« Blackpot | Entrada | Crítica do Nacionalismo Económico »

novembro 14, 2009

Le Monde diplomatique - Edição Portuguesa

Até 31 de Dezembro, ao assinar ou renovar a sua assinatura do Le Monde diplomatique por 1 ano (40 euros ou 30 para estudante), recebe gratuitamente mais três meses de assinatura.

Os três meses podem ser acrescentados à sua assinatura ou ser oferecidos como presentel a outra pessoa.

Lembrei-me de fazer esta publicidade porque acabo de ler o interessantíssimo artigo de José Castro Caldas, no número deste mês, sobre a atribuição do Nobel da Economia a Elinor Ostrom.


«O trabalho da vida de Elinor Ostrom põe em causa a ideia de inevitabilidade de existência de apenas duas alternativas: controlo dos "comuns" pelo Estado ou privatização. Ela defende, com base em abundante investigação empírica, que as comunidades podem ser capazes, não só de evitar a tragédia, como de gerir recursos em comum de forma mais sustentável que o Estado ou os proprietários privados.»

Publicado por [Saboteur] às novembro 14, 2009 05:10 PM

Comentários

All of my questions settled-takhns!

Publicado por [Char] às setembro 30, 2011 03:31 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)