junho 08, 2006

AGREMIAÇÕES MUNDANAS E RECREATIVAS FILARMÓNICAS E GRUPOS FOLCLÓRICOS

CLUBE DE LEÇA
Inaugurada esta agremiação aristocrática e recreativa no dia 2 de Agosto de 1884. foi preencher uma lacuna na estação balnear de Matosinhos-Leça.
Teve a sua primitiva sede na Rua do Arnado, em Leça da Pal¬meira, e aí actuou a direcção inicial, composta por António Manuel Lopes Vieira de Castro, António Alberto da Cerveira Pinto c Manuel Pereira Marques Júnior.
Neste clube, um dos mais categorizados das praias nortenhas, eram sempre distintos, animados e brilhantes os bailes, concertos e reuniões que nele se efectuavam, durante o ano.
Nele fizeram-se ouvir muitos dos grandes artistas e dos mais
benquistos amadores do Norte, tais como Virgínia e Guilhermma Suggia, Moreira de Sá, Xisto Lopes, Raimundo de Macedo, Joaquim Caseia, Alexandrina Castagnoli, Paulo Navone, Óscar da Silva e
tantos outros.

Em 1888 foi transferido para o mesmo arruamento, para instalação própria, mais condigna, com amplo salão de baile no andar nobre, e dependências desafogadas no andar térreo, para leitura, jogos e restaurante.
De 1915 a 1917 esteve desorganizado o Clube de Leça, por ter sido demolido o prédio que lhe servia de sede, a fim de dar lugar às obras do porto de Leixões.
Presentemente, encontra-se na Rampa do Castelo, 2, em Leça da Palmeira, continuando as suas honrosas tradições.

"MONOGRAFIA DE MATOSINHOS" de Guilherme Felgueiras
(Cedido por Biblioteca Florbela Espanca- C.M.Matosinhos)

Publicado por vm em junho 8, 2006 10:23 AM
Comentários