« Ainda o "Dia D" | Entrada | Polícia para quem precisa »

agosto 23, 2006

Direitos despedaçados

Na passada sexta-feira chegou um aviso da Câmara de Amadora de demolição das casas da Azinhaga dos Besouros. O aviso informava que a demolição seria feita “na próxima semana”.

Os moradores ficaram preocupados mas não quiseram acreditar: O aviso era vago e parecia ser apenas mais uma ameaça, daquelas com que este pessoal se habituou a conviver no dia-a-dia.

Para além disso, apesar de ser mais ou menos do conhecimento generalizador que este bairro é “ilegal”, não deixa de ser um bairro com mais de 10 anos, com esgotos, cujos moradores pagam a respectiva taxa, com casas que já foram fendidas, que foram feitas escrituras, em que foi paga sisa, etc.

Apesar de se tratar então de uma demolição de legalidade duvidosa e de moralidade mais que duvidosa, a Polícia lá esteve ontem, toda equipada, a agredir os moradores que tentavam defender as suas casas, a bater, algemar e a deitar spray para os olhos de quem lhes fazia frente.

Com esta cultura de desprezo pela vida das pessoas que as elites deste país vão fomentando e instituindo, admira-me como é que somos um país tão pacato, com tão pouca criminalidade, nomeadamente criminalidade violenta.

Publicado por [Saboteur] às agosto 23, 2006 11:44 AM

Comentários

Como te podes admirar? Se o povo até é capaz de mostrar infinita benevolência para com ditadores, perdoar-lhes as ofensas e deixa-los partir em paz para a Espanha e o Brasil... Se até elege para presidente da república um gajo em cuja campa já dançou em cima...
Estou mesmo preocupado é com o preço da cebola!

Publicado por [Francis] às agosto 23, 2006 01:36 PM

Esta noite de 5ª feira à vigilia no Bairro, na amadora. Apareçam por lá.

Publicado por [Anónimo] às agosto 24, 2006 03:40 PM

TYVM you've slvoed all my problems

Publicado por [Vinnie] às maio 25, 2011 09:48 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)