« Onde estava Vital Moreira quando era preciso? | Entrada | hum ... »

outubro 05, 2009

Debate sobre mobilidade pedonal

debate peão.jpg

Se já não tivesse decidido em quem ia votar nas autárquicas, o debate da passada 4ª feira, sobre um tema que me é caro (a mobilidade pedonal), tinha-me deixado com mais dúvidas.

O debate completo pode ser ouvido aqui, mas são duas horas com poucas ideias para a causa.

Nunes da Silva (o especialista em mobilidade dos Cidadãos por Lisboa, que concorre nas listas de António Costa), dá logo de início o mote: “Se houvesse um referendo sobre os carros em cima dos passeios, o sim ganhava”.

Políticos e técnicos das mais variadas áreas políticas há muitos anos que se habituaram a deslocar de carro dentro desta cidade para todo o lado. Não conseguem sequer conceber como é que pode ser diferente. Para eles, os problemas de mobilidade pedonal (que foram um pouco reduzidos - culpa da organização? - aos carros em cima do passeio), são essencialmente problemas de falta de estacionamento.

Esta é uma forma errada de ver o problema.

Quando há uns anos se colocou a questão no meu agregado familiar de comprar ou não um 2º carro, o que pesou na balança foi o preço do carro, do seguro e das manutenções. Nunca considerámos a questão do estacionamento porque aqui em Benfica, o espaço público para os pó-pós, seja em passeio, seja em alcatrão é gratuito e pode ser privatizado a qualquer momento pelo meu carro.

Acabámos por não comprar o carro com benefícios evidentes para a Cidade. Isto apesar da câmara não fazer o seu papel de promoção do Bem Comum: a promoção dos transportes públicos e da mobilidade sustentável – nomeadamente pedonal - e o desincentivo à propriedade de carro próprio.

Publicado por [Saboteur] às outubro 5, 2009 11:49 AM

Comentários

Das duas uma, Saboteur:
(que toda a gente sabe trabalhar para o "Zé" Sá Fernandes, na Câmara Municipal...)

- ou estás com dor de cotovelo de não ter sido o "Zé" a ir...

- ou então estás a preparar-te para te pirares da Câmara depois da eleições e já estás a começar a dizer mal dos camaradas de lista, para depois justificares a saída...

(truques antigos, mas que funcionam sempre :-)

Publicado por [Anónimo] às outubro 5, 2009 04:29 PM

Ainda há hipotese de eu fazer um post com sobre minha opinião sobre o debate e sobre o que deviam ser as políticas de mobilidade na câmara...

Como a idiotice não paga imposto, podias ter a ssinado o comentário sem problemas.

Publicado por [saboteur] às outubro 5, 2009 04:37 PM

E tu, Saboteur...
Porque é que não assinas com o teu nome?

Publicado por [Manuel Gusmão] às outubro 6, 2009 03:09 PM

Como não? Saboteur! Comento em muito sítio na blogosfera, mas não vás mais longe: Tens aqui nos arquivos 5 anos de posts e comentários à tua disposição, sobre os mais variados temas, para consultares e ficares a conhecer melhor que ninguém o que penso...

Nomeadamente o que penso sobre os palermas que só conseguem ver a preto e branco, o contra o partido ou a favor do partido, dos que interpretam qualquer divergência com a Direcção como um sinal de traição, de ofensa pessoal e - sobretudo - de "saída pró PS", dos que fazem política à base da intriga, da calúnia e boataria.

Publicado por [Saboteur] às outubro 6, 2009 11:25 PM

Eh lá, parece que te tocaram na ferida :-)

É bem feito para não andares a fazer juízos de valor sobre os anónimos, que depois se aplicam também a ti que não assinas com o teu nome...

Todo o outro relambório que se refere aos teus monstros debaixo da cama, não percebi nada... mas não faz mal, é saudável deitar o "pus" todo cá para fora!
;-)

Publicado por [Anónimo] às outubro 7, 2009 12:16 AM

Eu não faço juízos de valor sobre o anonimato na net. Pelo contrário já estou fartinho de dizer que não me incomoda nada e que sobretudo é um fenómeno impossivel de contornar.

Como deves imaginar é dos debates mais antigos e regulares que travamos aqui no Spectrum.

O que explicava era que uma coisa são comentários anónimos e outra são comentários e posts com nicknames, que é manifestamente diferente. Outra ainda são roubos de identidade na net, que também estão associados a esta facilidade de puderes assinar como queiras um comentário.

Quanto ao relambório tu podes não perceber (ah não?) mas deixa lá estar que há quem perceba.

Publicado por [Saboteur] às outubro 7, 2009 04:09 PM

I am forever indebted to you for this informatoin.

Publicado por [Kayleigh] às janeiro 19, 2012 04:03 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)