« Activistas 'Verde Eufémia' arriscam cadeia | Entrada | Ateísmo Militante (...ou como perder a vontade de atacar Saramago) »

outubro 29, 2009

Shame on you, Saldanha Sanches

Saldanha Sanches, no seu “frente-a-frente” com Paulo Rangel, esteve muito mal a comentar a polémica do "social-fascista" José Saramago e das suas declarações sobre a bíblia.

Seguindo o estilo de alguns dos nossos comentadores aqui do blog, afirmou que a única razão para Saramago viver em Lanzarote é o facto de ser um paraíso fiscal.

Minutos depois, a própria SIC via-se obrigada a informar os telespectadores e o especialista em assuntos fiscais, que Lanzarote não era afinal um paraíso fiscal.

De qualquer forma, mesmo que fosse…

Aliás, Saramago tem dito, já mais do que uma vez, que mantém o seu domicilio fiscal em Lisboa e que paga os seus impostos em Portugal "até ao último cêntimo"

Publicado por [Saboteur] às outubro 29, 2009 12:46 AM

Comentários

ah, ah, fantástico! Melhor que Monty Python!
Este dia foi memorável em imbecilidades cómicas aqui no Spectrum, na caixa de comentários do Zé Neves no 5dias e agora também na SIC. Venham mais destes! Boa nooite, vou dormir!

Publicado por [renegade] às outubro 29, 2009 01:15 AM

O Saldanha Sanches disse isso?! Ganda noia!
Anda tudo doido neste país, pelos vistos... :/

Publicado por [Maldonado] às outubro 29, 2009 02:23 AM

Renegade: Obrigado para a chamada de atenção ao post do Zé Neves. É genial. Tenho pena de não o ter feito.

Publicado por [Anónimo] às outubro 29, 2009 10:22 AM

Renegade: Obrigado para a chamada de atenção ao post do Zé Neves. É genial. Tenho pena de não o ter feito.

Publicado por [Anónimo] às outubro 29, 2009 10:31 AM

Caros,

Não sei se sabem que paraíso fiscal não é um conceito jurídico. Lanzarote não é juridicamente um paraíso fiscal, nem o são as Ilhas Caimão ou a Suíça - porque juridicamente não há paraísos fiscais! Lanzarote tem um regime fiscal tão ou mais generoso que a Zona Franca da Madeira, tão criticada entre nós. Quanto à residência, verdade ou mentira, não é o único factor que determina o país que tributa rendimentos. Assim, ainda que resida em Portugal, é quase impossível que Saramago não pague impostos em Espanha.

Às vezes a pressa em criticar especialistas é criticável...

Publicado por [Joao] às outubro 29, 2009 12:04 PM

joao,

mas então explica-nos, para que fiquemos a perceber um pouco mais de fiscalidade. sobre os impostos pagos em espanha não estamos a falar de consumo mas sim de rendimento. admito desde já que não conheço o regime de lanzarote mas também não sei qual é a influencia do mesmo na taxação de quem tem domicílio fiscal cá. se nos quiseres elucidar...

Publicado por [Chuckie Egg] às outubro 29, 2009 02:07 PM

I’m not wrothy to be in the same forum. ROTFL

Publicado por [Jhett] às maio 26, 2011 06:42 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)