« I ♥ mineiros asturianos II | Entrada | No rescaldo das eleições deste Domingo.... »

junho 14, 2012

Da Coreia com amor

Ha' uns anos ouvi uma historia sobre a visita do Alvaro Cunhal 'a Coreia. Conta ele que foi levado a visitar a Torre Juche em Pyongyang. Motivo de orgulho para os seus anfitrioes eram as placas comemorativas de todos os grupos internacionais interessados na ideologia local. Em particular, destacava-se a representacao portuguesa, celebrando os grupos de Queluz, Lisboa, Amadora e Estoril do Comite' Portugues de Estudo do Kimilsunismo. O Alvaro nao foi capaz de lhes dizer que, a existir, estavamos a falar de malta de pouca relevo.

Para os que conhecem a historia (ouvida de quem a viveu ou por terceiros), aqui ficam duas fotografias.

Torre comemorativa da ideia Juche:
DSC03514.JPG

Placas enviadas por grupos internacionais, com O Comite' Portugues de Estudo do Kimilsunismo em destaque:
DSC03504.JPG

Publicado por [Rex] às junho 14, 2012 01:50 PM

Comentários

O Grupo de Queluz merecia uma fila !!!

Publicado por [Catano] às junho 14, 2012 09:06 PM

clap, clap, clap!
A Coreia do Norte no centro das nossas preocupações... Rex? ou cãozinho de Pavlov?

Publicado por [Anónimo] às junho 15, 2012 03:10 PM

Eu também tenho dúvidas que a Coreia do Norte não seja uma democracia. Eu e o resto do comité português, nomeadamente o comité do Estoril.

Publicado por [Pavlov] às junho 15, 2012 05:39 PM

O Rex a postar? Não há dúvida que estamos próximos do fim...

Publicado por [Saboteur] às junho 15, 2012 05:42 PM

creio que esse comité era ligado à udp e não ao pc.

Publicado por [Anónimo] às junho 15, 2012 09:58 PM

Acho pouco provável - imagino que maoistas/hoxhaistas (tradicionalmente bastante sectários) não fossem estudar a obra de um aliado da URSS (logo, um "revisionista").

Publicado por [Miguel Madeira] às junho 16, 2012 01:45 AM

Eu achei piada foi a reacção pavloviana do segundo comentador.

Publicado por [saboteur] às junho 16, 2012 02:25 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)