« Camarada Cavaco | Entrada | Dinheiro »

maio 02, 2005

Sarrafada em Celorico de Basto 1470

O Spectrum continua a alargar a sua rede de colaboradores por esse mundo fora.
Como achamos que Paris e Berlim não têm contribuído como poderiam, decidimos contactar o nosso correspondente na corte do D. Afonso V a saber de novidades, cujo lá se dignou enviar esta carta truncada e transcrita às três pancadas (e com as limitações do blog) de uma cena de porrada e baixaria em Celorico de Basto em 1470. Que vos dê tanto prazer a ler como deu a transcrever.
Um chupa-chupa a quem souber o significado de "Rapazes" (logo antes de "fi des putas")!

"Dom afomso etc A todollos Jujzes e Justiças dos nosos Reignos a que esta carta for mostrada Saude

Sabede que o conçelho e homeens boons d atey honrra de dom fernando de meneses do noso conselho nos emviarom dizer que estando elles seguros sob guarda de deus e nosa nom fazendo nem dizendo mall algua pessoa que fernam coutinho mandara ao dicto logo de atey huu luis aluarez seu escudeiro E meem rrodrjguez e lopo martjnz morador em canedo termo de çellorico de basto., E outros homeens de pee armados d escudos e lanças e espadas dizendo que queriam tomar per força huu laurador que sse veera do dicto logo de çellorico morar ao dicto llogo d arey

E que tanto que ao dicto lugar chegarom começarom de os doestar chamando lhes Rapazes fi des putas cornudos dizendo lhes outras mujtas maas pallauras desonestas E que veendo elles aquello lhes diserom que se fosem em boa ora E os nom desonrrasem que sse algua cousa queriam que Requeresem o Juiz ou ho seu ouuidor do dicto dom fernando e que lhes fariam dereito dizendo lhes elles que nom eram alli vijndos por ijsso.,, mais que fariam o que lhes Era mandado. que emforcariam dous ou tres delles ., mouendo contra elles doestando os de mujtas desonestas pallauras.

E que veendo elles como os sobredictos moujam contra elles começarom de chamar da nossa parte (isto é, "Aqui del Rei", ou coisa parecida!)., No quall apillido acudirom todollos moradores do dicto logo d arey asy homeens como molheres E se emvurilharom todos huus com os outros em aRuido do quall aRuido ssayrom feridos os dictos lujs aluarez e meem rrodrjguez e lopo martjnz., E que o dicto lopo lujs aluarez sse veera a morrer e os outros eram saaos e sem alleyjom das dictas feridas.," (...)

Publicado por [Renegade] às maio 2, 2005 08:30 PM