junho 18, 2004

O Peito Voltou a Doer

Hoje a noite não tem fim.
Os minutos não passam,
Choram a tua ausência...
Sobrevivem apenas numa vaga melodia,
Que os embala e ao mesmo tempo os atrasa...

Dentro de mim ainda te oiço
Pois regresso aos caminhos
Por onde passaram os ecos perdidos da tua voz,
E por onde os teus olhos tranquilos
Deixaram os claros silêncios entre nós...

Vens no canto das aves, na espuma das ondas
És o canto do vento, luzes e sombras
Moves o ar em redor...
És a musica suave, o meu segredo mais querido
A minha dor no sustento,és o meu porto de abrigo,
És a memória do amor....guardo-te.

.
Copyright © Lara Santos
Posted by Titilador at 09:24 AM | Comments (1) | TrackBack