7 de julho, 2003

Cite-me, por favor!

Esta é daquelas frases que eu imagino atiradas aos jornalistas por jet set wanna be... mas não é sobre isso que vou escrever.

As citações e o uso delas, correcto ou nem por isso, são das coisas que eu sempre achei mais estranhas e, ao mesmo tempo, interessantes no panorama da liguagem oral e escrita portuguesa. Professores, tive, que não dispensavam uma citação do autor sobre o qual versava o teste, para ter a certeza que nós, alunos, sabíamos muito sobre a coisa.

Há pouco tempo, que nesta sociedade das pressas e dos ciclos pequenos, já é muito tempo, conheci uma pessoa que gosta tanto de citações que me ensinou a olhá-las por uma outra perspectiva. O Paulo, ensinou-me que os livros de citações podem trazer às pessoas ideias e sentimentos relacionados e contextualizados na sua realidade. O Paulo é um devorador de literatura! Ele próprio, como muitos leitores, retira citações dos livros que lê... mas, em vez de as deixar perdidas num caderno, partilha!

O projecto Citador, http://www.citador.pt, apresenta-se:

"Este site é um banco de informação sobre temas relacionados com a leitura e o pensamento, cujo objectivo é despertar ou aumentar o interesse por estas áreas, nesta sociedade em que os media nos levam a seguir hábitos de vida mais imediatistas."

Ora pois! Para além da base de dados de citações, em permanente crescimento e acessivel na totalidade a quem se registe (o registo é gratuito), o projecto permite ao utilizador fazer a inserção online da listagem completa da sua biblioteca! E, desde o passado dia 4 de Julho, as citações de cada utilizador podem ser adicionadas ao site, como complemento à base de dados oficial.

Este projecto é importantíssimo para o panorama cultural do livro e da leitura em português, em permanente crescimento e actualização, é um site de fácil utilização e cheio de bombons.

Escrito por jm às 11h58...




Comentários