23 de abril, 2003

o dia do livro

ler ou escrever? escrever sem ler? ou ler sem escrever? ou nada disto? ou tudo isto?

hoje, que ninguém me vai ler, o mundo comemora o livro: o livro objecto, o livro conteúdo; o livro medo e tortuoso que comanda vidas e as enclausura. enquanto escrevo, ouço apontamentos de rádio sobre leitores, que lêem poemas e trechos de prosa. e penso: e os outros?, que não sabem o que um livro é, e não o sabem interpretar melhor por lhe dizerem um poema, ou lhe falem de "Gog", ainda que a descrição seja explícita. hoje, que se comemora o livro objecto ou não-objecto, por virtual, esquece o mundo que o livro não tem significado para a civilização que o comemora com a grandeza duma civilização superior, porque é a ignorância que dita os trilhos por que percorrem as vidas próprias. e, parece-me que há que definir os livros polo seu conteúdo, há que definir o objecto livresco independentemente do objecto livro. há que saber apelidar a incapacidade literária na escrita e chamar pelos nomes certos os que a fomentam.

Escrito por jm às 11h10...




Comentários

oi, gostaria de fazer uma pesquisa sobre o dia do livro, gostaria de saber mais informações sobre o livro, gostei do que vi, e deste j´s agradeço as novas informações.

Escrito aqui por Luciana em 16 de fevereiro, 2004 às 15h04

gostaria de saber em que data se comemora o dia do livro

Escrito aqui por katia em 16 de março, 2004 às 19h04

A Unesco escolheu 23 de abril como o Dia do Livro porque foi nessa data, no mesmo ano de 1616, que morreram Cervantes, Shakespeare e Inca Garcilaso de la Vega. É a data também em que nasceram ou morreram outros escritores importantes, como Maurice Druon, Vladimir Nabokov e Josep Pla.

A Unesco adoptou essa data comemorativa em 1995 com o objectivo de promover a leitura de livros, especialmente pelos jovens. O organismo internacional considera o livro como o meio mais poderoso para disseminar e preservar o conhecimento.

Escrito aqui por rainsong em 18 de março, 2004 às 10h09

Eu quero saber sobre o livro

Escrito aqui por fernanda em 24 de março, 2004 às 16h29