« Carlos Brito é o novo treinador do Boavista | Entrada | Resistível ascensão e queda de Santana nas boas graças do público opinioso »

maio 16, 2005

Poema odorífero para os poemas do Avante! a Estaline

Não se sabe se Estaline cheirava mal dos pés.
Leandro Martins asseguraria que não.
Para este, apesar do potencial odor a cholé,
E apesar de todo o cliché,
Estaline está vivo no nosso coração.

Vai na volta o gajo tinha também micoses,
Pé-de-atleta e outras bem piores,
Que, na peúga, juntamente com os odores,
Joanetes, unha encravada e artroses,
Faziam os camaradas da dacha de Volynskoye sofrer horrores.

E da boca, inundava-se o clima de mentol?
Talvez o mais provável fosse, ao invés, um fedor,
Que, apesar do abuso de aerossol,
Alternado com elixir de formol,
Abundava de pestilência o seu redor.

Conta-se que na assinatura do pacto germano-soviético
Clausulou-se a excepção de armas químicas corporais
Para fazer com que nas reuniões bilaterais,
Não obstante o uso de anti-séptico,
Os óbitos dos diplomatas nazis fossem “mortes naturais”.

Diz-se também, apesar de Manuela Bernardino discordar,
Que, em Yalta, tanto Estaline se peidou
Que o obeso Churchill se esquivou
Da cadeira à sua direita se sentar,
Deixando Roosevelt, entre ambos, a ofegar.


Estaline a tresandar junto de nazis


Estaline a tresandar junto dos aliados

Publicado por [Joystick] às maio 16, 2005 01:26 PM

Comentários

És um talento...tb há poemas?

PS: E a história de Borba, não é uma delícia?

Publicado por [rita] às maio 16, 2005 05:55 PM

foi um grande homem pois foi. Não percebo por que dizem mal dele.

Publicado por [renegade] às maio 17, 2005 12:12 AM

Antes do pacto Hitler-Estaline, a diplomacia da União Soviética tudo tentou quer junto do governo da França quer junto do Governo da Inglaterra,para fazer uma aliança que se opusesse ás atitudes expansionistas de Hitler.

De França e da Inglaterra Estaline recebeu duas negas , a atitude desses governos é que essa aliança seria um sinal de hostilidade para com Hitler.

Na prática é conhecido o primeiro ministro da Inglaterra e o primeiro ministro da França foram a Munique assinar um pacto de não agressão com Hitler.

Esperavam com isto que Hitler abrisse as hostilidades na frente leste, isto é contra a Russia e nada haveria contra a Europa Ocidental.

Por muito discutivel que isso seja Estaline teve neste ponto uma visão de estadista, e ao assinar com Hitler um pacto ganhou mais de um ano de tempo para preparar o seu país para uma guerra que para todos era inevitável.

A União Sovietica pagou muito caro a barbarie nazi mais de 22 milhôes de mortos, e a maioria de fabricas cidades e culturas destruidas.

Mas foi o exército vermelho que travou Hitler, foi em Estalinegrado, que o inicio da derrota da Alemanha Nazi começou.

E foi nesse exército vermelho que muitos milhares de homens e mulheres de religião judaica de armas na mão ajudaram a derrotar os nazis.

Infelizmente esta última gesta heróica dos judeus russos, parece não convir aos sionistas que ocupam o poder em Israel, ser suficientemente enaltecida.

Publicado por [a.pacheco] às maio 19, 2005 01:54 AM

Também me parece. Os comunistas anti-estalinistas caem muitas vezes no anti-sovietismo primário, confundindo tudo. A história é lugar de disputa e a da união soviética então...

Publicado por [renegade] às maio 23, 2005 01:57 PM