outubro 31, 2005

O PEQUENO BLOGUE DO GRANDE TERRAMOTO

capapequeno.gif

Li algures a expressão "gripe dos livros", que se referia à extinção dos blogs após a sua edição em livro. Felizmente o inverso também pode acontecer, e assim o saudoso barnabita Rui Tavares regressa à blogosfera com O Pequeno Blogue do Grande Terramoto que pretende servir de apoio ao livro recém-editado. O lançamento oficial do blog é amanhã às 9:30, exactamente 250 anos depois do terramoto. O livro já está nas livrarias.

Boss

Publicado por renaseveados em 10:14 PM | Comentários (2)

RIO ENCAVACADO

E não foi preciso esperar muito tempo para saber como é um Rio absoluto: «Rui Rio chamou os jornalistas para dizer que a partir de hoje só aceita entrevistas por escrito, com perguntas previamente combinadas. (...) No final da declaração, não respondeu a perguntas, até porque os jornalistas não as levavam por escrito.» Isto numa "conferência de imprensa", se isso se lhe pode chamar, que teve ainda direito a alteração de horário em cima da hora, e atraso do senhor presidente. Desconfio que isto é só o princípio da prepotência fluvial... By the way, antes mesmo destas regras terem sido estipuladas, i.e., durante a campanha eleitoral em que Rio nunca negava entrevistas, o GRIP enviou-lhe perguntas por escrito, como mandam as novas regras, mas pelos vistos só Teixeira Lopes respondeu.

Mas se Rio esperou ganhar as eleições para assumir a sua faceta prepotente e autista, já Cavaco continua igual ao que sempre foi. E recusa-se a responder a Mário Soares, que perguntou: Se não é político profissional porque recebe a reforma? E afinal, até recebe três... Anyway, a vantagem destas candidaturas suprapartidárias, é que por estarem justamente acima do partido, se podem dar ao luxo de mandar o líder partidário, qual marioneta, responder em sua vez. Mas Cavaco esse, continua mudo e quedo. Um rio oculto, em suma.

Boss

Publicado por renaseveados em 09:54 PM | Comentários (4)

For bøsser og lesbiske

GMlogo.PNG

A empresa de comunicações móveis dinamarquesa CBB Mobil decidiu lançar uma nova marca dirigida especificamente à população gay e lésbica do país, a Gay Mobile. Através do programa Gay Trust, a empresa tenciona repartir parte dos lucros com instituições de apoio à comunidade LGBT.

Não é a primeira vez que empresas de telemóveis lançam marcas dirigidas a mercados "minoritários", como a Yorn dirigida aos jovens portugueses, ou a Ay Yildiz dirigida à população turca residente na Alemanha. Mas em relação ao mercado rosa esta é uma estreia a nível mundial. Não espanta que seja na Dinamarca, país onde há mais de 16 anos as uniões homossexuais são reconhecidas pelo estado. E desde 1983 que a Radio Rosa, originalmente criada pela Landsforeningen for Bøsser og Lesbiske (LBL) (maior organização LGBT dinamarquesa), emite em FM para toda a área metropolitana de Copenhaga.

Boss

Publicado por renaseveados em 06:02 PM | Comentários (2)

PRESIDENCIAIS DO FUTURO

voto_presidentes.PNG

Com 451 votos expressos assim ficaram definidas as percentagens de simpatia presidencial da audiência rénica. Mas como uma segunda volta entre Louçã e Alegre é demasiado improvável, o novo voto rénico será entre os actuais mandatários para a juventude de cada candidato, numa antevisão das eleições de 2026.

candidatos_futuro.JPG
Joana Amaral Dias, Kátia Guerreiro, Miguel Guedes e Pacman

Temos então a Joana Amaral Dias, co-autora do blog Bichos Carpinteiros, ex-deputada do Bloco de Esquerda e mandatária da candidatura de Soares. A Kátia Guerreiro, fadista e mandatária de Cavaco Silva. Miguel Guedes, vocalista dos Blind Zero, director-adjunto da revista Cânhamo e mandatário de Louçã. E finalmente o Pacman, vocalista dos Da Weasel e mandatário de Manuel Alegre. (Jerónimo Sousa não tem ainda mandatário para a juventude). Vota como se estivesses em 2026.

Boss

Publicado por renaseveados em 11:53 AM | Comentários (6)

PRESIDENCIAIS ESPANHOLAS

infantas.jpg
As infantas Cristina e Elena, a 30 de Janeiro de 1968, na clínica onde onde nasceu o seu irmão mais novo e herdeiro do trono espanhol.

E se por cá nos queixamos pelos meses de campanha eleitoral, que dirão nuestros vizinhos, e seu ainda mais complicado sistema. A burocracia é mais que muita, a morosidade ainda pior, e a sorte ou azar são factores decisivos. Tudo começa com o casamento do presidente (ou futuro-presidente), que terá que ser um casamento católico e heterossexual. Depois dar-se-á a cópula entre os membros do casal, e espera-se que um espermatozóide de um, fecunde um óvulo da outra. E para ser presidenciável, espera-se ainda que esse espermatozóide tenha o cromossoma Y. Cerca de 9 meses depois dá-se o nascimento do rebento que esperará pela morte do seu pai para o substituir na presidência.

No entanto nem tudo corre sempre como desejado, e às vezes nascem meninas. Foi o que aconteceu com o actual presidente Juan Carlos, que só à terceira fecundação de um óvulo da primeira-dama Sofia, acertou num Y. Para simplificar este burocrático e incerto sistema, Zapatero irá agora dar início a uma reforma constitucional que permita que os bebés do sexo feminino também possam ser presidentes. Uma boa notícia para a pequena Leonor, nascida esta madrugada. Mas não será certamente o que disse Zapatero, Hoy es un día de felicidad para todos los demócratas. Não José Luís, sabes que te admiro muchíssimo, mas os democratas costumam ficar felizes nos dias em que fazem escolhas livres e conscientes, entre pessoas que livre e conscientemente se candidatem a determinado cargo público. Às vezes pode haver ressaca pós-eleitoral, mas a festa da democracia é o voto no candidato já nascido, e não o seu parto.

Boss

Publicado por renaseveados em 11:17 AM | Comentários (8)

outubro 30, 2005

The bird is back in autumn and the girlz open out the ark

Antony and The Johnsons

Antony volta a Lisboa ainda este ano para mais um espectáculo no nosso país. Depois do sucesso do último concerto que deu em terras lusas na Aula Magna em Maio passado, em que conseguiu esgotar a sala, este pássaro musical volta a visitar Portugal desta vez para um concerto único no Coliseu dos Recreios em Lisboa, dia 31 de Outubro, já amanhã portanto, para promover o seu último álbum. A primeira parte do concerto é assegurada por um dos expoentes do chamado 'new folk revival' - Currituck Co.. Cinco concertos no espaço de um ano em salas cada vez maiores atestam bem o crescente interesse deste artista junto do público português, o que não deixa de ser surpreendente, mesmo tendo em conta a notoriedade internacional proporcionada por ter ganho o Mercury Prize deste ano. Desconhecia esta apetência queer do público português... Ainda o veremos a actuar no estádio de Alvalade?


Video Cocorosie

A propósito, Antony tem uma lista de recomendações musicais na Amazon.com que inclui logo à cabeça o novo álbum das Coco Rosie, que conta com a participação de Antony numa das faixas - Beautiful Boyz - já anteriormente editada num EP promocional de 2004 com o mesmo nome. Inconfundível e um dos momentos altos do álbum. Esta dupla de girlz foram a minha surpresa/revelação musical em 2004 e aguardava com ansiedade o seu próximo trabalho. Noah's Ark não gorou as minhas expectativas, embora muito na linha do álbum de estreia. Dedicado à mãe das meninas, este novo disco oferece-nos mais uma dúzia de melancólicas melodias que nos transportam para inóspitas paisagens sonoras onde, com uma panóplia reduzida de arranjos instrumentais e a alegria infantil das vozes de Sierra e Bianca, levam por vezes até à irrisão temas ancestrais num ambiente onírico: o amor, a vida familiar, a religião e a marginalidade, a que se juntam neste álbum alguns temas da cultura norte-americana que são, a par dos artistas convidados, a principal novidade deste trabalho. O disco conta ainda com a participação de Devendra Banhart e Spleen.

veado_alado

Publicado por renaseveados em 09:55 PM | Comentários (6)

Sex and the Holy City

Este é o nome de um documentário da BBC que infelizmente não vi (ainda). Mas felizmente a Palmira escreveu dois excelentes posts sobre o mesmo - um e dois. Uma leitura no mínimo refrescante depois do branqueamento dos crimes das missões cristãs na Amazónia, que nos ofereceu ontem a SIC.

Boss

Publicado por renaseveados em 05:14 PM | Comentários (188)

The Virgin Suicides

lisbon_sisters.JPG

Logo, à 1 hora, as irmãs Lisbon voltam à SIC.

Boss

Publicado por renaseveados em 04:42 PM | Comentários (0)

TV BRASIL

Homofobia de João Kléber poderá ser banida, e - apesar da polémica - primeiro beijo entre dois homens será visto em breve no horário nobre. A novela América também passa na TV portuguesa.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:13 AM | Comentários (25)

SILÊNCIOS LITERÁRIOS

bell512ready.jpg
© Steven Bell.

Foram algumas as vozes discordantes do teor deste post. Passadas três semanas, e Tiago já passaram mais duas quintas-feiras, nem uma único texto de fundo sobre o vencedor do Prémio Nobel da Literatura deste ano. Minto claro: na semana passada, Jorge Silva Melo lá falou da sua relação «íntima» com Pinter e a sua obra; só faltou dizer que comeu bolinhos e tomou chá com o recente nobelizado.

Mas tudo isto não é grave, provavelmente o Arauto do Cavaco prepara um número inteiramente dedicado à sua obra. Peca, claro, por tardio e por confirmarmos que os circuitos de legitimação literária deste país são politizados, fazem escolhas, e isso não tem mal nenhum. Mas agora virem-me com faltas de timings é que não há paciência.

Mais, quando a componente política de um autor é posta em evidência, como é o caso de Pinter, alguns fazedores de opinião desta área desvalorizam o próprio prémio, por este privilegiar claramente escritores de esquerda, menos dotados até que outros autores (evidentemente, os que são da sua área política).

Mas destes, estou habituado a faltas claras de isenção. É que, fora do âmbito literário e entrando no político purro e durro, Francisco José Viegas não se coibiu de manifestar a falta de atenção que o «mensalão» brasileiro estava a ter entre nós (que giro, os arquivos do Aviz desapareceram). Já do recente escândalo da administração Bush, ainda não lhe lemos uma palavra.

Há Atlânticos e Atlânticos.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 12:44 AM | Comentários (6)

outubro 29, 2005

DAR O CAVACO AO MANIFESTO

Das coisas mais risíveis do «manifesto» de Cavaco, foi ter afirmado que "não me pouparei a esforços, no quadro das competências do Presidente, para a seriedade, a honestidade e a transparência imperem na vida política". É que a plateia que assistia à leitura do documento estava cheia de políticos (agora, ilustres «anónimos») que têm enchido páginas de jornais com casos tudo menos sérios, honestos e/ou transparentes. Sei que é um exercício difícil (por exemplo, a «civil» Leonor Beleza, Presidente da Fundação Champalimaud, foi a tal ministra da Saúde de Cavaco que... lembram-se?), mas dêm uma saltada à lista de honra desta candidatura; é um fartote de riso.

Afirmava Ana Sá Lopes, na sua análise do «Cavacofesto» (no Arauto do Cavaco de sexta-feira), que "o manifesto presidencial ontem apresentado [quinta, dia 27] na Alfândega do Porto dificilmente deixaria de ser subscrito por qualquer eleitor de esquerda". Eu sou ainda mais generoso que Ana Sá Lopes: pudessem o meu gato e o meu cão votar e estavam mergulhados na esperança dum futuro melhor, cheio de Whiskas.

Finalmente o maior erro de Cavaco: a guerra à toxicodependência e ao alcoolismo. Cavaco perde assim duas «classes» que votariam nele sem hesitar.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 11:36 PM | Comentários (5)

NUMA COISA AS FRANCESAS TÊM MAIS SORTE QUE AS PORTUGUESAS

Já há TGV entre Paris e Bruxelas. [via El Gêbêtê]

Boss

Post relacionado: «Associação ILGA Portugal pondera apoiar TGV para Madrid»

Publicado por renaseveados em 01:10 AM | Comentários (9)

DEUS E O ABORTO

Graças a uma cunha do Major Tom pude chegar à fala com o Todo-Poderoso. Que, como os ET's, só fala inglês, um excerto:

Me: What's the best way to avoid pregnancy?
God: I don't have a favorite way to avoid pregnancy. I like Random natural disasters..
Me: Do you condemn abortion?
God: No I do not condemn abortion. Do you? I answer a lot of silly questions.
Me: Do the fetus have a soul of their own?
God: Some of them do, I think.
Me: You're not sure?
God: Absolute certainty is not attainable in this case.
Me: Shouldn't you know it all?
God: I think I should.
Me: Are there souls at all?
God: No I don't think there are any.

Esta é a palavra de Deus. Ámen.

Boss

Publicado por renaseveados em 12:39 AM | Comentários (1)

NECRO-TURISMO

«Relíquias de Santa Teresinha chegam hoje a Lisboa para "volta a Portugal"». "Relíquias" é eufemismo para "restos mortais", e o passeio é apoiado pela Galp, Geotur, SATA, TAP e Brisa. O site oficial é um delicioso hino ao kitsch. A não perder, já que com o actual preço dos transportes sair de casa é um luxo só ao alcance de alguns cadáveres afortunados.

Boss

Publicado por renaseveados em 12:28 AM | Comentários (1)

História Trágica com Final Feliz

cenario-plano-15.gif

Este líndissimo filme de Regina Pessoa teve ontem a sua antestreia na Casa da Animação, e eu fui um dos felizardos espectadores. Uma belíssima metáfora sobre a forma como a sociedade lida com quem é "diferente", narrada pela Manuela Azevedo, dos Clã. Se perderam esta breve pérola (8 minutos) têm ainda o fim-de-semana para aproveitar os últimos dias da Festa Mundial da Animação. Enjoy!

Boss

Publicado por renaseveados em 12:04 AM | Comentários (1)

outubro 28, 2005

QUANDO ABORTAMOS ESTA FORMA DE FAZER POLÍTICA?

O PS prometeu não aumentar os impostos, e no entanto, uma vez no governo, aumentou-os, para prejuízo directo dos contribuintes. O PS prometeu também referendar a lei do aborto, o que por si só é uma promessa idiota, basta olhar para a abstenção do anterior referendo. A promessa e preocupação do PS deveriam ser obviamente acabar com o sofrimento das mulheres que arriscam a vida em vãos de escada, e que quando sobrevivem ainda se arriscam a ir parar a um banco de tribunal e pior, atrás das grades. A promessa e preocupação do PS deveriam ser simplesmente a despenalização do aborto, a abolição da lei bárbara que temos. Mas se o PS não hesita em quebrar promessas que afectam directamente as pessoas, como a subida de impostos, fala em "paciência democrática" na hora de não quebrar uma promessa tonta, cuja quebra não prejudicaria ninguém, e cuja "paciência democrática" irá provocar a morte, mutilação e humilhação judicial de várias mulheres. Política assim é um aborto.

Mas se o PS é um aborto, que dizer da reacção da direita a esta notícia? «Marques Mendes diz que Sócrates reconheceu a "derrota"» Vampirismo machista, abutrismo sexista.. Enfim, é difícil classificar aquilo que ultrapassa todos os limites da decência e civilidade. A vida e dignidade das mulheres portuguesas são vistas como meras jogatanas politiqueiras, e a derrota não é das mulheres que morrem, que ficam mutiladas, estéreis, ou num banco de tribunal. Não, a "derrota" é de quem nunca se preocupou com as mulheres e tem o frete de adiar um referendo imbecil.

Se outras razões não houvessem, a atitude destes dois politiqueiros da nossa praça seria o bastante para não votar Cavaco ou Soares em Janeiro próximo, os seus soldadinhos de chumbo para as presidenciais. Há que abortar esta forma de fazer política de vez. Pôr as pessoas à frente dos interesses partidários(zecos). Ou alegramos isto, ou apodrecemos definitivamente.

Boss

Publicado por renaseveados em 11:48 PM | Comentários (7)

outubro 27, 2005

FRIDA KAHLO EM SANTIAGO

khalo_olmedo.jpg
A Coluna Partida (1944), Frida Kahlo.

A partir de amanhã a Fundação Caixa Galicia (Galiza), em colaboração com o Museu Dolores Olmedo (México), apresenta, na sua sala de exposições em Santiago de Compostela, uma exposição com 26 obras de Frida Kahlo.

Para quem quiser (e puder) visitar a exposição, acho que vale a pena reler este texto do Pagan e assim ver a obra de Frida para além da exclusiva (doentia?) correspondência que a História da Arte tem feito entre a vida e a obra da artista.

Outras actividades complementam esta exposição e, entre elas, destaco Astrid Hadad, que esteve recentemente em Portugal no Festival Músicas do Mundo (Julho, Sines).

Se uma lasca de madeira se encravar no pé deste país será por aqui que começo a minha fuga, já que a exposição estará patente até dia 20 de janeiro do próximo ano.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 01:20 PM | Comentários (12)

ASSOCIAÇÃO ILGA PORTUGAL PONDERA APOIAR TGV

TVG para Madrid.jpg

Será o TGV para Madrid a única reivindicação de cidadania que nos resta?

Boss

Publicado por renaseveados em 12:24 AM | Comentários (6)

outubro 26, 2005

QUAL É A MELHOR SÉRIE DO MUNDO?

six_feet_under.JPG

Terminou nos EUA em Agosto passado, e em Portugal só para o ano isso deverá acontecer. Mas, por acaso, vi hoje o último episódio. Sniff sniff... Só espero que Rome lhe chegue aos pés, ou quase... It's all I ask.

Let's face the music & dance®: "Breathe me" - Sia

Boss

PS: E o Chris Messina é ou não é a coisa com pernas mais sexy à face deste planeta? Até dói vê-lo a fazer de republicano...

Publicado por renaseveados em 07:06 PM | Comentários (14)

The curtain hits the cast?

jpc.jpg
© João Pedro da Costa

Um dos mais criativos bloggers que conheço «desceu o pano», mas eu continuo à espera que seja apenas a busca de um novo campo arqueológico.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 06:54 PM | Comentários (3)

AS FLORES DO MAL

flores_do_mal.jpg

«A Igreja católica irlandesa é acusada de ter encoberto durante quatro décadas mais de uma centena de casos de abuso sexual de menores, na diocese de Ferns, no sudeste do país.»

Nós já vimos este filme nos EUA e no Canadá. Nada é novo, sejam os abusos ou o encobrimento por parte da hierarquia católica. E certamente que o voltaremos a ver. Há países onde as queixas continuam a ser abafadas pela comunicação social beata e esquecidas pelas autoridades. A reportagem da RTP sobre o "filme" irlandês terminou nestes termos: «muitos dos padres já estão mortos, mas o crime não passará visto que João Paulo 2º já os tinha condenado». Fantástico, isso é uma garantia fantástica! Ou não tivesse João Paulo 2º, ele mesmo, ignorado durante anos e anos denúncias de abusos sexuais de crianças por parte de membros do clero, e que lhe chegavam directamente ao Vaticano. Ou não tivesse o actual papa, o Bentinho 16 precisamente, usado da imunidade generosamente concedida por George W. Bush, para se escusar a responder a uma acusação de encobrimento de abusos sexuais a menores no Texas. Ou não estivesse o Vaticano a tentar estender essa imunidade a outros dos seus caridosos membros. Sim RTP, podemos dormir todos mais descansados dadas as garantias do falecido ou do vivo. Vá, 'bora lá passar mais uma série beatificadora do Karol, isto sim é serviço público. Agora investigar as condições das milhares de crianças portuguesas entregues a orfanatos controlados pela ICAR, baaah, não sejam hereges! Por mais denúncias que nos cheguem aos ouvidos... Ajoelhemo-nos e oremos, ou whatever...

Boss

Publicado por renaseveados em 06:00 PM | Comentários (9)

25 ANOS DE LOITA

gay_galicia.jpg

«A 26 de Outubro de 1980, faz hoje 25 anos, tinha lugar na cafetaria Manhattan, na Corunha, a primeira manifestação homossexual realizada na Galiza. Nessa tarde dois gays sentaram-se para tomar algo no famoso estabelecimento corunhês e receberam como resposta que "não serviam pessoas como eles". Como consequência, horas mais tarde formou-se uma concentração de gays, lésbicas e pessoas vinculadas a partidos e sindicatos de esquerda que depois de consumirem saíram para a rua sem pagar. Umas 300 pessoas, dizem os jornais da época. Para o lembrar, a Federación Aturuxo de Colectivos LGBT organiza um acto de homenagem esta sexta-feira, no Forum Metropolitano, às 20:30 (19:30 em .pt), em que estarão presentes alguns dos pioneiros e pioneiras dessa concentração. Os organizadores quiseram que o acto de homenagem decorresse na própria cafetaria Manhattan, como sinal de que os tempos mudaram, mas o proprietário negou-se rotundamente 25 anos depois.»

In Vieiros, via As túas balas.

Eu diria que será caso para repetir o protesto nos moldes originais ;) Note-se que em 1980 a homossexualidade continuava a ser ilegal na Galiza, bem como na restante Península, pois apesar da queda das ditaduras de Franco e Salazar só alguns anos depois foram banidas as suas leis de perseguição dos homossexuais. Um abraço aos heróis de há 25 anos!

Boss

Publicado por renaseveados em 01:07 AM | Comentários (4)

outubro 25, 2005

BONS VENTOS EM FORMATO WI-FI

affiche2.jpg

Fon é mais uma excelente ideia que nos chega de Espanha. Resumidamente consiste na partilha colectiva do espaço de banda larga subaproveitado, permitindo assim o acesso gratuito à internet em qualquer ponto da península. Espero que resulte, e atravesse a fronteira, o site já tem versão portuguesa. Fiquem ainda com a notícia do Público e o blog do autor do projecto, Martin Varsavsky. És um Bill ou um Linus?

Boss

Publicado por renaseveados em 05:17 PM | Comentários (6)

ROSA LEE PARKS (1913-2005)

rosa_lee_parks.jpg
© Associated Press

Morreu hoje Rosa Lee Parks que, em meados dos anos 50, protagonizou um momento decisivo na luta pelos direitos civis nos EUA: recusou dar o seu lugar num autocarro a um homem branco, como obrigava a lei. O acto valeu-lhe a prisão e uma multa pecuniária.

Um então desconhecido Martin Luther King organizaria, em torno deste caso, um boicote de 381 dias ao sistema de autocarros, insurreição civil que se revelaria fundamental no caminho para a abolição das leis de segregação racial (que aconteceria em 1964).

A notícia aqui, mais infomações no Museu dos Direitos Civis dos EUA e, na parte estendida, a minha homenagem nas palavras de Nina Simone.

Hetero_doxo

"Mississippi Goddam"
Nina Simone «Don't Let Me Be Misunderstood» (1988)

(The name of this tune is Mississippi Goddam And I mean every word of it)

Alabama's got me so upset
Tennessee made me lose my rest
And everybody knows about
Mississippi Goddam!

Can't you see it
Can't you feel it
It's all in the air
I can't stand the pressure much longer
Somebody say a prayer

Alabama's got me so upset
Tennessee made me lose my rest
And everybody knows about
Mississippi Goddam!

(This is a show tune, but the show hasn't been written for it, yet)

Hound dogs on my trail
School children sitting in jail
Black cat cross my path
I think every day's gonna be my last

Lord have mercy on this land of mine
We all gonna get it in due time
I don't belong here
I don't belong there
I've even stopped believing in prayer

Don't tell me
I'll tell you
Me and my people just about due
I've been there so I know
They keep on saying "Go slow!"

But that's just the trouble
Too slow
Washing the windows
Too slow
Picking the cotton
Too slow
You're just plain rotten
Too slow
You're too damn lazy
Too slow
The thinking's crazy
Too slow
Where am I going
What am I doing
I don't know
I don't know

Just try to do your very best
Stand up be counted with all the rest
For everybody knows about Mississippi Goddam!

(I bet you thought I was kiddin' didn't you?)

Picket lines
School boycotts
They try to say it's a communist plot
All I want is equality
for my sister my brother my people and me

Yes, you lied to me all these years
You told me to wash and clean my ears
And talk real fine just like a lady
And you'd stop calling me Sister Sadie

Oh but this whole country is full of lies
You're all gonna die and die like flies
I don't trust you any more
You keep on saying "Go slow!"
Go slow!

But that's just the trouble
Too slow
Desegregation
Too slow
Mass participation
Too slow
Reunification
Too slow
Do things gradually
Too slow
Would bring more tragedy
Too slow
Why don't you see it
Why don't you feel it
I don't knowI don't know
You don't have to live next to me
Just give me my equality
Everybody knows about Mississippi
Everybody knows about Alabama
Everybody knows about Mississippi Goddam!

Publicado por renaseveados em 11:53 AM | Comentários (508)

Para quando uma mulher em Belém?

Busto República

Entretanto de acordo com uma sondagem realizada no inicio deste ano por ocasião da mesma comemoração, os franceses declararam-se maioritariamente dispostos - 85% - a eleger uma mulher para o cargo de Presidente da República. No entanto alguns analista políticos mostram-se cépticos quanto á possibilidade de tal acontecer já nas futuras eleições presidenciais de 2007, não devido a preconceitos do eleitorado pelos vistos, mas á falta de candidatas presidenciáveis, o que, segundo os mesmos politicólogos requer uma carreira política prévia considerável de exercício de cargos políticos. Num país onde a representação parlamentar de mulheres se fica pelos 12,2% a paridade ainda não vingou na vida política e há poucas possibilidades de mulheres fazerem uma carreira política. A avaliar pelo resultado desta sondagem tal não se deve exclusivamente a factores culturais mas ao enquistamento heterosexista da cultura política dos aparelhos partidários.

Se nos lembrar-mos que neste aspecto Portugal está um pouco mais avançado (partilha o 41º lugar ex-equo com o Paquistão! enquanto a França ocupa o 80º lugar no ranking mundial), com uma representação parlamentar de mulheres de 21,3%, não deixa no entanto de ser altura para questionar este estado de coisas especialmente com umas eleições presidenciais á porta cuja campanha tem sido dominada por uma cultura falocêntrica e heterosexista cuja mitologia já devia fazer rir muita gente, mas que ainda nos bombardeia com um triste espectáculo nos média - homens providenciais, salvadores da pátria, choque de titãs, zangas egocêntricas, etc, etc - em cujas representações as mulheres são relegadas (não deixando de ser exploradas para fins eleitoralistas) para segundo plano e no recato do lar com a família, e lembrar a única candidatura de uma mulher nestas eleições, sem o apoio de qualquer partido, a de Manuela Magno. Seria bem mais interessante discutir estas questões do que a pulsão presidencialista dos apoiantes de Cavaco que não vêem no Palácio de Belém senão um prolongamento do seu falo...

veado_

Publicado por renaseveados em 04:52 AM | Comentários (109)

Nouvelles de Paris

Feichtinger architectes

Pela primeira vez em França, uma ponte parisiense poderá ser baptizada com o nome de uma mulher e neste caso uma feminista - Simone de Beauvoir. A proposta foi efectuada pelo actual maire de Paris, Bertrand Delanoë na véspera do Dia Internacional das Mulheres a 8 de Março deste ano e insere-se num projecto iniciado em 2001 que visa dar maior representação no espaço público ás mulheres. Trata-se duma ponte pedonal de linhas elegantes da autoria do atelier Feichtinger Architectes com uma estrutura leve que suporta dois tabuleiros que se articulam ondulantes de modo a alcançar dois níveis diferentes das margens do rio, e que ligará o Parque de Bercy à Biblioteca François-Mitterrand no sudeste parisiense e prevê igualmente a instalação de 'bouquinistes' e exposições temporárias.

cerf_flâneur

Publicado por renaseveados em 04:17 AM | Comentários (0)

MADRE CAVACO DE BOLIQUEIME II

cavaco_familia2.gif

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 12:29 AM | Comentários (1)

outubro 24, 2005

Alma de papagaio

Já toda a gente deve ter lido o post do João Pedro George sobre a Margarida Rebelo Pinto. Já estava a estranhar não haver por parte da guidinha, qualquer resposta ... mas! Ela vive! E decidiu "responder" no jornal Metro, aquela perola que nos dão nas estações.

Passo a citar (não vou transcrever tudo porque ainda são 3 paragrafos de MRP )

"Fiquei a saber por um amigo que já tenho boneco no Contra-Informação (...) boneca que até é parecida comigo, uma loura enxuta e respondona que está sempre a repetir-se e a citar Lobo Antunes. "

"Num país onde não se passa literalmente nada e os meios de comunicação vivem cada vez mais de escandalos fabricados, falsas noticias e especulações de vão de escada dignas de alma de porteira, de facto tudo é possível. Até eu ter um boneco no Contra-Informação."

(...)

"Há seis anos quando lancei o meu primeiro romance, as críticas so começaram a chover-me em cima depois de ter vendido mais de 50 mil. O meu editor, rapaz calmo e ponderando, encolheu os ombros e disse-me, deixa lá a caravana passa e os cães ladram. E cão que ladra não morde. Mas acho que os cães já devem estar a tomar pastilhas para a garganta, porque a ladrar há seis anos, já deram com certeza cabo das cordas vocais. Será que os cães têm cordas vocais? Será que os cães têm cordas vocais? Será que os cães têm cordas vocais? Peço desculpa, estou a repetir-me. Peço desculpa, estou a repetir-me. Peço desculpa, mas tenho a impressão que me estou a repetir (...)"

Enfim! Citando Lobo Antunes traduzido e abreviado, WTF?

miss detective

Publicado por renaseveados em 08:18 PM | Comentários (5)

CAVACADAS 2

1) O site oficial da candidatura de Cavaco já está on-line e é mesmo o www.cavacosilva.pt! Esta situação é no mínimo de legalidade duvidosa, basta espreitar os regulamentos da Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN) para se perceber isso mesmo. No entanto, e seguindo a lógica do cavaquista Pacheco Pereira, o blog oficial é o Super Cavaco. Originalíssimo plágio do Super Mário. Enfim, antes a criançada assustada do Stop Cavaco.

2) Cavaco Silva, que apresentou a sua candidatura no dia do aniversário do seu casamento, não quer que a família seja usada na campanha eleitoral. Mas atenção, não é ele que o diz, é a família, em campanha no Expresso.

3) Para alimentar a aura de "homem acima da direita e da esquerda", Cavaco decidiu convidar Ramalho Eanes para Presidente da Comissão de Honra da sua candidatura. No entanto o que este convite mostra é bem diferente, ou não tivesse Eanes estreitas e mal explicadas relações com a Opus Dei. Não duvidem, Cavaco Silva é o nosso Lech Kaczyński: populista, ultra-católico e eurocéptico.

Boss

Publicado por renaseveados em 06:35 PM | Comentários (4)

HÁ TENTAÇÕES E TENTAÇÕES

Vital Moreira diz que o Governo não deve ceder à tentação de fazer passar no Parlamento a lei sobre a despenalização da IVG (porque isso seria quebrar uma promessa eleitoral, dando argumentos fáceis à direita), nem sequer propor medidas intermédias (isso seria criar «ruídos» desnecessários à clareza do referendo), deixando assim o abortonúncio vigorar até à realização do Referendo.

Gostava de perguntar a Vital Moreira porque é que, em matéria de impostos, o Governo pôde quebrar uma promessa eleitoral sem temer a oposição? Será que os imperativos económicos, num partido que se diz de esquerda, pesam mais que os imperativos humanos?

É que basta andar pela rua para perceber que, não só as pessoas estão fartas do tema (futura abstenção?), como algumas tencionam votar contra só para penalizar o Governo e as suas políticas pouco worker-friendly; aquilo que o Prof. tanto afirmou ter sido a razão principal para as negativas francesa e holandesa nos respectivos referendos ao Tratado da Constituição Europeia.

P.S. Já agora acho que vale mesmo a pena dar uma olhadela aos textos que o Diário Ateísta tem publicado sobre a IVG. (1,2,3,4,5,6,7)

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 05:37 PM | Comentários (1)

MANIPULAÇÃO E SENSACIONALISMO JORNALÍSTICO

Não, este post não será sobre o pardal morto que vi esta manhã e pus no lixo antes que se gerasse o pânico entre os tementes à gripe das aves. Serve apenas para fazer referência à escassa cobertura que a imprensa espanhola concedeu a um milhar de fascistas xenófobos que se manifestaram em Madrid contra os imigrantes. Com menos de metade destes a imprensa tuga faz um festim... Ainda sobre este tema há um vídeo imperdível do The Daily Show, que pode ser visto na versão estendida deste post. É de rir às lágrimas, até nos lembrarmos que não é apenas uma piada ou uma excepção.

Boss

PS: O pardal morto é uma "mentirinha" arranjada para o post, mas isso não é nada comparado com o que vão ver a seguir.






Publicado por renaseveados em 04:21 PM | Comentários (8)

ESTAMOS MILIONÁRIOS!


O Renas vale $112,908.00.
Quanto vale o teu Blog?


Via Random Precision.

Quem quer casar com uma Rena?

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 03:38 PM | Comentários (3)

O aparato do poder

Em Cavaco Silva tudo parece óbvio porque tudo se resume a uma gestão da imagem. Cultiva-se a previsibilidade na gestão do silêncio e da eficácia na economia dos actos públicos, quando afinal só se pretende escamotear a imprevisibilidade do oportunismo político. Por alguma razão Cavaco se resolveu a re-candidatar a Belém. Já se lhe conhecia o desejo íntimo mas não a oportunidade. Fez bem as contas e lá achou que valia a pena e que este era o momento certo. Mas essas razões só podem ser o oposto das que, sem alma, debitou para a multidão de jornalistas que lhe preparavam o caminho e servia de figurante colectivo para uma encenação estudada ao milímetro tão evidente era nos seus propósitos. Tudo se passou como se ele já fosse o Presidente. Uma acumulação de símbolos e sinais na construção da pose de Homem de Estado. A promoção de uma dinâmica de vitória a que, de tão esperada e encenada faltava veracidade e a força real da espontaneidade.

Por isso toda esta encenação mediática não foi um acontecimento, foi um flop- nada de novo, nenhuma estrela surgiu em Belém. Eu francamente por momentos pensei estar a assistir ao Sunset Boulevard tais eram os sinais de decadência. O discurso podia ter sido proferido em 85 tal a patine que aparenta. Aliás todo este bluff do presidencialismo arvorada ultimamente nos média pelos seus apoiantes (e explorada negativamente pelos seus adversários) destina-se apenas a conferir uma aura de poder quase mítico ao candidato: Cavaco é maior do que ele próprio. Ampliando ficticiamente os poderes reais do personagem (limitados constitucionalmente) empola-se assim a força do candidato. Mas tudo não passava de uma ameaça. Por muito que porventura essas ambições fossem verdadeiras, Cavaco jamais chegaria a ver concretizar-se na sua magistratura caso ganhasse tal mudança de regime, que esbarraria na actual maioria parlamentar. Na declaração de candidatura, Cavaco tratou de acalmar estes ânimos. Mas a pulsão presidencialista existe nos seus apoiantes e só poderia transmutar-se num factor de instabilidade institucional num candidato que só promete estabilidade.

Mas voltando às razões deste retorno, Cavaco dá a ideia de já chegar atrasado ao futuro a que não quer faltar na fotografia. Para quem passou os últimos 10 anos despreocupado a gerir os seus afazeres privados esta súbita preocupação com o futuro de Portugal só revela calculismo hipócrita. Ele sabe como economista que a evolução dos ciclos económicos dita que após uma recessão só pode vir a retoma económica. Tal como em 85, deve ter consultado os oráculos económicos e visto que Portugal vai no bom caminho. Mas desta vez o lugar de 1º ministro já estava ocupado e só lhe resta ir a reboque de S. Bento, apresentando-se com a duvidosa tarefa de animador da auto-estima dos portugueses. As relações de Cavaco com a actual maioria parlamentar são mais que duvidosas. Como economista não anda longe de considerar pela positiva a política de austeridade do actual governo, só achando que é pouco. Como político não lhe agrada nem a transversalidade da mesma, nem a ausência de demagogia ideológica, nem a cor partidária do excutivo. Desta vez será possível capitalizar o voto de insatisfação face ao governo como nas autárquicas?

veado_

Publicado por renaseveados em 02:47 AM | Comentários (3)

A LONGA NOITE POLACA

LechKaczynski2005.jpg
O ultra-homófobo e católico-nacionalista Lech Kaczynski

Os tenebrosos gémeos Kaczyński têm agora o controlo do país, com a eleição de Lech para a presidência (uma relativa surpresa, dados os resultados contrários das sondagens realizadas durante a campanha eleitoral, bem como os da primeira volta). Avizinham-se tempos obscuros para a Polónia, como se já não bastassem os múltiplos horrores da sua História. Esperemos que a União Europeia esteja atenta à situação, como esteve no caso austríaco. Se eu acreditasse na existência do Inferno diria que João Paulo 2º está a conseguir mover os seus cordelinhos para infernizar a sua terra natal mesmo depois de morto. Como não acredito, culpo a nefasta influência da ICAR por esta terrível e assustadora deriva católico-nacionalista da grande planície polaca. Um longo abraço rénico a todos @s feministas, activistas LGBT, e progressistas polac@s em geral, que neste momento estão a viver uma noite de pesadelo.

polonia_results.JPG
A laranja as áreas de votação maioritária no candidato liberal Donald Tusk, a azul as do candidato católico-nacionalista. Uma divisão quase perfeita entre o desenvolvido Oeste e o atrasado Leste polaco, e quando vistos os resultados com maior detalhe, também notória a divisão dos eleitorados rurais e urbanos. As sondagens indicavam ainda que Tusk tinha apoio maioritário entre os jovens, e Lech um domínio claro entre os eleitores maiores de 60 anos. O aproveitamento dos sentimentos anti-alemães do eleitorado mais velho foi uma constante na campanha de Kaczynski.

Boss

Publicado por renaseveados em 01:22 AM | Comentários (23)

outubro 23, 2005

PRÓXIMA MEDIDA: PÔR O VALE DO AVE DE QUARENTENA

aves_proibidas.JPG
© Bandeira

«Aves proibidas em eventos públicos, do circo às feiras»

Mas por enquanto o Desportivo das Aves poderá continuar a jogar, desde que em recintos cobertos.

Boss

Publicado por renaseveados em 01:03 AM | Comentários (1)

EI GAJOS, HOJE É MELHOR FICAR EM CASA ;)

«Os homens morrem ao domingo»

Boss

Publicado por renaseveados em 12:59 AM | Comentários (1)

outubro 22, 2005

MADRE CAVACO DE BOLIQUEIME I

madre_teresa_assembleia1.gif

Cavaco vai respondendo à pergunta incómoda.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 11:57 PM | Comentários (8)

FURACÃO RÉNICO EM COPENHAGA

esc50.JPG
Dana International, Mocedades e um dos Olsen Brothers

É hoje! A Gala do 50º Aniversário do Concurso Eurovisão da Canção, em directo de Copenhaga, às 20h00 na RTP. Na imagem alguns dos vencedores destes 50 anos, e que estarão presentes na capital dinamarquesa, onde será escolhida a "Melhor Canção de Sempre do Festival"! Eis as 14 finalistas:

* "Nel blu, di pinto di blu (Volare") - Domenico Modugno - Itália, 1958
* "Poupée de cire, poupée de son" - France Gall - Luxemburgo, 1965
* "Congratulation(s)" - Cliff Richard - Reino Unido, 1968
* "Eres tú" - Mocedades - Espanha, 1973
* "Waterloo" - ABBA - Suécia, 1974
* "Safe your kisses for me" - Brotherhood of Man - Reino Unido, 1976
* "What's another year" - Johnny Logan - Irlanda, 1980
* "Ein bisschen Frieden" - Nicole - Alemanha, 1982
* "Hold me now" - Johnny Logan - Irlanda, 1987
* "Ne partez pas sans moi" - Céline Dion - Suíça, 1988
* "Diva" - Dana International - Israel, 1998
* "Fly on the wings of love" - Olsen Brothers - Dinamarca, 2000
* "Everyway that I can" - Sertab Erener - Turquia, 2003
* "My Number One" - Helena Paparizou - Grécia, 2005

Resumindo, isto está tudo feito para os ABBA, mas nunca se sabe! O voto telefónico pode ser traiçoeiro e (tendo em conta a lista) outros vencedores interessantes seriam: 1) a poderosa Dana International, uma transexual israelita coroada raínha da canção europeia? Muita gente sofreria ataques cardíacos por esse continente fora; 2) France Gall, pioneira na erotização do mundo das bonecas, Je suis une poupée de cire / Une poupée de son / Mon cœur est gravé dans mes chansons / Poupée de cire poupée de son; 3) ou ainda (e o Waltz vai-me matar por dizer isto), os Olsen Brothers! Já viram a ironia? Quando meio mundo aposta numa vitória sueca serem os anfitriões dinamarqueses a levarem o prémio nas asas do amor.

france_gall.JPG
France Gall és linda!

Enfim, vale tudo (até a Céline Dion) menos Cliff Richard, Johnny Logan (que se contente com as suas duas vitórias) ou Helena Paparizou. Não sei se há prémio para melhor indumentária, e seria ainda mais complicado atribuí-lo, mas o meu voto iria para o look Zézé Camarinha dos Brotherhood of Man, cuja Safe your kisses for me não seria também de deitar fora em relação ao prémio final. Enfim, eis a magia eurovisiva de regresso em pleno Outono! :)

Boss

PS: o título deste post é um trocadilho de gosto altamente duvidoso com o nome dos apresentadores da noite, Katrina Leskanich & Renars Kaupers. Bom trabalho para ambos!

Publicado por renaseveados em 04:13 AM | Comentários (336)

OUTRAS GRIPES

No mesmo dia em que a estória da morte de um papagaio no Reino Unido enche páginas dos jornais de todo o mundo, podemos ler ainda os seguintes artigos no JN: «Filho mata a mãe à facada» (Lisboa); «Agrediu mulher com pau e danificou carros» (S. João da Pesqueira); «Matou-se com um tiro após atingir a namorada» (Viseu); «Dinheiro e ciúmes na origem do homícidio» (Ourém). Se repararem na barra lateral o número de asteriscos não pára de crescer desde Julho. Enfim, depois disto esta é definitivamente uma boa notícia: «Governo quer alargar rede de casas-abrigo para vítimas».

Boss

Publicado por renaseveados em 02:51 AM | Comentários (81)

outubro 21, 2005

CENAS DA VIDA DE UMA RENA

Muitas vezes penso na frase «Estás bom» na sua forma exclamativa, mas quando a verbalizo sai-me, invariavelmente, interrogativa. É dos poucos casos em que a homofobia traz benefícios a mim e ao colectivo: reprime a parte mais «trolha» da minha personalidade.

Vejo, pasmado, um concurso de TV em que um concorrente é vexado (pelo apresentador e pelo público) por ser solteiro, «amaneirado», «entradote» e não ter companheira! Acho que o concurso em causa se devia chamar «A Homofobia Certa... agora como Europeus»!

Leio as notícias sobre Procriação Medicamente Assistida e, não fosse ter descoberto que afinal há cavacos que vale a pena ver, hoje apetecia-me estar aqui.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 11:20 PM | Comentários (8)

Post cínico

Fecho: EuroNext Lisboa fechou no vermelho, com o principal índice bolsista nacional - o PSI-20 - a perder 18,17 pontos.

Os mercados não ficaram lá muito entusiasmados com o anúncio da candidatura de Cavaco à Presidência da República...

veado_bear

Publicado por renaseveados em 07:38 PM | Comentários (11)

PRESA POR TER CÃO, PRESA POR NÃO TER

Assim é a mulher portuguesa aos olhos do PSD. Já sabíamos a posição do PSD relativamente ao aborto, e agora sabemos a relativa à procriação assistida.

Ou seja, para o PSD uma mulher solteira que engravide acidentalmente não pode abortar, sendo obrigada a assumir a maternidade do filho que nunca desejou. Mas uma mulher solteira que queira ser mãe não tem o direito a ajuda médica para isso mesmo. Resumindo, casai e ide para a cozinha, é a política do PSD para as mulheres.

Boss

Publicado por renaseveados em 03:48 PM | Comentários (6)

BLOCO EM EXTINÇÃO?

Ainda estou chocado com a notícia referida no post anterior. A proposta do Bloco é ultra-reaccionária, e já nem falo da exclusão dos casais homossexuais, basta a exclusão das mulheres solteiras. Que o PSD propusesse algo assim seria expectável, que o PS fizesse igual não surpreenderia, mas agora o Bloco? O tal que prometeu, pelos vistos de forma mentirosa e oportunista, defender o direito à parentalidade para os homossexuais, o tal que se diz o partido mais feminista português...

Mas vamos pôr de lado por alguns instantes a parte da ética política, da justiça, da igualdade, enfim, tudo aquilo que deveria fazer com que o Bloco defendesse o que prometeu. Vamos pensar apenas em termos eleitoralistas. O Bloco ganha votos por ser reaccionário? Por ser igual aos outros? Por mentir ao seu eleitorado? Mas houve algum dia alguma sondagem que desse ao Bloco uma percentagem próxima da metade dos que se manifestaram favoráveis ao casamento ou adopção gay nesta sondagem do Correio da Manhã, com mais de um ano, e sem que alguma vez tivesse havido um debate sério e amplo sobre estes temas em Portugal? Não, não houve. Se o Bloco assumisse estes temas como prioritários nunca perderia votos por isso, e poderia ganhar bastantes.

Mas poderá ainda dizer o Bloco, "ah, mas mesmo que tivéssemos apresentado uma proposta menos machista e menos homofóbica ela seria rejeitada". Provavelmente. Mas nem isso é certo, não sabemos o que teria acontecido se o Bloco apresentasse uma proposta mais igualitária, à imagem das leis da Europa civilizada, e se batesse por ela. E mesmo que fosse rejeitada, da próxima vez que fosse discutida já haveria um precedente. E isto claro para não falar no respeito devido aos seus eleitores, muitos deles arrependidos neste momento...

A ânsia de poder do Bloco está a fazê-lo esquecer aquilo pelo que luta, ou deveria lutar, está a torna-lo igual ao PS. Nunca tive a ilusão de que todos os dirigentes bloquistas fossem ferverosos activistas pela igualdade entre homens e mulheres e pela luta contra a homofobia, mas achava que mesmo os que não o fossem perceberiam que essa é uma das grandes mais-valias do Bloco. São esses os pontos onde o Bloco pode enriquecer o debate político e a partir dos quais pode crescer. Um Bloco igual ao PS (ou a reboque deste como na questão da IVG) não nos serve de nada, e naturalmente se extingue.

Boss

Publicado por renaseveados em 03:21 PM | Comentários (85)

O ESPÍRITO SANTO DO SÉCULO XXI

David-Copperfield.jpg

O Mágico David Copperfield (uma espécie de Luís de Matos, só que de menor gabarito) diz que tenciona engravidar uma rapariga em pleno palco e sem lhe meter uma «mão» em cima. A confirmar-se, Copperfield tornar-se-ia assim numa espécie de reencarnação do «pénis alado» (vulgo Espírito Santo) que há 2000 anos trocou as voltas a São José.

Creio mesmo que os mais devotos crentes da virgindade cloacal de Maria terão finalmente a oportunidade de ver o milenar fenómeno do qual têm feito as mais áridas hermenêuticas, as quais, estou com fé, nem o próprio Menino Jesus dá crédito.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 12:25 AM | Comentários (11)

outubro 20, 2005

E AGORA BOAS NOTÍCIAS

peticao_homofobia.jpg

É com algum atraso que divulgamos a notícia, publicada nas Panteras Rosa, de um caso de violência homofóbica (denunciado pelas Panteras e pela Opus Gay) ter terminado com a condenação do agressor e com um inquérito à PSP de Portalegre, que tentou convencer o agredido a não apresentar queixa.

O PortugalGay dá conta de que o Instituto Nacional de Sangue vai alterar a Circular Normativa Nacional que rege a recolha de Sangue nos Serviços de Saúde. Apesar do documento ainda não ser público parece que é desta que a norma que impedia os homossexuais de doarem sangue vai desaparecer. Mas há que aguardar e continuar enviar e-mails de protesto como explicado aqui ao lado, contra o que tem sido a política discriminatória daquele Instituto de Saúde.

P.S. Obrigado Inês. No entanto, o artigo 175º do Código Penal continua a discriminar, dos restantes, os actos homossexuais com menores entre 14 e 15 anos, apesar de ter sido considerada inconstitucional, pelo acórdão a que fazes referência (N.º 351/05), a referência a «actos sexuais de relevo».

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 10:58 PM | Comentários (4)

SICK SICK SICK

Ao discurso de Cavaco não há muito a acrescentar, ou por outra, há tudo a acrescentar. Poderia o sr. prof. ser um bocadinho mais vago? Don't think so... Ou como diria o próprio em resposta à pergunta "Convocaria um referendo sobre o aborto?", "Não é tempo para falar de cenários hipotéticos". De tudo o que vi esta noite foi mesmo o "trabalho" dos "jornalistas" da SICK News o que mais voltas ao estômago me deu.

Ora a SICK achou relevante filmar a saída de casa e viagem até ao CCB de Cavaco e esposa, tão relevante que interrompeu uma reportagem sobre a gripe das aves para isso mesmo. Durante a viagem, cheia de distorções na imagem, o "jornalista" gritava ansioso de cada vez que ouvia uma buzina (algo nunca antes ouvido no trânsito lisboeta, I guess): "E ouvem-se sinais de apoio a Cavaco Silva!" Ok.. Ricardo Costa, o mandatário de Cavaco para a TV, I guess, teve ainda tempo para justificar o injustificável, a propaganda SICK a Cavaco. E eis finalmente o CCB (quanto foi mesmo a derrapagem?).

SICK - De onde é que veio?
Popular - De Famalicão, de propósito (...).
SICK - Temos aqui pessoas que vieram de Famalicão propositadamente para assistir ao anúncio de Cavaco Silva!
(...)
SICK - O senhor veio de onde?
Popular - Do Brasil.
SICK - Propositadamente?
Popular - Errr... quase propositadamente.
SICK - Também pessoas vindas propositadamente do Brasil para assistir a este anúncio de candidatura.
(...)
SICK - Dra. Maria Cavaco Silva podia-nos dizer (...)?
Maria Cavaco Silva - [Sem resposta]
SICK - A dra. Maria Cavaco Silva a não querer ofuscar o marido neste dia tão especial para ele, é ele o centro das atenções.

Enfim, só não percebo como não tatuaram na testa: "CAVACO WE LOVE YOU". Arghhh.. Ainda bem que não tenho TV Cabo em casa, "informação" assim põe-me sick.

Boss

Publicado por renaseveados em 09:59 PM | Comentários (10)

Cavacadas

É hoje o dia da chegada do desejado. Apesar de, pelo menos, aqui em Lisboa, não termos o tão necessário nevoeiro, consta que o mesmo apresentará a sua candidatura no Centro Cultural de Belém. Para uma população como a portuguesa, o anúncio, após tão longo (semi-)tabu do candidato e tanta propaganda gratuita veiculada pela imprensa, é assim uma espécie de anunciação do anjo. Tirando claro o efeito surpresa, dado que é público que a candidatura existe e será hoje apresentada.

O posicionamento do candidato é a priori, presidencial. Situando-se por cima das àguas da política comezinha, não se ocupando de minudências várias e apenas se pronunciando sobre temas estrategicamente seleccionados, o misto de neutralidade e independência política são associados a si, apesar de lhe conhecermos a pertença política. Seguramente, os seus apaniguados apagaram esta pertença, pois monsieur le president quer-se neutro, pairando em nuvens, em vez de se ocupar das vicissitudes várias da vida democrática.

Outra virtude, que não é de somenos importância, é a sua formação em economia, numa época em que os media transbordam economês e em que os taxistas discutem o défice e a má prestação na gestão, acima de qualquer outro assunto. A ditadura do "tax payers' money" ocupa quase em absoluto a esfera pública, invadindo todas as áreas da vida social em Portugal.

Curiosamente, a esfera presidencial é discutida em termos de opção por um regime semi-presidencialista ou presidencialista tout court. A discussão quase que se pode considerar uma piada destes tempos, em que um candidato é o desejado, o da esperança, e outros ou são velhos ou resistentes da ditadura. Ou como outros, têm apenas por função defender a respectiva àrea de inscrição partidária. Quem debate esta questão, decerto pretende que a maioria absoluta do PS seja reduzida na sua amplitude, dando-lhe um comandante supremo para os governar. Uma espécie de governo do governo.

Mas de desejados, já Portugal teve a respectiva conta. Será que não dava para termos um candidato que não fosse nem desejado, nem alimentasse tabus? Pois, isso não temos. Temos sim um candidato que opta pelo gélido silêncio, pela opção de uma fadista como sua mandatária para juventude (o que numa certa equação simbólica, parece optar pelo conservadorismo de uma pré-modernidade, um certo regresso aos valores tradicionais, que curiosamente a direita acha que se perderam) e sobretudo pela esfera do económico para lidar com questões políticas.

Temos a experiência de 10 anos de cavaquistão (apesar de terem parecido 200). Será que tencionamos repetir a proeza, colocando-o na presidência?

Ele apresenta-se hoje, os media vão embandeirar o salvador em arco, os portugueses irão votar. E nem sequer temos nevoeiro para marcar este dia...

Pagan

Publicado por renaseveados em 07:09 PM | Comentários (5)

MADRE CAVACO DE BOLIQUEIME

madre_cavaco_de_boliqueime.gif

P.S. Cavaco confirmou a sua candidatura (really, ninguém estava à espera!!). Justificou-a, entre outras e débeis razões, por se verificarem «circunstâncias especiais para o futuro do país»; resta saber quais são essas circunstâncias, mas calculo que tenha sido porque fomos tomados por um governo de «esquerda», com fortes ligações a Pequim.

Ainda hoje, no Arauto do Cujo (vulgo PÚBLICO, e não tens nada que agradecer Boss), uma dessas figurinhas que ninguém sabe quem são mas que aparecem sempre nestas alturas para pôr na agenda do dia temas que interessam a certos candidatos - neste caso o presidencialismo à la Gaulle -, o sociólogo Manuel Villaverde Cabral (antigo apoiante de Mário Soares e Jorge Sampaio), dizia que «só Cavaco está em condições de protagonizar uma presidencialização do regime». Não há pachorra para esta gente que quer à força deitar abaixo um governo. Já agora a propósito deste tema vale a pena ler este texto de Vital Moreira.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 07:05 PM | Comentários (4)

OS DOMÍNIOS DOS CANDIDATOS

Segundo o Arauto do Cavaco (obrigado Doxo) foi registado nas últimas 48 horas o endereço "www.cavacosilva.pt", para já sem qualquer conteúdo. No entanto isto é muito estranho, já que as regras para o registo de endereços com nomes de pessoas no domínio ".pt" são muito restritivas, e já antes houve candidatos a cargos políticos impedidos de o fazer.

De qualquer modo se Cavaco continua em branco até na internet, o mesmo não se passa com os outros candidatos. Temos então a já referida ManuelaMagno.com.pt, o FranciscoPresidente.net, o JerónimoDeSousa.org e o ManuelAlegre.com. Mário Soares continua sem site oficial, mas tem o blog de apoio Mário-Super.blogspot.com. Valem todos uma visita.

Boss

PS: Saudades do Barnabé? Não percam este excelente post do Rui Tavares no Super Mário.

PS2: E já há um MárioSoares.net, obrigado drácula ;)

Publicado por renaseveados em 06:06 PM | Comentários (4)

JÁ CONHECEMOS ESTA CANTIGA

cavaquinho.JPG

«Cavaco Silva apresenta-se hoje como factor de estabilidade e esperança»

É assim que o Público (à imagem da restante comunicação social) tem promovido hoje o anúncio de candidatura de Cavaco. Longe vão os tempos em que os anúncios de candidatura à presidência eram interrompidos por "notícias" do Big Brother. Bem, não tão longe assim, basta recuar a todos os outros anúncios que já aconteceram este ano, para se constatar o alheamento de então, bem diferente do histerismo mediático de hoje. Cavaco é levado ao colo.

Não é assim de estranhar que a máquina de propaganda cavaquista o tente vender precisamente por aquilo que Cavaco definitivamente não é, factor de estabilidade e esperança. Estes são aliás os seus principais pontos fracos, e aqueles que o levarão a perder mais esta eleição. Com Cavaco em Belém a instabilidade governativa não é provável, é certa. Os seus apoiantes não escondem o desejo, à primeira oportunidade o governo cairá. O objectivo não assumido de Cavaco é pôr fim à Terceira República. Mas transparência e honestidade política não são o forte desta figura, e por isso contem apenas com fugas ao tema. Ainda há pouco a RTP passava uma desculpa esfarrapada dada por si nos anos 90 para fugir a perguntas dos jornalistas, desmentida pelo próprio (entre risos) anos depois.

Cavaco vai então tentar parecer tudo aquilo que não é, um homem simples, do povo, com vergonha de dizer que é de direita... Mas como pode o homem que estudava em Inglaterra nos anos 70 indiferente à ditadura que torturava Portugal e à guerra colonial, ser factor de "esperança no futuro"? O mesmo homem que elogiou deslumbrado a forma como o regime chinês mantinha os seus trabalhadores na ordem... O ex-PM do alcatrão e dos eucaliptos (o "petróleo verde", lembram-se?). A escolha de uma fadista para mandatária da juventude mostra bem o quanto esta candidatura está impregnada de saudosismos manhosos. Não duvido que muita gente deste país goste de Cavaco, uns por amnésia, outros por se sentirem órfãos desde a morte de Salazar. Mas sei também que o número de pessoas que despreza esta figura é imenso, e uma vitória sua não teria outro efeito que não o de lançar Portugal numa depressão ainda mais profunda. Eu pessoalmente reconheço-me incapacitado para viver num país que escolha personalidade tão sinistra para seu presidente. Assim encaro estas eleições como determinantes para a definição do meu próprio futuro e relação com Portugal. Aviso já que não postarei nada sobre uma eventual vitória cavaquina, estarei demasiado ocupado a fazer as malas para partir para o exílio...

Boss

PS: um beijo agradecido ao Nuno pela imagem que ilustra o post ;)

Publicado por renaseveados em 01:50 PM | Comentários (14)

outubro 19, 2005

ROBIN HOOG

robin_hoog.jpg
© Wally Rainbow

Depois dos problemas que Mark Chamberlain teve de enfrentar por causa da sua «particular» versão da vida privada de Batman e Robin (que o Boss já tinha dado conta aqui), é natural que esta recriação da vida de Robin Hood, da autoria de Wally Rainbow (pseudónimo do cartoonista italiano Valeriano Elfodiluc) vá dar que falar (sobretudo entre os puristas ingleses). Trata-se da versão gay, claro está, em forma de BD e de conteúdo pornográfico, que retrata a vida de um dos mitos ingleses mais conhecidos. É certo que sempre pesou sobre Errol Flynn o estigma de ter desempenhado um versão muito gay da mitológica personagem de Sherwood, mas suponho que nunca cantaria: Robin Hoog, Robin Hoog, fucking through the glen...

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 11:05 PM | Comentários (5)

IN PRESIDENTIS VERITAS

A vindima de candidatos presidenciais foi especialmente generosa este ano (e muito provavelmente, até ao «lavar dos cestos», a lista de presidenciáveis continuará a ser acrescentada); assistimos agora a um período de maturação que, tal como no processo vinícola, promete expulsar muita porcaria antes de se conhecer o resultado. Dizem os experts que em ano de seca os vinhos costumam ser de melhor qualidade: será este savoir dionisíaco aplicável ao novo eleito para a cadeira de Belém? Teremos uma espécie de vintage ou um Afonso III presidencial? Seguem-se alguns considerandos.

À falta de uma estratégia antecipada para as presidenciais, a esquerda estilhaçou-se em inúmeras candidaturas. É lógico que «esquerda» aqui é um conceito tão alargado que alguns membros do partido que cabe num riquexó (vulgo CDS-PP) e outros socialistas pouco dados a coerências ideológicas, julgam ver em Cavaco um esquerdista ferrenho.

Dessa falta de antecipação resulta pois que o «povo» de esquerda se vê confrontado com a necessidade de expor publicamente a sua preferência. Ainda ontem no jornal «Arauto do Cavaco» (vulgo PÚBLICO) vinha um pequeno artigo de um esquerdista discreto, Fernando de Mascarenhas Presidente da Fundação das Casas de Alorna e Fronteira (cujo conceito, também variável, de esquerdismo incluía «o reconhecimento da absoluta necessidade da existência de elites»!!!), que, depois de uma análise dos diferentes candidatos da sua área política, escolhia apoiar Manual Alegre.

Soube hoje da formação de um blogue de apoio a Mário Soares, onde figuram blogueiros tão famosos como Vital Moreira ou Ivan Nunes. Mas fora do mundo cibernético, somam-se as caras em apoio de um ou de outro candidato, como o Boss deu conta aqui e o MVA aqui. Perante a actual falta de diferenciação entre uns e outros, no que respeita aos seus programas (uns mais claros que outros) e aos seus passados políticos, dados a vasculhanços e a campanhas sujas, a necessidade do «apoio» a um dos candidatos da esquerda é, mais do que o habitual desfile hollywoodesco, um imperativo que visa algutinar os votos num dos candidatos com vista, claro, a uma segunda volta em confronto com Cavaco.

À direita, por enquanto, tal fenómeno não tem a importância que parece estar a tomar no campo oposto por um motivo simples: só têm um! Mas os problemas surgirão no dia em que Cavaco declare oficialmente aberta a sua «caça ao voto»: ou seja, quando abrir a boca para falar sobre um qualquer assunto. O seu perfil pouco dado à política irritará, de certo, o partido do riquexó a ponto deste ter que decidir finalmente se avança ou não com um candidato próprio. Não me parece que Portas venha a avançar, pois está ainda por criar o ambiente messiânico que o esquecimento, crónico em Portugal, do passado governativo e/ou judicial dos políticos sempre gera (só assim se explica mesmo o reaparecimento de Cavaco). A Zézinha, a que está sempre a ser atirada aos leões e que recentemente foi candidata à CML (endeusada pelo seu suposto fair play), será concerteza uma das favoritas se tal se vier a concretizar.

E é mais que certo, Cavaco sairá do estado de graça a partir do dia em que lançar a sua campanha, ou seja, a perder votos (nem que seja nas sondagens). Julgo que interessaria mesmo a Cavaco era que a sua campanha fosse lançada no dia das eleições: era certo e sabido que o economista ganharia à primeira.

Veado_Politólogo, creio que as forças de «apoio a Cavaco» só deram um tiro no pé ao quererem ver um Presidente como chefe do Governo. Nem constitucionalmente isso é possível, nem politicamente tais arrazoados deixariam de realçar a imagem a que Cavaco tenta fugir - de autoritário e pouco consensual.

Aliás, Cavaco tem ainda um outro problema de fundo. O economês, ou sebastianismo económico, com o qual tem gerido a sua (suposta não) pré-campanha à Presidência, pode virar-se contra ele. Pode muito bem ser duplamente castigado, através do voto, por um lado por ter sido ele um dos primeiros-ministros que conduziram à actual crise e por outro por se ter colado ao Governo e às suas doses cavalares de medidas de austeridade (de que este Orçamento é apenas o reflexo).

Enquanto não se consegue ver muito bem quem vai de facto ser o próximo presidente, nada melhor que assistir às exéquias do actual, Jorge Sampaio, o mais neutro, mas também o mais gelatinoso, de todos os Presidentes que tivémos até hoje. Um vinho de fraquíssima qualidade do qual não gostaria de voltar a provar.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 06:27 PM | Comentários (5)

Cristiano Ronaldo detido em Inglaterra por suspeita de violação

cristiano_nike.JPG

Espera-se agora que Sampaio dê uma palavrinha a Isabel 2ª. Mais informações no Público.

Actualização: «Contrariamente ao que os media britânicos avançaram, Carlos Queiróz negou, em declarações à RTPN, que o jogador tenha sido detido, tendo apenas sido interrogado pela polícia.»

Boss

Publicado por renaseveados em 05:39 PM | Comentários (6)

CRIACIONISMO PAGO POR TI

Upps afinal não é apenas no Kansas, também aqui em Portugal há escolas públicas com professores pagos pelo estado que andam a ensinar às nossas crianças que o criacionismo é a "verdade". Isto acontece nas aulas de Educação Moral e Religiosa Evangélica, e não é o único fundamentalismo religioso propagandeado: «Assumir a sexualidade como um valor enriquecedor da personalidade, da Vida e da relação, com outro ser do sexo oposto.» Continuemos a patrocinar a propaganda de seitas religiosas nas escolas públicas e a fazer cara de espanto cada vez que algum estudo internacional mostre que os alunos portugueses estão a milhas dos seus colegas europeus em matérias científicas. Laicidade precisa-se com urgência. Era bom que este tema entrasse na campanha das presidenciais. Alegre já deu bons indicadores.

Boss

Publicado por renaseveados em 11:59 AM | Comentários (143)

Governar a partir de Belém

Para aqueles que 'acham' - leia-se 'querem promover' - a ideia de que a candidatura de Cavaco à Presidência da República é uma candidatura supra-partidária e abrangente, Nuno Morais Sarmento, ex-ministro da Presidência do governo PSD/CDS, veio esclarecer que não numa entrevista ao Diário Económico. O PSD prepara-se para querer governar o país a partir de Belém caso Cavaco vença as eleições. É curioso verificar como a cultura política autoritária tão cara a Cavaco já suscite reacções destas por parte dos seus apoiantes que até sonham com verdadeiros golpes de estado.

veado_

Publicado por renaseveados em 03:59 AM | Comentários (5)

O MANIFESTO DE ALEGRE

ManuelAlegre.jpg

Está aqui e é assinado entre outr@s por Inês Pedrosa, Rui Zink e Mário de Carvalho. Para quem não sabe, Mário de Carvalho é o melhor escritor português vivo, e quanto ao Rui e à Inês se bem se lembram foram os madrinhos da marcha LGBT deste ano em Lisboa. A lista de nomes impressiona pela diversidade de origens políticas. Cada vez mais parecem existir as condições para a vitória de um candidato efectivamente de esquerda e efectivamente independente. Eu estou quase convencido, talvez ainda me convença a tempo de me fazer proponente.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:55 AM | Comentários (6)

PERGUNTA INCÓMODA

«Mas um homem que vai a caminho dos 70, como Cavaco Silva, quando havia o salazarismo já era bastante crescido. Será que, estudante de economia em Inglaterra, não se apercebeu que em Portugal havia uma ditadura?» [via Super Mário]

Para fugir à resposta já há quem tente vender esta mentira: «Cavaco não é de Direita». E segundo o DN de hoje alguns "PS" (que não socialistas), oferecem-se para ajudar à camuflagem. Como Cavaco não fala resta-nos ler as aspirações golpistas dos seus apoiantes.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:16 AM | Comentários (0)

outubro 18, 2005

POLÍTICA NA CALADA

O debate político é por definição a discussão pública da coisa pública. Calcular o grau de transparência da política de um país é uma das melhores formas de avaliar a qualidade da sua democracia. É claro que haverá sempre situações em que o secretismo se impõe, mas entre essas situações não estará certamente uma candidatura mais que antecipada e prevista.

E no entanto vemos por aí coisas como esta: «O presidente do CDS, José Ribeiro e Castro, considera que as críticas à estratégia do partido para as presidenciais resultam "de desconhecimento" (...) Ribeiro e Castro deixou claro que já falou com Cavaco Silva "Sou uma pessoa responsável, bem informada, bem relacionada e sou um firme defensor dos interesses do meu partido" (...)»

O que está aqui em causa não é certamente a absoluta irrelevância do CDS - claramente um partido sem espaço num cenário de oposição laranja a um governo rosa a governar à direita. O que este exemplo mostra na perfeição é a forma como é aceite com naturalidade a menorização intelectual dos eleitores e uma peculiar forma de fazer política em águas turvas, onde nem os militantes e outros dirigentes partidários são tidos ou achados. Cavaco, o cínico, prepara há meses a sua candidatura sem nunca soltar uma palavra em público sobre o assunto. Na visão de Cavaco o eleitor não merece semelhante privilégio, e quanto mais ignorante for, melhor (pois maiores as hipóteses de votar Cavaco, claro está). A discussão política faz-se então em privado, entre pessoas "bem informadas" e "bem relacionadas", é a eles que compete decidir o futuro do Cavaquistão, perdão, do país. Ao povinho, estúpido e estupidificado, cabe apenas o papel de assinar de cruz no cavaco certo de incertos objectivos.

Na noite eleitoral que se avizinha a passos largos já saberemos se o eleitorado português amadureceu o seu sentido de democracia, se está mais exigente com os seus políticos e com a forma como estes o tratam. Ou se continua à mercê de candidatos que se dão ares sebastiânicos, estando cheios de tiques salazarentos e um profundo desprezo por quem os elege.

Boss

Publicado por renaseveados em 11:25 PM | Comentários (0)

LAICIDADE POSITIVA?

Num documento de B16 entregue ao Presidente do Senado Italiano, o Papa exorta o poder político daquele país para a necessidade de uma "laicidade positiva". A notícia, veiculada pela agência noticiosa da ICAR em Portugal, começa por referir que cada "cidadão [tem] o direito de viver a sua própria fé religiosa com autêntica liberdade, inclusive no âmbito público" e acaba dizendo que os direitos fundamentais do homem "não são criados pelo legislador, mas estão inscritos na própria natureza da pessoa humana, e remontam, portanto, ao Criador".

Claro que não é necessário ser teólogo nem jurista para perceber que a segunda citação (da doutrina da ICAR) contradiz a primeira (um direito consagrado na maior parte das Constituições do mundo, incluída a Italiana) e logo que o conceito de «laicidade positiva» é um apelo à preservação dos privilégios que a ICAR detém naquele e noutros países de maioria católica (de que as Concordatas são somente a ponta de um imenso iceberg de promiscuidade pouco laica).

E surge este apelo precisamente num momento em que em Itália se aguardam mudanças políticas, (mesmo com um católico à frente do país, como Romano Prodi, a ICAR não descansará) e em que a contestação à interferência da Igreja na vida política nacional também se faz sentir.

No meio disto tudo é sempre animador saber que a Ciência consegue contornar os problemas éticos (ou religiosos?), como é o caso do trabalho de uma equipa de investigadores que conseguirá, em breve, células embrionárias humanas sem recurso a embriões, passando assim ao lado da questão ética de destruir o que para uns (os religiosos) é já uma vida e para outros (os não religiosos) é apenas um conjunto de células sem condição moral.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 06:55 PM | Comentários (1)

O 100º VOTO RÉNICO

aos cem.PNG

Ora ao centésimo voto os resultados da nossa votação estavam assim. Apesar da repulsa de me saber lido por 15 cavaquistas, o que mais me surpreendeu foi o fraquíssimo resultado de Mário Soares. Sobretudo por ter sido o único candidato a fazer referência (positiva) aos LGBT até agora ao longo desta pré-campanha. Que conclusão tirar, @s LGBT portugueses já não vão só com rebuçados? Ou continuam como antes a dizer a sua sexualidade não interfere com o seu voto? Eufemismo para, "qual é o problema de votar em políticos activamente homofóbicos?".

Boss

Nota: esta minha pergunta não é nenhuma indirecta a Manuel Alegre, que tendo tido algumas frases infelizes no seu passado (quem não as tem neste grupo?) já teve outras bem mais positivas recentemente. Não cabe de resto ao futuro PR avançar com iniciativas legislativas, mas este tem o poder de as travar. E o cenário de leis gay-friendly vetadas pelo PR só é imaginável (bastante provável até) com Cavaco, a peste.

PS: ou será que os maus resultados de Soares (nesta e noutras sondagens) se deve a isto: «João Paulo Velez, ex-assessor de imprensa de Pedro Santana Lopes no Governo, exerce agora as mesmas funções para... Mário Soares».

Publicado por renaseveados em 10:34 AM | Comentários (18)

PARADOXOS TRIBAIS

sopor_aeternus.jpg
© Luetke

Por coincidência, nestes dias de Lua cheia e céu carregado de nuvens ameaçadoras, chegou-me às mãos um CD de Sopor Aeternus & the Ensemble of Shadows.

Não é desta que adiro ao movimento Gótico, mas vale a pena ouvir a voz e conhecer um pouco da estética deste grupo que, como se pode ver pela imagem, é apuradíssima.

Lembro-me de um colega de faculdade, que se enquadrava num outro estilo «tribal» - Punk -, sobre o qual se contava, em jeito de piada, que em casa o seu look era muito menos contestário, para não dizer hilariante: pijama e pantufas. Esse colega era, claro, proveniente de «boas» famílias, tal como a maioria dos aderentes «tribais» que conheci.

O «modo de vida» Gótico pouco tem a ver com o Punk. Enquanto que a agressiva estética Punk foi, e é, utilizada propositadamente para chocar, os Góticos se chocam não é intencionalmente. Aliás não lhes interessa este mundo terreno e sim aquele que está, supostamente, para além deste: o mundo dos mortos. De modo que também não está em causa se aparentam pertencer a algum género sexual (@ andrógin@ líder do grupo Sopor Aeternus, Anna/Varney, de cuja biografia pouco se sabe, diz-se neste momento completamente indiferente a esse tema) e quem veja nestas máscaras qualquer tentativa de activismo desengane-se.

O que interessa aos góticos é um eterno viver em estado de tristeza, de êxtase do sofrimento: qualquer coisa como uma morte em vida. E aí o seu paradoxo: estão vivos e necessitam até de uma indústria que lhes proporcione as exclusivas indumentárias; mais, necessitam de capital (e não é pouco) que lhes permita viver a sua «morte»; tem tudo a ver com as restantes «tribos»: sem papás endinheirados não há contestação aos... papás endinheirados (mesmo q os papás estejam noutro mundo)! Parece confuso, mas é assim.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 01:43 AM | Comentários (21)

outubro 17, 2005

A DIVINA TV

tv_ratzi.jpg

«Um milagre»!, clamava hoje um jornalista da RTP numa peça sobre uma jovem que sobreviveu 10 dias debaixo dos escombros provocados pelo último terromoto que assolou boa parte da Ásia e, em especial, a Caxemira paquistanesa.

No mesmo telejornal, e evocando o dia mundial para a erradição da pobreza, mais do que as causas dessa mesma pobreza, em Portugal e lá fora, a televisão (especialmente a pública) prefere mostrar um retrato parcial das suas consequências e, em particular, quem mais beneficia do desigual mundo em que vivemos: a ICAR, e outras organizações religiosas, que através da sua «misericordiosa acção» (as «sopas dos pobres» era o exemplo dado) integram a pobreza no sistema e eliminam a capacidade de pensar alternativas que não sejam engordar estas organizações especializadas em tirar «pesos de consciência».

Não houve milagre algum, nem a pobreza e o sofrimento foram minorad@s; mas para o ano, no mesmo dia, lá teremos de aturar estas balelas que nos entram, também, pelos olhos adentro.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 07:12 PM | Comentários (4)

IPEZ

pez.jpg

Como a minha fonte principal de saber sobre novas tecnologias está de férias por uns dias (bom descanso aos Farpas&Bitaites!), soube por aqui, que a PEZ lançou um leitor de MP3. Pelos vistos não tem as características fabulosas dos iPODs, e suponho que não fica tão bem no peito de um qualquer hunk, mas em compensação custa 1/3 dos leitores da Apple e é, ao mesmo tempo, uma espécie de upgrade às minhas memórias infantis: música para um sabor amargo.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 05:29 PM | Comentários (6)

ESTAMOS SEMPRE A ESQUECERMO-NOS DO QUÃO RICOS SOMOS

Ontem foi Dia Mundial da Alimentação, as notícias passaram despercebidas no meio da histeria da gripe das aves, mas bastam dois títulos para nos lembrar da nossa condição de privilegiados: «Dois milhões morrem à fome todos os dias» e «Obesidade afecta quase quatro milhões de portugueses».

Boss

Publicado por renaseveados em 02:47 AM | Comentários (5)

outubro 16, 2005

Só agora?

Expresso

Na última página do Expresso deste fim-de-semana aparece numa pequena notícia, com o título 'Rio continua em campanha', esta fotografia. Ora esta 'campanha' já não pode ser subvencionada pelo Estado uma vez que a campanha eleitoral já terminou. E é duvidoso que seja o partido a financiar semelhante luxo. Logo o dinheiro para tanta publicidade só pode vir dos cofres da autarquia, que seria certamente mais bem gasto na execução das atribuições autárquicas do que utilizado para satisfazer o culto de personalidade do autarca que se esforça por construir uma imagem. Quando se re-começa assim recomeça-se mal porque não se está sequer a começar agora. É que ele já lá está há 4 anos e este cartaz acaba por espelhar as contradições do personagem. Querendo construir uma imagem de seriedade e dedicação que contraste com o despesismo e demagogia de outros autarcas que prometem mundos e fundos, o que esta campanha revela é o contrário do que diz: que ele não faz nenhum e gasta rios de dinheiro em querer mostrar o contrário.

Isto não vos faz lembrar outro político de amarga memória, esse outro que chegou a 1º ministro e que em toda a sua carreira política sempre gastou mais dinheiro em publicitar obras do que em fazê-las? Nem mais: Santanete? Não é só em Lisboa que o candidato do PSD mais não é que um clone de Santana querendo parecer outra coisa. E se nos lembrar-mos que todos estes políticos ganharam relevância política no tempo dos governos de Cavaco...

veado_

Publicado por renaseveados em 06:09 AM | Comentários (12)

BOM DOMINGO!

jacobs_pillow.jpg

Uma excelente sugestão para um eye candy dominical, a colecção de fotografias vintage do dcwooten.

Se estiveram antes com vontade de dar umas gargalhadas nada como ler as últimas "traquinices" (sic) do CDS/PP (ou será mais correcto dizer "CDS vs. PP" ?). Neste rescaldo autárquico surpreende que a direita sempre tão amante do idioma "economês" ainda não tenha feito uma análise dos resultados com base no montante gasto em campanha por voto ou mandatos ganhos. No CDS as contas são fáceis de fazer, 23 milhões de euros pela Câmara de Ponte de Lima!

Boss

PS: Para vermos o quão mau investidores são os populares, perdão, agora preferem ser tratados por "democratas-cristãos", basta olhar para Salvaterra de Magos. O CDS investiu 112.000 € na campanha naquele concelho bloquista, o que resultava num investimento de 6,60 € por eleitor. Tiveram 1003 votos (câmara, assembleia e freguesias, numa média de 334 votos por eleição), ou seja, cada voto custou-lhes 111,66 €, sem terem conseguido qualquer mandato. Some-se a isto a campanha gratuita que as revistas cor-de-rosa ofereceram ao CDS, pelo facto do seu candidato, José Sassetti, ter participado num reality-show da TVI, e eis um exemplo perfeito do descalabro do CDS vs. PP no passado Domingo.

Publicado por renaseveados em 02:43 AM | Comentários (8)

outubro 15, 2005

A CONSTITUIÇÃO DE UM BARRIL DE PÓLVORA

iraquianas.jpg
Mulheres iraquianas em dia de referendo sobre a nova constituição do país. Via Reuters.

Num pequeno dossier do PÚBLICO (indisponível on-line, claro), dedicado ao Referendo que hoje tem lugar no Iraque, estabelecem-se as diferenças entre a nova Constituição e as provisórias que vigoraram no tempo de Saddam Hussein. Em ambas, e apesar da jornalista Sofia Lorena descrever o regime de Saddam como laico (será por acaso?), o "islão é [era] a religião do Estado". A nova Constituição, estabelece mesmo que o islão é "uma fonte primária de legislação" e que "nenhuma lei pode contradizer as [suas] disposições [...]" nem os "princípios democráticos". No Iraque vota-se hoje o fim da esperança.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 05:19 PM | Comentários (0)

AND THE NOBEL GOES TO...

pinter.jpg
© Steve Bell 2005

P.S. Será por acaso que o suplemento MIL FOLHAS do PÚBLICO não traga uma única referência, pequena que fosse, ao novo Nobel da Literatura, Harold Pinter?

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 04:18 PM | Comentários (5)

TUGA POLITIK

1) Ainda as autárquicas, com um bonito exemplo de total fuga às responsabilidades vindo de Braga: «Ricardo Rio justificou a vitória do PS, por maioria absoluta, devido ao "fracasso" dos partidos de Esquerda, em especial da CDU, que, por cerca de 300 votos, não retirou um vereador aos socialistas. Por último, o dirigente social-democrata disse que os cinco vereadores eleitos pela coligação manifestaram-se já "indisponíveis" para assumir pelouros no futuro Executivo municipal.» Note-se que Ricardo Rio era o candidato da coligação de direita, mas pelos vistos perdeu por falta de votos na CDU. Laranjas, populares e monárquicos de Braga já sabeis em quem votar em 2009 ;) E afinal, os vereadores de direita manifestam-se indisponíveis logo depois de eleitos...

2) «TC deve chumbar referendo do aborto». Caso se confirme esgotam-se de vez todas as desculpas do PS para não resolver o assunto imediatamente no Parlamento, como devia ter acontecido há já vários anos.. não fosse o "new-born beato" Guterres.

3) E mal se resolva este assunto estará mais que na hora de exigir por parte do Bloco de Esquerda e da Juventude Socialista o cumprimento das suas promessas eleitorais no que se refere ao casamento homossexual. Entretanto espero que a petição da ILGA Portugal esteja já assinada pelos dirigentes e a correr entre os militantes das duas forças políticas.

4) «Cavaquistas já recolhem dinheiro para a campanha» Mais uma notícia, são diárias, sobre a candidatura de Cavaco. Cavaco está em alta, todas as sondagens o dizem, mas está também no seu pico máximo. No entanto esta situação de notícias constantes sobre a candidatura e total ausência de palavras do candidato não se poderá manter ad eternum, por muito que Cavaco o queira. E é provável que o quisesse, pois sabe tão bem quanto nós que para começar a perder votos só precisa mesmo abrir a boca. Vá homem, bochecha um elixir e fala, fala que te queremos ouvir!

5) «Capitão do FC Porto faz campanha por Manuel Alegre» Nunca simpatizei muito com campanhas feitas por celebridades, é bom que Alegre não exagere, mas enquanto não meter dirigentes desportivos não lhe vejo gravidade. Jorge Costa é aliás dos meus jogadores favoritos, e de facto Alegre tem que provar que a sua candidatura é popular e pode mesmo vencer. A ideia do pin vendido a 1€ é excelente, se for giro compro. O voto é que ainda não garanto..

6) E como as presidenciais já estão ao rubro e não deverá haver referendo ao aborto, retomamos a ideia do "Voto Rénico", para conhecer melhor a opinião dos leitores quanto a esta questão. Votação aqui ao lado -->

Boss

Publicado por renaseveados em 02:40 AM | Comentários (35)

O pior cego...

De acordo com uma sondagem do insituto LH2, encomendada pela Rainbow Attitude, 80% dos franceses consideram anormal homossexuais e heterossexuais não partilharem os mesmos direitos. Para além deste importante resultado, extremamente positivo para a luta contra a discriminação, o estudo revelou ainda diferenças significativas em termos da percepção da homofobia entre os franceses em geral e os homossexuais em particular. A sondagem foi realizada sobre duas amostras de inquiridos: uma amostra representativa da sociedade francesa em geral, e uma outra representativa da comunidade homossexual. Enquanto que apenas 50% dos homossexuais consideram ter os mesmos direitos que os heterossexuais, a percentagem sobe até aos 73% na população francesa. Paradoxalmente, apesar de somente 41% dos franceses concordarem com a adopção de crianças por parte de casais homossexuais “pacsados”, 66% pensam que um casal de pessoas do mesmo sexo é capaz de assegurar uma educação idêntica a um casal heterossexual. Prova de que a homofobia e a discriminação são infundadas, desprovidas de argumentos que as justifiquem.

É pena que nos 20% da população que não acredita na igualdade de direitos, se inclua uma cambada de grunhos que se entretêm a rasgar os cartazes publicitários da Rainbow Attitude Expo afixados pelo metro de Paris, e que já antes tinham causado polémica.

Waltz

Publicado por renaseveados em 01:02 AM | Comentários (1)

outubro 14, 2005

PARECE QUE É... SOPAS

declaracao_louca.jpg
Francisco Louçã, na declaração de candidatura à Presidência da República.

Miguel, respondendo a este post, parece-me que da parte de quem exiges, e do meu ponto de vista correctamente, que se esclareça clara e inequivocamente a favor do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo e o direito à adopção a resposta está dada: sopas.

Francisco Louçã enunciou os cinco pontos sobre os quais vai balizar a sua campanha à presidência da República; a saber: a justiça social, a reforma da justiça, o «levantamento cultural» do país, a «revolução ambiental» e a Europa.

Mesmo que venha a concretizar melhor cada um destes pontos (não me passa pela cabeça que, pessoalmente, Louçã não seja a favor do casamento civil entre PMS e do direito à adopção), não vejo onde possa caber a agenda LGBT nas cinco grandes prioridades enunciadas pelo candidato.

A procissão vai no adro, mas desde já queria pedir a Francisco Louçã, que cita como sintoma da ânsia portuguesa pela «cultura» o enorme êxito que constituiu a colecção MIL FOLHAS do PÚBLICO, que peça ao José Manuel Fernandes que, num rasgo de loucura e de adesão às causas LGBT, publique o livro do Tom of Finland na sua colecção de arte. Era um começo e matava-se já a ânsia de «cultura», a preços convidativos, de um conjunto de pessoas que espera da esquerda algo mais que... sopas.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 06:15 PM | Comentários (16)

PARABÉNS LUÍS!

random_precision.jpg

Tenho andado numa lufa-lufa por estes dias, e por isso escapou-me o aniversário de um dos melhores blogs nacionais. O Random Precision fez um ano, e como se sabe, quando o blog faz anos, o blogger está de parabéns. Força Luís.

Boss

PS: E já agora parabéns pela eleição ;)

Publicado por renaseveados em 05:38 PM | Comentários (1)

ECUMENISMO CANIBAL

buda.jpg

Esta imagem, vista aqui, fazia parte de um livro para crianças cristãs datado de 1954. Lembrei-me de um texto do abominável homem das neves e de como as coisas pouco mudaram desde a época em que aquele livro foi publicado.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 02:21 AM | Comentários (2)

outubro 13, 2005

A BIGBROTHERIZAÇÃO DA JUSTIÇA

felgueiras.jpg
Imagem retirada daqui.

Não fiquei espantado com a cobertura que a televisão do Estado deu às cerimónias da senhora 13. Fiquei, sim, quando as quatro primeiras notícias do Jornal da Tarde da RTP (a primeira, e a excepção, foi a da visita do Presidente do Brasil a Portugal) tinham como pano de fundo os tribunais (o caso de Figueira, da Casa Pia e de uma rede de narco-traficantes) ou achegas a casos actuamente em julgamento (desta vez mais uma denúncia de um antigo colaborador de Avelino Ferreira Torres sobre os «negócios» obscuros do antigo Presidente de Marco de Canavezes).

Ainda ontem, o responsável pela informação do canal SIC NOTÍCIAS, Ricardo Costa se não estou em erro, (declarações proferidas no programa «Clube de Jornalistas» da 2: sobre a importância dos meios de comunicação social nas eleições), lá vinha dizendo que as televisões se limitam a garantir a informação básica e que esta (e as escolhas que os mass media fazem) em nada intereferem na escolha que o «povo» faz dos seus líderes. A esfarrapada desculpa que Ricardo Costa apresentou foi a de que o «povo» elege os seus representantes (e modifica o seu sentido de voto) mesmo quando não há uma cobertura significativa dos meios de comunicação. Mal estaríamos, se tal não acontecesse. Tal esfarrapado argumento não invalida que o inverso aconteça, ou seja, que o «povo» elija os seus representantes (e modifique o seu sentido de voto) quando há uma cobertura significativa dos meios de comunicação. Digo mesmo que, sendo inevitável essa interferência (já ultrapassámos há muito a inocência de um jornalismo neutro), acho estranho que os jornalistas não reconheçam isso mesmo como uma permissa mais da sua ética de trabalho.

A excessiva cobertura de casos em julgamento são exemplo disso mesmo. Potenciam nas populações a ânsia de justiça pelas próprias mãos, coisa que não sendo nova na nossa cultura (a célebre expressão «Justiça de Fafe», é testemunho disso mesmo), atinge nos nossos dias uma tal importância que parece pôr em causa o Estado de Direito e a Justiça em particular.

Atentemos no caso de Figueira. Em primeiro lugar, ao Júri Popular tem sido dada uma cobertura inusual. Fosse um caso em que a sua segurança (a dos Jurados) estivesse em causa por ameaças de poderosas redes de droga, ou outras, e o seu próprio estatuto e a sua actual visibilidade estariam agora a ser discutidas; mas aqui trata-se de um julgamento de indigentes, de gente pobre, ignorante e desestruturada que não aquece nem arreferece, mas que dá muita audiência. Assim, o Jurado constituido por quatro pessoas escolhidas entre a população mais próxima à do local do crime (Portimão e Lagoa) apresentam-se inusualmente intervenientes no processo (segundo afirmações dos próprios jornalistas). A eles cabe, de alguma forma, representar esse «povo» faminto de participar (por tele-voto, por SMS...) e de fazer valer uma justiça pouco dada ao imediatismo da resposta que a televisão e os programas de tele-lixo tanto têm promocionado. Os jornalistas lá vão dando as suas achegas à «Teresa» ou à «Júlia» de que a criança era um exemplo, de que a mãe era promíscua, que o tio foi condenado por outros crimes. Cabe aos «portugueses» escolher: sim ou não.

De alguma forma as reeleições de Isaltino, Felgueiras ou Valentim foram precisamente uma espécie de voto nas pessoas, no seu perfil e na forma como lidaram com os seus processos no tribunal. Tendo podido fazê-lo o «povo» escolheu-os, como poderia ter escolhido um Frota ou um Castelo Branco. Não foi a eleição de um autarca, foi a de uma personagem, hiper-contruída pelas televisões e outros meios de comunicação. Mais, podendo fazê-lo, o «povo» inocentá-los-iam dos seus processos em tribunal (não foram essas as ilações que retiraram os reeleitos no momento da vitória?). Ainda, podendo fazê-lo directamente, não estariam já «mortos e enterrados» os suspeitos de pedofilia na Casa Pia, ou a mãe e tio que supostamente mataram a «pequena» Joana?

Por isto e muito mais me espanta a tremenda inocência com que os meios de comunicação social falam sobre si próprios. Como se fossem meros espectadores de uma peça de teatro, do qual se excluem. Um dia os mass media aparecerão e desaparecerão por vontade do mesmo «povo» que dizem não manipular e pelos mesmos meios que lhes proporcionaram: por tele-voto, por SMS, rapidamente e sem contraditório.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 05:46 PM | Comentários (418)

ORA TOMEM LÁ UM NACO DE NOBEL LITERATURA

«The American administration is a bloodthirsty wild animal» (2002) por Harold Pinter, anunciado hoje vencedor do Prémio Nobel da Literatura 2005, pelo seu trabalho como dramaturgo. Sucedendo assim à austríaca Elfriede Jelinek. Além de conhecido activista anti-guerra é ainda membro honorário da National Secular Society.

Boss

Publicado por renaseveados em 01:56 PM | Comentários (635)

Asa perdida, asa recuperada

moderatocantabile.jpg

O Tiago d'O Melhor Anjo resolveu cindir-se em dois, fruto de uma maturação da evolução do blogue que já conta com dois anos de existência. A sua nova (c)asa chama-se Moderato Cantabile e tornou-se inevitável face a uma reflexão que já vinha sendo feita há algum tempo pelo seu autor. No fundo uma maneira de ganhar espaço para recuperar um registo que já foi o d'O Melhor Anjo no início e que se perdia por entre as exigências profissionais do Tiago como crítico de dança e teatro. Um falso início portanto, como ele explica aqui. Para dividir também entre o que se sabe e o que não se sabe. Dividir-se-ão também os leitores? É tudo uma questão de tempo.

veado_

Publicado por renaseveados em 04:18 AM | Comentários (667)

outubro 12, 2005

MER(DA)CADORIAS

jesus_christ_coca_cola.jpg

Este é um dos produtos que a Kerusso, empresa especializada em merchandising cristão, tem disponível no seu catálogo on-line. Fez-me lembrar o post do Pagan sobre uma outra campanha destinada a colar a imagem de JC à de Che Guevara. Desta vez, e porque não, cola-se JC à Coca-Cola. Deus, Pátria e Multi-Nacionais confundem-se tanto nos EUA que não acho descabido que, um dia destes, as notas verdes venham acompanhadas de um «In Coca-Cola We Trust».

Um dos mais «divertidos» produtos comercializados pela dita empresa encontra-se na secção T-Shirts «femininas» (sim elas estão num catálogo específico dedicado às Ladies). «I'm Taken» é um sério aviso aos machos em cio para não se aproximarem das cobiçadas «mercadorias com mamas» que já tenham dono. Por falar nisso, será que Carilho já deu uma olhadela a este catálogo?! Não sei porquê mas acho que a Bárbara iria adoooooorar esta T-Shirt.

Hetero_doxo

Publicado por renaseveados em 11:25 PM | Comentários (581)

MUUUUUUUUUUUUITOS PARABÉNS

vaca_veado.jpg

À nossa que(e)ridíssima VA-CA, pelos 3 anos a ruminar contra o sono zómbico!

Boss

Publicado por renaseveados em 11:03 PM | Comentários (2)

Croácia sai do armário

comingout-najava.jpg Comingout

Ontem os principais jornais croatas publicaram um anúncio com mais de 1000 nomes (nome, idade e L, G, B ou T), no que constitui um comming out colectivo e simbólico. A mensagem do anúncio era: "Não quero continuar a esconder-me. Pouco nos separa, e muito nos une. Reconsidere os seus preconceitos." A Croácia é um país que tem dado grandes passos na luta contra a homofobia. Se há 5 anos atrás a primeira marcha LGBT de Zagreb foi manchada pela violência homofóbica, há dois anos aprovou uma lei de uniões de facto para casais homossexuais, e discute agora a possibilidade de parcerias registadas. Este anúncio foi patrocinado pelo governo croata e coincidiu com o National Coming Out Day celebrados nos Estados Unidos.

veado_gej

Publicado por renaseveados em 01:25 AM | Comentários (201)

outubro 11, 2005

MOVE ON

As autárquicas já se foram, e nota-se no ar, i.e., na comunicação social, um fervor anti-PS. Não se entende, o PS foi o partido mais votado nas eleições, e se o PSD tem mais câmaras, em grande parte dos casos é devido às coligações com o CDS e PPM (sim, com os monárquicos!), não tendo assim dispersão de votos à direita, ao contrário do PS que perde muitos para o Bloco e CDU. Basta olhar para o Porto, onde uma coligação BE-PS teria sido suficiente para travar a maioria absoluta (os portuenses drogam-se?) de Rui Rio... Mas o que lá vai lá vai, e a esquerda que aprenda, se quer vencer autárquicas tem que passar a ser mais pragmática. Coligar e chamar artistas de novela é o que está a dar.

Agora a guerra é outra: «Aborto: bispos reforçam apoio aos movimentos cívicos pró-vida». Por "apoios" entenda-se "rios de dinheiro". É que dinheiro é coisa que não falta ao lobby das sotainas, e gostam de o gastar é nestas coisas, campanhas contra gays ou pela prisão de mulheres emancipadas. A confirmar-se o referendo a campanha vai ser dura, passado o furacão Santana Lopes, a imprensa está de novo completamente alinhada à direita assumindo uma postura anti-PS (apesar deste estar a governar, nem mais, à direita), e a IVG pode ser a próxima vítima. Não podemos baixar os braços ou deixarmo-nos levar pelo discurso "merda de país, não voto mais": isso não resolve rigorosamente nada. E lembrem-se, em caso de referendo vai haver um comício anti-IVG no Domingo do dito em cada igreja deste país. A campanha já começou, quantos votos angariaste até agora?

Boss

Publicado por renaseveados em 08:27 PM | Comentários (55)

outubro 10, 2005

"TROPICAL DEPRESSION" PÓS-AUTÁRQUICAS

200523N_10100232_thumb.pngUfff.. Parecem postos de parte os riscos do Vince chegar a Portugal na forma de furacão (já foi de categoria 1, agora é tempestade tropical), neste momento o mais provável é que o nos atinja na forma de "tropical depression". Ele haverá clima mais apropriado para a ressaca eleitoral que nos deu eleições como as de Isaltino, Felgueiras e Valentim? Ou ainda um guionista de novelas por Santarém? É oficial, e já esta madrugada, depressão tropical na república das bananas.

Boss

Publicado por renaseveados em 12:14 PM | Comentários (17)

MÉDIA E AUTÁRQUICAS

A vitória do caciquismo é uma derrota da democracia com múltiplos responsáveis, mas concentremo-nos num deles: a comunicação social de âmbito nacional. Desde a primeira hora que as TV's, e por arrasto rádios e jornais, trataram o "bando dos 4" de forma sensacionalista, muitas vezes jocosa e sempre em tom de desafio, "será que vão ganhar?".

O nosso país é extremamente centralizado, a todos os níveis, e a comunicação social não é excepção. Mesmo cidades de média e grande dimensão como a maioria das capitais de distrito, ou cidades como Guimarães e a Covilhã, raramente merecem a atenção por parte dos média nacionais, i.e., dos média lisboetas, mais um ou dois do Porto. A não ser, é claro, quando há algum homicídio, acidente de grandes dimensões, e esse tipo de coisas... Vivemos na era da informação e dos reality shows, e as pessoas gostam de aparecer na TV.

Foi por isso que Santana chegou, viu e venceu esmagadoramente quando há uns anos concorreu à câmara da Figueira da Foz. Porque levou os média atrás de si. Mas falou-se agora dessa autarquia? Ou do imenso buraco financeiro deixado por Lopes? Não. Eis o exemplo perfeito, com princípio, meio e fim, da informação sensacionalista, que segue um candidato, cria um vencedor, e logo esquece completamente a terra em causa.

O mesmo acontecerá a Felgueiras um dia, mas este ano teve direito a mais aberturas de noticiários de horário nobre do que Braga ou Coimbra. Mas de que é ao certo acusada Fátima Felgueiras? Alguém se lembra? Entre o machismo patente na maior parte das notícias e as piadas sobre o bom tempo do Rio de Janeiro, será que se percebeu exactamente a gravidade das acusações? Como teria sido a história se desde o início se tivesse optado por uma informação séria e sóbria? Se por cada 10 minutos de entrevista a Fátima Felgueiras se tivessem antes dado 5 aos seus opositores para poderem apresentar as suas propostas para o concelho?

E quem diz Fátima, diz Valentim. Já Isaltino teve uma vitória bastante menos folgada, porque o seu "caso" já era velho, e mereceu pouca atenção nos tempos mais recentes. Quanto a Avelino concorria pela primeira vez em Amarante, e era o único efectivamente condenado pela justiça.

Não quero com isto desresponsabilizar eleitores. Mas se é sabido o elevado grau de iliteracia deste país, isso só aumenta a responsabilidade dos média em geral, e TV's em particular, em produzirem uma informação séria e compreensível. E não o triste espectáculo de seguirem Fátima ou Valentim de microfone em punho, acotovelando os colegas, apenas para... para quê mesmo?

Boss

Publicado por renaseveados em 09:00 AM | Comentários (290)

outubro 09, 2005

QUERO LÁ SABER DAS AUTÁRQUICAS

vince.gif
Imagem do National Hurricane Center (EUA)

Vem aí o Vince! Ou como dizia Valentim Loureiro nas primeiríssimas palavras (merecidamente) dirigidas aos seus eleitores: foda-se!

Boss

PS: e mantendo o linguajar autárquico, não me fodam, a CDU é a grande vencedora da noite, Peniche, Marinha Grande, Área Metropolitana de Lisboa.. enfim, parabéns camaradas!

Publicado por renaseveados em 10:30 PM | Comentários (125)

IDE E VOTAI

votar_2000.JPG
Ilustração final do livro infantil Vão à Escola? Não, vão votar!

Boss

Publicado por renaseveados em 01:52 AM | Comentários (217)

outubro 08, 2005

DO TEMPO EM QUE OS VOTOS SE MEDIAM AOS PALMOS

votos_maiores.JPG

Em Castelo do Neiva, um óptimo local para reflectir sossegadamente. Bom Sábado!

Boss

Publicado por renaseveados em 02:20 PM | Comentários (97)

outubro 07, 2005

DECLARAÇÃO DE VOTO

vote.jpgHoje é o último dia de campanha para as autárquicas, e posso dizer que estas são as eleições menos entusiasmantes da minha vida de eleitor. Por um lado, no meu concelho não se vislumbram quaisquer mudanças, o PS continuará a dominar a autarquia, como faz desde que nasci. O PSD, o segundo partido mais votado, revelou-se incapaz de apresentar uma alternativa credível, apostando em promessas demagógicas e inúteis, como campos de futebol, ensino superior ou aumento da taxa de natalidade (I wonder how they planned to do it...). Assim sendo o meu voto irá para a CDU, apesar de ser certa a inutilidade do mesmo, i.e., não servirá para eleger nenhum vereador. Fica no entanto expressa a minha vontade, e o candidato em causa merece efectivamente o voto, não se trata de mera simpatia partidária. O Bloco não concorre (que saiba, seria uma surpresa encontra-lo no boletim).

Por outro lado a nível nacional a campanha tem-se revelado um desastre. Desde os vários incidentes violentos, aos candidatos corruptos-e-favoritos, até à ditadura madeirense ou ao triste duelo lisboeta, tudo parece desmotivar os eleitores. A culpa é de tod@s, minha, tua, dos jornalistas (que optam sempre por mediatizar a podridão) e dos políticos. A bem do país temos a obrigação de votarmos no próximo Domingo, e por pior que as coisas pareçam, há sempre candidatos merecedores do nosso voto.

Já agora faço aqui um exercício de voto virtual. Se votasse no Porto votaria no Bloco de Esquerda (Teixeira Lopes) e faria figas para que Francisco Assis (PS) fosse eleito presidente da câmara, juro que não entendo como é possível que Rio possa ainda vencer. Se votasse em Gaia o meu voto iria para a CDU (Ilda Figueiredo), tal como em Lisboa (Ruben de Cravalho) - neste caso tenho alguns pudores em fazer figas por Carrilho, mas continuo a não entender como é possível Carmona poder ser eleito, mais depressa me veriam a votar Maria José Nogueira Pinto! Em Sintra votaria PS (José Soares), e na Madeira certamente que me deixaria levar pela "lógica" do voto útil, e votaria PS em qualquer dos seus concelhos. Assim ou assado, não se esqueçam de votar no próximo Domingo. Expressar um voto válido num partido democrático é o mínimo que podemos fazer pela manutenção da nossa democracia, que mais parece uma criancinha doente e birrenta...

Boss

Nota: os eleitores lisboetas podem consultar o dossier elaborado pela ILGA Portugal sobre o posicionamento nas questões LGBT dos candidatos à autarquia da capital. Um voto informado (não) vale (mas devia valer) por dois!

Publicado por renaseveados em 04:26 AM | Comentários (297)

Entretanto no Massachusetts

As igrejas católicas lideram a recolha de assinaturas para uma petição que visa a realização de um referendo sobre a possibilidade de banir o casamento entre pessoas do mesmo sexo, que nos EUA apenas é legal naquele estado. No entanto as sondagens indicam que a maior parte das pessoas não está interessada em tal proibição, nada como a lei entrar em vigor (há mais de um ano no caso), para que mesmo os mais cépticos percebam que o céu não lhes cai em cima da cabeça por via da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. No entanto o entusiasmo católico com a negação do casamento a gays e lésbicas é tal que suspenderam de funções um padre que se recusou a assinar a dita petição. Que pena não serem tão zelosos quando se tratam de outro tipo de abusos praticados pelo clero católico...

Anyway, enquanto isto no Supremo Tribunal Judicial do Massachusetts começou o processo que questiona a legalidade da lei que proibe que pessoas de outros estados lá casem. Esta lei é mesmo muito curiosa, e põe mais uma vez a nu o paralelismo quase-perfeito entre a luta pelo casamento inter-racial e a do casamento entre pessoas do mesmo sexo. A lei aprovada em 1913 visava então prevenir conflitos com outros estados, já que naquela altura Mass. era dos poucos a autorizar o casamento entre pessoas de "raça" diferente. Depois do Supremo Tribunal dos EUA ter abolido a proibição destes casamentos em todo o país (só em 1967), esta lei deixou de ser aplicada. Isto até Massachusetts se revelar mais uma vez pioneiro dos direitos humanos e ter legalizado o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Assim as autoridades locais decidiram voltar a aplica-la (valendo tanto para heteros como para homos), no entanto a sua legalidade é no mínimo duvidosa. Caso o Tribunal estadual a considere ilegal é de esperar um fluxo imenso de casais homossexuais de todo o país, e a multiplicação de processos judiciais pelo reconhecimento do casamento nos seus próprios estados. É no entanto provável uma espera de vários meses pela decisão.

Boss

PS: Mais uma curiosidade, o Massachusetts é o segundo estado norte-americano com mais alta percentagem de católicos, perdendo apenas para Rhode Island, onde o assunto do casamento está a ser discutido. Se pensarmos ainda no católico Canadá (percentagem bem mais alta que a dos EUA), na Bélgica ou na catolicíssima Espanha, eu diria que o obsessivo fervor anti-casamento gay da ICAR se está a revelar altamente contra-producente. Não há porquê não sermos optimistas :) [Infelizmente este optimismo dificilmente poderá ser estendido à desgraçada Polónia, e todos aqueles países sul-americanos onde o lobby das sotainas continua efectivamente a controlar os governos.]

Publicado por renaseveados em 03:16 AM | Comentários (247)

OS PRÓ-(ALGUMA)-VIDA

Os pró-vida não param de me surpreender. Ora é a senadora republicana do Indiana, EUA, que queria proibir que pessoas não-casadas com pessoas de sexo diferente e não-cristãs praticantes pudessem usar métodos de reprodução assistida. Patricia Miller não soube explicar o que aconteceria, por exemplo, às lésbicas que ilegalmente engravidassem (elas eram claramente o principal alvo da lei): obrigadas a abortar, ou detidas e sem a custódia das crianças? Bem, pelos vistos a senadora teve um momento de lucidez anti-nazi e desistiu da sua proposta.

Por cá podemos ler hoje no Diário de Notícias uma surreal entrevista com Miguel Oliveira da Silva, professor de ética médica (!) conduzida por Fernanda Câncio, uma amostra:

«DN: - Alguém que engravida quatro vezes num ano é uma maluca?
MOS: - É pelo menos ignorante e irresponsável...

(...)

DN: - Essa mulher que engravida xis vezes é para si uma louca/irresponsável. Será boa ideia obrigá-la a ter filhos?
MOS: - Não, não. Mas, ginecologicamente falando, não sei se uma mulher que três anos consecutivos faz um aborto não deve ser obrigada a fazer uma laqueação de trompas.

DN: - Isso lembra a Alemanha nazi.»

Nem mais.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:36 AM | Comentários (193)

Kaczyński, os terríveis

kaczynski.JPG
Lech, Theodore e Jarosław

Com meia Europa aterrorizada com o "perigo islâmico vindo da Turquia", é curioso como ninguém parece preocupar-se especialmente com a deriva católico-nacionalista da Polónia. Com 95% da população obediente ao lobby das sotainas, grande parte dela de forma fanática, muito graças à influência de João Paulo 2º (tão bonzinho que ele era..), a Polónia deu recentemente a vitória nas legislativas ao partido liderado por Jarosław Kaczyński, e poderá eleger o seu irmão gémeo Lech Kaczyński, actual autarca de Varsóvia, para a presidência do país já no próximo Domingo.

Lech, se bem se lembram, foi quem proibiu por mais que uma vez a realização de marchas LGBT na capital polaca, tendo autorizado sem hesitação uma manif neo-nazi auto-intitulada "marcha pela normalidade". O seu irmão Jarosław, agora no governo, prometeu durante a campanha eleitoral legislar contra a homossexualidade, tal como o seu colega de partido e provável futuro PM, Kazimierz Marcinkiewicz: «Se uma pessoa tentar 'contaminar' outras com a sua homossexualidade, o Estado deve intervir contra tal entrave à liberdade.» Estes discursos de clara inspiração nazi, gozam de forte apoio dos caciques católicos da terra (bispos, arcebispos.. enfim, as sotainas-mor). E violam gravemente alguns dos princípios básicos da União Europeia, a igualdade, os direitos humanos, a liberdade de expressão. Ficamos então à espera de uma palavrinha de Durão, perdão, Barroso.

Apesar de não ser conhecido algum grau de parentesco, não deixa de ser curiosa a coincidência do sobrenome (e mentalidade?) dos gémeos polacos com Theodore Kaczynski, o famoso "Unabomber" norte-americano, que enviava cartas-bomba para combater a "tecnologia demoníaca".

Boss

Publicado por renaseveados em 02:06 AM | Comentários (63)

outubro 06, 2005

outubro 05, 2005

DIA DA REPÚBLICA: CELEBRAR A LAICIDADE

republica.gifHoje é dia da República, um dia de festa portanto. Lamentavelmente a festa é modesta, as autoridades "competentes" apostam no formato seca, quando os valores e conquistas da república se deviam celebrar em massa e com alegria. Destes valores importa salientar, nestes tempos conturbados pelos fundamentalismos religiosos, a Laicidade como valor essencial da nossa República, e que tão maltratada tem sido. No Diário de Notícias de hoje vem um extenso dossier onde são referidos vários atropelos ao príncipio da separação Estado/igreja. Chegamos ao cúmulo de termos funcionários públicos generosamente pagos para... rezarem! Não é assim que se constrói uma sociedade mais justa e igualitária, e não é certamente assim que se combate o défice.

VIVA A REPÚBLICA!

Boss

Publicado por renaseveados em 03:54 AM | Comentários (14)

PARA ALÉM DAS AUTÁRQUICAS

anuncios.JPG

Para desenjoar da campanha autárquica, eis dois cartazes bem diferentes das fotos tipo passe que vemos em cada esquina deste país. À esquerda mais um anúncio da AIDeS, descoberto via Salsa & Pimenta, restante campanha aqui. Curiosamente a foto é de Oliviero Toscani, de quem também falamos na nossa última referência a campanhas desta ONG francesa. À direita temos a campanha da Playstation em Itália, cuja polémica e queixas vaticânicas levaram à sua retirada e ainda a um pedido de desculpas por parte da Sony. Mais um ponto para o lobby das sotainas.

Boss

Publicado por renaseveados em 03:13 AM | Comentários (8)

QUANDO É QUE CHAMAM OS CAPACETES AZUIS? (4)

PSD CDS PP Canelas.jpg

Gaia na frente. As ameaças do PPD-PSD coligado com o CDS-PP em Canelas, Gaia.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:15 AM | Comentários (2)

A leste das autárquicas, literalmente

Fulla.jpg
Jeroen Kramer/Getty Images

Depois de uma carreira profissional variadíssima, Barbie tem, aos 45 anos, um curriculum vitae invejável: já foi médica, piloto de aviação, patinadora, bailarina... Apesar do seu carácter profissional polivalente e dos inegáveis “transferable skills”, Barbie é considerada pela comunidade islâmica como um símbolo decandente do mundo ocidental, tendo mesmo sido banida na Arábia Saudita. Com que brincam então as crianças islâmicas? Na Síria, a resposta é Fulla!
Fulla é uma boneca aparentemente semelhante a Barbie e dona de um guarda-roupa extenso. As diferenças são porém óbvias. Nenhum dos seus vestidos mostra mais do que uns poucos milímetros de “pele”. Veste ainda um véu islâmico e traz consigo um tapete para as suas orações diárias. Curiosamente os seios de Fulla são notoriamente menores do que os da sua amiguinha da Mattel.
Fulla não é apenas uma Barbie que usa véu islâmico. Segundo os seus criadores (NewBoy Design Studio), a boneca distingue-se pela sua “personalidade” (whatever that means for a doll): é honesta, doce, atenciosa, respeita o pai e a mãe. É solteira, e não tem namorado.
A popularidade de Fulla foi possivelmente catalisada pelo crescente conservadorismo islâmico no Médio Oriente. A percentagem de mulheres árabes que usam véu islâmico tem crescido nos últimos anos. Mesmo que muitas o usem por decisão própria, outras são pressionadas nesse sentido, lembra Maan Abdul Salam, defensor dos direitos das mulheres. Provavelmente Fulla não teria uma popularidade tão grande, caso tivesse sido lançada no mercado há uma década atrás.
Apesar do esforço no sentido de criar uma boneca que celebra a cultura islâmica, e que se distancia dos valores ocidentais, Fulla tem uma relação mais próxima com Barbie do que originalmente poderíamos imaginar: as duas vêm do mesmo país, a China.

Waltz

Publicado por renaseveados em 12:52 AM | Comentários (1)

outubro 04, 2005

QUANDO É QUE CHAMAM OS CAPACETES AZUIS? (3)

p02 brisa pistola.jpg

Cartaz da candidatura do CDS-PP em Porto de Mós.

Boss

Publicado por renaseveados em 09:15 PM | Comentários (7)

GIVE ME YOUR VOTE, I GIVE UP MY IDEOLOGY

«Pediam, em primeiro lugar, que se renunciasse à revisão dos registos de propriedade das terras para recuperar o apoio dos latifundiários liberais. Pediam, em segundo lugar, que se renunciasse à luta contra a influência clerical para obter a solidariedade do povo católico. Pediam, por fim, que se renunciasse às aspirações de igualdade de direitos entre os filhos naturais e os legítimos, para preservar a integridade dos lares.

- Quer dizer - sorriu o coronel Aureliano Buendía, quando terminou a leitura - que só estamos a lutar pelo poder.»

Gabriel García Marquez in Cem Anos de Solidão [tradução de Margarida Santiago]

Desde sempre que as forças progressistas fazem cedências ao conservadorismo (ideológico e táctico) para assim conseguirem maior apoio popular. O objectivo é aparentemente legítimo, acelerar a chegada ao poder e consequentemente o progresso. É por isso que vemos o "radical e extremista" (coff, coff, atchim!) Bloco de Esquerda a passear por Lisboa de autocarro descapotável com a cara de Sá Fernandes colada. É assim que vemos o Partido Socialista com deputadas como Matilde Sousa Franco ou Rosário Carneiro, e com políticas puramente neo-liberais. Mas e o progresso, onde está?

O Partido Socialista hesita e treme com questões tão básicas como a interrupção voluntária da gravidez. O Bloco faz o mesmo em relação ao casamento homossexual. E das políticas económicas, em grande parte definidas por Bruxelas, é melhor nem falar... Uma esquerda acanhada poderá ganhar votos momentâneos, mas perde os votos mais preciosos. Os votos conscientes, que são a sua consciência e consistência. Pode chegar ao poder, mas desta forma o progresso não chega nunca. É isso mesmo que vemos nos tempos que correm. E é uma tristeza...

Boss

PS: Pode-se dizer que há esquerda num país onde nenhum partido parece mover uma palha contra as transferências monstruosas e absolutamente indecentes de dinheiros públicos para bolsos beatos por mil e uma vias? Sendo este apenas mais um asqueroso exemplo... Têm todos medo do "lobby das sotainas"?

Publicado por renaseveados em 01:25 PM | Comentários (8)

A direita já tem candidato

Qual Portas, qual Santana, qual Basílio, qual Cavaco! A direita já tem candidato certo à Presidência da República. Enquanto os outros candidatos se digladiam em silêncios e ameaços, José Maria Martins, o advogado de "Bibi" no caso Casa Pia decidiu avançar decidido à corrida para Belém. Apesar de não querer revelar os nomes dos seus apoiantes e para dar mais credibilidade à sua candidatura, já começou a procurar apoios na área política que representa - visitou recentemente a Madeira onde se reuniu com Alberto João Jardim, a quem não poupou elogios. O conhecido causídico afirmou aquando da apresentação da sua candidatura que o combate á corrupção e ao tráfico de influências iriam ser as principais bandeiras da sua campanha. À saída da audiência com Jardim confessou aos jornalistas: "Os milhões que vieram de Bruxelas foram levados pelo caudal enorme da corrupção e tráfico de influência que se instalou no Continente, enquanto, por exemplo, aqui, na Madeira, vemos obra feita"...

veado_

Publicado por renaseveados em 05:02 AM | Comentários (26)

Jens Stoltenberg

JensStoltenbergBra_wwwdnano.jpg

Eis o "Zapatero dos fjords". O novo primeiro-ministro norueguês prometeu e já está pronto para cumprir: o casamento entre pessoas do mesmo sexo, sem qualquer distinção em relação ao de pessoas de sexo diferente, será em breve uma realidade na Noruega. [via Actas do pequeno almoço]

A Noruega era já uma pioneira dos direitos LGBT, reconhecendo legalmente uniões homossexuais desde 1993, e o direito de adopção dos filhos d@ companheir@ desde 2002. A maioria dos noruegueses concorda com esta reforma legislativa, incluindo no que diz respeito ao pleno direito à adopção. A Noruega ocupa desde 2001 o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento Humano da ONU. Mesmo assim o combate à pobreza é considerado como a principal prioridade do governo do trabalhista Stoltenberg, formado pela coligação verde e vermelha.

Boss

PS: Continuamos à espera de uma república...

Publicado por renaseveados em 01:03 AM | Comentários (3)

outubro 03, 2005

QUANDO É QUE CHAMAM OS CAPACETES AZUIS?

«Aveiro: disparos contra caravana do PS provocam quatro feridos ligeiros»

Boss

Publicado por renaseveados em 01:48 AM | Comentários (11)

outubro 02, 2005

PREPARADOS PARA O ECLIPSE?

Os óculos, os selos, o mapa e claro, o mais importante, um bom despertador!

Boss

PS: Nem tudo nos corre mal na comparação com Espanha, segundo o Washington Post, óculos de protecção em Espanha só a troco de $3,70 (USD), por cá foram distribuídos gratuitamente nos centros de saúde e com os jornais.

PS2: E pronto, para o ano há mais. E ficam as fotos para recordar, a mais bonita que vi foi esta.

Publicado por renaseveados em 04:20 PM | Comentários (3)

GAY WATCH 6

«Califórnia veta casamento homossexual», um título nada rigoroso do Diário de Notícias. Na verdade quem vetou o casamento foi tão só o governador Arnold Schwarzenegger, anteriormente aprovado pelo Senado e pelo Congresso do mais populoso estado norte-americano. «Casamento homossexual vetado na Califórnia» teria sido um título muito mais apropriado. E já agora, o DN podia dar também boas notícias, as primeiras parcerias civis entre pessoas do mesmo sexo no Connecticut decorrem pacificamente.

Rajoy continua a dar provas de um doentio auto-ódio, e o PP vai mesmo apresentar um recurso ao tribunal constitucional contra a possibilidade de pessoas do mesmo sexo poderem casar. Indiferente a isto, Pedro Zerolo, responsável pelos assuntos sociais no PSOE, e principal rosto da luta pelo casamento civil para tod@s em Espanha, celebrou o seu casamento com Jesús Santos. A eles se juntam já cerca de 600 outros casais (entre casados e em vias de casar), e Cesare poderá juntar-se ao grupo ;)

Do Vaticano, com amor. Políticos católicos que têm apoiado os direitos homossexuais, nomeadamente o casamento, poderão ser banidos da ICAR. O PM canadiano Paul Martin e Zapatero são alguns dos nomes da lista negra rosa. Abençoados!

19691031_107.jpg19750908_107.jpg19981026_107.jpgtime_teens.jpg

«The Battle Over Gay Teens», o artigo que faz a capa da mais recente edição da Time.

Boss

Publicado por renaseveados em 02:57 PM | Comentários (17)

Realidades virtuais

Sinais dos tempos! Hoje em dia não é possível sair à noite, para ir ao cinema, ver um espectáculo ou simplesmente andar na má vida, sem dar logo de caras com um (ou mais) blogger(s)... ;-)

veado_

Publicado por renaseveados em 05:08 AM | Comentários (12)
Contador