« Não é chinesa, mas parece que gostava de ser | Entrada | Blame the catholic church »

outubro 26, 2009

«Petition» - Doc Lisboa

Para satisfação dos defensores desse “país incontornável”, de “economia pujante”, que comemora os 60 anos da sua revolução, digo que o documentário vencedor da competição estrangeira – «Petition» – foi uma enorme desilusão (ao contrário do vencedor na competição nacional, o «Pare, Escute e Olhe», que mereceu todos os prémios que ganhou).

O tema de «Petição» tinha tudo para ser interessante: Milhares de chineses dirigem-se constantemente a Pequim, para fazer petições ao Governo Central. Basicamente queixam-se de decisões arbitrárias de funcionários e governos locais, problemas que não foram resolvidos, erros processuais, enfim: todo o tipo de coisas que um Estado gigantesco, centralizador e autoritário, produz sempre em apreciável quantidade, mas que à dimensão chinesa dá para fazer um filme épico.

O problema é que Zhao Liang parece mais preocupado em chocar as pessoas com um “filme anti-chinês”, do que documentar qualquer coisa.

Após 2 horas de filme não se percebe afinal como é que funcionam estas petições. É tudo uma enorme trapalhada onde o tema do filme se mistura com histórias pessoais confusas e mal contadas, polícias a arrastarem pessoas aos gritos para fora da repartição e depoimentos políticos a vulso contra o partido único.

Publicado por [Saboteur] às outubro 26, 2009 02:57 PM

Comentários

Yo, that's what's up truftlhuly.

Publicado por [Kaylana] às julho 6, 2011 07:26 PM

Right on—this hleped me sort things right out.

Publicado por [Kailee] às julho 8, 2011 04:03 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)