« Fuck Berlin, fight now! | Entrada | Os comunistas »

novembro 06, 2009

Appel

fotus 024.jpg
Proposta VI
Por um lado, queremos viver o comunismo; por outro, gostaríamos de espalhar a anarquia
.

Publicado por [Bounty Bob] às novembro 6, 2009 12:20 PM

Comentários

No seu estado final são sinonimos, isto claro, referindo-me à verdadeira anaquia, ou seja o comunismo libertario.

Publicado por [anon] às novembro 6, 2009 01:06 PM

ahahaha No seu estado final são o que são. Isto, claro, referindo-me ao Jeónimo, ao Louçã e àquela malta que de vez em quando faz aquelas manifestações anarcas muito organizadinhas...

Publicado por [Anónimo] às novembro 6, 2009 01:19 PM

eu cá adoro sempre que alguém vem dizer o que é a "verdadeira" anarquia, o "verdadeiro" comunismo, ou melhor ainda, os "verdadeiros" revolucionários. emprestas-me a tua regra de medição?e por estado final, entende-se o quê?

Publicado por [Chuckie Egg] às novembro 6, 2009 02:34 PM

quem escreveu esta merda quis dizer o quê???
na volta foi só para sujar a parede, uma manifestação da anarqia no seu estado mais rudimentar

Publicado por [Anónimo] às novembro 6, 2009 02:42 PM

Segue o link, anónimo!

Publicado por [BB] às novembro 6, 2009 02:50 PM

Bem Chucky.

Publicado por [Chico] às novembro 6, 2009 05:20 PM

O Appel é um texto magnifico, nao sabia que estava traduzido.

Publicado por [Xica Darque] às novembro 6, 2009 05:24 PM

Pá, tens que ser incinerado numa pira das Edições Antipáticas... andas a contaminar-me os camaradas das hostes patrióticas (vai a O Bar do Ossian).

Mas já nada me espanta, desde que comecei a ouvir anarquistas (eu disse anarquistas, não estou a falar do vermelho das latas de coca-cola e dos pins do Che) a elogiar o Rolão Preto, o nacional-bolcheviquismo e o anarco-nacionalismo...

Afinal, que é o autor do Appel?? Porque se é algum tuda afrancesado, esse gajo tem que ir para o forno... LOL!

Abraço!

Publicado por [KLATUU O EMBUÇADO] às novembro 7, 2009 04:22 PM

Errata: leia-se «quem» e «tuga» na última frase.

Publicado por [KLATUU O EMBUÇADO] às novembro 7, 2009 04:24 PM

Por um lado queremos viver o consumismo, por outro, gostaríamos de espalhar a epidemia

Publicado por [artista] às novembro 11, 2009 11:45 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)