abril 30, 2009

A menina mulher

Após uma reflexão penso
O que realmente conta não é o que tu escreves
Mas sim o que tu sentes
Falas-me de amor
Sonhas com liberdade
Mas terminas na realidade

Já depois de observar
Vou provavelmente divagar
Sobre o que é na realidade
O teu nobre pensamento
Que nada mais reflecte do que uma maneira de estar
Em que o realmente importante é sonhar

Com ardor e emoção
E talvez um pouco de solidão
Vives a vida com a paixão
De uma menina sonhadora
Que já é mulher lutadora
No mar da nossa realidade

Agora com carinho pergunto
Se é bonito ser mulher
Quando se pode ser só menina
Num mundo em que o adulto
Não tem espaço para sonhar
E até já se contenta com a pobreza de lembrar

de Guilherme Ramalheira

Le jeune fille by ~malugreen
copyright of the photographer

(E todas as mulheres são assim, meninas. Muito bem retratado Guilherme, obrigado por teres partilhado o poema.)

Publicado por D_Quixote em 10:07 AM | Comentários (611)

abril 09, 2009

Para ti Aninhas

Por muitas tristezas que tragas em ti o teu sorriso mantém-se sempre inalterável, alegre, sempre recheado de cores… não importa se os teus olhos perderam brilho, o teu sorriso parece sempre feito de estrelas. Devido a essa beleza é fácil pensarmos que está tudo bem contigo porque te ris connosco e nos fazes rir melhor que ninguém. Quantas vezes olhei para ti e pensei que estava tudo bem porque falavas acerca de tudo com o teu humor característico, até mesmo das coisas que magoavam? Quantas vezes deixei escapar aquela nota de amargura na tua voz porque a disfarçavas com o teu sorriso único? Só tu me podes responder.
Desculpa por me ter rido contigo, em vez de ter deixado que chorasses no meu ombro. Se bem me lembro nunca choraste no meu ombro, se bem me lembro nunca te vi chorar apesar de sentir que precisavas. Sempre foste tão forte e cada vez tenho mais certeza.nestas palavras. Gostava de ser como tu, aceitar tudo com um sorriso, rir das minhas imperfeições (coisa que às vezes faço), de não me levar nem a mim nem aos outros tão a sério.
É verdade que há alturas em que pouco ou nada falamos, mas depois diminui o espaço vazio cheio de nada que havia, e sabe tão bem o encontro. É isso que muito pouca gente sabe, às vezes as amizades precisam de respirar, de espaço… se lhes dermos isso elas podem renascer ainda mais bonitas e fortes do que inicialmente eram…

És linda, espero que um dia percebas isso.
Obrigado pelo teu sorriso maravilhoso que nos enche de vida, pela tua amizade que contagia, pelo teu carinho… mais ainda por seres quem és!

Para ti Anabela

de Nino Carvalhais

Why Does Love Got To Be So Sad by =venicequeenf
Copyright of the photographer

(um texto e uma mensagem intimista... porque a poesia tambem se faz de sorrisos e sobretudo de amizade e amor. Abraço Nino e obrigado por mais este texto)

Publicado por D_Quixote em 07:01 PM | Comentários (197)