfermaria
conta pensos e emplastros
E o D. António Mexia
põe vaselina nos mastros

Andava a Nau navegando
pelo Tejo, cá e lá
umas vezes bolinado
e outras ao " Deus-dará"

há uma semana atrás
fora grande a'gitação
ninguém via Santanás
seu ilustre capitão

Pobre Nau desgovernada
navegava sem ter lei
murmurava a marujada:
"saberá disto El-Rei?"

Às tantas um marinheiro
sem poder aguentar mais
ver a Nau sem timoneiro
disse assim para os demais:

Chamemos lá D. Sarmento
o seu camareiro-mor
saberá esse jumento
onde pára o seu senhor?

Queremos que nos diga agora
tudo o que ele souber
se o homem foi "borda-fora"
ou se fugiu num escaler

Brada outro em ar gozado:
"Não deve ser coisa séria;
deve estar todo enrolado
na cama de uma galdéria!"

Outro ainda:" Nada disso...
não há fuga nem amores
está a endireitar o toutiço
escavacado nos Açores"!

E quando a turba opinava
meio a brincar meio a sério
eis que surgem na amurada
três valetes do império

D. Bagão fora de si
gesticulava furioso
e berrava aqui e ali
"gamaram o glorioso!"
"Já viram aquele artista
que não viu a bola entrar?...
levem-no já ao oculista
nem que seja eu a pagar!"

D. Paulinho que também
era adepto lampião
respondia: " Muito bem!...
devia ir p'rá prisão!"
E só saía de lá
isso vos garanto eu
quando o Benfica, olálá!
fosse campeão europeu!

D. Sarmento que os seguia
não ligava ao futebol
pensava era no que diria
à turba esperando ao sol

Já trazia engatilhada
uma boa explicação
à plebe que aguardava
novas do seu capitão

Dobrado no varandim
da proa da nossa Nau
lá abriu a boca enfim
fazendo cara de mau

Calai lá a cloaca
com a merda do futebol
essa gentinha de caca
que não vale um caracol

Tudo artistas de primeira
do Pintinho ao Valentim
Cunhas, Veigas e Vieiras
nunca se viu trampa assim

Quem vomita a toda a hora
bostas ao metro e ao quilo
tem é que ser sem demora
internado num asilo

Deixai pois essa merdice
que não dá pão a ninguém
já me chega esta chatice
de a plebe ouvir também

Que se passa seus coirões ,
já visteis o chavascal?
digam lá quais as razões
de tamanho carnaval!

"Senhor camareiro-mor...
-diz um marujo de trás-
diga-nos lá por favor
onde está D. Santanás!"
Nunca mais ninguém o viu
anda a Nau sem Capitão
se não zarou nem caiu
por onde andará então?

Ó seus cabeças de nabo
já com a rama amarela
que vos carregue o diabo
e vos coza na panela
É então por causa disso
que armais este arraial?
seus miolos de chouriço
já podre e a cheirar mal!

Voltai lá p'ró trabalhinho
que o capitão desta Nau
não se pirou de fininho
nem está a afiar o pau

Ficai todos a saber
p'rácabar com o alvoroço:
está simplesmente a bater
a sesta depois do almoço!

Publicado por Zecatelhado às 08:07 PM

outubro 18, 2004

-As Canções da Formiguinha - Out. III




Olá bloguistas; Eu sou a formiga Rodriga, afamada cantora "Pimba" e todas as Segundas - Feiras vos venho dar música à maneira, com letras baseadas em factos reais. Espero que as minhas cantigas sejam do vosso agrado. Esta semana vou cantar outra musiquinha; Chama-se "O FADO DO 21" e devem tentar acompanhar a letra com a musiquinha que deu nome a um tema semelhante, "O Fado do 31" Prontos? Então lá vai:

Refrão
Olarilolela, como este não há nenhum
tudo sofre em Portugal
com o bando dos vinte e um
Ai!...
olarilolela, como este não há nenhum
do Santana ao Paulo Portas
não se aproveita nenhum

P'la porta do Santaninha
Vieram vinte uma vez
p'ra chatear a vidinha
o pobre zé português
Sempre a fazer asneiradas
é vê-los em trapalhadas
que parecem não ter fim
são tantas as argoladas
criadas às toneladas
que a malta já canta assim

Ai!...
Refrão

O povo não quer sarilhos
porque é sereno e pacato
quer é ter tempo para os filhos
e pilim para o tabaco
Mas meio Outubro fugiu
e a escola não abriu
por não haver professores
E ao dia quinze do mês
lá berra a malta outra vez
já estou teso meus senhores

Ai!...
Refrão

Com este bando p'la frente
o povo anda exaltado
que pode fazer a gente
para parar este fado?
a culpa do mal presente
foi do nosso Presidente
que nos forçou ao pecado
de gritarmos às janelas
Ó cherne larga Bruxelas
volta que estás perdoado

Ai!...
Refrão

Publicado por Zecatelhado às 05:48 PM

outubro 16, 2004

-Lá Vem a Nau Catrineta - Out.III


Lá vem a Nau Catrineta
Que tem muito que contar
São Paulo Portas à Proa
Santanás a comandar
Ouvi agora senhores
uma história de pasmar

D. Bagão conta o pilim
D. Morais trata das velas
D. Guedes limpa com VIM
tachos pratos e panelas
D. Pereira na enfermaria
conta pensos e emplastros
E o D. António Mexia
põe vaselina nos mastros

Navegava a Catrineta
por esses mares sem fim
rumo aos Açores do Pauleta
e à Madeira do Jardim

Não queriam perder de vista
essa batalha naval
entre a tropa Socratista
e a tropa do laranjal

Até ali na Madeira
nunca a rosa houvera achar
forma, feitio ou maneira
da Jardim-frota afundar

Nem dava para aquecer
mal o jogo começava
era ver a rosa a arder
e a frota que se afundava

Havia quem afirmasse
fosse qual fosse o bailinho
enquanto o Jardim bailasse
ganhava sempre o joguinho

Quando Alberto disparava
desfazia a rosa em pó
e a pobre só acertava
tiros em "H2o"

Ria o boçal desbragado
da inépcia da rosinha
pois com o jogo viciado
a vitória era certinha

Durante anos e anos
ensinara a sua gente
a gritar morte aos "cuban's"
que moram no "Cont'nente"

De comunas a fascistas
Pides ou K.G.B's
de poltrões a Socialistas
cada qual de sua vêz
tudo servira ao Bokassa
p'ra baralhar sua gente
que lhe acha muita graça
e bate as palmas contente

Tendo mais barcos à mão
quando dispõe sua frota
afundará sem perdão
quem entrar na sua rota

Na terra nas nove ilhas
que a pique emergem do mar
os laranjas e os rosinhas
outra luta vão travar

Joga do lado da rosa
um César bem confiante
numa vitória estrondosa
num jogo emocionante

Do lado da laranjinha
um senhor "de Cruz" chamado
joga esta partidinha
com um ar bem animado

Mas aqui, dizemos nós
ao contrário da Madeira
a roca com menos nós
fia dum'outra maneira

Em tempos de D. João
ou melhor, Mota Amaral
com mais ou menos canhão
era a laranja imperial

D. João Bosco reinava
tremendo a gente de cá
sempre que ele empunhava
a bandeira da F.L.A.

P'ra calar o dirigente
os laranjinhas de então
trouxeram-no p'ró continente
sentaram-no num cadeirão

Aceitando o rendez-vous
como que exorcisado
assim que sentou lá o cú
ficou quieto e calado

Mas se a laranja pensava
que pondo um outro a jogar
nada na terra mudava
e continuava a ganhar
não foi preciso esperar
muito tempo p'ra saber
que a teta estava a secar
e o leite a desaparecer

E a primeira derrota
aí estava num repente
afundada a sua frota
derrotada a sua gente

Arrastada e pesarosa
foi perguntar ao Jardim
como derrotar a rosa
fazê-la perder por fim

Seus nabos "cont'nentais"
"imbora" eu dançe o bailinho
por acaso vós "pinsais"
que eu sou o José Mourinho?

Porque não quero "cum'nistas"
nem rosas na ilha irmã
vou abrir-vos essas vistas
seus meninos da mamã

Arranjai um bom palhaço
que cante e saiba dançar
que toque caixa a compasso
e nas marchas possa entrar

Porque o povo, meus senhores
está-se a cagar p'ró discurso
gosta é de ver os doutores
a fazer figura de urso

Autor: Zecatelhado, em www.jachove.weblog.com.pt

Publicado por Zecatelhado às 11:17 PM

outubro 14, 2004

Um Ano é Muito Tempo...

...Muitos Dias, Muitas Horas A Blogar
Mas Um Ano também pode ser POUCO TEMPO
se VALEU A PENA aqui estar


Pois é queridos companheiros, irmãos, confrades etc...; Por um azar danado o Aniversário do "Tadechuva" coincidiu num dos dias de trabalho intenso em que o vosso amigo Zecatelhado tem estado imerso ( e estará ainda hoje e amanhã ) e nem tempo tive para vir aqui ( Até para dormir tem sido curto ).
Estou a enviar esta mensagem numa pausinha para relaxar acompanhado pelo meu inseparável cafézinho, posto que tenho que voltar já para a luta.
Como recebi vários E'mails a dar os parabéns ao "Tadechuva", só então é que me apercebi que tinha completado um ano de blogosfera. Como sou tudo menos mal agradecido ( he,eh!), estou aqui a agradecer a todos os companheiros que se dignaram enviar felicitações a "este marmanjo". A todos vocês, o meu muito obrigado.
Despeço-me então até Sábado, prontinho para mais ( pelo menos ) um ano de franca, alegre e séria convivência, expressando aquilo que me vai na alma todos os dias, defendendo cada vez com mais força a esperança num mundo melhor, mais fraterno, mais justo e muito mais saudável para a humanidade.
Aquele GRANDE Abração do
Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 06:12 PM

outubro 11, 2004

-E ao costume disse...Nada!

Assim mesmo se pode compreender o discurso do "Tio" Pedro, Primeiro Ministro de Portugal.
Sobre o que era absolutamente fundamental no momento, dar explicações mais ou menos plausíveis sobre o que realmente sucedeu no caso Marcelo Rebelo de Sousa/T.V.I., - permitam-me usar uma expressão do Direito - o "Tio" ao costume disse NADA!
Para colocar isto ainda mais "quentinho", o dito-cujo tratou foi de duplicar o tempo de antena do Governo ( Então e o contraditório? )- preparem-se porque agora já não é só depois do Telejornal mas NO MEIO deste - vindo confirmar o que as oposições há muito clamam, ou seja: Este governo está completamente ao "Deus dará" dizendo verdade hoje o que ontem era mentira - Lembro o que disse o Ministro das Finanças a semana passada e o que o "Tio" disse hoje- governando ao sabor do vento e da vontade dos novos donos do país e do mundo, ou seja, dos grandes monopólios económicos e políticos.
Quanto ao caso Marcelo/T.V.I., já tudo ou quase tudo foi dito e a tramóia está deslindada. Desde as pressões dos grupos económicos que dominam a Comunicação Social ( Média Capital, P. Telecom etc... ) até ao aproveitamento político da situação da parte de M.R.S. cujos fins estão bem à vista, já o povo português percebeu tudo muito bem.
Agora vou ver o debate na R.T.P. 1 tendo como mote: Esquerda e Direita, qual a diferença. Temo que o tempinho para uma rondinha pelos blogues amigos fique para amanhã.

Publicado por Zecatelhado às 11:32 PM

-As Canções da Formiguinha - Out. II

- Olá bloguistas; Eu sou a formiga Rodriga, afamada cantora "Pimba" e todas as Segundas - Feiras vos venho dar música à maneira, com letras baseadas em factos reais. Espero que as minhas cantigas sejam do vosso agrado. Esta semana vou cantar outra musiquinha; Chama-se "EU DOU VINTE VALORES" e devem tentar acompanhar a letra com a musiquinha que deu nome a um tema semelhante cantado pelo Marco Paulo, " Eu tenho dois Amores" Prontos? Então lá vai:

Refrão
Eu dou vinte valores
ao Pais do Amaral
e ao ministro parolo } Bis
autor do carnaval }
Eu dou vinte valores
ao Pais do Amaral

Ao Marcelo nada escapa
é preciso escolher bem
se passo 'inda pela Lapa
ou vou direito a Belém

Ao beto do Santaninha
já eu fiz o funeral
co a'juda do Silvinha
e do Pais do Amaral

Refrão

Obrigado avô Cavaco
gracias ó Mendes minorca
nem me chegas ao sovaco
mas torceste o rabo à porca

E quanto ao nosso Avôzinho
nem sei como agradecer
deixou-me aberto o caminho
agora é sempre a correr

Refrão

Publicado por Zecatelhado às 05:33 PM

outubro 10, 2004

-Malhando a Sola com...- Out. II


Bandarra - O Sapateiro Profeta
Gonçalo Annes - O Sapateiro de Trancoso

- Ora então cá estamos nós mais uma vez, não é Mestre?

- Olha o meu caro Zecatelhado! Você á mais pontual que um relógio, meu amigo, eh,eh,eh! Nunca falha! Ao dia e hora combinados cá está prontinho de todo!

- São valores que me ensinaram de pequeno e que eu fiz sempre por prezar, Mestre Gonçalo. Quem não respeita o tempo dos outros não se respeita a si próprio, dizia a minha mãezinha e penso que com toda a razão, por isso faço bandeira desta forma de estar.

- E faz muito bem; Nos dias que hoje correm já muito pouca gente assim procede, o que é pena. Bem, mas vamos lá então ao que o trouxe aqui. O senhor tem que fazer o seu trabalhinho e eu estou tão cheio dele que uma pausa no dito para lhe conceder esta entrevista é quase um luxo.

- Vamos lá então Mestre. primeiro caso da semana: A eleição de José Socrates como Secretário Geral do Partido Socialista, com quase 80% dos votos expressos.

- Ganhou Sócrates a pasta
de Secretário Geral
com uma diferença tal
que ninguém pode tugir
mas temo que vá surgir
um P.S. mais sozinho
pr'a desbravar o caminho
contra a direita nefasta

Na hora de dizer BASTA!
à corja desses tratantes
desonestos governantes
que nos têm maltratado
gostava de ver de lado
o que a esquerda divide
e disso ninguém duvide
dava à direita madrasta

Na noite que segue o dia
às vezes sonho acordado
os anos têm passado
e o real tem sido oposto
tenho provado o desgosto
e pouco provei ventura
mas mesmo na noite escura
em que o negrume de adensa
há sempre em mim uma crença
no mundo da utopia

E no fim da tirania
dos escravos e dos senhores
iletrados e doutores
dos pobres e abastados
porque um homem, meu amigo
que não ousa acreditar
enquanto por cá andar
não terá qualquer valia

- Ai Mestre Gonçalo, que ia ficando sem fôlego só de ouvir as suas palavras.
Segundo tema: O Caso T.V.I./Marcelo/ Governo.

- Ora bem meu bom amigo
meu querido Zecatelhado
isto anda tudo ligado
como as peças do moínho
desde as velas ao paninho
das astes até à mó
convergem num ponto só
fulcro de toda a acção
moer o mais fino grão
seja de cevada ou trigo

Escute bem o que lhe digo
sempre que vir uma acção
procure bem a razão
que fez a coisa girar
se conseguir encontrar
a causa do movimento
garanto-lhe a cem por cento
que deslinda tudo, amigo

Neste caso tenebroso
anda à solta um brincalhão
vaidoso como um pavão
matreiro como raposa
e que com a malta goza
fazendo de nós ceguinhos
burros, parvos ou tontinhos
veja onde chega o gozo

Bem na hora aproveitando
uma azelhice rotunda
do governo da desbunda
que nós temos que aturar
não é que foi engendrar
uma tramóia tamanha
lançando a faísca à lenha
da pilha que foi criando?

Diz-lhe pois sem gaguejar
o sapateiro Gonçalo
como o macaco tem calo
no sítio onde se senta
e como não se contenta
só com o que é aparente
não faz como muita gente
que assim se deixa enganar

Como um mais um dois são
ou a conta está errada
não preciso de mais nada
p'ra provar minha razão
veremos se o maganão
daqui a mais um tempinho
não tomará o caminho
a que se propõs então

Caminho esse que passa
p'la candidatura a Belém
mas que passará também
por dar um ensinamento
ao parvalhão que em S. Bento
o pôs um tempo em desgraça.

- Ó Mestre Gonçalo, mas que coisa! Isto mais parece um romançe policial escrito pela célebre Ágatha Christie, eh,eh,eh!, estou-me a rir embora o caso não tenha piada nenhuma. Não contaram é que o Mestre, qual Hercule Poirot fosse por aí fora e...

- Felizmente não sou só eu, amigo Zecatelhado, há mais que não se deixam enganar com as habilidades do artista.

Mas chega de converseta
porque o tempo não perdoa
vou correndo p'ra tripeça
que por mim está esperando
você tem que ir andando
e eu tenho que ir à luta
continuar a labuta
malhar a sola cantando

Publicado por Zecatelhado às 12:22 AM

outubro 09, 2004

-Lá Vem a Nau Catrineta - Out. II


Lá vem a Nau Catrineta
Que tem muito que contar
São Paulo Portas à Proa
Santanás a comandar
Ouvi agora senhores
uma história de pasmar

D. Bagão conta o pilim
D. Morais trata das velas
D. Guedes limpa com VIM
tachos pratos e panelas
D. Pereira na enfermaria
conta pensos e emplastros
E o D. António Mexia
põe vaselina nos mastros

Seis dias idos de Outubro
mais uma bronca estalava
deixando esta Nau ao rubro
tal o caldo que entornava

Foi tamanha a confusão
na Nau de El-Rei instalada
que mais parecia o Bulhão
às cinco da madrugada

Mas que tinha acontecido
dentro da barca real?
o que é que teria havido
p'ra tão grande cagaçal?

Tinha sido D. Rebelo
a pôr um ponto final
na conversa de carmelo
em casa do Amaral

Logo a notícia correu
veloz que nem uma bala
toda a barcaça tremeu
ao vê-lo fazer a mala

Calaram o D. Marcelo!
já voltaram os censores
derrubemos seu castelo
às armas pois, meus senhores!

E logo ali assaltaram
o armeiro real
trazendo o que encontraram
desde a pistola ao punhal

Puseram olhares fatais
gritaram todos ao monte:
matai os novos Cabrais
Viva a Maria da Fonte!

D.Santanás ao escutar
o granel que se instalava
acordou a resmungar
sem saber que se passava

Que raio de cagarim
vem a ser este afinal?
quem ousa acordar assim
o Capitão General?

Comenta um seu acessor
um beto mal encarado:
sabei que há bronca, senhor
e D. Gomes é culpado

Agarrou no seu punhal
p'ra esgrimir com D. Rebelo,
que é espadachim real...
fiou sem couro e cabelo

D. Santanás percebendo
o que se estava passando
tratou logo de correr
para a ponte de comando

E com a tal voz de santinho
que todo o mundo enganava
pigarreando fininho,
disse à plebe que escutava:

Marujos da Catrineta
juro-vos eu, meus senhores
que quem inventou a treta
do regresso dos censores
não mais fez do que enganar-vos
e ao manobrar-vos assim
o que fez foi de vós parvos
para atingir outro fim

E ao falar apontava
para um canto do porão
D. Rebelo rebolava
a rir no meio do chão

Falando com os seus botões
dizia assim bem baixinho:
caíram que nem morcões
qual rato vendo o toucinho

Vão dar cabo do canastro
ao triste do Capitão
vão pendurá-lo no mastro
a trinta metros do chão

O mais que pode ao descer
é voltar a ter Lisboa
porque assim que El-Rei morrer
só eu é que agarro a coroa

Vede lá como ganhei
em beleza esta batalha
não tarda serei o rei
de toda esta escumalha

Autor: Zecatelhado, em www.jachove.weblog.com.pt

Publicado por Zecatelhado às 12:27 AM

outubro 08, 2004

- À atenção de toda a Comunidade!

Um dos melhores blogues desta Comunidade, o "Teacher"leva-nos a um forum onde se debatem os temas do ensino em Portugal. Louva-se aqui a ideia da autora e "obriga-se" a Comunidade a participar.
Obrigado "Setôra"!

Publicado por Zecatelhado às 09:50 PM

-Vamos lá então juntar os cacos...


... e tentar "remontar" a panela.
Volto a falar do caso M.R.S./Governo/Pais do Amaral. Sem tirar absolutamente nada ao que ontem afirmei ( há lobos com pele de cordeiro prontos a abocanhar a "ovelha" da liberdade ) e depois de ouvir milhentas opiniões, cheguei a esta conclusão:

1. M.R.S. nunca escondeu de facto as suas ambições políticas. Mais:
É do conhecimento de todos a péssima relação pessoal e política que mantém com Pedro Santana Lopes.
2. Aproveitando a enorme patetice política de Gomes da Silva ao afirmar o que afirmou na qualidade de Ministro, M.R.S. verificou imediatamente que talvez nunca mais usufruísse de uma oportunidade tão boa para lançar "a cana". Aproveitando a asneira de Gomes da Silva, sai de cena da T.V.I. como a vítima de uma cabala governamental para silenciar a voz que se opõe ao Governo DO SEU PRÒPRIO PARTIDO, lança a divisão no interior deste e emerge naturalmente como um herói. Como dizia ( e bem ) ontem o autarca de Vila Nova de Gaia, em linguagem futebolística, fintou os adversários que tinha pela frente, entrou na área e simulou um penalty que iludiu o árbitro.
3.O "rato velho" M.R.S. conseguiu inclusivé, pôr a defender a sua causa os seus próprios inimigos (veja-se e pasme-se)!
4.O Governo, tenta por todos os meios desmontar a trama, mas está entre a espada e a parede, porquê?
a) Pode com mais ou menos força tentar explicar a golpada de M.R.S. e desmascarar o verdadeiro sentido da jogada deste só que...
b) Nunca poderá limpar a verdadeira "argolada política" cometida pelo seu Ministro Oficial para a Comunicação Social, Gomes da Silva, ao afirmar o que afirmou NA CATEGORIA DE MINISTRO DO GOVERNO EM EXERCÍCIO, responsável número um pelo despoletar de toda a situação.

Não vejo outra saída para Pedro Santana Lopes senão a de: PESSOALMENTE
explicar a país o prícipio meio e fim da "jogada suja" de M.R.S. e à posteriori demitir o seu Ministro pela pouca argúcia revelada.

Publicado por Zecatelhado às 05:19 PM

outubro 07, 2004

-Hoje anda aí um bichinho lindo!

Ao passar a minha "ronda" pela blogosfera deparei hoje com um facto interessante, que aliás deixei expresso em alguns comentários que fiz: ANDA AÍ NESTE PRÍNCIPIO DE NOITE UM BICHINHO POETA A FAZER DAS DELE; Não repararam ainda? O melhor de tudo é que parece ter-me contagiado também, a mim e a mais uma amiguita que se tem divertido à vara larga com o fenómeno blog, que ela já tinha olhado mas nunca "realmente visto". Está aqui comigo a apreciar o panorama e é autora da descoberta do tal "bicho".
Só para a "derreter" vou dizer à blogosfera o que me apetecia dizer-lhe só a ela: ( Grande partida !) Estaaá qquietttaaaaa!!!! deixa-me escrevvvveeerrrr:

Desculpa Handel, agora é a nossa vez de tocar a melodia mais bonita que se pode tocar ou ouvir: Adivinha(m)s qual é?... Essa mesmo.
Boa Noite! Como dizia o poeta, nós vamos com as aves!

Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 10:22 PM

-O Lobo Mau e a Ovelhinha


De vez em quando, que chatice, descose-se o disfarçe de ovelhinha ao lobo mau e lá aparece o pêlo negro do bicharoco horrendo.
Vem isto a propósito do já tão badalado caso Marcelo R.B./ Governo-Gomes da Silva. Como eu já disse bastas vezes, os fascistas inimigos da liberdade não morreram no 25 de Abril nem se transformaram em democratas por um passe de mágica do papá do Luís de Matos ( que o mago ainda era muito chavalinho nessa altura ). Como dizia o Barata Moura na época: " Vestiram uma pele de povo mas ficou-lhes o rabo de fora ". Ao menor sinal de agastamento...PUM!!!... mostram de que "massa" são feitos.

Publicado por Zecatelhado às 07:35 PM

-Obrigado a todos ( E foram muitos )...

...os que ontem 06.10.2004 desejaram - quer por mail quer por comentário - os votos de feliz aniversário aqui ao Zecatelhado. Para eles ( e elas ) um sentido abração de agradecimento.

P.S. : Claro que no dia do meu aniversário fui arejar, por isso não estive no Tadechuva.

Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 06:33 PM

outubro 05, 2004

-Afinal esta é que é a verdade!

CGD: António de Sousa recebe 615 mil euros
Administrador com direito a complemento de reforma. Mas não é caso único na CGD: privilégios extravasam padrões salariais das empresas públicas.
Antes de passar a pasta a Vítor Martins, António de Sousa tem direito a 615 mil euros (123 mil contos) a título de complemento de reforma.Quem passa pela administração do banco público tem direito a ordenado de luxo e a uma pensão sumptuosa.
O gestor pode receber o dinheiro de uma vez ou negociar uma renda mensal a partir do regulamento do «plano complementar de reforma por velhice e invalidez e de sobrevivência dos administradores da Caixa Geral de Depósitos, SA [CGD]», aprovado em 1993 e modificado em 2000. Aproximadamente 377,7 mil euros (76 mil contos) são por conta de cargos desempenhados em empresas públicas ou equiparadas e os restantes aos quatro anos e sete meses em que foi administrador da CGD.
Estes privilégios extravasam, em muito, os padrões remuneratórios das empresas públicas e que vêm em crescendo desde 1993.
No relatório da auditoria realizada em 2003 pelo Tribunal de Contas às remunerações dos gestores públicos diz-se que os administradores da CGD beneficiam de um plano complementar de reforma, "alimentado" por contribuições correspondentes «a 15 por cento da remuneração mensal fixada em cada ano, com direito a 14 prestações por ano, sujeitas a tributação legal».
António de Sousa esclarece que o plano de reforma é oferecido a título de componente remuneratória, ou seja, como parte do salário mensal. E, em comunicado, diz que não irá «auferir de qualquer reforma da Caixa», nem de «qualquer indemnização por cessação de funções». Não precisa. O complemento de reforma "dá-lhe" 615 mil euros.

Teria o país passado da "Tanga" para a "Cueca de Gola Alta" sem o Zé saber?.

OS VAMPIROS/VILÕES LAMBUSAM-SE E ARROTAM COMO NABABOS!!!
Haja "Compensant" e "Pepsamar" que baste. Filhos da P...!

Publicado por Zecatelhado às 10:50 PM

-O Partido Comunista Português


Parece que - segundo notícias posta a circular por alguma Comunicação Social - o Secretário Geral do Partido Comunista Português, Carlos Carvalhas, vai pedir a demissão do cargo já no próximo Congresso do Partido. Ainda segundo a(s) mesma(s) fonte(s), parece que a "ala dura" do P.C.P. anda há muito descontente com C.C. pressionando-o a pedir a retirada. Não é nada que me faça admirar, o Partido Comunista Português há muito que se afundou na História e com mais Secretário Geral menos Secretário Geral vai continuar a pesar o mesmo no sistema de organização social a que decidiu aderir. Tendo decidido enveredar por um caminho que não devia, cercado por todos os lados de inimigos cujo desejo é fazer-lhe o funeral rapidamente e ouvindo já o coro das carpideiras ao longe, estava à espera do quê? O P.C.P. vai ser engolido completamente não tardará muito pelo sistema político vigente por culpa própria.
Desenganem-se porém os que pensam que ao afirmar isto estou a querer dizer que o Partido Comunista Português deveria ter-se "modernizado" ( não é o que por aí se repete a toda a hora?)! NÂO!!! A morte anunciada do P.C.P. foi essa mesmo: TER-SE TORNADO PARTE DO SISTEMA POLÍTICO QUE DEVERIA TER COMBATIDO, ou seja, colocar na gaveta ( não foi só Mário Soares ) os ideais do seu manifesto político, o Marxismo-Leninismo que é a sua génese e deixar-se transformar para gáudio dos seus inimigos numa marioneta preciosa que tanto jeito lhes dá. O Partido Comunista Português foi perdendo os COMUNISTAS sérios, fieis aos princípios doutrinários da Sociedade Sem Classes, do Fim da Exploração do Homem Por Outro Homem, transformando-se numa "Coisa" que não se sabe bem o que é, mas que não tem nada a ver com aquilo que os seus fundamentos afirmam. Aliás, este tipo de percurso renegado foi seguido pela grande maioria ( diria que a totalidade ) dos Partidos Comunistas da Europa Ocidental e Capitalista; Resultado: O que lhes aconteceu? Claro; foram parar ao esgoto do inimigo, lugar que o P.C.P. terá como última morada. Caíram que nem patinhos na armadilha do inimigo, foi-se fechando a ratoeira e agora não há fuga possível. R.I.P.

Publicado por Zecatelhado às 07:25 PM

-Liberdade Para Lúcia de Jesus!

" Contra o Fundamentalismo, Contra a Prisão Perpétua " é uma petição da qual tive conhecimento pelo Barnabé ( Rui Tavares ) e que, por motivos mais que óbvios, assinei de imediato.

Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 01:56 PM

outubro 04, 2004

-Apelo à Comunidade Blogger!

1. - Porque certos "meios de Comunicação Social" insistem cada vez mais em transmitir "espectáculos" completamente degradantes no que à condição humana diz respeito

2. - Porque a alienação total e a brutalização de espírito que este tipo de programas proporcionam é contrária a uma sociedade que se quer cada vez mais humana, solidária e culta

3. - Porque é necessário e urgente dizer. BASTA! a este tipo de degradação das pessoas a todos os níveis

PROPONHO:

QUE A COMUNIDADE BLOGGER SE RECUSE A DAR PUBLICIDADE ( Boa e Má ) A ESTE TIPO DE CIRCOS, IGNORANDO PURA E SIMPLESMENTE ESTAS COISAS COM O MAIS ABSOLUTO SILÊNCIO.

Pela parte que me toca, fico mesmo por aqui, dizendo como diz o outro: NEM QUE O JACARÉ TUSSA!


Zecatelhado

Publicado por Zecatelhado às 11:16 PM

- Fundamental!


Ler o artigo publicado pelo
Paulo Querido
sobre Blog's/Jornalistas - Credibilidade e Anonimato.

Publicado por Zecatelhado às 08:30 PM

-As Canções da Formiguinha - Out. I

- Olá bloguistas; Eu sou a formiga Rodriga, afamada cantora "Pimba" e todas as Segundas - Feiras vos venho dar música à maneira, com letras baseadas em factos reais. Espero que as minhas cantigas sejam do vosso agrado. Esta semana vou cantar outra musiquinha; Chama-se " ERAM P'RAÍ SETE E PICOS, CENTO E COISA, MIL E TAL..." e devem tentar acompanhar a letra com a música que deu nome a um tema semelhante cantado pelo Grupo de António Mafra, grande filho da cidade do Porto. Prontos? Então lá vai: LUZES...CÂMARAS...ACÇÂO!...

No baile do Santaninha
foi na semana passada
foram dar com a Seabrinha
toda desorientada
dizia ela baixinho
se der bronca não faz mal
Eram p'raí sete e picos
cento e coisa, mil e tal

Cinquenta mil professores
haviam pr'a colocar
e pr'a evitar dissabores
foram a Compta chamar
encomendou-se um programa
de um milhão de Euros e tal
Eram p'raí sete e picos
cento e coisa, mil e tal

Meteram lá dentro os dados
carregaram no botão
mas pr'a mal dos seus pecados
parou-lhes o coração
nem um só nome saía
dessa máquina infernal
e eram p'raí sete e picos
cento e coisa mil e tal

A pobre da Seabrinha
perante o triste cenário
entrou em choque, tadinha
ficou virada ao contrário
andava fula de raiva
pela zombada geral
eram p'raí sete e picos
cento e coisa, mil e tal

Duas saídas agora
lhe restavam, pois então?
ou saía e ia embora
ou tinha outra solução
como posso aguentar
o cargo ministerial?
eram p'raí sete e picos
cento e coisa, mil e tal

E acendeu-se uma luz
nesta tola iluminada
bendito sejas Jesus
a forma está encontrada
se isto não vai com bytes
toca a fazer tudo à mão
Eram só cinquenta mil
sem terem colocação

Publicado por Zecatelhado às 12:27 AM

outubro 03, 2004

-TeleBlog das 20h00


Uma ideia a germinar no blog ÂNIMO. O Tadechuva é um dos aderentes entre muitos outros. Façam o favor de dar lá uma espreitadela.

Publicado por Zecatelhado às 11:50 PM

-Que Grande Seca!!!


Sabem que choveu em Marte há três mil milhões da anos?
é mesmo caso para dizer: QUE GRANDE SECA!!!
Mais desenvolvimentos AQUI

Publicado por Zecatelhado às 10:47 PM

-Malhando a Sola com...- Out. I


Bandarra - O Sapateiro Profeta
Gonçalo Annes - O Sapateiro de Trancoso

- Olá senhor Gonçalo, então como vai o senhor desde a passada semana?

- Ora Viva, senhor Zecatelhado! Bons olhos o vejam, homem! Vai-se passando, vai-se passando... sabe como é, como dizia o cantor: " ...Um dia fraco, outro forte..., mas vai-se andando devagar, que a pressa é inimiga da perfeição!

- Concordo plenamente Mestre. Então está pronto para mais uma sessãozita?

- Sempre pronto, bom amigo, sempre pronto...

- Bem, sendo assim então lá vai:
Volto a querer saber a sua opinião sobre o já mal-cheiroso problema da colocação de professores. Dois dias antes do prazo estipulado pela ministra, as listas sairam...

- Sairam pois meu amigo
da maneira que se viu
alguém esperava outra coisa
depois de tanta burriçe?
e repito o que lhe disse
na semana que passou
quem tal tourada engendrou
normal era que saísse

Mas qual quê, qual carapuça
não aparecem culpados
todos foram descartados
parece uma brincadeira
é assim desta maneira
que corre este Portugal
abafa-se quem fêz o mal
e a culpa morre solteira

Nesta terra de ceguinhos
discute-se tudo e nada
com ar douto e sapiente
com discurso acalorado
só que depois de acabado
se chega à conclusão
que afinal o limão
há muito tinha secado

Se este povo teimar
em sustentar gente assim
se não faz ponto final
no raio da brincadeira
ainda arranja maneira
(garante-lhe o mestre-sola)
de ir pronto e de charola
ao seu próprio funeral

Num qualquer país a sério
um caso destes teria
ministra sem ministério
quando despontasse o dia
mas cá não, meu bom amigo
assim que o sol se descobre
a incompetência se encobre
e que siga a romaria

- Está dito Mestre, mais palavras não são necessárias.
Segundo ponto: As novas taxas moderadoras na saúde.

- Em qualquer país do mundo
que se diz civilizado
educação e saúde
devem ser prioridade
essa é que é a verdade
que não pode ser escondida
ainda menos esquecida
por má fé ou má vontade

São elas o reflexo
quer eles queiram ou não
do que somos afinal
e do que queremos ser
nunca poderemos ter
mais bem estar, conhecimento
deixando ao sabor do vento
o que é mais essencial

Mas na terra em que os vilões
são os donos do poder
educação e saúde
não são mais do que impecilhos
se podem dar aos seus filhos
escolas só p'ra doutores
se podem cuidar das dores
numa clínica estrangeira
borrifam-se e de que maneira
para os plebeus indecentes
morram burros e doentes
p'raí de qualquer maneira

- Ai mestre Gonçalo, que tristeza de país. Custe a quem custar, na realidade é essa a verdadinha nua e crua!

- Infelizmente amigo Zecatelhado, infelizmente.
Mas chega de converseta
porque o tempo não perdoa
vou correndo p'ra tripeça
que por mim está esperando
você tem que ir andando
e eu tenho que ir à luta
continuar a labuta
malhar a sola cantando

Publicado por Zecatelhado às 02:43 PM

outubro 02, 2004

-Curiosidade...

Acham o Zapatero mais parecido com o Jocker do Batman ou com o Mister Bean?

Publicado por Zecatelhado às 11:19 PM

-Concurso Inter-Blogues

A nossa querida amiga da Blogosfera Valéria Mendez, colocou este post com pedido de publicação nos blogues amigos:

" AMÁLIA - CINCO ANOS DE SAUDADE " ( Pequeno Concurso Literário )
(AGRADEÇO A TODOS A SUA DIVULGAÇÃO.)

NO PRÓXIMO DIA 6 DE OUTUBRO, COMEMORA-SE A PASSAGEM DE AMÁLIA RODRIGUES, PARA O PLANO ESPIRITUAL.

DESAFIO ASSIM, TODOS AQUELES QUE QUEIRAM, NA CAIXA DE COMENTÁRIOS, DEIXAR UM PEQUENO TEXTO, EM PROSA OU POESIA, SOBRE A GRANDE AMÁLIA.

NO FINAL, HAVERÁ UM PRÉMIO. UM DISCO DE AMÁLIA RODRIGUES, NUNCA EDITADO EM PORTUGAL ( Quando viajo, um dos meus prazeres é procurar discos raros de Amália. E quase sempre encontro. Trata-se pois, do album " Semplicemente il meglio ", um dos albuns em Italiano , da Nossa Diva. O prémio, será assim, para aqueles que gostam de Amália, mais apetecido, dado tratar-se duma obra, que foi premiada em Itália, mas que Portugal desconhece. Daí o seu interesse, creio eu.)

É EVIDENTE QUE NÃO HAVERÁ UM JURI. SEREI EU, A ANALISAR OS VOSSOS TEXTOS, E SEREI EU, A DECIDIR QUAL O PREMIADO. ( Afinal, fui eu que comprei o disco. Por isso, atrevo-me a esta pequena prepotência... eh eh eh !!!)
DEPOIS DE ANUNCIADO O NOME DO VENCEDOR, ESTE, POR 'EMAIL', ENVIAR-ME-Á O ENDEREÇO, PARA O QUAL DEVEREI EXPEDIR O DISCO.

TUDO ISTO AFINAL, NÃO PASSA DUMA MANEIRA SINGELA, PORÉM SENTIDA, QUE ENCONTREI, DE HOMENAGEAR A MULHER PORTUGUESA MAIS CÉLEBRE DO SÉCULO XX.


Aqui o Zeca vai concorrer e vocês?

Publicado por Zecatelhado às 09:26 PM

-Lá Vem a Nau Catrineta - Out. I


Lá vem a Nau Catrineta
Que tem muito que contar
São Paulo Portas à Proa
Santanás a comandar
Ouvi agora senhores
uma história de pasmar

D. Bagão conta o pilim
D. Morais trata das velas
D. Guedes limpa com VIM
tachos pratos e panelas
D. Pereira na enfermaria
conta pensos e emplastros
E o D. António Mexia
põe vaselina nos mastros

Andava a nau navegando
p'rós lados do mar da palha
navegava bolinando
p'ra descanso da canalha

Estavam a recuperar
de uma semana inteirinha
mortinhos a trabalhar
por causa da Seabrinha

Não é que aquela remela
amiga do Capitão
com ar de corça ou gazela
os fez refazer à mão

As escalas de trabalho
mais as listas e não só
deixando tudo encravado
em estado de meter dó?

Ele foi a Nau encalhada
em perigo de naufragar
mas Seabra castigada
por Santanás?... Nem pensar!

Podia lá Valentino
o charmoso Capitão
ter com a dama um desatino
ou cravar-lhe um chapadão!

O lema deste boboca
no que respeita à mulher
É que: numa dama não se toca
nem com uma flôr sequer

Assim travou a ralé
que quiz mesmo nessa hora
prender a tia p'lo pé
a atirá-la borda-fora

Satisfariam além do mais
suas nobres intenções
como amigos dos animais
davam papa aos tubarões

Enquanto calavam fundo
toda a raiva que sentiam
eis que não parando o mundo
outros factos se seguiam

Com sua voz de falsete
irrompia D. Bagão
seguido de um mandarete
berrando p'lo Capitão

Santanás atarantado
por todo aquele burburinho
estando na proa sentado
ficou de pé num instantinho

Mas que tem este fulano?
que tendes vós D. Bagão?
disse a bruxa que este ano
o Benfica é campeão?

É que a mim essa maluca
disse-me à pouco em segredo
que só dia de São Nunca
numa manhã muito cedo!

Não falo de futebóis
ó Senhor meu Capitão
falo é de mais carcanhóis
p'ró tesouro, pois então!

Fala, fala Bagãozinho
ninguém é melhor que tu
a arranjar pilinzinho
p'ra reforçar o baú

Tens pinta de mafarrico
e um jeitão dos diabos
p'ra dar dinheiro ao mais rico
fanando os mais desgraçados

Apostei ainda há bocado
que quando fores p'ró eternum
nomear-te-à o diabo
tesoureiro do Inferno!

Vá de rectro Capitão!!!
ainda sou bem novinho
já me quereis ver num caixão
para o Inferno a caminho?

É que por falar em massas
sabei que fui inventar
mais duas leis do caraças
para o tesouro aumentar

Atirai lá isso então
explicai-me aqui e agora
que engendrasteis D. Bagão
deitai tudo cá p'ra fora!

Pois bem, então cá vai
a primeira é uma taxa
se alguém doente cai
apertamos-lhe a tarraxa

Se ninguém pode fugir
à tosse ou constipação
vai pagar mais sem tugir
no preço da medicação

Vai ser sempre a facturar
ao senhor e à senhora
a isto vamos chamar
de taxa moderadora

A outra lei que inventei
para sacar mais dinheirinho
adivinha?... pois sabei
vai cair sobre o carrinho

Como o bom do português
nunca o deixa na garagem
vai já comer outra vez
com uma nova portagem

As SCUD ainda estavam
sem portagem, pois então?
sem pagar por lá rolavam
automóvel, camião...

Mas aqui o D. Bagão
vai-lhes dar o tratamento
ora vá... estendei a mão
fazei lá o pagamento

Com a massa arrecadada
garanto eu sem favores
pagamos de uma assentada
a mais uns trinta acessores

Publicado por Zecatelhado às 04:16 PM