setembro 04, 2009

Mensagem ao POBO

Esta fase do POBO está encerrada. O POBO DO NORTE vai voltar ao Blogger, onde originalmente surgiu em 2003. Mas vai voltar de "cara lavada" e com nome próprio.

Assim, para aqueles que quiserem continuar a seguir o nosso FCP sob o olhar do POBO, informo que poderão encontrar o Guardabel e o Pôncio em

www.pobodonorte.com

Até já!

Publicado por poncio às 10:21 PM | É só 1 palabrinha

agosto 29, 2009

Evoluir e consolidar

Três jornadas decorridas, marcámos ao todo nove golos, sendo que dois deles foram na própria. Estamos em sintonia com o golo, mas convém alertar os jogadores de que tem de ser SEMPRE na baliza adversária. A nossa equipa tem ainda algum trabalho pela frente. Não pensemos que este penta vai ser fácil. Aliás, prevejo que o avanço para o segundo não será superior a dez pontos. E sem Hulk também sabemos ganhar.

Publicado por guardabel às 11:03 PM | Sem palabrinhas

agosto 27, 2009

Champions: o sorteio

Teoricamente, um bom grupo para nos seria:

Sevilha (o menos cotado do pote 1, mas uma grande equipa
FC Porto
Besiktas (temos tido boas experiencias com turcos)
Unirea Urzineci (ou um dos outros a quem o Platini concedeu o beneplacito de jogar a Champions para contar com os votos dos respectivos paises em futuras eleicoes)

Um mau grupo seria:

Barcelona (Messi, um terror, Xavi, um jogador completo)
FC Porto
Atletico de Madrid (sei bem que os eliminamos no ano passado, mas nao deixam de ser uma equipa com grandes jogadores; o Olympiacos tambem podia ser um osso indesejavel)
Wolfsburgo (parecem-me ser os mais fortes do pote 4)

Publicado por guardabel às 10:14 AM | É só palabreado (5)

agosto 24, 2009

PdN, emissão de Verão

Curtinhas:

1 - O FCP jogou benzinho, criou oportunidades suficientes para vencer o jogo e a falta de auto-controlo dos defesas do Nacional fez o resto; seja como for, o penalty existiu mesmo;

2 - Sem Hulk somos mais equipa: o Varela veio mesmo acrescentar algo, ao Mariano continua a faltar qualquer coisa e o Meireles está fraquinho; os nossos laterais estiveram muito bem;

3 - Para o jornalismo vermelhusco militante, o Falcao era um grande reforço do SLB que, vindo para o Porto, passou a ser visto como uma versão colombiana do Farias - pois bem, o Tecla é um jogador bem melhor do que muitos gostam de fazer crer e, para tristeza dos Rui Santos deste país, o Falcao é mesmo um grande ponta-de-lança (e não joga como o Licha, não senhor);

4 - O SLB fez mais uma exibição confrangedora e salvou-se com um lance de bola parada mesmo em cima do apito final; a tal equipa arrasadora só se mostra em jogos a feijões ou contra os Kasumovs do futebol europeu; o Aimar já está a jogar ao nível do ano passado, o Di Maria já desaparece do jogo e o Luisão demonstra ter a velocidade de um cavalo com as 4 patas partidas - a forma como o Targino se isolou é, no mínimo, embaraçosa;

5 - o Sbordem está a jogar como sempre - dependente dos rasgos do Liedson, do voluntarismo do Moutinho e da inépcia dos adversários no aproveitamento das falhas do Polga e Cia. - se não vencerem em Itália, o próximo jogo da Liga Sagres poderá ser o último com o Paulo Bento ao leme dos calimeros - querem apostar?

E já me esquecia: SLB, 3 jogos oficiais, 3 grandes penalidades... coincidências.

Publicado por poncio às 12:20 AM | É só palabreado (6)

agosto 21, 2009

"SLB esmaga o Poltava"... quem?!....

Ontem vi o SLB defrontar esse colosso europeu vindo da Ucrânia e fiquei siderado: segundo a SIC, o Javi Garcia é um jogador "espantoso", o Di Maria está a fazer uma época "espectacular", o Centrão é um jogador de uma "outra dimensão" agora que está de volta à Luz, e não consegui reter todos os outros elogios porque a minha memória tem limites. Em suma, são todos "galácticos".

A parte que ficou por explicar foi como é que uma equipa tão boa e a jogar tão bem demora mais de meia hora a criar uma oportunidade de golo... frente ao 11º classificado do campeonato ucraniano! Mais interessante ainda foi ver como, no caso do 1º golo (1ª oportunidade...) se transformou um chuto para a frente (sim, o Coentrão aliviou a bola para a frente porque estava apertado por dois adversários) num "passe de morte"....

Pormenor interessante: dois jogos oficiais deram origem a duas grandes penalidades, resultantes de duas quedas "jeitosas" do Saviola. Não sei se estão a antecipar a tendência...

Publicado por poncio às 07:31 PM | É só 1 palabrinha

Meu querido mês de Agosto

Debaixo do sol da Andaluzia tento seguir dentro do possível o que se vai passando no futebol português
(e nenhum título me ocorreu de melhor do que a cançao do grande Dino Meira). Uma consulta a um ou dois jornais desportivos espanhois leva-me a concluir que nao existimos no mapa. Consoante a "cor" do periódico, temos ou o "Floren Team", que acabou de esmagar o Dortmund por 5-0 na Alemanha (e o pós-engripado Ronaldo nao esteve bem, antes preferindo disparar na direcçao de Madaíl e de Queiroz), ou o "ainda a meio gás" Barcelona, que perdeu o Gamper com o Man City e cujo treinador clama por reforços. Para além destas realidades, escreve-se, como é óbvio, sobre os mundiais de atletismo, mais precisamente sobre o jamaicano Bolt.

Sobre o jogo da primeira jornada, apenas soube o resultado através de um telefonema do amigo poncio, que teve ainda o prazer de me informar sobre esse empate "galáctico" do terceiro classificado. Nao vi o jogo do FCP em Paços, portanto, mas contava com uma vitória lógica e sem ondas. Um motivo de alegria: o golo de Falcao (que vi através da RTPi). Um motivo de tristeza: a expulsao de Hulk, o homem que se farta de levar nas canetas sem que os adversários sejam admoestados, mas que é imediatamente expulso quando pisa o risco. É assim que se protegem os artistas (atençao, nao estou a dizer que foi bem ou mal expulso - nao vi o lance - apenas que se exige o mesmo tratamento para os adversários por parte dos árbitros). Curioso foi o destaque dado pela negativa a Hulk pelo jornal Marca, incluindo-o nos "menos" da jornada. Os espanhois acham que o Hulk tem tanto de bom jogador como de violento. Será que já o viram jogar ou terao acesso a informaçao "privilegiada" de um qualquer correspondente tuga, tipo Nuno Luz?

A segunda jornada vem aí e "apenas" se exige a vitória no Dragao, frente a um Nacional que marcou 4 aos ex-vencedores da Uefa (foi pena terem encaixado 3). E é uma boa ocasiao para mostrarmos que nao estamos dependentes de ninguém. Como prevejo um novo tropeçao do terceiro classificado, agora frente aos amigos-da-Champions-NOT, a coisa vai correr bem neste fim-de-semana. Agora, vou dar ali um mergulhinho no Mediterrâneo.

Publicado por guardabel às 09:20 AM | É só 1 palabrinha

agosto 17, 2009

Pobo de férias

O Pobo está de férias. E com escasso acesso à Net.

Assim sendo, só me resta dizer que vi o noss jogo com grande preocupação, porque desde os 15 minutos que o Hulk se estava a candidatar à expulsão. Não é que o homem tenha que aguentar toda a porrada sem dizer nada, mas se passasse a bolinha as coisas correriam melhor. Resumindo: não gostei da postura do Hulk, do cagaço do Alvaro Pereira, nem de ver o Meireles sem energia. Acho que o Jesualdo fez mal ao tirar o Belushi (quem deveria ter saído era o Mariano), mas fiquei feliz por ver aquele voo do Falcao "sobre os centrais".

Mas a parte mais divertida da noite foi ver o SLB a jogar na companhia de uma dúzia de benfiquistas (nota: estou de férias no Alentejo) e observar a forma como a histeria da pré-época, amplificada pelos empates do FCP e do SCP, deu logo lugar ao comum "melão". Impagável: melhor do que isto só mesmo quando vi o SLB do Nandinho Santos empatar na 1ª jornada com o Leixões, em 2007, numa sala cheia de vermelhos que ficou muda quando os meus miúdos desataram a comemorar aos pulos o golo tardio de um tipo chamdo Nwoko ou coisa semelhante.

Publicado por poncio às 12:46 AM | São só 2 palabrinhas

agosto 12, 2009

Tanto desperdício!

O terceiro classificado tem, a treinar à parte, o craque que veio do Real Madrid, o defesa que se auto-intitulava de "animal" em campo, o ex-futuro-melhor-jogador-do-mundo e o gajo que remata como o Eusébio. Tanto desperdício! Ah, e ainda há o Jorge Ribeiro.

Publicado por guardabel às 07:38 PM | É só palabreado (12)

agosto 11, 2009

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

"Era neste clube que queria jogar." 04/07/2002

"Este foi o clube que sempre quis representar." 05/07/2002

Atenção, este post nada tem de lamentoso. Acho que César Peixoto, por várias razões, vai ser uma versão 2.0 de Marco Ferreira. E, para quem entrou na curva descendente, está no clube certo.

Publicado por guardabel às 03:46 PM | É só palabreado (3)

Bater na mesma tecla

Há quem bata na mesma tecla e acredite que Farías pode ser o nosso goleador para esta época. O argentino, aparentemente imune a comparações com este e com aquele (Lisandro à cabeça...), vai marcando e dando conta do recado. Na segunda parte do jogo que nos deu a décima-sexta supertaça, El Tecla fez tudo o que um ponta-de-lança deve fazer. Rematou de cabeça entre dois defesas para um golo quase feito. Marcou outro bem invalidado, mas que mostrou o "rato de área" que é. E marcou um golo válido, facto que passou despercebido à comunicação social uma vez que o lance parece ter tido apenas um interveniente: Cássio. Escreveram-se adjectivos como "monumental", "incrível" e "inacreditável" para qualificar a finta mal executada pelo guarda-redes pacence, afinal um gesto muito comum entre os guarda-redes mais corajosos. Só que ninguém se lembrou de elogiar a pressão feita por Farías nem a calma demonstrada ao rodar sobre si mesmo, aguentar a pressão de Cássio e rematar. Estávamos com dificuldades em marcar e este golo acabou por cair do céu, daí se compreenda tanta azia.

Recordação do dia: http://futebolar.portugalmail.pt/artigo/20090810/video-grande-defesa-de-cassio-do-pacos-de-ferreira

Publicado por guardabel às 12:09 PM | É só 1 palabrinha

agosto 06, 2009

Largos tuítes têm 100 anos

Sim, somos modernos e também tuitamos. Quem quiser (per)seguir-nos, faça o fabor: http://twitter.com/Pobonews.

Publicado por guardabel às 11:45 PM | É só palabreado (3)

Farewell, Mr. Robson

Photobucket

É assim que vamos recordar Bobby Robson, nos braços dos seus jogadores, a comemorar mais um título de azul-e-branco. E com ele a liderar a equipa foram dois campeonatos, uma taça de Portugal e duas supertaças. O melhor treinador estrangeiro que passou pelo FC Porto, na opinião de muitos, marcou o clube e os seus adeptos. Foram dele os dois primeiros campeonatos do penta da década de 90 (que bonito seria dedicar-lhe um segundo penta...) e dele guardamos a recordação de um futebol que, do primeiro ao último minuto, tinha os olhos na baliza adversária. Nunca mais me esqueci de um FC Porto-Braga, no Estádio das Antas, cuja primeira meia-hora foi de autêntico vendaval futebolístico, com os bracarenses a não saberem o que se passava para lá deo meio-campo.

Photobucket

Em 1996, A Bola atribuiu-lhe o Prémio Vítor Santos, reconhecendo toda uma carreira de mérito indiscutível (parte 1 e parte 2). Talvez tenha sido o único treinador do FC Porto com "boa" imprensa (se é que isso é possível), o que atesta das qualidades que este senhor possuía. As suas respostas cheias de um humor acutilante desarmavam qualquer jornalista de meia-tigela armado aos cucos. E todos nós recordamos com saudade a terminologia por si utilizada, meio portuguesa, meio inglesa, com que comentava os jogos.

Deixo-vos algumas imagens/documentos alusivas à passagem de Bobby Robson pelo FC Porto.

Plantel 94-95
Jogadores, da esquerda para a direita e de cima para baixo: Baroni, André, Rui Jorge, Jorge Couto, Semedo, Vítor Baía, Paulinho Santos, Jorge Costa, Aloísio, Cândido, Secretário, Folha, Domingos, Latapy, Walter Paz, Bandeirinha, Emerson, José Carlos, João Pinto, Jaime Magalhães, Rui Barros, Yuran, Drulovic e Kulkov.
Um onze nos Cadernos de A Bola de 94/95
Um onze nos Cadernos de A Bola de 95/96
Suplemento do Record "Treinadores Campeões" (parte 1 / parte 2)
Suplemento JN Desporto "Penta Campeões" (1º título / 2º título)

Publicado por guardabel às 04:42 PM | Sem palabrinhas
Informações bariadas e úteis