setembro 24, 2003

Papel Fundamental

A reforma da ONU representa uma realidade inegável face aos factos comtemporanêos. A ONU é a organização Internacional que visa o estabelecimento Paz mundial e a perservação da Democracia e para dotar esta organização internacional de maior eficácia é necessário proceder á sua reforma.
A igualdade de voto na Assembleia geral foi criada com base no principio da igualdade soberana quando hoje em dia é evidente que existe desporporção quanto ao papel que os paises desempenham no contributo para a paz e segurança internacionais.
O conselho de segurança poderá incluir mais membros permanentes com a inclusão do Japão e da Alemanha ou mesmo o Canada entre outros como o Brasil, India, Mexico ou a Nigeria.
O direito de veto que se justificava durante a guerra fria e que impôs á ONU uma passividade face ao desenrolar de muitos conflitos nesse periodo devido a vetos no conselho que chegaram a atingir 279 - não se justifica apesar de ser necessária uma ponderação dos estados na atribuição de votos no conselho
È necessário dotar o conselho de uma força de intervenção rápida que vise proteger os seus interesses.
Com a Guerra declarada unilateralmente pelos estados unidos ao Iraque na sua batalha de combate ao terrorismo e o acentuar de uma opnião que manifesta a irrelevância da ONU neste contexto torna-se necessário proceder a algumas reformas. Porque a ONU desempenhou e deve continuar a desempenhar o papel central na defesa da Paz e segurança internacional e dedicar a sua atenção ao desenvolvimento económico, social e cultural do paises do Terceiro mundo, nomeadamente centrar o seu combate á SIDA e á FOME.

Publicado por orphic em setembro 24, 2003 04:09 PM
Comentários