« Fotografias que, neste momento, se encontram em trânsito | Entrada | Os artistas preferidos »

março 07, 2005

Será publicidade paga?

cerebro.jpg
Na primeira página do EXPRESSO - Secção Economia & Internacional, há uma colunazinha à direita (provavelmente a mais lida da secção), intitulada "Últimas"

Foi da edição desta semana que eu tirei mais esta pérola do jornalismo:

«PORTUGAL ULTRA RÍGIDO

Portugal ainda tem as leis laborais mais rígidas dos 30 países da OCDE, dificultando novas contratações e o aumento da produtividade»

Ponto final. É a notícia. Isto e mais um graficozinho, para dar um ar científico à notícia.

Vamos por partes:

"ainda tem"?; "leis laborais rígidas"? Naturalmente tudo isto é matéria d opinião do jornalista... mas o que seria se ele tivesse outra opinião e escrevesse qualquer coisa como "as leis laborais portuguesas ainda são das que mais defendem quem trabalha". O burburinho que não ía ser...

"dificultando novas contratações e o aumento da produtivdade". Continuamos no domínio da opinião politico-ideológica... mas se à luz da teoria neoclássica é costume afirmar que a "rigidez" das leis laborais dificultam o emprego, já meter aqui a questão da produtividade, é um exagero que só mesmo os mais ortodoxos da escola de chicago cometem.

Finalmente o graficozinho: Sem fonte, com a "rigidez" medida numa escala desconhecida (claro) que vai de 1 a 6, e em que Portugal aparece para aí com um 4,3... Todo ele é bastante irregular e cheira a esturro que tresanda... mas o melhor ainda não me tinha saltado à vista: o gráfico tem uma data. 2003.

A notícia - não assinada - na secção das "últimas" refere-se a um gráfico altamente suspeito e que tem 2 anos... Com a agravante de ser anterior à ultima (e flamigerada) grande revisão das leis do trabalho em Portugal.

Publicado por [Saboteur] às março 7, 2005 10:56 PM

Comentários

Ora, preciosismos...es mesmo aborrecido...deixa la essas coisas da independencia jornalistica e dos detalhes cientificos...come on, that's not what its all about!

Publicado por [rita] às março 8, 2005 05:37 PM

Aborrecidos são os jornalistas que acham aborrecidos o rigor.

"detalhes científicos" a fonte de um grafico, as unidades em que ele é medido e a data dessas medições?

A manipulação ideológica nos assuntos económicos, faz-se hoje à descarada e ninguém diz nada.

Se hoje, dia mundial da mulher, algum jornalista escrevesse algo do género "as mulheres, apesar de genéricamente terem menos produtividade que os homens - com o tal gráficozinho - ganham apenas menos 10% em média"... Ninguém ficaria calado... e ainda bem.

Agora, se se escrevem barbaridades destas nas primeiras páginas dos jornais, então está tudo normal...

Publicado por [Saboteur] às março 8, 2005 08:09 PM

Calma, estavaa brincar...

Publicado por [rita] às março 8, 2005 11:34 PM