maio 12, 2007

OPUS ENSEMBLE 2007 - CCB - PEQ AUDITÓRIO 13 de Maio- 17,00 H

opus ensemble.jpg
Programa :
FRANZ JOSEPH HAYDN
SONATA Nº4 em Fá Maior
Adagio
Menuetto
Presto

ANTÓNIO VICTORINO D’ALMEIDA
DE PROFUNDIS À MEMÓRIA DE BRUNO PIZZAMIGLIO, Op. 130
(Obra dedicada ao Opus Ensemble)

LUDWIG VAN BEETHOVEN
VARIAÇÕES PROMETHEUS Op. 43

FERNANDO LOPES GRAÇA
GEORGICAS (Obra dedicada ao Opus Ensemble)

Pastoril
Idílico
Festivo
Contemplativo
Ritualmente
Gaio
Nocturnal
Rústico

b>OPUS ENSEMBLE

Fundado em 1980 por Bruno Pizzamiglio, Ana Bela Chaves, Olga Prats e Alejandro Erlich-Oliva. Prémio da Crítica (1982 e 1984), Sete de Ouro (1983), Troféu Nova Gente (1983, 1986 e 1987), Grande Prémio do Disco Rádio Renascença (1988), Prémio Bordalo – Casa da Imprensa (1993), Diploma de Mérito Nova Gente (1994). Actuações em Portugal continental, Açores, Madeira, Paris, Toulouse, Luxemburgo, Londres, Madrid, Huelva, Varsóvia, Cracóvia, New York, Boston, Newport, Washington, Tóquio, Osaka, Macau, Pequim, Seul, Bangcok, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Montevideo. Vice-presidente da Assembleia Geral do Conselho Português da Música da UNESCO. Obras dedicadas por Fernando Lopes Graça, Joly Braga Santos, Fernando Corrêa de Oliveira, João Pedro Oliveira, Jorge Peixinho, Constança Capdeville, António Pinho Vargas, António Victorino d’Almeida e Laurent Filipe (Portugal), Ramón Barce e José Luis Turina (Espanha), Gerardo Gandini, Celina Kohan, Alejandro Erlich Oliva, Gustavo Beytelmann e Astor Piazzolla (Argentina), Egberto Gismonti (Brasil), Maurice Ohana e Edith Canat de Chizy (França), Guido Donati (Itália) e Vasco Martins (Cabo Verde). Após o falecimento de Bruno Pizzamiglio em Agosto de 1997, o Opus Ensemble continuou em trio de violeta, contrabaixo e piano. Nesta nova configuração, recebeu obras dedicadas por António Victorino d’Almeida, Laurent Filipe, Sérgio Azevedo, Clotilde Rosa e Eurico Carrapatoso (Portugal), Gerard Massias (França), Alejandro Erlich Oliva e Fernando Altube (Argentina). Em Agosto de 2005, Medalha de Mérito Cultural da República Portuguesa e incorporação permanente do oboísta Pedro Ribeiro. Discografia nos catálogos EMI (His Master’s Voice), EMI (Angel), EMI Classics, Numérica, RCA, Polygram, Portugalsom e Strauss-Portugalsom. Desde a sua fundação, o agrupamento inclui obras de compositores portugueses em todos os seus concertos, oferecendo assim uma inestimável contribuição para a difusão da cultura portuguesa no mundo.


Opus Ensemble :
Pedro Ribeiro (oboé)
Ana Bela Chaves (violeta)
Olga Prats (piano)
Alejandro Erlich Oliva (contrabaixo)

Duração: 70 minutos sem intervalo
Preço único: 15 euros


OPUS ENSEMBLE 2007

Concerto de apresentação do novo CD NUMERICA (NUM 1150). Duas notáveis composições de Fernando Lopes-Graça e de António Victorino d’Almeida, dedicadas ao Opus Ensemble, em primeira gravação discográfica mundial. O repertório inclui obras de Haydn e de Beethoven, abrangendo assim mais de três séculos de música instrumental europeia.
Uma nova manifestação de vitalidade na exemplar carreira do mais antigo e galardoado conjunto de câmara português.

* com transmissão em diferido na Antena 2 no dia 1 de Junho às 21h00, no espaço Grande Auditório.

Publicado por vm em maio 12, 2007 12:00 AM
Comentários
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?