maio 06, 2005

Para o PortoCroft

Um pingo,
a lágrima.
Um rosto sincero
que chora.
E triste,
vai indo.
Chovendo,
esquecendo
a chuva lá fora.
Copyright © Rosa Cordeiro
Posted by Titilador at 05:56 AM | Comments (0)

abril 20, 2005

Para quê complicar?

Não precisas de presentes
Nem rimas, nem flores, nem nada
Basta trazeres o que sentes
E chegares de madrugada

Perde as mãos pelo meu corpo
Faz-me calar com um beijo
Como se eu fosse o teu porto
E tu meu mar de desejo

Deixa falar a paixão
Não faças juras de amor
É só carinho e tesão
Suor, gemidos, calor

Enrosca-te no meu seio
Os corações a bater
Sem confusão, sem rodeio
Mais simples não pode ser.

Copyright © Rosa Cordeiro
Posted by Titilador at 02:52 PM | Comments (3)