« Provocação | Entrada | Todos os cavalos do Rei »

setembro 06, 2007

Dois bófias em cada esquina

A resposta para os problemas do João...

Publicado por [Rick Dangerous] às setembro 6, 2007 09:38 PM

Comentários

Mas qual 2 polícias em cada esquina!!? Eu sou é a fovor do poder verdadeiramente popular!

Qualquer cidadão que apanhasse outro a grafitar uma parede poderia levar a questão à Assembleia de Bairro. A Assembleia avaliaria tudo. Se assim decidisse, o grafiter seria obrigado a limpar a merda que fez. Se fosse ao contrário, o grafiti mantinha-se e seria feita uma festa em sua honra.

Publicado por [Saboteur] às setembro 7, 2007 03:20 AM

a resposta aos problemas do joão é ele perceber que nem tudo o que vê rabiscado é a ele destinado...ou por outras palavras, nem tudo o que está no espaço publico tem a pretensão de alcançar todo o publico....ou ainda, ninguem perguntou se gostavas ou não, faz-se por razões que desconheces e que pouco têm a ver com gostos...e por ultimo, nem tudo o que é stencil é mais interessante do que os bombings, não gostaram do tag no "la haine" atrás da carrinha da bófia logo no principio do filme?

Publicado por [Anónimo] às setembro 7, 2007 09:28 AM

AAAAH!!!!! Se não me é destinado, tá bem. Podem cagar o Chiado inteiro. Eu pensava que aqueles tags imbecis me fossem destinados. Que destraído que eu sou. Realmente os autores não me tinham perguntado se eu gostava ou não. Mas eu devia ter desconfiado que quem escreveu na fachada do meu prédio "Juve Leo" tinha outras intensões que não agradar-me.

Publicado por [Anónimo] às setembro 7, 2007 11:03 AM

Não precisava de ser o chiado inteiro, podia ser só mesmo ali por cima do tic, onde vai passar a noite quem se porta mal. Nesse prédio maldito embora restaurado, quem quer que faça lá um tag minimo que seja leva a medalha de ouro, tu pelo contrário, estás fora da corrida...é um bocado como os do tuning, usam as estradas de todos mas só competem entre eles, capice?

Quanto a tags Juve Leo ,NN ou Super Dragoes, são tão giros e engraçados como os milhares de placards publicitários espalhados pela cidade e merecem portanto o mesmo repudio. Destinam-se a publicitar x coisa.

Quando um writer faz o seu tag não o está a publicitar para ti ou pra mim mas sim para um publico-alvo muito especifico, os writers. É entre eles, mais nada. Não há dinheiro nem podium, como não ouve durante muito tempo com o skate ou o in-line e também na altura se levantavam vozes iradas contra esses putos que "tomavam de assalto zonas da cidade para a prática dos seus desportos, ditos radicais". E sim, também havia registo de deterioração do espaço utilizado pelos mesmos, talvez não tão visivel, mas havia quem os acusasse.

Publicitar cerveja com imagens parecidas com uma cona ou uma gaja nua é infinitamente pior do que correr o risco de levar com a bófia ou de levar na tromba dos moradores na senda de conseguir fazer um bombing num sitio muito visivel mas de dificil acesso.

Que morra a publicidade.

Mil graffitis no Metro, que o proximo seja naquelas telas onde passam aquelas coisas que mesmo que nao queira ver nem ouvir a tal sou obrigado.

Publicado por [Anónimo] às setembro 7, 2007 12:20 PM

Cuidado Rick. Não deves mostrar dois polícias a beijar-se. Essa insinuação de homemsexualidade não é bonita e ainda há um polícia que pede para te identificar:
http://obitoque.blogspot.com/2007/09/rap-de-disparate.html

Publicado por [samir.machel] às setembro 7, 2007 01:16 PM

Good point. I hadn't thouhgt about it quite that way. :)

Publicado por [Jodi] às maio 26, 2011 03:35 AM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)