« Aumento da criminalidade na Turquia | Entrada | Charles e Camilla... »

fevereiro 24, 2005

Blair e as medidas anti-terrorismo

Com algum atraso face ao seu amigo Bush, também Tony Blair viu aprovado pela Câmara dos Comuns o seu pacote de medidas de luta contra o terrorismo. As críticas choveram pelo facto de essas medidas configurarem abusos de autoridade e uma limitação da liberdade.
Nas hostes do Labour houve 32 (!) MPs (deputados) que votaram contra. (Um exemplo de independência bem contrastante com a carneirada reinante nos partidos portugueses, em que as contas se fazem logo pelo número de deputados de cada lado, não havendo rebeliões.)
Toda esta situação me levanta uma interrogação: se o Reino Unido tem conseguido controlar quase sempre com sucesso o terrorismo do IRA, porque é que Blair acha que é necessário um reforço das medidas anti-terrorismo? Quais os verdadeiros objectivos desta lei?

Publicado por FG Santos às fevereiro 24, 2005 02:25 PM