« Foi pena o Silvério ter cortado o cabelo antes de passar som na festa do spectrum | Entrada | Mais um Fórum TSF »

outubro 20, 2009

Spectrum Cabin Crew

Apos termos publicado uma fotografia do grupo Spectrum, os leitores do Spectrum sublinharam, com alguma razao, a fraca representatividade de mulheres no spectrum.
Nao é assunto que me passe desapercebido uma vez que faço parte dessa pequena minoria. Ainda que jà tenha sido alvo de reflexao, nunca consegui chegar a respostas consequentes para tal facto, a nao ser uma bastante primitiva: o Spectro constituiu-se com o objectivo de se tornar um género de Harém de homens para duas magnatas libertinas.
Simplista e pouco esclarecedora, esta resposta dà poucos elementos de explicaçao para compreender o fenomeno: Estava agora mesmo a folhear a “Ryanair Magazine”, num voo Paris-Bologna, quando fui presenteada com a seguinte publicidade: “The girls of ryanair cabin crew charity calender”. Surgiu-me entao alguns raios de luz de explicaçao...
Fiquei a conhecer a Daniela, hospedeira de ar, transfigurada em modelo de caridade da Ryanair, coberta com um Bikini. Através de uma informaçao bastante detalhada fiquei a saber que esta mulher tem 23 anos, nasceu em Malta e gosta de ouvir RadioHead. Ryanair, cuja direcçao apresenta-se como uma entidade masculina (so pode), oferece-nos as suas empregadas como se de mercadorias se tratasse: We bring you the beauties from de Ryanair cabin crew”. A direcçao Ryanair e as sua cumplices de marketing agravam ainda mais o seu estatuto de proxenetas quando anunciam nas ultimas linhas: “No wonder she looks so good out of uniform”. Ninguém ousa imaginar, mas no Spectrum, em cada barbudo hà um potencial gostosao: “No wonder they look so good out of uniform”.
Ora aqui està uma pista de resposta: Da mesma maneira aue nao hà nenhuma viagem de aviao em que nao sejamos perseguidos pela imagem da bela hospedeira, em situaçao precària mas ainda assim gostosona, nos grupos, ou o que quer que seja, com um “caràcter” politico sao poucas as vezes que, nòs mulheres, nao estejamos rodeadas da imagem do homem lider, do homem com capacidade retorica, do homem feio mas ainda assim com um certo charme.
Mulher gostosona fùtil Vs Homem charmoso inteligente. Todos nòs estamos conscientes destas representaçoes e discursos. No entanto, sao poucos aqueles que estao conscientes dos mecanismos que conduzem à selecçao e triagem do sexo dos membros nos vàrios orgaos de poder. Na criaçao do Spectrum (embora nao considere especialmente o Spectrum como orgao de poder, mas com alguma visibilidade), a dinamica do grupo nao ficou incólume a isso.
Os meios militantes, pela minha propria evoluçao no meio e por estudos que tenho lido, sao de uma crueldade extrema para as mulheres, nomeadamente na militancia politica institucional. Elas ocupam tres lugares especiais nestes meios: as namoradas deles; as estupidas politicamente; as que gostam de fazer broches. A luta para sair destes tres lugares è longa e àrdua. O meio de esquerda, embora bastante sensivel e reflexivo em relaçao a estas questoes, tem tido dificuldade em ultrapassar estas atitudes. Este meio, e sobretudo este meio, de fachada bem construida de emancipaçao social, nao escapa, tal como as franjas mais conservadoras da populaçao, à tradiçao patriarcal. O mais grave è que refugiando-se facilmente nos argumentos retoricos, com conhecimento de causa, da dominaçao masculina que ceifa desde tenra idade as mulheres, a reproduz ainda com mais categoria.
O que fazer? Conheço mulheres que corajosamente ou nao criaram os seus espaços exclusivamente femininos de forma a afastar toda e qualquer tentaçao de “corrupçao” masculina. No entanto, na minha opiniao è importante nao diabolizar de forma extremista as individualidades masculinas para nao criar rupturas anti-naturais de afinidades relacionais, de varia ordem, entre homem e mulheres. Nao tenho soluçoes mas as explicaçoes sao muitas... O neutro masculino encontra-se inscrito maciçamente nas nossas maneiras de agir e pensar, importa primeiro que tudo desconstruir socialemente o género e a sexualidade nas nossas proprias cabeças!
Bolas! Entretanto cheguei a Bologna està friooooooo e a “Rappresentanze sindacali di base” dà musica aos transeuntes para “unificare le lotte per non pagare la crisi”! O que è que è isto, homens barbudos do Spectrum conhecedores de Itàlia?! Os acentos e as gralhas sao tipicas nas escritas ràpidas de cybercafé::: sorry!

Publicado por [Shift] às outubro 20, 2009 05:24 PM

Comentários

Olha! Alguém foi à casa das máquinas e apagou 42 comentários do faustino. Wünderbar!!!!

Publicado por [Rick Dangerous] às outubro 21, 2009 12:37 AM

nem todos eram do fausto.

Publicado por [Anónimo] às outubro 21, 2009 12:47 AM

Para quando um calendário do Spectrum? Todos os lucros seriam gastos numa grande festa de passagem de ano.

Publicado por [Anónimo] às outubro 21, 2009 01:37 PM

Não sejas modesto, roncato Esteves, pois este até foste tu que o escreveste:

"O que é que é do Faustino? O título? Realmente, há pessoas que acreditam em qualquer patranha que lhes vendam. Basta vir embrulhada no papel do pobre artista vilipendiado..."

Publicado por [Rui Faustino] às outubro 21, 2009 04:16 PM

a minha mãe sempre me disse "não te metas com intelectuais de esquerda, filha", são os piores...

Publicado por [anónima] às outubro 21, 2009 07:05 PM

inês?

Publicado por [renegade] às outubro 22, 2009 12:27 AM

Mas o que é que acontece quando as namoradas são politicamente brilhantes e gostam de fazer broches?

Publicado por [Rick Dangerous] às outubro 22, 2009 02:42 PM

Metes o dedo numa coisa que nao se percebe bem se é uma ferida. Está claro que a partir do momento em que um grupo sente necessidade de se fechar por considerar a presença masculina um foco de "corrupçao" (suponho que ideológica), nao se acaba de libertar dessa tradiçao de dominaçao patriarcal. É cair na velha história: para te libertares, tens que ter correntes para rebentar.
Por outro lado, se lanças o debate aqui, partimos do principio que estas três categorias de militância feminina (um atrevimento bem cruel) nao se verificam em grupos como este, nao é? A soluçao vai por aqui, entao.

Publicado por [boulder dash] às outubro 22, 2009 03:03 PM

That’s more than sesnilbe! That’s a great post!

Publicado por [Suzy] às maio 26, 2011 11:33 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)