« "Melhor esplanada de Lisboa com os dias contados" | Entrada | Eu é que sou o Presidente da Junta... »

setembro 07, 2009

Debates eleitorais

Aproveitando o periodo dos debates eleitorais na TV (que por acaso até têm sido bastante informativos. Não me lembro de em outras eleições legislativas as coisas terem sido tão transparentes), informo que pelo que pudémos constatar - nos Programas para as Legislativas - só o Bloco de Esquerda fala de bicicletas e redes cicláveis.

ENFRENTAR A DITADURA DO AUTOMÓVEL

O Bloco de Esquerda defende um plano para uma transferência modal de 20%, do automóvel para os transportes
público, até 2015.
• Alargamento dos perímetros urbanos onde é proibida a circulação do automóvel, os canais exclusivos para
os transportes públicos e a rede de corredores dedicados aos modos suaves;
• Projectos-piloto de experimentação do conceito de espaço partilhado, onde se misturam os diferentes
meios de mobilidade;
Apoio à criação de serviços municipais de partilha de bicicletas;
• Isenção de portagem nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto nos casos de «car-polling», o uso partilhado
com 3 ou mais passageiros;
• Protecção dos direitos dos ciclistas e peões no código da estrada;
• Ligação aos transportes públicos como condição para a aprovação de qualquer plano ou projecto urbanístico.

Publicado por [Saboteur] às setembro 7, 2009 12:10 PM

Comentários

O que é car-"polling" ?
O programa do Luís Fazenda para a CML também é o que mais insiste na questão da mobilidade-acessibilidade :)

Publicado por [Tárique] às setembro 7, 2009 01:58 PM

Eu gosto muito de bicicletas, mas tu nao estarás um bocado obcecado? Estou convicta de que um programa eleitoral para o país que nao fale de bicicletas é perfeitamente legítimo. Estranho era se bicicletas em Lisboa de repente fossem um desígnio nacional...

Publicado por [rita maria] às setembro 7, 2009 03:03 PM

já vou votar neles então lol

Publicado por [anon] às setembro 7, 2009 04:02 PM

Rita: Pareces a Constança Cunha Sá ontem para o Louçã: Como é que com uma crise económica tão grave tem alguma importancia as uniões de facto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo? ;)

Parece-me que as questões da mobilidade sustentável, tal como as questões ambientais, no geral, são muito importantes.

Não são as únicas, bem sei. Mas como ninguém fala delas, como tem sido um tema recorrente aqui no blog e - sobretudo - como houve um companheiro que fez a papinha toda, decidi postar para o pessoal ficar com a informação.

Publicado por [Saboteur] às setembro 7, 2009 05:09 PM

Falso.

O da CDU também.

Publicado por [joao] às setembro 8, 2009 11:03 PM

Check that off the list of things I was confuesd about.

Publicado por [Jenn] às julho 7, 2011 02:15 AM

q9kkJW tsdrcsxvzkqr

Publicado por [xddktkm] às julho 7, 2011 10:00 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)