31 de janeiro, 2003

sobre o PM Durão

sobre o PM Durão e o seu governo no apoio incondicional a Bush e as suas intenções de guerra ao Iraque

indep de qq posição política, nunca a ogiva Anglo-saxónica da NATO pediria carne ao governos português - talvez umas vaquitas. a Portugal solicita-se as Lages e barcos de transporte de mantimentos.

o PM afirmou hoje que a sua posição face ao governo israelita não é totalmente objectiva, porque a ogiva não se pronuncia objectivamente. Mais, que não concorda com algumas políticas israelitas, mas em forma não se pronuncia porque enquanto PM as suas palavras vinculam o Estado - ele não é o estado, é a conclusão a que chego que ele pensa, mas os amigos dele são Portugal.

creio que muitas das pessoas de direita e muitas das pessoas de esquerda, são pessoas de direita ou esquerda com palas, e não pensam que os outros podem de alguma forma, alguma vez ter razão.

parece-me objectivo dizer que para alguns de direita, numa ditadura de direita não se mexe porque é de direita, mas se for de esquerda já devia levar com artefactos em cima. E esta episódio repete-se no sentido inverso.

considero importante que todos se lembrem que os EUA conceberam e criaram até à adolescência o político Saddam Hussein (atenção: o político, não a pessoa); os EUA não reivindicam frontalmente a queda do Hussein, apenas que ele informe peremptoriamente e com provas o desmantelamento do arsenal nuclear e afins...

isto leva-me a crer que os EUA não pretendem mais que continuar a ocupar um lugar de força naquela zona geográfica. não pretendem libertar nenhum povo do ditador que eles mesmo criaram e com o qual concordam subliminarmente numa perspectiva: deixa-os ser miseráveis enquanto podes para nós sermos ricos (nós quem?).

o PM pretende criar uma imagem de llíder internacional de destaque, como enquanto ministro/secretário dos Neg Estrangeiros lançou sementes, pretende agora estabelecer uma verdadeira aliança, que o leve, quem sabe à presidência da comissão europeia ou qq coisa assim...

estou farto de escrever....

Escrito por jm às 13h20...




Comentários