outubro 29, 2007

SOCIEDADE DE INSTRUÇÃO GUILHERME COSSOUL

guilherme cossoul.jpg
Nasceu para a música e tem nome de músico, mas haveria de ser o teatro o seu amor mais duradouro e mais fértil. Em obra e em glória.
A Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul é uma das mais antigas e prestigiadas de Lisboa. Foi fundada em 7 de Setembro de 1885 por 47 amadores de música e admiradores de Guilherme Cossoul – compositor e violoncelista português do século XIX e fundador dos bombeiros voluntários em Portugal.

Ao longo da foi sempre um espaço de forte dinamização cultural e cívica. Satisfez necessidades educativas, artísticas e desportivas dos seus associados e da cidade de Lisboa. Alfabetizou cidadãos, ensinou ofícios, formou campeões desportivos, músicos, actores, encenadores, dramaturgos, cenógrafos e técnicos de cena.

O seu contributo para o incremento do teatro português pode avaliar-se pelos nomes que daqui emergiram ou aqui se afirmaram:

Encenadores: Jacinto Ramos, José Viana, João Pedro de Andrade, Fernando Gusmão, Artur Semedo, Rogério Paulo, Carlos Avilez, Humberto d’Ávila, Varela Silva, e mais recentemente, Ildefonso Valério, José Martins, Estrela Novais, entre outros.

Actores: Alberto Ponces, Alda Rodrigues, Alina Vaz, Celestino Silva, Dinah Stichini, Fernanda Alves, Gilberto Gonçalves, Glicínia Quartin, Grece de Castro, Henrique Viana, Isabel Wolmar, Jacinto Ramos, João Sarabando, José Terra, José Viana, Judite Marques, Luís Alberto, Luís Castanheira, Mateus Valente, Manuela Costa, Maria Bastos, Maria do Rosário, Pedro Bartissol, Raul Solnado, Senuel de Carvalho, Varela Silva.

Cenógrafos: Álvaro Marques, António Botelho, Bartolomeu Cid, Calvet da Costa, Carlos Ribeiro, Conceição e Silva, Figueiredo Sobral, Henrique Cayatte, João Vieira, José Viana, Lima de Freitas, Mário Alberto, Octávio Clérigo, Regina Rezende, Rogério Ribeiro, Rui A Pereira, Sá Nogueira.


Publicado por vm em outubro 29, 2007 09:12 AM
Comentários
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?