« O espaço que nos falta somos nós | Entrada | A propósito de SCUTs »

julho 03, 2010

Promoções...

Como sou radicalmente anti-sectário, gosto de ouvir os outros e estou genuinamente convencido que a inteligência é o bem melhor partilhado entre a humanidade, apesar de nunca ter concordado muito com os argumentos e as sentenças escritas aqui há tempos no nosso blog (pela altura das autárquicas), sobre que a mobilidade em bicicleta era coisa de burgueses com pretensas preocupações ambientais, para anuviar a sua consciência de inimigos de classe dos trabalhadores, apesar de nunca ter concordado, dizia, decidi fazer a seguinte promoção no meu café: "Oferta de 1 café a quem vier de bicicleta".


Jovem burguesa a mandar para o caralho um operário que se desloca todos os dias para a fábrica de automóvel para ganhar um salário mínimo por mês

O negócio vai mal e faz-me falta aqui essa clientela: Deputados, assessores de deputados, jornalistas, professores, filhos de professores e jornalistas, um ou outro estudante de doutoramento, de preferência com "viagens pagas à Índia, com o dinheiro de todos nós".

Infelizmente, os tais burgueses teimam em não aparecer. Mais um Sábado se está a passar e a única pessoa a usufruir desta fantástica promoção foi outra vez o toxicodependente que volta não volta adormece a mexer o café.

Publicado por [Saboteur] às julho 3, 2010 03:54 PM

Comentários

Como se tu fosses capaz de administrar um café...

Publicado por [Miguel Vaz] às julho 3, 2010 05:24 PM

LOL

Publicado por [R-Type] às julho 4, 2010 01:39 PM

em que classe se enquadram os toxicodependentes?
operários ou burgueses?

Publicado por [Anónimo] às julho 4, 2010 03:19 PM

Saboteur: pões os olhos na vice-presidente da câmara municipal de Torres Vedras. Essa gaja passou-se do Bloco para o PS num ápice e sem ter de se sujeitar aos teus vexames públicos. Tu cada vez andas mais triste. Essa do operário que ganha o salário mínimo e vai para a fábrica de automóvel nem chega a ter graça pelo desespero que a gente lê nas tuas palavras. O Barreiro é feio e tu andas deprimido.

Publicado por [Anónimo] às julho 4, 2010 08:29 PM

Caro Anónimo observador do complexo jogo político do concelho de Torres vedras:

O desespero? como assim? O único desespero que vejo aqui é o de certos imbecis que juram há anos a fio que certos camaradas vão acabar no PS.

É realmente elucidativo como uma simples história do meu quotidiano, que procura contestar o que aqui foi escrito há uns tempos (de que quem andava de bicicleta eram os "burgueses" porque os trabalhadores tinham de ir de carro, pois moravam nos suburbios e entravam cedo no trabalho), se transforma, aos teus olhos, numa história de "desespero" e "depressão".

Os teus próprios preconceitos contra o Barreiro (feio?) são divertidos e dizem mais sobre ti do que pensas. Faz-me lembrar o comentário em que o Renato Teixeira chamava "subúrbio" a Benfica. ahaha

Em relação ao tema, eu não acho que apenas a classe trabalhadora ande de bicicleta ou que exista alguma espécie de luta de classes entre os que andam de carro e os que andam de bicicleta, etc. Só acho divertidas (se bem que ao mesmo tempo tristes) as fantasiosas construções que são feitas por certos camaradas de Lisboa - por motivos que todos nós sabemos quais são - sobre o quão "burguês" era apoiar e defender a mobilidade em bicicleta.

Publicado por [Saboteur] às julho 4, 2010 11:34 PM

eu começo a achar que tu nem sequer tens talento pra dares o salto para o PS. O que é grave! é o cúmulo da incompetência. Mas se calhar gostas de bater coiros às pitas freakazoides

Publicado por [Anónimo] às julho 5, 2010 01:55 AM

Mas é óbvio que tu achas isso, Anónimo. Os crentes arranjam sempre justificações para corroborar as suas crenças... Aliás, já não és o primeiro a fazer esse tipo de conjecturas sobre a anterior conjectura...

Tal como já tinha notado da outra vez a outro (?) anónimo, é curioso ver no teu comentário uma certa admiração latente pelo PS, que exige uma certa competência nos seus quadros e por isso, afinal, não aceita nas suas fileiras qualquer badameco "que um dia ainda há-de ir para o PS"...

Será que essa é a razão subconsciente profunda para certa esquerdalhada recusar o exercício efectivo do poder? Acha que o PS e os outros partidos da burguesia estão no fundo mais bem preparados, têm quadros mais "competentes" para a governação, enquanto os partidos da esquerda a sério são "pitas freakazoides" e gajos que batem o coiro às pitas?

Isso explicava porque é que essa mesma gente, normalmente gasta 9 décimos do seu tempo e energia a combater o "inimigo interno", o que "quer é ir para o PS", a sacanear e a caluniar o militante próximo, em vez fazer algum trabalho político digno desse nome, que procure evitar, por exemplo, que a seguir a uma maioria absoluta do Sócrates, venha uma de Passos Coelho.

Publicado por [Saboteur] às julho 5, 2010 09:11 AM

Já a especialidade da minha micro-empresa são pitas de freakassé com burgueses estufados. Fazemos entregas ao domicílio, tanto a operários como a burgueses. O meu rapaz das entregas - que é estudante de sociologia numa universidade de referência- faz a deslocação de automóvel ou bicicleta consoante a classe social do cliente.

Publicado por [Jovem Empresário Não-Yuppie dos subúrbios] às julho 5, 2010 09:28 AM

Xaval, estes gajos trolls que comentam aqui foram teus amigos e agora atacam-te assim? Foda-se, é por estas e por outras que tenho pavor aos partidos! Seitas do caralho, já iam todos brincar com a pilinha grandes défices

Publicado por [R-Type] às julho 5, 2010 11:34 AM

"Dar o salto" é a expressão habitualmente empregue pelo jogador do Trofense que acabou de fazer uma exibição (ou antes, de "rubricar" uma boa exibição) contra o Benfica, quando interrogado acerca dos objectivos da sua carreira.

Publicado por [Rick Dangerous] às julho 5, 2010 02:14 PM

Hehehe. Realmente é giro ver como a camada de verniz de esquerda é tão fina e estala com tanta facilidade.

Publicado por [Anónimo] às julho 5, 2010 02:26 PM

"Jovem burguesa a mandar para o caralho operário sem saber se o operário não terá por acaso deixado a mulher no trabalho e os três filhos na escola, não só porque se está a cagar para o operário mas também porque acha que sabe melhor do que o operário quais as escolhas que ele deve fazer no seu dia-a-dia. Esta jovem burguesa vive em casa dos pais, deve receber uma bolsa e vota no PC ou no BE."

Publicado por [Paulo] às julho 5, 2010 05:51 PM

Engraçado, a menos que, num espaço de tempo diminuto, dois cafés tenham feito o mesmo no Barreiro (o que não acredito), acabo de descobrir quem és, ó Saboteur.

(descansado, que não será feito nenhum uso desta informação, tirando o meu gozo por satisfazer uma curiosidade pessoal)

Publicado por [André Carapinha] às julho 5, 2010 05:58 PM

Olha o Paulinho tao preocupado com o operario (nao detentor dos seus meios de producao)... a solidariedade de quem acredita eh modelos sociais que permitem a exploracao total dos mais probrezinhos pelos mais poderosos (leia-se ricos) eh comovente!

Publicado por [Anónimo] às julho 5, 2010 06:27 PM

Olha o Paulinho tao preocupado com o operario (nao detentor dos seus meios de producao)... a solidariedade de quem acredita em modelos sociais que permitem a exploracao total dos mais probrezinhos pelos mais poderosos (leia-se ricos) eh comovente!

Publicado por [Anónimo] às julho 5, 2010 06:27 PM

Mas alguém acredita que o Saboteur anda de bicicleta no seu dia a dia? Então não anda! Isto é tão ridículo. E tu não te queixes rick, que o Bragança de Miranda já te augurou o cargo de ministro, portanto...

Publicado por [Anónimo] às julho 5, 2010 07:03 PM

O facto de eu e o rick estarmos tão presentes nas preocupações de alguns camaradas (eu ando de bicicleta? O rick vai ser ministro? eu terei votado alguma vez no PS?), é mais um exemplo e uma prova do estado de miséria e crise em que se encontra a esquerda.

Publicado por [Saboteur] às julho 8, 2010 05:10 PM

Promocoes.. OMG! :)

Publicado por [spectrum.weblog.com.pt] às março 31, 2011 04:42 PM

Cool! That's a cveelr way of looking at it!

Publicado por [Forever] às julho 6, 2011 07:51 PM

Now I'm like, well duh! Truly tahnkful for your help.

Publicado por [Dilly] às julho 8, 2011 06:42 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)