« Recta Final | Entrada | Para o dia de reflexão... »

fevereiro 18, 2005

Mais 100 - a vida para lá da crise política

"Os 98 trabalhadores da Indesit sob ameaça de despedimento colectivo deverão rescindir os contratos de trabalho por mútuo acordo até 22 de Fevereiro, de forma a beneficiarem das contrapartidas oferecidas pela empresa, admitiu anteontem fonte sindical.

Segundo revelou à Lusa Manuel Neto, da Comissão de Trabalhadores da fábrica de frigoríficos de Praias-do-Sado, em Setúbal, a reunião realizada terça-feira com a administração da Indesit "não trouxe nada de novo, porque a empresa não abdica do despedimento colectivo".

"Após a saída dos 98 trabalhadores, seja através do despedimento colectivo ou da rescisão dos contratos de trabalho por mútuo acordo, a Indesit fica apenas com um total de 96 funcionários, 42 na linha de produção e 54 no apoio técnico e serviços comerciais", disse Manuel Neto, salientando que o despedimento colectivo "abrange todos os elementos das Organizações Representativas dos Trabalhadores".

Público 17/02/05

Publicado por [Renegade] às fevereiro 18, 2005 11:11 AM