« Good boy | Entrada | Poesia de rua #10 »

setembro 10, 2007

É um pormenor, mas para um Secretário-Geral do PCP...

Na entrevista a Jerónimo Sousa, no Público, perguntam-lhe:

A Festa do Avante! comemora este ano os 90 anos da revolução soviética. O PCP continua a celebrar a URSS?

E ele responde:

Noventa anos da Revolução de Outubro, nós continuamos a celebrar um momento histórico em que o ser humano ousou tocar o céu, procurando libertar-se do regime brutal czarista que trazia um povo inteiro na miséria e na opressão. Foi um acto heróico mas também a resposta a uma necessidade objectiva no plano do desenvolvimento social.

Ora, um velho camarada, chamou-me a atenção para o seguinte:

Afinal Jerónimo de Sousa não sabe o que foi a Revolução de Outubro. O
“regime brutal czarista” (como ele diz) tinha sido derrubado na revolução
democrática-burguesa de Fevereiro. A de Outubro é a revolução operária e
camponesa (como a designou Lenine) tendo como objectivo a ditadura do
proletariado e o socialismo. O feito histórico dos bolcheviques foi esta
fulminante transformação da revolução democrática-burguesa em revolução
socialista, nos tais “dez dias que abalaram o mundo”, até hoje irrepetíveis.


Publicado por [Saboteur] às setembro 10, 2007 09:55 AM

Comentários

de facto há pormenores reveladores

Publicado por [renegade] às setembro 10, 2007 09:04 PM

A data, ainda assim, baralha alguns dos mais jovens que ontem estiveram na festa. João Antunes, de 27 anos, perdeu a vontade de falar, quando percebeu que pouco conhecia sobre o assunto. "Ai é?", questionou, espantado - "eu sei lá… então é melhor não falar". Gonçalo Fabião, comunista de 25 anos, veio de Lisboa para a Amora, sobretudo com o intuito de ver os concertos e viver o "ambiente de camaradagem". Mas as comemorações, confessou, não só não as conhecia como nem sabia do tratava essa tal revolução - "não faço ideia", dizia. Com algumas dicas, acabou por perguntar, pouco confiante "Isso foi aquela em que derrubaram o czar, não?". Há, claro, quem se mostre mais conhecedor. Como Igor Marques, militante da JCP, de 22 anos, natural de Viseu: "A revolução marca o início, em termos práticos, do movimento comunista, mas também ajudou ao desenvolvimento do mundo em geral".

Publicado por [Anónimo] às setembro 10, 2007 09:49 PM

Publicado por [xatoo] às setembro 10, 2007 10:22 PM

Existem sempre uns mais esclarecidos que outros. E alguns sempre com a vontade de passar atestados de ignorância a todos os outros.

De facto, a Revolução de Fevereiro afastou politicamente o czar e institui um embrião de democracia burguesa na Rússia de 1917.

Contudo, os alicerces do regime czarista maniveram-se praticamente inalteráveis, no plano ecónomico-social dominavam as mesmas classes e a Rússia manteve-se presa à repressão, à exploração sem limites das classes trabalhadoras, envolvida na I Guerra Mundial ao sabor dos interesses imperialistas em jogo.

É a Revolução de Outubro que põe termo ao Czarismo (não no sentido formal, mas no sentido do derrube das suas estruturas sociais e ideológicas) e abre portas à primeira Revolução Socialista vitoriosa.

É certo que esta é a Revolução operária e camponesa que entregou o poder aos Sovietes, esta é a Revolução que se propõe construir o Socialismo, esta é a Revolução que partindo das insuficiências da Revolução de Fevereiro aprofunda o processo revolucionário.

Não me parece nenhum erro afirmar que é a Revolução de Outubro que coloca um ponto final nas estruturas do Czarismo.

Publicado por [Duarte] às setembro 11, 2007 02:38 PM

ok, então concluímos por um czarismo sem czar. assim como dizer que o período de governo spinolista é um governo marcelista sem marcelo caetano. concordas com isto, duarte?

Publicado por [renegade] às setembro 12, 2007 11:46 PM

Xatoo: Estás a acusar este blog de ser má lingua?!

Publicado por [Anónimo] às setembro 13, 2007 10:33 AM

Xatoo: Estás a acusar este blog de ser má lingua?!

Publicado por [Saboteur] às setembro 13, 2007 10:33 AM

Caro Duarte, o teu secretário geral falou "do regime brutal czarista que trazia um povo inteiro na miséria e na opressão." Não há aqui qualquer referência a estruturas. De resto parece-me óbvio que as estruturas sociais e económicas herdadas do czarismo tão pouco foram abolidas com a tomada do palácio de inverno. E como, segundo Lenine, o regime czarista foi a forma política da introdução e desenvolvimento do capitalismo na Rússia, e o capitalismo tão pouco foi abolido pela revolução de outubro (basta pensar na NEP e o no seu estímulo à iniciativa privada), o que temos é uma comemoração que assume em tudo a forma de uma flor na lapela e em nada aquilo que se impunha, um esforço de reflexão rigoroso e profundo acerca da revolução de Outubro, seu alcance e seus limites.
Mas nós não queremos isso, pois não?

Publicado por [Rick Dangerous] às setembro 14, 2007 04:13 PM

VENCEREMOS PELA FOÇA DE NOSSA IDÉIAS E PELA ESPERANÇA QWE CARREGAMOS EM NOSSON CORAÇOES.
COMO OS BOLCHEVIQWES E OS CUBANOS VENCERAM
NÓS VENCEREMOS POR TER MUITO O QWE O SISTEMA
NÃO TEM. TEMOS FORÇA, HONRA, POEMAS, IDÉIAS...
PRINCIPALMENTE IDÉIAS. OS IANQWES O QWE É QWE TÊM??
APENAS ARMAS E DINHEIRO. NADA DESSAS COISA SERÁ
O SUFICIENTE PARA SUPRIMIOR OS ANSEIOS E DESEJOS DA CLASSE OPERÁRIA, PRIMAVERA QWE É MAS QWE QWALQWER
ROSA. POR ISSO ERGUEI-VOS. A REVOLUÇÃO NOS ESPERA
NOS CONVOCA, NOS ALISTA.
FORÇA E HONRA.
ATÉ A VITÓRIA, SEMPRE...

Publicado por [ELIAS] às setembro 19, 2007 04:56 PM

VENCEREMOS PELA FOÇA DE NOSSA IDÉIAS E PELA ESPERANÇA QWE CARREGAMOS EM NOSSON CORAÇOES.
COMO OS BOLCHEVIQWES E OS CUBANOS VENCERAM
NÓS VENCEREMOS POR TER MUITO O QWE O SISTEMA
NÃO TEM. TEMOS FORÇA, HONRA, POEMAS, IDÉIAS...
PRINCIPALMENTE IDÉIAS. OS IANQWES O QWE É QWE TÊM??
APENAS ARMAS E DINHEIRO. NADA DESSAS COISA SERÁ
O SUFICIENTE PARA SUPRIMIOR OS ANSEIOS E DESEJOS DA CLASSE OPERÁRIA, PRIMAVERA QWE É MAS QWE QWALQWER
ROSA. POR ISSO ERGUEI-VOS. A REVOLUÇÃO NOS ESPERA
NOS CONVOCA, NOS ALISTA.
FORÇA E HONRA.
ATÉ A VITÓRIA, SEMPRE...

Publicado por [ELIAS] às setembro 19, 2007 05:01 PM

VENCEREMOS PELA FOÇA DE NOSSA IDÉIAS E PELA ESPERANÇA QWE CARREGAMOS EM NOSSON CORAÇOES.
COMO OS BOLCHEVIQWES E OS CUBANOS VENCERAM
NÓS VENCEREMOS POR TER MUITO O QWE O SISTEMA
NÃO TEM. TEMOS FORÇA, HONRA, POEMAS, IDÉIAS...
PRINCIPALMENTE IDÉIAS. OS IANQWES O QWE É QWE TÊM??
APENAS ARMAS E DINHEIRO. NADA DESSAS COISA SERÁ
O SUFICIENTE PARA SUPRIMIOR OS ANSEIOS E DESEJOS DA CLASSE OPERÁRIA, PRIMAVERA QWE É MAS QWE QWALQWER
ROSA. POR ISSO ERGUEI-VOS. A REVOLUÇÃO NOS ESPERA
NOS CONVOCA, NOS ALISTA.
FORÇA E HONRA.
ATÉ A VITÓRIA, SEMPRE...

Publicado por [ELIAS] às setembro 19, 2007 05:03 PM

That's way more clever than I was expecting. Tahkns!

Publicado por [Zabrina] às maio 25, 2011 09:08 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)