« O Bruno na TV | Entrada | O que ele foi dizer! »

fevereiro 13, 2005

Dresden, 60 anos depois

Há precisamente 60 anos ocorreu um dos mais sangrentos actos da II Guerra Mundial: o bombardeamento de Dresden pela força aérea aliada. As vítimas foram na sua grande maioria mulheres, crianças, velhos e dezenas de milhares de refugiados face ao avanço soviético a Leste.
Importante nó de comunicação entre Berlim e Leipzig, Dresden foi arrasada oficialmente para ajudar ao avanço soviético, mas igualmente para destroçar o moral alemão. O que é certo é que qualquer historiador hoje em dia reconhece que o efeito foi o contrário entre a população alemã.

dresden.jpg

O número de vítimas não é consensual, de 35.000 a 200.000 as versões divergem enormemente. O que é certo é que este horroroso crime de guerra nunca foi punido, pois a justiça (e a história) é exercida pelos vencedores.
Como escreveu Malaparte em "A Pele": «é uma vergonha ganhar a guerra».
Os bombardeamentos aliados sobre a Alemanha causaram no mínimo umas 600.000 vítimas, arrasando por completo cidades inteiras.
A auto-censura assumida pelos alemães no pós-guerra levou a que só de há uns 10 anos a esta parte se tenha começado a evocar as atrocidades aliadas, de tal modo a culpabilização alemã pelas atrocidades nazis se fez sentir no seu íntimo.

Publicado por FG Santos às fevereiro 13, 2005 11:10 PM

Comentários

Completamente de acordo.
Este e outros crimes repugnantes, perpetrados por todas as partes beligerantes, devem ser execrados veementemente.

Contra factos não há argumentos. Certo?

Ai, se todos pensassem como o FG Santos que bom que era...
Pena é que andem 'zarolhos'.
Uns de um 'olho'; outros de 'outro', conforme as conveniências.
Dever ser 'encadeamento ideológico'
;-)

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 13, 2005 11:45 PM

quis dizer 'encandeamento'

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 13, 2005 11:48 PM

Dresden não é crime de guerra, porquê? Só morreram 235.000 pessoas naquele forno crematório de tapetes de bombas de fragmentação, bombas explosivas (10.000),bombas incendiárias (650.000) e bidons (15.000)de fósforo e de petróleo! Dresden foi assim libertada! E Colónia, Hildesheim, Hamburgo, Berlim, Chemnitz, para só citar algumas?
E Hiroshima? E Nagasaki?

Publicado por: Nonas em fevereiro 14, 2005 11:12 AM

Valha-nos o Camarada Nonas, para repôr e relembrar a Verdade Histórica que os mais novos e os distraídos desconhecem.

Publicado por: Mendo Ramires em fevereiro 14, 2005 12:45 PM

Obrigado, camarada Mendo Ramires.
Uma das nossas funções é repor e relembrar a Verdade. Estamos cá, também, para isso porque não esquecemos nem perdoamos um dos crimes judaicos contra a Europa: a guerra de 1939-45! Para não falar de outros...!

Publicado por: Nonas em fevereiro 14, 2005 02:21 PM

E os países que viram a sua SOBERANIA despedaçada perante a invasão e ocupação alemã. Da pestífera e nojenta Alemanha Imperial??
Nesses não falam??
Doem as teclas é?
E Londres, não foi bombardeada durante 58 dias?
Parece que não.
E Coventry?
Mas os ingleses que se lixem, já me esquecia.....
E a Polónia?
O que é que aconteceu na Polónia aquando do 'blitzkrieg'? Foi bonito, não foi? Disso não fala este impagável Nonas. Deve ser da 'luz'.
Já sei, os aviões da Luftwaffe (aqules que levaram no corneta da RAF, eehehhehe) só lançavam chocolates e chupa-chupas. E rosas, claro. E também receitas culinárias e alguns terços para oração, como é óbvio.
A Wermacht, como sabemos, era uma associação filantrópica, sem fins lucrativos, como está bom de ver.

'Heute Europe, morgen die welt'
Pois era. Correu mal. Azar.

Julgam-nos adormecidos. Mas enganam-se.
Sempre alerta!
Julgam-nos de memória curta. Mas enganam-se.
Julgam que nos enganam. Mas não nos enganam.
Julgam-nos estúpidos. Mas enganam-se.Redondamente.

Nota: os Aliados detêm hoje um poderio militar cada vez maior a cada dia que passa.
Ironia das ironias, Berlim, Roma e Tóquio são hoje cidades 'aliadas' (e de que maneira).

Perder a História deve doer. Mas isso passa.
Receito o mesmo que para os que sucumbiram em 1989: uma pomada para as articulações dos membros superiores.
É remédio santo.

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 14, 2005 02:34 PM

Já cá faltava a 'ladaínha'.
Enfim....

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 14, 2005 02:38 PM

Oh Buiça, mas você não se farta de escrever sempre a mesma merda? Olhe que para quem lê é bastante cansativo.

Publicado por: NC em fevereiro 14, 2005 11:23 PM

É como outros, também escrevem sempre as mesmas tretas.
Para cassete...cassete e meia.
Certo?

Publicado por: Nelson Buiça em fevereiro 15, 2005 02:19 PM