julho 11, 2007

SALA DO TEATRO AVEIRENSE - UMA FOTOGRAFIA ACTUAL

plateia_balcao_gde- teatro aveirense.jpg
Foi nesta sala que em 31 de Maio de 1950, Guilhermina Suggia daria o seu último recital. Tocou acompanhada ao piano por Maria Adelaide de Freitas Gonçalves. Interpretou obras de Locatelli, Saint-Saëns, Boccherini, Bach, Fauré, Weber, Chopin. Schubert e Falla. Voltou para a sua casa da Rua da Alegria no Porto com o carro, conduzido pelo seu empregado António Igregias da Silva, cheio de flores. Apesar de tudo ia triste. Muito triste. A 28 de Junho - menos de 1 mês aopós o recital - estava a ser operada numa clínica em Londres.
Regressa ao Porto a 17 de Julho. Morreria no dia 30 às 11 e tal da noite, na sua casa da Rua da Alegria. Pede à sua empregada Clarinda que, depois de morrer, ponha o seu violoncelo Montagnana ao seu lado na cama.

Publicado por vm em julho 11, 2007 12:04 AM
Comentários
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?