« maio 2012 | Entrada

junho 19, 2012

Que latosa

No seguimento do envio da "Carta Aberta - Na Grécia, o povo é quem mais ordena" "> ao BCE, recebeu-se a seguinte mensagem:

Thank you for your letter. The ECB is aware of the very difficult challenges Greece and her citizens are facing. Many Greeks now have to pay the price for a long period of misguided policies in the past, which led to severe fiscal and macroeconomic imbalances, which have culminated in a deep recession. The economic adjustment programme has been created to address these imbalances and to return the Greek economy to a path of sustainable growth and job creation. Unfortunately, this is a painful process and there are no solutions that provide what you call a “quick ending”.

Kind regards,

EUROPEAN CENTRAL BANK
Directorate Communications
Press and Information Division
Kaiserstraße 29
D-60311 Frankfurt am Main
Tel: +49 69 13 44 74 55
Fax: +49 69 13 44 74 04
E-mail: info@ecb.europa.eu

Publicado por [Saboteur] às 06:25 PM | Comentários (3)

junho 15, 2012

No rescaldo das eleições deste Domingo....

attac-crise_20120618.png

Publicado por [Saboteur] às 07:36 PM | Comentários (0)

junho 14, 2012

Da Coreia com amor

Ha' uns anos ouvi uma historia sobre a visita do Alvaro Cunhal 'a Coreia. Conta ele que foi levado a visitar a Torre Juche em Pyongyang. Motivo de orgulho para os seus anfitrioes eram as placas comemorativas de todos os grupos internacionais interessados na ideologia local. Em particular, destacava-se a representacao portuguesa, celebrando os grupos de Queluz, Lisboa, Amadora e Estoril do Comite' Portugues de Estudo do Kimilsunismo. O Alvaro nao foi capaz de lhes dizer que, a existir, estavamos a falar de malta de pouca relevo.

Para os que conhecem a historia (ouvida de quem a viveu ou por terceiros), aqui ficam duas fotografias.

Torre comemorativa da ideia Juche:
DSC03514.JPG

Placas enviadas por grupos internacionais, com O Comite' Portugues de Estudo do Kimilsunismo em destaque:
DSC03504.JPG

Publicado por [Rex] às 01:50 PM | Comentários (7)

I ♥ mineiros asturianos II

Publicado por [Rick Dangerous] às 12:09 AM | Comentários (3)

junho 13, 2012

Mineiros

Publicado por [POKE] às 02:23 AM | Comentários (0)

junho 08, 2012

Mouraria



Ladrões de Gado
Ai Mouraria da velha Rua da Palma,
onde eu um dia deixei presa a minha alma,
por ter passado mesmo a meu lado
certo fadista de cor morena,
boca pequena e olhar trocista.


Publicado por [Rick Dangerous] às 04:43 PM | Comentários (1)

junho 07, 2012

Movimento Sem Emprego - Manifestação dia 30

mse.jpg

Pelo direito ao trabalho e por políticas de pleno emprego!

Cavaco Silva disse, há pouco tempo, que 10.000 euros por mês não lhe chegavam para as despesas. Miguel Relvas e Passos Coelho já afirmaram em público que os jovens só terão melhoria na sua vida se emigrarem, e in...sultaram os que ainda não o fizeram dizendo que «não querem sair da sua zona de conforto». Agora, Passos Coelho diz que «o desemprego é uma oportunidade para mudar de vida» e que não se deve «estigmatizar» um despedimento.

É notório o desrespeito dos membros do Governo, dos deputados da maioria, e do Presidente da República, em relação aos trabalhadores desempregados. Desrespeito que já vem de longe entre os partidos que nos governam: não esquecemos que José Sócrates assinou um memorando com a troika onde está escrito, preto no branco, que é preciso reduzir de 24 para 18 meses o tempo do subsídio de desemprego porque «a actual duração do subsídio não estimula a procura de trabalho»!

Os desempregados não são calaceiros. São as vítimas da política de PS, PSD e CDS, de há muitos anos, de destruição da economia nacional, destruição da protecção laboral, venda ao desbarato de empresas públicas, permissividade total aos negócios mais mirabolantes no sector privado - com o seu cortejo de falências, deslocalizações, despedimentos colectivos, «lay-offs» -, ausência absoluta de um modelo económico que não assente em trabalho barato e sem qualificações. Se há desemprego não é por culpa da falta de empreendedorismo, de proactividade, de dinâmica e espírito de iniciativa dos desempregados: é porque há a decisão política de não investir na economia. A decisão política de não qualificar os trabalhadores. A decisão política de não negociar em favor de Portugal junto da UE. A decisão política de prejudicar os trabalhadores e beneficiar o capital.

Porque rejeitam todas estas decisões políticas, e sobretudo porque sentem vivo repúdio por quem lhes destruiu o emprego e ainda os culpa por isso, os desempregados vão sair à rua em todo o país, convidando a juntar-se-lhes todos os partidos políticos, todos os sindicatos, todas as associações, todos os movimentos sociais, todos os colectivos, e todos aqueles que rejeitem esta política de insulto a quem não trabalha por decisão política dos partidos ao serviço do capital.

O desemprego não é uma oportunidade: o desemprego é uma catástrofe nacional, cujos culpados não são os desempregados, nem os imigrantes, nem as conjunturas, nem as inevitabilidades: os culpados são os partidos cujas políticas criaram, maciçamente, o desemprego, e que têm ainda a suprema desfaçatez de atirarem a culpa para o agredido por eles!

Publicado por [POKE] às 03:50 AM | Comentários (5)

junho 04, 2012

Recurso do processo dos detidos no despejo da es.col.a da Fontinha

spectrumfontainha.jpg

Durante o despejo do Espaço Colectivo Autogestionado (Es.Col.A) do Alto da Fontinha, no Porto, no passado dia 19 de Abril, dois dos detidos, António Pedro Sousa e Ricardo Ribeiro, foram acusados de crime de injúria e crime de resistência e coacção sobre funcionário. Em julgamento sumário, no dia 2 de Maio, foram ambos condenados a pena de prisão de três meses, substituída por multa mais pagamento da taxa de justiça, num total de €954 cada, segundo sentença lida a 10 de Maio.

Vimos por este meio enviar, em anexo, cópia do Recurso da sentença - que deu entrada no Tribunal de Pequena Instância Criminal do Porto, 3ª Secção, no passado dia 1 de Junho - de forma a que este seja divulgado e ponha a nu a farsa que foi este julgamento nitidamente político. Junta-se também em anexo cópia dos factos alegadamente provados em Tribunal, contestados no Recurso. Refira-se que o documento referente ao recurso é antecedido de um índice, com links e bookmarks para facilitar o manuseamento.

Denunciamos a violação do processo equitativo, violação do princípio da legalidade, ausência do respeito devido às instituições vigentes, plausibilidade da ausência de defesa efectiva, de onde ressalvamos:

O facto da Procuradora do Ministério Público (MP), que representa a fiscalização da Lei, ter nas suas alegações finais tecido considerações na primeira pessoa do singular sobre as convicções políticas dos arguidos, acusando-nos de "proselitismo na via da educação" e de um internacionalismo alarmante. Chegando ao cúmulo de ter dito que "se não queremos suportar situações que não nos agradam, vivemos isolados na Serra da Lousã". E o facto da Procuradora do MP e do Juiz de Direito do Tribunal de Pequena Instância Criminal do Porto - 3ª Secção terem, com toda a evidência e à vontade, conduzido os testemunhos de acusação e ignorado os de defesa.

E fica a dúvida, uma vez que nada ficou provado, o que é que afinal sustenta a acusação?

Recurso do Processo de Despejo da Fontainha

Via oblogouavida

Publicado por [Saboteur] às 02:53 PM | Comentários (2)

junho 02, 2012

O 28 de maio está na nossa raça!

Nas manifestações:

E no dia-a-dia:

Publicado por [POKE] às 02:35 PM | Comentários (6)