« Livingstone recusa pedir desculpas | Entrada | Paris sous la Neige »

fevereiro 22, 2005

Tentação da maioria?

Um dos personagens mais detestáveis deste país volta a debitar as suas insanidades perante a complacência da comunicação social.
O ogre em questão espera que "o PS não caia na tentação da ditadura das maiorias e que saiba ouvir toda a esquerda".
Fantástico! Toda a esquerda! Já viram melhor exemplo de abertura a todas as correntes de opinião?
Quanto ao resto do artigo, leiam-no se tiverem coragem.

Publicado por FG Santos às fevereiro 22, 2005 04:02 PM

Comentários

É um nojo.
Uma criatura repelente.Abjecta.

Mas este resultado foi bom.
Muitos dos 35% que se 'baldaram' eram parte da 'horda'.
A 'horda' está disposta a regressar às fileiras (pelos vistos aos magotes).
Já para o ano este idiota irá engolir o que diz nesta entrevista.
É com muito gosto que até vou ver o FG Santos (embora engolindo um sapo) a votar no prof.Aníbal.:-)
É o maior desgosto que essa gentalha pestífera pode ter: perder a Presidência para o Cavaco. Ainda lhes dá um coisinha má :-)
Pense nisso FG Santos!

Como diria Sá Carneiro: Um governo, uma Maioria, uma Presidência.
É altura de começar a trabalhar.

Faço votos para que a criatura da entrevista ainda veja esse momento, cada vez mais próximo.

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 22, 2005 06:41 PM

Está bem livre dessa, caro Nelson. Primeiro, não gosto do homem, sendo um dos principais motivos o seu europeísmo desbragado. Depois, NUNCA votei em Presidenciais, por uma questão de princípio. Execro a República.

Publicado por: FG Santos em fevereiro 22, 2005 10:28 PM

Está a ver FG Santos, é este o 'ponto'.

As esquerdas, quando toca a reunir, engolem os sapos todos e jogam em conjunto.

As direitas deixam-se levar por divisões.

Acho que é altura de o FG abrir uma excepção:
Um exercício: no dia das eleições beba um cpoinho de vodka pura antes de sair p'rós votos, para dar 'força' e 'alegria'.
Depois, ao chegar à secção de voto basta o FG evitar olhar para o busto da República (caso exista) e, no momento da cruzinha....pensar no descabelado desespero de Soares, Louçãs, Jerónimos e da trsiteza terrível que se abateria sobre o esquerdalho.
Acredite. Não há nada que os irrite mais que serem derrotados por......Cavaco Silva.
Além disso, acho que é chagada a altura de um economista tecnocrático chefias o Estado.
Que é da sua solidariedade profissional? :-)

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 22, 2005 10:55 PM

já agora podia me explicar por a+b porque é que o Doutor Mario Soares é um dos personagens mais detestáveis deste país?

Estou curioso!

"As esquerdas, quando toca a reunir, engolem os sapos todos e jogam em conjunto.
As direitas deixam-se levar por divisões." (Nelson Buiça)

Isto é uma piada, não é Nelson?!

Publicado por: j.c.t.p em fevereiro 22, 2005 11:12 PM

Não contava com esta vinda do JCTP, homem das esquerdas e pessoa esclarecida.
É óbvio que falo num quadro de eleições presidenciais.
Sempre que a esquerda precisou de derrotar os candidatos mais à direita, os diversos grupos da esquerda lá 'engoliam os sapos' (expressão muito usada pelos comunistas) e elegeram os Soares e os Sampaios.

Já à direita.....tem sido o que se vê: divisionismo e falta de mobilização.

É por isso que eu INSISTO que os votos dos FG Santos deste país são tão importantes e vão ser decisivos nas próximas presidenciais, para quem não seja de esquerda, é claro.

Até os monárquicos mais empedernidos devem ir votar, fazer o sacrifício, e 'engolir o busto' e mais o Afonso Costa e mais o meu antepassado....e o camadro e o diabo a 4.

TUDO A VOTOS!

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 22, 2005 11:35 PM

Quanto ao sr.Soares, vou abster-me de lhe responder, pois posso perder totalmente as estribeiras.

Deixo essa resposta para o FG Santos :-)

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 22, 2005 11:37 PM

Sim, Nelson, é capaz de ter razão. Se calhar essa esquerda de que fala ainda vai ter que engolir o Freitas do Amaral. Por mim, tudo bem. Antes ele que o Cavaco. E se a escolha for entre estes dois, é sapo que engulo sem dificuldade.

Tem razão. Mea culpa! Nem reparei que falava das presidenciais. É que vai por aí tanto delírio desde que a esquerda supostamente chegou ao poder, que pensei que o Nelson se estivesse a deixar levar pela coisa. Mas o engano foi meu. As minhas desculpas.

Agora não sei se os eleitores do MRPP ou do POUS votaram em todos os candidatos das esquerdas. De que direita estamos a falar? Não me parece difícil PSD e PP entenderem-se e apelarem ao voto num candidato que una as direitas. De que direita estamos a falar? De uma 'direita marginal', suponho. Mas disso também temos nas esquerdas.

Publicado por: j.c.t.p em fevereiro 23, 2005 12:07 AM

".. ainda vai ter que engolir o Freitas do Amaral..."

Ai vai, vai. Eu eu vou rebolar-me a rir.
E pensar que em 1986, quando eu tinha 13 anos, andei de noite a colar cartazes p'ró gajo!
Enquanto eu (e outros) colava cartazes a esquerda dizia de freitas que era um 'PERIGOSO FASCISTA'.
As voltas que isto dá...

Cavaco vs, Freitas?
Aí o Cavaco tem a corrida ganha. Sem problemas.
Vai ser de capote.

" E se a escolha for entre estes dois, é sapo que engulo sem dificuldade"

JCTP dixit.
Não sei se reparou mas......está a dar-me razão.

Não gosto do termo 'marginais'. Prefiro o termo 'franjas', é portador de mais espírito democrático.
Dentro do vasto espectro das direitas, como já deve ter reparado, estou num sector liberal, algo 'alaranjado', mas desiludido, algo incomodado e muito crítico.

"...desde que a esquerda supostamente chegou ao poder..."

Caro JCTP, a sua fina ironia é deliciosa.
:-)

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 23, 2005 01:14 AM