setembro 17, 2006

Até um dia destes

O Rei vai Nu irá estar ausente durante uns tempos, num género de licença sabática. Um dia destes pode ser que volte! Até um dia destes!

Publicado por castafiore às 09:08 PM | Comentários (70)

agosto 12, 2006

Até que enfim...

Que isto voltou a funcionar...

Dois dias com a ligação à internet em baixo e já começava a ficar nervosa...

Publicado por castafiore às 11:55 PM | Comentários (1571)

agosto 06, 2006

Um calor que não se pode - continuação

Acabadinha de chegar a Lisboa depois de um fim de semana perto de Arganil. São as horas que são e o termómetro na rua marca 30 graus...

... não é normal...

Publicado por castafiore às 11:55 PM | Comentários (1489)

julho 15, 2006

Está um calor que não se pode...

... quando é que a temperatura baixa....???

Publicado por castafiore às 01:53 PM | Comentários (3)

julho 13, 2006

Pedagogia pura!

Continuando este assunto, resolvi investigar um pouco...

Zidane afirma que o que fez é imperdoável e pede desculpa a todos pelo seu acto e pelo mau exemplo que deu, mas explica que foi uma reacção incontrolável porque Materazzi, o jogador Italiano, invocando a sua ascendência árabe, chamou-lhe "filho de uma puta terrorista". Ora, Zizou (o amoroso diminuitivo pelo qual este não menos "amoroso" ser humano é tratado pelos seus fãs...), justificou-se dizendo que "foram palavras muito duras sobre a minha mãe e irmã. Sou um homem antes de mais..."

Independentemente da "inteligência" do comentário, já por si próprio muito revelador da personalidade de quem o profere, a única atenuante aqui existente será, talvez, o facto de a mãe de Zidane estar gravemente doente e internada no hospital na altura em que o jogo decorria...

Materazzi, o agredido, admite ter proferido insultos, mas sem qualquer referência à mãe ou à família de Zidane; apenas as ofensas triviais que durante os jogos se ouvem constantemente e que qualquer profissional sabe relevar ao fim de tantos anos de carreira...

Enfim... Se dúvidas restassem, concluiu-se que o "bola de ouro" do mundial é de facto uma verdadeira nódoa...

Tão nódoa, como a decisão da FIFA de lhe atribuir o referido prémio... A desculpa do seu presidente é que o mesmo depende da votação dos jornalistas, mas que será aberto um inquérito disciplinar e que se Zidane for considerado culpado, o troféu ser-lhe-á retirado... Oh, que rigorosos....! Uhu - uhu... Aposto que o Zidane está a tremer de pavor e susto...

Finalmente, a cereja no topo do bolo: a recepção de herói nacional que o "adorável" Zizou teve no seu regresso a França, onde 61% dos franceses desculpam o seu acto e 52% afirmam compreender a sua reacção, afirmando que Materazzi deveria ser punido pelo insulto...

E para mostrar que, afinal, falam todos a mesma linguagem, e que este personagem é um digno filho da sua pátria, da sua forma de pensar e da sua postura, o próprio Presidente Chirac, elogiou Zidane dizendo que ele representa "os mais belos princípios do desporto e as mais importantes qualidades humanas"...

De facto... Mais vale cair em (des)graça... Tudo isto uma vergonha!

Publicado por castafiore às 12:04 AM | Comentários (59)

julho 10, 2006

Faz como São Tomás...

... faz o que ele diz mas não faças o que ele faz!

Este poderia ser o novo lema da FIFA. Mais adequado, decerto, do que o hipócrita fair play adoptado para este mundial...

Ou então é um problema de conteúdo de conceitos e de aplicabilidade prática. Se for contra a França, nada se enquadra neste conceito e é ver chover cartões amarelos e encarnados contra os jogadores das outras equipas; isto para não falar em penalties, pontapés de canto, livres e outras brincadeirinhas aplicados de forma indiscriminada mas muito vantajosa...

Mas se estivermos a falar da equipa Francesa, então a conversa é outra...

De que outro modo se justifica que o título de melhor jogador do Mundial, cujo lema é Fair Play, seja atribuído a um jogador como Zidane, expulso no último jogo da sua carreira por agressão gratuita a outro jogador...????

Muito coerente, sem dúvida e nada suspeito quanto à imparcialidade desta entidade...

Publicado por castafiore às 09:52 PM | Comentários (92)

julho 09, 2006

E viva a Itália!

Com a Itália a vencer o Mundial de futebol sinto-me vingada!

Publicado por castafiore às 11:48 PM | Comentários (566)

julho 07, 2006

Com dedicatória-2

A propósito deste, a Tampinhas do Pingo de Gente, deixou-me outro poema bem giro:

Recortadas, são as rochas...
Dos beijos que a águas lhe dá.
Segredos guardados nas conchas...
Que dançam p´ra lá e p´ra cá.

Obrigada pela inspiração!

Publicado por castafiore às 12:37 AM | Comentários (576)

julho 05, 2006

O árbitro é ladrão...

... tenham lá paciência, mas aquilo não foi penalty...

Publicado por castafiore às 11:51 PM | Comentários (665)

julho 01, 2006

Finalmente demitiu-se...

... uma politicamente correcta hérnica na coluna que impedirá, após a respectiva intervenção cirúrgica, o nosso muito diplomático e apropriado em 90% dos comentários que faz futuro-ex-ministro dos negócios Estrangeiros, conseguiu o que mais de 1 ano de calinadas num caudal invejável ainda não tinha conseguido... Que saída tão airosa!

Publicado por castafiore às 01:41 AM | Comentários (0)

junho 28, 2006

Com dedicatória

"Nas encruzilhadas da vida,
Tantas vezes não temos sorte...
Perdemo-nos por caminhos escuros...
Quantas vezes perdemos o norte.

Caminhos que nos levam p´ra sítios,
Onde nem Deus conhece.
Caminhos que nos trazem a casa,
Sempre que o dia amanhece.

Caminhos duros, cheios de pedras...
Que nos obrigam a lutar.
Caminhos cheios de reservas...

Que muito nos fazem pensar!!!
Caminhos, doces e de felicidade,
A onde podemos encontrar a amizade!"


Este poema veio do Pingo de Gente, e foi a Tampinhas que o dedicou ao post do Caminhos-25.

Para além de ser um poema bem bonito, foi um gesto que me sensibilizou muito... Obrigada!

Publicado por castafiore às 09:04 PM | Comentários (3)

junho 26, 2006

Impróprio para cardíacos...

... o jogo de futebol de ontem (Mundial 2006) entre Portugal e a Holanda.

Além de uma equipa adversária bruta, desonesta e dedicada a todo o jogo sujo que podia, os Portugueses ainda tiveram de se defrontar com um árbitro "cigano" que só via as faltas praticadas pela nossa Selecção.

A jogar por 2 vezes em minoria numérica, com os nossos jogadores a serem vítimas de verdadeiro e literal tiro ao alvo, a equipa nacional aguentou-se como uma valente, uniu-se e defendeu a vantagem que o fabuloso golo de Maniche nos dava.

Os jornais alemães e brasileiros chamaram-lhe "A batalha de Nuremberga" e, romantismos e dramatismos à parte, não andaram muito longe da verdade...

Assim é que é meninos! Espírito de equipa, força de vontade, garra para ganhar e capacidade de lutar contra a adversidade. Deu gosto vê-los jogar! Até ouvir o hino sabe melhor assim...

Mesmo que não se vá mais além, Portugal está nos quartos de final do Mundial, ou seja, entre as 8 melhores equipas de futebol do Mundo!

E se é verdade que há vida para além do futebol, também é verdade que o esforço efectuado e as exibições que vimos até à data, merecem uma valente chapelada!

Publicado por castafiore às 01:29 AM | Comentários (5)

junho 25, 2006

(In)coerências

O Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, ilustre jurista, professor universitário, deputado, político, candidato a Presidente da Câmara de Lisboa, comentador televisivo, opinador profissional de livros e discos e agora também especialista em relatos futebolísticos acusa a Ministra da Educação de ser arrogante com os professores e sindicatos, quanto à questão da avaliação daqueles, porque recusa dialogar e fala sobre coisas em relação às quais tem desconhecimento ....

Olha quem fala...

Publicado por castafiore às 06:01 PM | Comentários (3)

junho 18, 2006

Ainda o caso Gilberta

Lembram-se do travesti/transsexual brutalmente assassinado no Porto por um bando de delinquentes no passado mês de Fevereiro?

Os responsáveis foram julgados e condenados com o crime de homicídio voluntário com dolo eventual. Uma coisa grave e adequada ao crime que praticaram.

A pena? Pois aqui é que começa a hipocrisia. Como se tratam de "jovens" com idades até 14 anos as penas têm de ser suaves, coitaditos...

A proposta é de 1,5 ano de internamento em colégio de reinserção social (num máximo possível de 3 anos) e que poderá ser em regime semiaberto (saídas aos fins de semana). A sentença definitiva sairá para o final deste mês.

É quanto vale uma vida, hoje em dia...

Publicado por castafiore às 09:48 PM | Comentários (431)

junho 13, 2006

Esteja caladinho...

...e oiça...

Foi a forma simpática, didática e "nada" arrogante com que o nosso Primeiro-Ministro mandou outro dia calar o líder da bancada parlamentar do CDS/PP. Não que muitas vezes não apeteça dizê-lo, não que o alvo do comentário não o mereça inteiramente muitas vezes pelos conteúdos irritantes e demagógicos das suas intervenções, mas, caro Sócrates, essa espontaneidade absoluta demonstra se calhar de forma excessiva a sua verdadeira natureza...

Uma vez que ao Primeiro-Ministro se pede, no mínimo, o mesmo que à mulher de César (sê-lo e parecê-lo) pedíamos talvez alguma moderação...

Publicado por castafiore às 08:11 PM | Comentários (677)

junho 06, 2006

06062006

Parece que hoje é o dia do Diabo...

Publicado por castafiore às 01:09 AM | Comentários (2414)

maio 27, 2006

Novo espanto

Ontem de manhã ouvi uma sondagem do DN - Marktest, transmitida pela TSF que revelava 2 situações, para mim, extraordinárias:

- O Ministro menos popular do Governo é, este mês, Correia de Campos. Por acaso, até é dos ministros que mais obra está a fazer, mas, claro que para o Zé Tuga é imperdoável obrigar um filho de Barcelos a nascer em Lamego, ou um descendente de Chaves a ter de vir à luz em Braga... Razões de peso, portanto, e que tanto justificam essa impopularidade...

- Por outro lado, e pelo 2.º mês consecutivo, o Ministro mais popular é Freitas do Amaral... Cada vez que abre a boca sai asneira, cada comentário que faz é uma desgraça, a imagem que transmite da diplomacia do país é patética e a sua actual paixão surda e totalmente a despropósito pelos países arábes é, no mínimo, inexplicável, mas, pelos vistos o Zé Tuga acha que assim é que se é um bom ministro...

Nada disto abona muito a favor das mentalidades nacionais...

Publicado por castafiore às 01:01 PM | Comentários (3)

maio 24, 2006

Aulas de bom comportamento num museu

No sábado passado, aproveitei ser dia mundial dos museus, estar um dia bonito, estar perto de Santos, e fui revisitar o Museu Nacional de Arte Antiga. Aproveitei também para ir conhecer a extraordinária colecção temporária de pintura que estará em exibição até Setembro e que é a Colecção Rau.

A afluência era enorme e isso deixou-me contente. Adultos, hippies, adolescentes com ar bem comportado, turistas, punks, artistas, pessoas mais velhas, deficientes visuais, crianças... Era só escolher... Fiquei surpreendida, mas agradavelmente surpreendida... Nem parecia que se estava em Portugal. Tanta e tão diversa gente a visitar uma exposição tão recente em termos de exibição...

Mas... Mas depois comecei a suspeitar que muitos estariam ali mais por uma questão de show-off e de "politicamente correcto" do que outra coisa qualquer... Senão, vamos lá a reparar nestes pequenos detalhes:

- Proibição de entrar com os telemóveis ligados não existia...
- Indicações para não tirar fotografias com flash era pura ficção e até doía ver aquelas flashadas à queima roupa nas telas renascentistas, sob o olhar impávido e sereno dos funcionários...
- Crianças insuportáveis e completamente malcriadas e selvagens a brincar "à apanhada" e a derrubar os pins que limitavam a área de proximidade das obras e até a tocar nos quadros perante o olhar condescente dos imbecis progenitores.
- Casais novos com um ar pseudo-moderno, vestidos de marca de alto a baixo, a condizer um com o outro e com a respectiva prole, a discutir em voz altissíma se o quadro em questão era aquele sobre o qual tinham feito um filme com aquela actiz muito gira, ou não...
- E, o apogeu máximo, um fulano todo vestido de logotipos dos pés à cabeça, rematados por um blaser vermelho com botões dourados cuja etiqueta da loja nem sequer tinha sido retirada e que atendeu uma "importantissíma" chamada de telemóvel (topo de gama, claro...), respondida literalmente aos berros, e que se prolongou pelo menos por 10 minutos, sobre as vantagens de uma aparelhagem audio para um BMW descapotável, muito cara mas "muita" boa, que ia dar "ganda estilo à máquina" e deixar "os outros gajos - e, claro, as gajas - de boca aberta"... E ninguém (a não ser eu e mais 2 ou 3 pessoas) o mandou estar calado ou ir atender a chamada para a rua...

Bem vindo a um museu português, absolutamente livre e democrático e em que a selvajaria convive lado a lado com a pseudo-cultura. Porque é que isto tem de ser assim...???

Publicado por castafiore às 10:16 PM | Comentários (2)

maio 20, 2006

Surrealismo puro

Apenas 3 dias depois da inauguração da exposição da Cow Parade, uma das vacas em exibição, mais concretamente, a vaca Cowpyright, uma das 2 localizada no Campo Pequeno foi roubada! Exactamente! Roubada, durante a noite, por um grupo de pessoas que foram avistadas por um taxista.

Este chamou a polícia mas quando chegaram ao local, nem vê-la. Foram difundidos apelos para que o objecto fosse devolvido ainda que danificado, pois a sua reparação seria sempre possível, e haveria que considerar que se trata de um objecto integrante de uma exposição.

Ontem, 6.ª feira, após 48 horas desaparecida, a vaca em questão foi recuperada em Queluz e aguarda-se que volte a ser colocada em exposição!

Surreal, tudo isto!

Publicado por castafiore às 01:03 AM | Comentários (1)

maio 03, 2006

Operação Primavera

14 mortos na estrada em 3 dias!

Não vale a pena dizer mais nada, pois não...???

Publicado por castafiore às 12:09 AM | Comentários (5)

abril 23, 2006

Dia Mundial do Livro

É hoje!

"Ler, ler, ler, viver a vida que outros sonharam"
(Unamuno)

Publicado por castafiore às 09:44 PM | Comentários (2)

abril 22, 2006

Festa da música

É mesmo uma festa! Hoje à hora do almoço estavam vendidos mais de 46.000, do total de 50.000 bilhetes para os 3 dias de espectáculo...

No CCB estava uma multidão animada e bem disposta, apesar da chuva que inviabilizava a utilização das simpáticas mini esplanadas que tinham montado. Provavelmente a boa disposição provinha da imensa qualidade dos concertos, da extraordinária e bem montada logística e da excelente organização em que se destacava a rigorosa pontualidade para o início dos espectáculos!

Que maravilha! Pelos vistos, quando queremos conseguimos fazer coisas bem feitas... E as pessoas apreciam e aderem a estas iniciativas.

E que tal sermos sempre assim em tudo?

Publicado por castafiore às 10:14 PM | Comentários (4)

abril 20, 2006

De nenúfar em nenúfar...

Astérix costuma achar que "estes romanos devem estar doidos"... Desta vez serão talvez os canadianos, ou um em particular e não, isto não tem nada a ver com os imigrantes ilegais portugueses.

Tem a ver com o autor de One red paper clip, que, de troca em troca se propõe conseguir uma casa...

Tudo através de um sistema de trocas que começou com um vulgar clip, cuja única particulariedade era ser vermelho. Kyle MacDonald trocou-o por uma caneta em forma de peixe. Esta foi trocada por uma maçaneta de porta artesanal que por sua vez se transformou num pequeno fogão... De troca em troca a única regra é que o objecto seguinte tem de ter um valor objectivo ligeiramente superior àquele pelo qual é trocado.

As ofertas são feitas no blog e se Kyle a achar interessante, concretiza a troca. Este jogo genial já teve direito a programas de rádio, entrevistas de televisão e patrocínios de marcas...

Vamos lá ver se é mesmo possível chegar à casa; e se assim for é obra! Se calhar temos de rever alguns conceitos elementares de economia de mercado...


Publicado por castafiore às 11:07 PM | Comentários (6)

abril 16, 2006

As lições do Zézito

E se o nosso Primeiro-Ministro conseguisse, por um momento apenas, deixar de olhar para o seu próprio umbigo, e olhasse para a carteira do menino ao lado..??

Se calhar via o menino Aníbal, que não sai muito nem fala em demasia, não abre a boca a propósito de tudo e de nada e não nos esgota a paciência com uma torrente de notícias a propósito de tudo e de nada...

Se calhar não era nada má ideia...

Publicado por castafiore às 01:56 AM | Comentários (10)

abril 15, 2006

A nossa Saúde!

O Ministro da Saúde, António Correia de Campos, é o meu ministro preferido num Governo onde, infelizmente, não temos muita matéria para nos alegrarmos. Mas não é por isso que Correia de Campos brilha. Brilha, isso sim, por mérito próprio.

Pouco inclinado para adoptar a postura exibicionista do seu big boss e mais preocupado em obter resultados concretos e “de fundo”, sem medo de pôr a “mão na massa” e de descobrir o que realmente não funciona e actuar sem temor contra os lobbies instituídos, o Ministro da Saúde vai ordenar até ao final do corrente ano 16 inspecções temáticas e 7 grandes auditorias a médicos, enfermeiros, hospitais, centros de saúde e delegados de informação médica.

Sob a sua mira vão estar acções de formação, congressos e viagens patrocinados pela super suspeita indústria farmacêutica; faltas dadas por médicos e enfermeiros; as condições em que os doentes são atendidos; o estado higienico-sanitário das instalações; a gestão de alguns hospitais, principalmente os seus serviços de aprovisionamento e ainda (espantem-se!), os hábitos de limpeza dos profissionais de saúde já que se tem vindo a detectar que muitas das infecções que os doentes contraem nos hospitais ocorrem porque muitos médicos não lavam as mãos de cada vez que tratam um paciente.... E nisto em concreto é 100% apoiado pela OMS que há muito vem alertando para esta forma básica e primitiva de contaminar por quem a mais cuidado e atenção estaria obrigado!

A futura legislação de controlo dos locais onde será permitido ou proibido fumar é outra "bomba" que se prepara para largar, sem ainda ter dado tréguas à sinistra e muito mafiosa Associação de Farmacêuticos...

Finalmente, a 1.ª saída do Prof. Cavaco Silva enquanto Presidente da República é uma visita a um hospital, o que não podia revelar mais apoio e aprovação pelo trabalho e estratégia deste profissional!

20 valores, Sr. Ministro!

Publicado por castafiore às 12:53 AM | Comentários (3)

abril 11, 2006

Angola ... outra vez!

"Ir a Angola e não olhar para a realidade da violação dos direitos humanos no país é como ir a Roma e não ver o Papa. Levar a Angola 70 empresários portugueses, potenciais investidores no país, e condená-los a fazer parcerias com as empresas angolanas, como se sabe dominadas pela família de José Eduardo dos Santos, é o mesmo que entregar o ouro ao bandido. E fazer jogging pela manhã na marginal de Luanda com dez seguranças, batedores à frente e um carro da polícia atrás era, no mínimo, dispensável. Para não dizer provocador..."

Leonete Botelho, in Público, 8 de Abril de 2006

Publicado por castafiore às 11:51 PM | Comentários (2)

abril 06, 2006

Ainda o Canadá

Sobre este assunto apenas umas breves.

1 - Vitimização dos imigrantes portugueses clandestinos no Canadá:
- muitos, ao saberem que iriam ser expulsos, recorreram ao expediente de pedir o estatuto de refugiados... refugiados de quê? Haja decência...
- muitos que agora se indignam com o que lhes está a acontecer lastimam a oportunidade perdida pois ao regressarem a Portugal voltam com poucas posses; muitos destes, porém, admitiram que nada pouparam, compraram casas, televisões, apararelhagens de som e carros topo-de-gama (jaguares, mais precisamente) pois "nunca pensaram ser realmente obrigados a vir embora" (sic).

2 - Ou seja, acharam que o Governo do Canadá é como o Governo Português que pactua com estes laxismos mas como depois não tem coragem para posições de força deixaria ficar tudo na mesma.

3 - Defender a posição destas pessoas (repito novamente, com todo o respeito que alguns destes dramas humanos inspiram) é defender a perpetuação da ilegalidade e de uma posição em que o não cumprimento das leis e regras de um País é irrelevante, pois nenhumas consequências advêm para aqueles que assim se comportam.

4 - Último ponto: gostava francamente de saber qual a posição do Dr. Freitas do Amaral relativamente ao fenónemo da imigração ilegal em Portugal. Qual deverá ser a nossa política relativamente aos milhares de imigrantes ilegais que detectatamos e que voltamos a colocar na fronteira? Devemos aceitá-los a todos? Coitadinhos.... Presumo que o Sr. Ministro deve ser a favor dessa medida... Adivinho, talvez alguma contradição com a posição que o Sr. Ministro da Administração Interna terá nesta matéria...

Ou será que pretendemos tratamento diferente desde que os ilegais sejam Portugueses em País estrangeiro??? Infelizemente parece-me bem que sim...

Publicado por castafiore às 11:55 PM | Comentários (271)

abril 05, 2006

Reflexões cartoonianas

Quanto ao meu post de ontem que é um cartoon sobre a gripe das aves dei por mim a pensar: será que ao editar o cartoon e fazer espírito com uma situação que é tudo menos engraçada estou a demonstar falta de respeito pelas pessoas que já foram vitimizadas por esta doença? Será que estou a ofender as próprias aves insinuando haver premeditação quanto à disseminação da doença? Será que estou a chamar histéricos aos que genuinamente se preocupam com esta doença? Será que estou a desautorizar as entidades governamentais que tanto esforço têm feito para educar e informar as populações sobre isto?


... ou será que apesar de se tratar de um assunto sério, grave e preocupante o facto de eu fazer espírito com ele, não o ridiculariza nem lhe retira importância, ao invés, rindo com assuntos sérios, ajudo a pensar sobre uma realidade que infelizmente nos afecta a todos...???

Eu ia mais por esta opção, mas hoje em dia todo o cuidado é pouco...

Publicado por castafiore às 11:59 PM | Comentários (9)

março 31, 2006

Que estranho...!!!

Hoje de manhã num dos noticiários horários da TSF ouvi que uma sondagem do DN/Marktest apurou que, durante o mês de Março, o Ministro mais popular do Governo de Sócrates foi... Freitas do Amaral....

...???...!!!....???

Como é que é possível, considerando o seu comportamento, as suas atitudes, as suas declarações ....???? Francamente, ou as sondagens são mesmo manipuladas ou então o povo Português enlouqueceu definitivamente...

Qualquer das opções, somos todos nós quem fica a perder...

Publicado por castafiore às 08:19 PM | Comentários (1)

março 29, 2006

Serei eu que estou a ver mal a coisa...???

... devo ser, decerto....

É que por muito que tente analisar o assunto de diferentes ângulos e perspectivas, não consigo ficar chocada com a decisão que o Governo do Canadá tomou de mandar sair do país os imigrantes ILEGAIS que ali se encontravam.

Independentemente das tragédias pessoais que esta situação envolve, e pelas quais tenho consideração e alguma simpatia, o facto é que aquelas pessoas se encontravam ILEGAIS naquele país.

Não pode ser muito surpreendente que ao detectarem essas situações as autoridades tomem a decisão que tomaram. Tal como nos Estados Unidos qualquer imigrante ilegal (se conseguir entrar...) é rapidamente devolvido à procedência assim que for detectado.

A ideia daquelas autoridades não é apenas a de regularizar as situações. É também de deixar bem claro que quando se faz algo contra as lei vigentes num país, quem o faz deve estar disposto a sofrer as consequências e a arcar com a responsabilidades inerentes. Isto é o que fazem (e bem) as autoridades fortes e rectas de países soberanos.

Obviamente que em Portugal se tem muita pena dos coitadinhos dos imigrantes, que sofreram tanto e são tão boas pessoas e mesmo ilegais deixa-os ficar cá que eles assim que puderem tratam de regularizar a situação, e olha já passaram mais 3 anos e continuam ilegais mas a culpa não é deles é da burocracia que a segurança social ainda não lhes arranjou o papel que precisam, coitadinhos, pois porque também tiveram de fazer umas greves e agora têm 143.000 processos para analisar, mas não faz mal deixamos que fiquem mais uns tempos, é que a quota deste ano era só de 500 e deixámos entrar 5.000 mas teve de ser senão ainda se podem lembrar de nos chamar xenófobos e depois como fomos a última potência colonialista temos este complexo às costas e temos de mostrar que somos super democráticos, etc., etc....

E entretanto afundamo-nos todos!

O acto do Governo Canadiano pode não ser um acto humano. É, no entanto um acto de rigor e de coragem. É o acto de um país soberano que pode e deve decidir em todas as alturas quem quer ou não dentro das suas fronteiras. E de um país que tem a coragem de fazer cumprir as suas regras, para que a imagem de laxismo, permissividade e "nacional porreirismo" não lhe seja associada como a muitos outros que conheço...

E sim, infelizmente estou a ver-nos nesse espelho...

Publicado por castafiore às 11:59 PM | Comentários (136)

março 28, 2006

Simplex 333

Oh Sr. Primeiro Ministro...!!! Mas porquê...??? Acho que isto era mesmo necessário???

Sabia que:

1 - Podia arranjar um nome para o programa que não soasse tanto a detergente de máquina de lavar roupa ou a remédio para a tosse...
2 - Ou então a um plágio de mau gosto do livro do José Rodrigues dos Santos - Codex 632...
3 - Ainda que importantes, nalguns casos, não lhe parece que o país necessita de outro tipo de intervenções mais de fundo, mais estruturantes, mais de actuação concreta em problemas transversais de fundo da nossa sociedade, do que estas acções de marketing político para tapar o sol com a peneira...??? Já chega de cosmética, não lhe parece?
4 - E porquê 333? Algum fetiche com este número? É que cerca de 200 têm a ver com a eliminação de certidões... Era preciso contar todas a uma e uma...??? Depois queixe-se de o acusarem de tentar andar a fazer figura... Ainda consegue deslumbrar alguém (além de a si próprio...) com estas acções?
5 - Já agora, cuidado, não se deixe entusiasmar. É que no meio desta fúria anti burocrática ainda elimina algumas coisas que, apesar de tudo, são mesmo necessárias. Já me fez lembrar aquelas limpezas caseiras de Primavera em que acabamos quase sempre por deitar fora alguma coisa importante com tanto entusiasmo...
6 - Finalmente, "Simplex" faz lembrar um pouco a palavra simplista o que não me parece também uma boa associação de ideias...

Já esteve melhor, não acha, meu caro? Ou será que ainda se acha fantástico? Nós começamos mesmo a achar que não, sabia...???

Publicado por castafiore às 11:48 PM | Comentários (1)

março 18, 2006

(Des)proporção ambiental

A Holanda ocupa uma área territorial de 41.500 km2 e dispõe de uma equipa de mais de 200 inspectores do ambiente, distribuídos de forma homogenea, por todo o país.

Portugal ocupa uma área com mais do dobro daquela dimensão: 92.117 km2.

A sua equipa de inspectores ambientais é composta por 20 pessoas e estão todos centrados na área de Lisboa.

Palavras para quê...???

Publicado por castafiore às 02:12 AM | Comentários (3)

março 15, 2006

O sagrado acima de tudo!

Ainda a propósito da crise dos cartoons, consta que D. José Policarpo, cardeal-patriarca de Lisboa, proferiu recentemente uma homilia com o seguinte conteúdo: “Com o sagrado não se brinca. O respeito pelo sagrado é algo que a cultura não pode pôr em questão, mesmo em nome da liberdade!”

E que ninguém diga que os valores não estão claramente prioritizados para a Igreja Católica...

Porque será que esta afirmação do Sr. Cardeal não é, apesar de absurda, uma completa surpresa...???

Publicado por castafiore às 01:22 AM | Comentários (2)

março 12, 2006

Voltei de férias

Acabaram...
Estou inconsolável...

Publicado por castafiore às 10:59 PM | Comentários (0)

março 07, 2006

Um presunto ou um homicidio

Antonio Hernandez, um espanhol de 41 anos, deu entrada no passado dia 24/02 na prisão de Huelva, em Espanha, onde irá cumprir uma pena de prisão de 12 anos por um crime cometido em 1985, em conjunto com outras 4 pessoas – um assalto sem violência a uma vivenda, de onde roubaram uma televisão, um rádio e um presunto.

12 anos de prisão!!! Talvez um pouco demais...

Em Portugal, a mãe e o tio de Joana, a menina assassinada no Algarve foram condenados a 20 e 19 anos de prisão respectivamente, num crime que no nosso fabuloso país de brandíssimos costumes, poderia, quando muito ser punido com um máximo de 25 anos...

19 anos de prisão!!! Talvez um pouco de menos...

E isto, apesar do Ministério Público ter recorrido e pedido uma pena de 23 anos e de os advogados de defesa desta maravilhosa família quererem decretar nulo o julgamento, por os reús se considerarem... inocentes, claro...!!!

A vida de uma criança no nosso país vale apenas mais 7 anos do que uma televisão, um rádio e um presunto, todos juntos, no país vizinho...

É reconfortante esta valoração comparada, não é?

Publicado por castafiore às 09:45 PM | Comentários (3)

março 03, 2006

Queda para a arte...

Manuel Maria Carrilho, de visita à exposição da Fundação Serralves em exibição no Palácio de São Bento, estraçalhou-se contra uma escultura em madeira, representando uma árvore com vários galhos, um dos quais... já não é!

Este homem é tão cultural que até os seus acidentes pessoais são de alguma forma artísticos.... Extraordinário!

Publicado por castafiore às 12:11 AM | Comentários (3)

março 01, 2006

Oxalá ele não ligue muito ao futebol...

... senão estamos bem tramados, tendo em conta o grau de hiper-sensibilidade do Profeta!

Amigável ou não, o facto é que Portugal espetou com 3 a zero à Aráubia Saudita... Será que os rapazes aguentam esta indizível ofensa à sua religião, à sua cultura e, sim porque não, à sua masculinidade, ou vão já começar a partir isto tudo...???

Já agora uma dúvida: este era o tal jogo de futebol tão inteligentemente proposto pelo fantástico Freitas do Amaral para pacificar o ambiente...????

Tem jeito para estas coisas da diplomacia o rapaz.... Vai longe... Vai longe....

Publicado por castafiore às 11:27 PM | Comentários (2)

fevereiro 22, 2006

Inexplicável

O que é que estará a acontecer à Manuela Moura Guedes que agora passa a vida a insultar os outros pivots da televisão como o José Alberto Carvalho, o Rodrigo Guedes de Carvalho e o José Rodrigues dos Santos em tudo o que é revista cor de rosa.... ????

Bem, Shakespeare dizia que "não há fúria no Inferno comparável à da mulher desprezada", mas não será uma reacção excessivamente freudiana?

Publicado por castafiore às 11:52 PM | Comentários (5)

fevereiro 16, 2006

Uma questão de Princípio


Publicado por castafiore às 11:12 PM | Comentários (1)

fevereiro 14, 2006

#&%)=?!!$%&##

Pois!

Exactamente! Mais vale começarem a escrever assim.... Talvez se perceba melhor...

É que agora não temos histórias para contar, temos estórias. Não seguimos líderes mas sim lidêres que nos fazem entrar em guerras que acabam em dezenas de cadávêres. Em compensação fala-se de alérgias e refere-se o perigo da hépátite...

E como se não bastasse todo este disparate ortográfico-fonético ainda me vêm impingir os cartunes...

Está tudo doido!

Publicado por castafiore às 09:40 PM | Comentários (4)

fevereiro 09, 2006

Não tenho nada para vestir...

... até eu, com os meus roupeiros atafulhados, tenho este pensamento matinal, volta e meia... e por breves, brevíssimos segundos, penso que se usasse farda tudo seria mais fácil... Depois recupero a sanidade mental e sinto um arrepio só de pensar como ficaria desanimada se não pudesse dar largas à imaginação para combinar as minhas queridas roupas, sapatos e acessórios... sim, todos temos um lado fútil por muito que o neguemos...

Tenho uma profissão liberal que exerço por conta de outrém, mas que apesar de não me permitir utilizar todos os dias roupa tão casual como às vezes me apetece, também não me obriga a "uniformes" clássicos e cinzentões, no género de saia-e-casaco ou blusinhas de colarinho e casaquinhos de malha...

Consigo sempre um meio-termo razoável, uns dias mais tradicional outros um pouco mais arrojada, consoante as actividades profissionais do dia, e recorro sempre ao mais elementar bom senso para articular e combinar as roupas. Na dúvida, opto pela versão mais conservadora e discreta. Garanto que nunca há hipótese de gafes.

Por isso, tanto me faz pensar esta história de que agora tanto se fala dos dress codes obrigatórios em certas empresas, polémica que a Vodafone veio reacender no princípio do ano, com as normas obrigatórias e clássicas sobre vestuário super-conservador para os empregados.

No entanto... No entanto, parte de mim percebe-os e compreende-os. Tanto à vontade, tantas fashion victims, tanta mania de armar em modernaços, descontraídos e top models, tudo associado à mais básica mentalidade Tuga tinha de dar asneira... E deu!

As pessoas, que regra geral, são totalmente desprovidas de bom senso e de capacidade de auto-análise e espírito crítico para consigo próprias (sim, porque para com os outros têm sempre ideias muito claras e definidas...) e quase sempre completamente desprovidas de inteligência, tomaram literalmente "o freio nos dentes" e, em matéria de vestuário, impera o "salve-se quem puder"!

Desde empregadas de restaurante que me servem à mesa proporcionando-me um close up dos seus umbigos com piercings em barrigas cheias de celulite, passando por empregadas de notários que atendem ao balcão com camisolinhas curtas que permitem que o invariável pneu salte para fora do cós das calças, proporcionando um espectáculo patético e deprimente, até aos empregados de lojas que vão trabalhar com as suas bermudas "da moda" exibindo a perna peluda e o pézinho 45, e igualmente peludo, dentro das sandálias de surf, infelizmente há de tudo... Claro, "é moda", portanto é preciso é usar .... independentemente do mais elementar bom gosto para ver se nos fica bem ou do mais básico bom senso para ver se é adequado ao local para onde se vai... Não interessa! "É moda"!

Terei então de dar razão à Vodafone? É que, diariamente vejo uma rapariga que trabalha no mesmo local que eu e que se atreve com trajes de micro-mini saia preta de folhos usada com collants de rede preta e camisola de gola alta preta que acaba por cima do umbigo expondo os rins ao frio sem medos nem receios; e, para que nada disto pareça excessivamente negro ou gótico, há que acrescentar um toque de côr ... umas botas de mega salto alto e por cima do joelho, em bom estilo D'Artagnan, em PVC azul turquesa, estão mesmo a calhar, não vos parece?

Volta António Carrapatoso, estás perdoado....

Publicado por castafiore às 09:45 PM | Comentários (64)

fevereiro 05, 2006

Eyes wide... shut!

Desde ontem, e durante pelo menos 1 semana, não vou poder editar aqui as minhas queridas fotografias graças.... adivinharam... a obras de manutenção da fabulosa netcabo...

... vamos lá ver quanto tempo é que isto vai durar...

Publicado por castafiore às 09:31 PM | Comentários (2)

fevereiro 01, 2006

Uma história de eficiência

Cá por casa, há já uns dias que a situação começava a raiar o pânico. O frio de rachar que se faz sentir, e das minhas torneiras, a água que saía, se bem que quentinha, tinha um caudal correspondente a um fio de azeite...

Depois das verificações habituais de não haver obras por perto, uma fuga na rua ou a bomba de pressão ter saltado, o mistério adensava-se. Decidi consultar na internet o site da EPAL para ver se detectava alguma informação relevante, mas nada! Por mero descargo de consciência deixei nota da situação no local próprio para o efeito...

E é aqui que tudo muda!

Porque também temos de dizer bem quando ele é merecido, aqui vai o relato, digno de qualquer país super-super civilizado e desenvolvido.

Dia seguinte à ocorrência anterior.

Chego a casa, à hora de jantar. Recado no gravador de mensagens.

É da EPAL. Acusam recepção da reclamação que deixei no site e pedem-me para que, assim que possível, entre em contacto com eles para o n.º de telefone de atendimento 24 horas que me deixam registado.

Telefono. Sou atendida com imediato tratamento personalizado pela operadora. Não só o sistema reconheceu o meu n.º de telefone como assinalou o assunto.

Nada tive de explicar!

Muito pelo contrário, pedem-me que me dirija a uma torneira e verifique se o caudal já está regularizado.

...!!! Sim, de facto, já está!!! Mais do que regularizado...

Ficam satisfeitos. Havia obras de manutenção em curso na conduta prioritária de abastecimento à minha área da cidade e ainda não tinham a certeza do abastecimento já estar reposto com normalidade em todas as zonas.

A minha reclamação fê-los verificar que não, e imediatamente duplicaram a intensidade do caudal.

Obviamente que se a situação voltasse ao anteriormente, teria de os contactar com a maior brevidade. Para o efeito foi-me dado um n.º de telefone especial... Despedem-se de forma amável, desejando boa noite e agradecendo o facto de ter feito a reclamação.....

Fico 1 minuto a olhar para o telefone de boca aberta!

Será que finalmente estamos a ficar civilizados...????

Publicado por castafiore às 10:14 PM | Comentários (1)

janeiro 29, 2006

100 justificação...

Pela aplicação da fórmula dos 5% do Fórum Europeu da Criança, aos 2,2 milhões de indivíduos portugueses entre os zero e os 17 anos, conclui aquele Organismo que existem 110.000 crianças em perigo, em Portugal.

Destes dados, a pediatra M.ª José Lobo Fernandes elaborou um estudo cuja conclusão revela 100 menores diariamente vítimas de alguma forma de mau trato físico, no nosso País...

Publicado por castafiore às 04:26 PM | Comentários (0)

janeiro 24, 2006

Teoria da Conspiração

Já começa a fartar um bocadinho este assunto recorrente do "perigo eminente" do Prof. Cavaco Silva dissolver a Assembleia da República e demitir o Governo quando tomar posse como PR...!!!

Senhores comentadores e senhores jornalistas: percam se faz favor, essa mania de perseguição...; só porque o próximo Presidente da República é de centro-direita, pela primeira vez desde o 25 de Abril, isso não quer dizer que vão voltar os tempos Salazaristas... Sim, foram 50 anos de ditadura! Mas, se não me engano, também já são 31 anos de democracia! Os pratos da balança começam a estar muito equilibrados!!!

Não acham que já é altura de deixar cair esses complexos de pseudo-esquerda intelectual...??? Não são necessários numa democracia adulta, equilibrada e esclarecida de um país membro da UE, sabiam? Está na altura de nos libertarmos de todos esses chavões e aprendermos a lidar com as coisas como elas são, sem etiquetas pré atribuídas, sem preconceitos e sem tantos traumas.

Está na altura de crescermos, entramos na idade adulta e percebermos que as escolhas políticas não podem ser feitas motivadas por paixões partidárias, mas sim por decisões racionais, lógicas e pensadas que ponderem aquilo que numa determinada ocasião é a melhor conjugação governativa para um país, inserido num determinado contexto.

A melhor solução, num determinado momento, pode não corresponder ao nosso ideal ideológico perfeito, pode não encaixar rigorosamente naquilo que queremos, mas pode, ainda assim, ser exactamente aquilo de que precisamos. E, do mesmo modo, não será certamente igual, agora ou daqui a 5 anos. Cada momento tem um timing, uma conjuntura e uma envolvência próprios. Viver em democracia é isso mesmo: é poder analisar, não ter medo de experimentar, saber aprender com os erros, conseguir reajustar, ser capaz de seguir em frente e fazer sempre mais e melhor.

Viver em democracia "pura e dura", é acreditar que se quisermos, conseguimos. Se soubermos deixar para trás o acessório e nos concentrarmos apenas no que é realmente essencial.

Publicado por castafiore às 12:28 AM | Comentários (1)

janeiro 22, 2006

Primeiro a boa ou a má notícia?

Primeiro, a boa notícia:
De acordo com o DN de ontem, sábado, 2 técnicas do Instituto de Reinserção Social (IRS) vão ser punidas disciplinarmente pelo seu comportamento profissional no caso Vanessa, a criança assassinada pela avó e pelo pai, no Porto, no passado mês de Maio, no Bairro do Aleixo e que apareceu a boiar nas águas do Rio Douro.

As penas, com motivo em "negligência grave" dos técnicos do IRS que decidiram retirar a Vanessa de casa dos padrinhos e entregar a criança aos cuidados da família biológica que a maltratou e assassinou, foram decididas pelo próprio Ministro da Justiça, Alberto Costa, uma vez que os relatórios da Inspecção-Geral dos Seviços de Justiça propunham o arquivamento sem sanções dos cinco provcessos terminados até à data.

...!!! ...??? ...!!!!

Nem parece coisa nacional, pois não...??? ... !!! Uma caso em que a culpa não morre solteira....

Pois... Calma, não se entusiasmem muito... Agora, vem a má notícia.

A negligência grave de técnicas especializadas de um serviço desta natureza, que culmina num crime desta violência em que uma criança de 5 anos é espancada e queimada e deixada morrer em agonia, foi punida com as seguintes penas:
uma das técnicas foi multada em 500 euros...
e
a outra suspensa de funções por 20 dias ....

Uau... isto é que é ter a mão pesada.... Que intransigente, Sr. Ministro...

E que tal um despedimento sumário ou uma acusação de co-autoria por homicídio por negligência? Não lhe parece mais adequado face ao desfecho que a história teve....???

Oh, claro que não! Esqueci-me que estamos em Portugal, que elas coitadinhas esforçam-se muito, e que não lhes aumentam o ordenado, mas que lhes subiram a idade da reforma e que por isso não podemos ser muito duros, não é....!!! Claro que sim, disparate o meu......

Publicado por castafiore às 01:34 AM | Comentários (3)

janeiro 19, 2006

É de homem!

O Presidente do Automóvel Clube Português, Carlos Barbosa, hoje de manhã, em entrevista à TSF, demonstrou ser um homem de convicções fortes. Sobre o aumento do preço dos combustíveis afirmou sem medo que, não que ele estivesse a incitar à revolta, mas que por menos do que isto já se fez um buzinão no passado e a Ponte sobre o Tejo foi bloqueada....

Ah, valente!

Publicado por castafiore às 10:29 PM | Comentários (0)

janeiro 15, 2006

Que infantilidade, Inês!

Além de apreciar imenso o estilo de escrita, aprecio imenso o conteúdo dos textos da Inês Pedrosa. Muitas das apreciações, análises e considerações, muitas das opiniões que ela exprime semanalmente na Crónica Feminina podiam ser escritos por mim, de tal forma reflectem a maior parte das minhas próprias opiniões.

Imaginem a minha desilusão, esta semana ao ler a crónica habitual no Expresso. Com o título "O novo PREC", e dedicada ao abuso de poder por parte do Estado na forma como colide com as liberdades privadas, tem como suporte a indignação pela lei que em ESPANHA proíbe que se fume em locais públicos com determinadas características e dimensões.

Eu própria suspeito do fundamentalismo dessas medidas, apesar de não ser fumadora e de me incomodar imenso e cada vez mais, estar a almoçar ou a tomar uma bebida e a conversar com amigos e ter de estar a engolir o fumo do cigarro alheio... Acresce que existem outros vícios privados sobre os quais julgo que seria mais importante o Estado legislar e intervir pelos estragos que, mesmo na esfera privada de cada um, podem acabar por causar na comunidade...

Ainda assim não posso deixar de me indignar quando leio a seguinte frase na referida crónica: "Protegem-nos como crianças (a obrigatoriedade do cinto de segurança em adultos é outro sintoma desta negação da liberdade individual), ou seja, desconsideram a nossa capacidade de escolher a nossa própria vida."

Em 1.º lugar, comparar a tudo o resto a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança, e considerar tal medida como uma negação da liberdade individual parece-me uma afirmação com uma dosagem de infantilidade que não é digna de alguém com as capacidades intelectuais da Inês Pedrosa.

Em 2.º lugar, parece-me que levarmos a conversa para esse campo acaba por fazer de nós fundamentalistas também, mas no extremo oposto. Recordo-me sempre, em situações como esta, da frase que o meu Pai ouviu num restaurante poucos dias depois do 25 de Abril de 1974, e que o deixou à beira de um ataque de nervos: "Ainda bem que agora temos a liberdade para eu até poder passar com os sinais vermelhos...!!!" E vivam as mentalidades esclarecidas dos nossos Tugas!

Em 3.º lugar, para alguém que, como a Inês Pedrosa, tantas e tão boas crónicas escreveu sobre a falta de civismo dos Portugueses ao volante, o facto de sermos o País da Europa onde mais se morre na estrada, o facto dos acidentes serem quase integralmente causados por excesso de velocidade e excesso de álcool e a circunstância de com isso se acabarem de forma violenta, ou estropiá-las para sempre, vidas que apenas tiveram o azar de estar no sítio errado, na hora errada, parece-me um profundo contrasenso esta explosão de revolta adolescente de considerar que a obrigatoriedade do uso de cinto de segurança é uma negação da liberdade individual...

Desculpe-me lá, cara Inês, mas você não deve começar sequer por ter uma pálida ideia do que são privações de liberdade individual "à séria" para ter sequer a falta de senso para comparar uma coisa à outra. Devia abster-se de o fazer por respeito e consideração para com todas as pessoas que diariamente no mundo vêem os seus direitos mais básicos e as suas liberdades individuais mais elementares serem-lhes retiradas...

Finalmente, e em 4.º e último lugar, desculpem que vos diga que enquanto houver pessoas que fazem afirmações destas e comparações destas é natural que haja uma certa tendência para desconsiderar a capacidade de cada um escolher a sua própria vida. Portugal é, infelizmente, um País com um nível excessivamente elevado de boçalidade intelectual. E enquanto assim for existem pessoas que precisam que pensem por elas e que à força lhes seja demonstrado o que podem ou não fazer para permitir uma sã convivência entre todos. Se isso tiver de passar por estradas com tolerância zero, proibição absoluta de beber álcool antes de guiar, penas de prisão pesadas para os praticantes de street racing, mais pesadas ainda para condutores que em violação do código da estrada assassinam inocentes, paciência!!!

Pessoalmente, prefiro suportar a alegada violência de ter de apertar o cinto de segurança para me deslocar 2 quarteirões até casa dos meus pais do que pensar que posso ser projectada para fora do meu carro, por não o ter colocado, quando o próximo adolescente-imbecil-sem-carta-e-podre-de-bêbado-que-saíu-às-escondidas-com-o-mercedes-do-pai, embater a 160 kms./hora, no meu carro por trás porque nem sequer sabia a diferença entre o travão e a embraiagem... E curiosamente, a única violação que acho que é feita à minha liberdade pessoal num caso desses, é a do responsável sair impune dessa situação porque tem "a sorte" de só ter 17 jovens e inconscientes aninhos...

Publicado por castafiore às 09:58 PM | Comentários (1)

janeiro 07, 2006

Deu-lhe uma branca...

... e não se lembra do que disse há cerca de 6 meses, decerto...

É que no Verão de 2005, Mário Soares, após "ameaçar" que iria apresentar a sua 3.ª candidatura à Presidência da República, avisou que iria de férias e que iria aproveitar esse tempo para sondar diversos sectores da sociedade portuguesa e variadas personalidades, para apurar, através dessa sondagem, o interesse da Nação nessa candidatura.

Ontem mesmo, porém, confrontado com a mais recente sondagem da Universidade Católica que atribui a vitória a Cavaco Silva na 1.ª volta com uma percentagem de 60%, informou do alto do seu desdém, que não acredita em sondagens, não lhes reconhece nenhum valor e tanto assim é que ele próprio, nunca fez nenhuma para decidir sobre se haveria ou não de se candidatar...

Enfim...

Publicado por castafiore às 12:19 AM | Comentários (0)

janeiro 05, 2006

Comissão da Treta

No Dia de Natal e na Vergonha absoluta já tivemos oportunidade de verificar como a Comissão de Protecção de Menores em Risco, se portou de forma verdadeiramente vergonhosa no caso da bébé de um mês e meio de Viseu, barbaramente espancada. Chama-se Fátima e os pais (sim o pai e a mãe) espancaram-na repetidamente e abusaram sexualmente dela durante os seus primeiros 50 dias de vida... Nem os animais se portam assim...

Já tivemos oportunidade de constatar como o Dr. Armando Leandro, responsável nacional por esta Comissão, ainda assim, acha que este é um caso exemplar, em que "o sistema funcionou" porque houve uma familiar próxima que denunciou a situação e levou a bébé ao hospital... Já tivemos oportunidade de verificar que este optimismo inabalável só deve ser explicado por um caso clínico de imbecilidade...

E agora temos oportunidade de verificar que a comissão de inquérito nomeada para averiguar o caso apurou:
- que a dita Comissão falhou em toda a linha
- que as técnicas foram negligentes
- que não são profissionais bem preparadas
- que a experiência que têm não lhes permite lidar com estas situações
- que não averiguaram com tanto detalhe como deviam todos os antecedentes da criança e do casal
- que a responsável pela Comissão no distrito de Viseu mentiu na entrevista que deu à SIC quando o caso se tornou público, afirmando que sabia e estava certa que tudo tinha sido feito de forma exemplar
- que os próprios médicos do hospital de Viseu omitiram nos seus relatórios diversas equimoses que a bébé apresentava nos 4 internamentos que teve...

Tudo isto ficou apurado mas claro que a culpa não é de nenhum dos envolvidos, pois todos deram o seu melhor, todos têm imenso trabalho, nenhum é suficientemente bem pago, todos se sentem prejudicados pelo aumento da idade de reforma, todos são pessoas bem formadas e não acharam possível que os pais da criança lhes mentissem, todos acham que o Governo devia baixar os impostos, blá-blá-blá-blá... No fundo a culpa não é de ninguém porque tudo não passa de uma imensa fantochada!

Já não é só aos governantes que a responsabilidade tem de ser pedida!!! É a todos nós!!! Continuo a ter nojo completo de um país que é o meu, mas onde se permite que tudo isto aconteça e onde ninguém vai ser demitido, nem castigado, nem responsabilizado, pois errar é humano e devemos aprender com os nossos erros... Azar que a bébé (se sobreviver...) fique com lesões neurológicas irreversíveis... Azar que nasceu na família e no país errado onde ninguém defende os que não se podem defender sózinhos e onde os valores básicos da família, respeito, civismo e educação são ainda palavras para se dizerem de boca cheia e impressionarem os restantes bacocos...

Que imensa e completa treta!


Publicado por castafiore às 12:00 AM | Comentários (1)

dezembro 31, 2005

Lisboa-Dakar


Publicado por castafiore às 01:52 AM | Comentários (3)

dezembro 30, 2005

Best of

Depois de desfolhar as revistas Sábado e Visão, e já que o ano está a terminar, ficam aqui umas breves notas, tipo sumário, do que tem acontecido neste nosso país:

1 - Não, o facto de a Manuela Moura Guedes ter deixado de apresentar as notícias na TVI, não é uma tragédia. Não, ela não era boa loucutora, nem inteligente, nem oportuna. Ultimamente, aliada a uma aparência física a raiar o patético à custa de tanto esforço para se manter artificialmente e forçadamente jovem, havia uma jornalista inoportuna, a dizer piadas forçadas, sem graça e muitas vezes de mau gosto, com comentários despropositados e a transmitir um ar de falta de seriedade. Em boa hora terminou a saga...

2 - Mário Soares à força de querer transmitir uma imagem de "bon vivant", descontraído e experiente com um extremo à-vontade junto de tudo e todos, e uma mentalidade pseudo-jovem, revela uma figura também patética, ultrapassada e de uma arrogância excessiva, principalmente por não existirem bases para tanta arrogância... É tempo de se retirar novamente e ... definitivamente! Enquanto ainda conseguimos ter algumas recordações positivas, oriundas de um passado já distante.

3 - O silêncio e a descrição de Cavaco Silva, no meio do arrazoado de disparates e baboseiras debitadas em velocidade alucinante pelos outros candidatos, dá-lhe, até agora, 40% de vantagem. Mesmo assim, Sr. Prof. está na altura de nos começar a transmitir de forma mais assertiva o conteúdo do seu programa de candidatura. E abstraia dos cães que ladram...

4 - Jorge Coelho proferiu a calinada do ano quando apelou aos outros candidatos presidenciais de esquerda para desistirem a favor de Mário Soares; e isto não é uma opinião; é um facto comprovado pela indignação e ofensa do próprio Soares perante tal pedido...

5 - António Costa apercebeu-se finalmente que o equipamento de base dos polícias não incluía coletes à prova de bala e que eram os próprios que os custeavam... E apercebeu-se também que as armas estão "um bocadinho" ultrapassadas.... Foi pena que para isso tivesse de morrer (mais) um polícia! Será que finalmente acabamos com a cobardia moral de defender os brandos costumes e temos a coragem de lutar a sério e com impacto contra a escumalha (e antes que me comecem - novamente - a acusar de racismo, esclareço já que escumalha inclui todas as pessoas de TODAS as raças, credos, religiões, sexos e orientações políticas que seguem o caminho da delinquência e dos desrespeito pelas normas mais elementares de vida em sociedade. E não, a pobreza, a droga, o desemprego e a exclusão social não são definitivamente desculpa...!!!)?

6 - Querido Primeiro-Ministro, é urgente actuar contra o consumo de droga nas nossas prisões - nas últimas duas semanas houve 3 mortes por overdose, reparou?... Talvez menos safaris no Quénia e menos férias na neve na Suíça (ainda por cima caiu e magoou-se ...) e mais medidas pragmáticas, executivas e imediatas. O choque tecnológico tem também de ser um choque social pela positiva, sob pena de se perder muito do que já conseguiu até aqui...

Publicado por castafiore às 09:47 PM | Comentários (5)

dezembro 25, 2005

Dia de Natal

Hoje é Dia de Natal, e mesmo para mim, sem crenças na religião católica, é impossível ficar indiferente à mensagem de amor e união entre os homens subjacente a este dia. Seria bom podermos pensar que tal mensagem é uma realidade. Não é!

Recomendo a leitura da excelente "crónica feminina" da Inês Pedrosa no Expresso desta semana (O Natal segundo Pôncio Pilatos). Tem a ver com a Vergonha absoluta de que falei aqui há uns dias.

Tem a ver com a fabulosa frase do Presidente da não menos fabulosa Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, sobre o caso da Fátima Letícia, a bébé de mês e meio em coma e em risco de vida depois de torturas e abusos sucessivos por parte dos progenitores biológicos.

Tem a ver com a vergonha absoluta de uma frase como a que se transcreve: "A Comissão agiu bem ao fazer tudo para que o bébé se mantivesse no seu meio natural de vida. Desta vez o sistema até funcionou, porque houve uma avó que tentou estar sempre presente e se preocupou, tendo denunciado tudo o que se passou".

A bébé está em coma, sofreu espancamentos vários desde que nasceu, o pai abusou sexualmente dela com diversos objectos, se ( e é um grande "se"...) sobreviver ficará com lesões neurológicas irreversíveis e o Dr. Armando Lenadro acha que o sistema funcionou!!!!!!! É extraordinário! Dele, confesso, não esperava uma frase destas. Acompanhei o seu percurso profissional durante muito tempo e tinha por ele a maior das considerações. Erradamente ao que vejo. Mais depressa se lhe perdoaria o reconhecimento de mais outra falha no sistema desta absolutamente incompetente e ineficaz Comissão, do que se pode perdoar esta cobarde tentativa de desresponsabilização e de deitar areia para os olhos dos outros... Absolutamente imperdoável!

Tal como a Inês Pedrosa, questiono-me porque é que os direitos das nossas crianças são menos importantes do que o Plano Teconógico. Só um país de saloios provincianos (em termos de mentalidades, claro) se preocupa em construir OTA's e TGV's quando nem sequer consegue assegurar o básico: a dignidade, a segurança e a própria vida das suas crianças.

Enquando houver Fátimas, Joanas, Vanessas, Danieis, Catarinas e outros tantos anónimos a sofrerem na pele situações destas e a pagarem com a vida a indiferença de um sistema de vergonha, Portugal nunca deixará de ser um país de opereta a querer fingir que é como o resto da Europa civilizada.

A minha vergonha é cada vez maior. E o sentimento de repugnância também...

Desculpem o tom tão pouco natalício, mas aquelas crianças também não puderam escolher um destino diferente do que tiveram!

Publicado por castafiore às 04:07 PM | Comentários (3)

dezembro 13, 2005

Escadinhas

Estas ficam na Baixa, no Chiado, e ligam a R. Ivens à R. Nova do Almada. Diz a tradição que dá azar falar enquanto se sobem ou descem este tipo de escadas e que não se deve parar a meio para descansar...

Há uns anos trabalhei em Alfama perto do Castelo de São Jorge e para vir até à Baixa, à hora do almoço, tinha umas escadinhas deste tipo como caminho mais rápido: as escadinhas de São Crispim. Descíamos sempre em silêncio forçado porque ninguém era supersticioso e essas coisas são uma valente parvoíce, mas a verdade é que nunca ninguém arriscava...

Quando voltávamos o silêncio era mais espontâneo porque subir de uma assentada os 200 e tal degraus parece fácil mas não é... Desconfio desde essa altura que a superstição do silêncio deve ter tido origem nalguém menos atleta que resolveu disfarçar as falhas respiratórias...

Publicado por castafiore às 11:20 PM | Comentários (0)

dezembro 12, 2005

Ninguém escreve ao coronel...

Aqui parece-me mais uma realidade do que o fabuloso livro do Gabriel García Marquez, cuja leitura recomendo vivamente.

Publicado por castafiore às 11:19 PM | Comentários (3)

dezembro 09, 2005

É Natal

Hoje estive de férias e aproveitei para fazer uma coisa que há muito tempo não fazia e me andava a apetecer imenso. Peguei na máquina e fui para a Baixa. Pode estar velha e em muitos sítios poderia estar muito mais bem arranjada, mas eu adoro a Baixa. Não sei se é por me lembrar a minha infância e adolescência ou simplesmente porque gosto mesmo daquele ambiente.

O dia pareceu durar muito mais do que quando entro no Colombo ou nas Amoreiras num "raid" de compras urgentes, sempre em contra relógio e aos encontrões...

Andei a passear, a entrar nas lojas (muito mais interessantes que as dos centros comerciais, mesmo as que são das mesmas marcas...). Tirei imensas fotografias, misturei-me com as centenas de turistas e com as centenas de habitantes dos bairros. Vi desfilar uma banda, entrei nas "clássicas" (Brasileira, Casa Macário, Casa das velas do Loreto, Bertrand...), explorei o potencial imobiliário daqueles prédios abandonados, vi o Tejo de dezenas de ângulos diferentes e de cada um achei-o mais fabuloso do que dos outros, encontrei produtos e lojas alternativas, vi um malabarista que comia fogo e um pedinte que tocava acordeão enquanto um mini cão dançava, ouvi um profeta anunciar o fim do mundo eminente, lanchei chá com scones, passei muito tempo nas livrarias e senti-me muito, muito bem.

E no fim, deliciei-me como uma criança com as iluminações de Natal...

Publicado por castafiore às 11:56 PM | Comentários (1)

novembro 22, 2005

Gaiolas de grilos - um final feliz!

Quando aqui falei nas Gaiolas de grilos da minha infância, não me estava a imaginar tão sortuda que, depois do estúpido deslize de não as ter comprado em Amarante, conseguisse tê-las comigo por perto para matar saudades, assim tão depressa...

E se assim é, só posso agradecer ao carinho e amizade do Miguel, para quem fica aqui o meu enooooorme obrigada.

E vejam bem a pinta com que a minha estante fica...

PS - Sim, estão vazias...

Publicado por castafiore às 09:30 PM | Comentários (1)

novembro 18, 2005

Catástrofe calórica

Reparei agora que a Visão desta semana traz um suplemento de gastronomia no fim do qual vem a receita de um dos poucos doces de que gosto, mas, em compensação, pelo qual sou absolutamente fanática: o petit gateau de chocolate...!!! Um concentrado aquecido de pão de ló de chocolate que quando se parte deita lá de dentro um líquido grosso e espesso de .... pois, exactamente, chocolate derretido... Deve-se acompanhar com gelado de baunilha...

Não sou grande cozinheira nem sequer gosto especialmente de cozinhar, mas, como certos fins justificam claramente os meios, este fim de semana desconfio que não vou resistir à tentação... Eis o pecado da gula em todo o seu apogeu!!!

Publicado por castafiore às 12:01 AM | Comentários (2)

novembro 16, 2005

Umas atrás das outras

Confesso que estava a tentar não emitir comentários sobre as presidenciais, mas irritei-me! Já não há pachorra para as baboseiras que o Mário Soares vai debitando dia após dia, ao abrigo de uma pseudo imunidade que ele deve achar que tem e que lhe dá o direito de abrir a boca para despejar comentários parvóides, supostamente acutilantes ou humorísticos mas que, na minha opinião, revelam já uma total incapacidade e inaptidão para estas lides.

O último, ouvi-o hoje e foi a "fabulosa" frase que achava que os candidatos presidenciais deviam apresentar boletim de saúde para que se pudesse aferir da sua aptidão física para o desempenho do cargo.

Tratava-se obviamente de piadinha ao Manuel Alegre (candidato por quem não nutro a mais pequena simpatia), mas de piadinha de mau gosto, porque o facto de esse senhor ter tido no passado problemas de saúde não o torna, de forma nenhuma, e apenas por isso, um candidato menos apto que qualquer outro. Como qualquer pessoa de bom senso se apercebe.

Desculpem o desabafo mas suspeito ser o próprio Mário Soares que nem compreende decerto o que diz; deve achar que por ter desempenhado o papel que desempenhou na nossa história e na história da nossa democracia (e cuja importância é de facto inegável) pode dizer todas as imbecilidades que lhe passarem pela cabeça que todos o desculpabilizam e até talvez lhe achem graça...

... espero apenas que quando se referia ao boletim de saúde estivesse apenas a pensar nas doenças físicas, porque se formos para as do foro psicológico talvez seja ele quem obviamente não esteja muito apto...

Publicado por castafiore às 11:11 PM | Comentários (1)

novembro 01, 2005

Chá

Hoje fiquei em casa; aproveitei o feriado para fazer arrumações, ler e beber litros de chá. Um dos meus preferidos, o chá verde Gorreana, ainda é fabricado nestas máquinas, que são do séc. XIX, e se encontram em perfeito estado de funcionamento da Fábrica de Chá da Gorreana, ilha de São Miguel, Açores, que vale bem a visita quando se vai para aqueles lados.

Publicado por castafiore às 07:36 PM | Comentários (8)

outubro 27, 2005

Gripe das aves

Hoje vi na televisão um homem a dar beijos a uma galinha para provar que não tem medo da gripe das aves... Vi também uma turba em fúria a insurgir-se contra o facto de não poderem vender galinhas em mercados ao ar livre, o que entendem ser incompreensível porque toda a vida o fizeram. Também vi um homem a incentivar os seus "pares" à revolta contra o poder instituído que quer acabar com o comércio das aves...

E pergunto-me: será isto uma reacção normal...??? Será que nos outros países da Europa em que foram impostas algumas restrições as pessoas também regiram desta forma "inteligente"...?

Porque é que por cá tem de ser sempre assim...?

Publicado por castafiore às 11:56 PM | Comentários (1)

outubro 22, 2005

Patins em linha

Foi desta! Depois de tanta hesitação, já os comprei! Vamos lá ver como é que isto corre... Por via das dúvidas, também comprei as protecções e o capacete... Só tenho pena que o tempo esteja de chuva este fim de semana...

Publicado por castafiore às 01:05 AM | Comentários (9)

outubro 18, 2005

Gaiolas de grilos

Quando eu era miúda, todos os anos, quando chegava o bom tempo, os meus avós ou os meus pais compravam-me uma destas gaiolas de plástico super coloridas e construídas com o formato de pequenos palácios orientais, onde se introduzia um grilo, ou um casal de grilos, que eu alimentava cuidadosamente com folhas de alface durante todo o verão.

Às vezes, a coisa corria mal e os grilos fugiam, pelo que uma ou outra vez tiveram de ser substituídos. Mas, na maioria das vezes sobreviviam estoicamente, muito bem tratados e no meio de uma enorme algazarra, para desgosto de toda a família (menos eu, claro) que dormia ao som do infindável grri-grri-grri....

Tinham sempre nomes pomposos e importantes, de acordo com o personagem histórico que eu tinha estudado mais próximo das férias de verão. Lembro-me de um Napoleão, de uma Josefina, de um Lafayette, de um Nelson, enfim, toda uma panóplia de heróis....

Nunca mais vi estas gaiolas à venda, e no Verão passado, descobri estas numa mercearia em Amarante. Nem imaginam como me senti bem e feliz durante todo esse dia... E nem imaginam o que me arrependo de não ter comprado uma para, mesmo vazia, a pôr ali em cima da estante e ficar só a olhar para ela.

Publicado por castafiore às 11:28 PM | Comentários (4)

outubro 06, 2005

História de 2 aeroportos

Áreas:
Aeroporto de Málaga: 320 hectares
Aeroporto de Lisboa: 520 hectares.

Pistas:
Aeroporto de Málaga: 1 pista
Aeroporto de Lisboa: 2 pistas.

Tráfego (2004):
Aeroporto de Málaga: 12 milhões de passageiros, taxa de crescimento, 7% a 8% ao ano.
Aeroporto de Lisboa: 10,7 milhões de passageiros, taxa de crescimento 4,5% ao ano.

Soluções para o aumento de capacidade:
Málaga: 1 novo terminal, investimento de 191 milhões de euros, capacidade 20 milhões de passageiros/ano. O aeroporto continua a 8 Km da cidade e continua a ter uma só pista.
Lisboa: 1 novo aeroporto, 3.000 a 5.000 milhões de euros, solução a 40Km da cidade.

Palavras para quê...???

Publicado por castafiore às 11:35 PM | Comentários (0)

outubro 04, 2005

Continuação do pesadelo autárquico

Hoje de manhã a TSF revelou 2 sondagens da Marktest para o Diário de Notícias e Universidade Católica. Ambas tinham resultados muito "animadores": em Oeiras Isaltino vai 2 pontos percentuais à frente nas intenções de voto, logo seguido pela Teresa Zambujo.

Em compensação, em Gondomar, o "nosso amigo" major Valentim Loureiro lidera as intenções de voto com 48%...

Quanto a este último aspecto, um dirigente partidário local afirmou que é natural que assim seja, mas que decerto tal não corresponde à realidade: é que a Marktest faz as sondagens pelo telefone, e, em Gondomar o clima de terror é tanto, que as pessoas respondem assim com medo das influências do major...

Não sei o que é preferível, francamente, se a triste realidade da sondagem, se a depressiva realidade da justificação...

Publicado por castafiore às 09:29 PM | Comentários (0)

Pois é...

De acordo com informações do Banco de Portugal, entre Janeiro e Agosto deste ano, os portugueses passaram mais de 650 mil cheques sem provisão. Correspondiam, ao todo, a mais de 1400 milhões de euros, um valor próximo ao registado no mesmo período do ano passado.

A diferença é que, este ano, estão a aumentar as devoluções de cheques de montante inferior a 150 euros, a maioria por falta de cobertura. É esse o limite a partir do qual passou a ser crime assinar "cheques careca".

Antes era considerado crime um cheque sem provisão de € 62,35. Agora, os bancos são obrigados a pagar os cheques sem cobertura até € 150,00.

O Banco de Portugal aponta 56 razões diferentes para a devolução de cheques -desde assinaturas ilegíveis a contas encerradas ou inexistentes, mas na maior parte dos casos trata-se mesmo de falta de provisão.

Às vezes não gosto de ter razão...

Publicado por pTd às 09:19 PM | Comentários (0)

outubro 02, 2005

Emel - 5.º episódio

A saga que começou a 27 de Abril ainda não terminou!! Agora falta-me recuperar os € 30,00 indevidamente cobrados pela DGV quando rebocaram o meu carro estando ele estacionado numa zona de estacionamento da qual sou residente, tenho o dístico afixado, dentro da validade, etc., etc., etc. ....

Até agora nada tinham dito pelo que enviei nova carta a insisitir com o assunto; todos estes meses depois respondem dizendo que estão a estudar a situação mas que para poderem dar seguimento ao assunto precisam de cópias do meu B.I., carta de condução, livrete do carro, registo de proporiedade, etc...

Escusado será dizer que tinha mandado cópias de tudo isso logo aquando da primeira abordagem... Escusado será dizer que reenviei tudo, voltando a copiar tudo o que já tinha seguido...

Daqui a pouco já gastei mais em despesas de correio do que os referidos € 30,00 mas garanto que nem que demore 1 ano ou mais vou chateá-los até ao fim com este assunto!!!! Palermas incompetentes.

Episódios anteriores:
Emel - 4.º episódio
Emel - 3.º episódio
Emel - 2.º episódio
Emel

Publicado por castafiore às 10:03 PM | Comentários (2)

setembro 30, 2005

FF

Bem sei que não é assunto novo mas hoje tive um animado debate com colegas e amigos sobre o assunto da Fátima Felgueiras e só queria deixar aqui expressa a minha indignação relativamente à fantochada que isto revela sobre o estado da nossa nação.

A mulher sai do país, fugindo às autoridades, vive 2 anos no Brasil de onde regressa com o visual renovado: mais nova, mais magra, novo corte de cabelo, nova cor e com aspecto de quem regressa de umas longas, repousadas e saborosas férias.

Perdoam-lhe a prisão preventiva porque já não há perigo de fuga uma vez que ela voltou voluntariamente (devo precisar de cerca de mais 40 anos para digerir a lógica subjacente a esta argumentação...)!!! Participa na campanha eleitoral, candidatando-se justamente a presidente da câmara de onde fugiu com acusações de corrupção e ...

... ou muito me engano ou vai mesmo ser eleita ....

E depois...??? Bem, isso só nas cenas dos próximos episódios. É que qualquer semelhança entre esta história e um guião do 421.º episódio de uma qualquer telenovela mexicana é pura coincidência... O pior é que a nossa história é mesmo baseada em persongens reais....!!!

Pobre país!

Publicado por castafiore às 11:56 PM | Comentários (2)

setembro 22, 2005

Chapitô

O Chapitô recebeu a Silver Rose Award, um prémio atribuído pela SOLIDAR, uma organização não governamental europeia, membro da EAEA - European Association for Education of Adults, pelo trabalho desempenhado nessa área.

Afinal também sabemos fazer coisas boas e bem feitas!!!

Que tal fazer mais...???

Publicado por castafiore às 11:25 PM | Comentários (2)

setembro 21, 2005

Lista telefónica

Hoje, quando cheguei a casa encontrei, no tapete de entrada, a nova lista telefónica. No processo de substituição da antiga, caiu-me ao chão e abriu-se acidentalmente nas páginas iniciais.

Pude verificar uma coisa que se calhar para muitos não é novidade mas com que só hoje me deparei... As linhas telefónicas de apoio especial têm horário de funcionamento, muitas com pausa para o almoço...!!!

Inédito!!!

A linha de apoio à criança maltratada funciona entre as 10.00 e as 20.00, ou seja a partir desta hora, exactamente quando muitas crianças são confrontadas com a dura realidade do regresso a casa de pais e mães violentos ou embriagados, não existe ajuda telefónica deste tipo...

... a linha de apoio à vítima é mais requintada: funciona entre as 10.00 e as 13.00 e entre as 14.00 e as 17.30. À hora de almoço, pelos vistos, as vítimas que se amanhem como puderem...

A linha SOS Drogas, está activa das 10.000 às 24.00, por isso pessoal, nada de "chutos" depois da meia noite que ninguém atende o telefone se a coisa der para o torto...

E a linha SIDA funciona das 10.00 às 20.00 e ao sábado das 14.00 às 20.00, o que me leva a imaginar que ao domingo não funcione, por isso dúvidas e perguntas sobre o assunto só mesmo na hora do expediente...

Serei só eu a achar que isto é profundamente ridículo??? Serei só eu a achar que ou estas linhas telefónicas são para funcionar a sério 24 em 24 horas, 7 dias em 7, ou então é ridículo existirem, com horário de repartição pública do século passado, num arremedo de seriedade e competência que apenas parece troçar das tragédias reais, sérias, dramáticas e profundas daqueles que realmente teriam necessidade de as utilizar a qualquer hora, em qualquer momento...????

Por outro lado, será necessário existir a linha SOS Criança, em paralelo com a linha Criança Maltratada e ainda com a Recados da Criança...??? Todas, evidentemente, dependem de diferentes organismos e todas têm diferentes horários de atendimento, MAS nunca para além das 20.00 horas, claro....

E será necessário haver uma linha SOS - Deixar de fumar...???

A triste realidade é que tudo isto existe de facto.... E tudo isto é profundamente patético...

Publicado por castafiore às 12:31 AM | Comentários (4)

setembro 15, 2005

E não se pode exterminá-lo...???

Refiro-me àquele estranhíssimo ser, de seu nome José Castelo Branco, que, ao assumir-se como apoiante da candidatura de Mário Soares, proferiu a seguinte frase: "Não me apetece muito ter o senhor professor como Presidente e a senhora dona Cavaca como primeira-dama"...

Bem sei que, em democracia, todos têm direito a expressar as suas ideias, mas ter de gramar com estas pseudofilosofias é dose...

Publicado por castafiore às 01:13 AM | Comentários (3)

Elogiar é preciso!

António Correia de Campos, um Ministro competente e conhecedor das matérias com que lida, decidiu louvar publicamente 7 funcionários do Sistema Nacional de Saúde pelas boas práticas de eficiência e, acima de tudo, de solidariedade, reveladas durante a época de incêndios deste Verão.

São funcionários do Centro de Saúde de Penacova: a directora clínica (médica, portanto), 1 motorista e 4 enfermeiras; estes, em conjunto com 1 enfermeiro de Santa Comba Dão auto-destacaram-se para o teatro de operações, i. é., para o local onde as labaredas estavam no seu apogeu para melhor poderem prestar assistência, in situ, às polulações e aos bombeiros em risco.

Bons exemplos a seguir: o de um Ministro que não tem medo de elogiar, o de cidadãos que se superam e vão mais longe do que aquilo que lhes é exigido, indo muito além da usual mentalidade mesquinha do nosso portuguesinho-rasca (moralmente rasca), geralmente traduzida naquela frase tantas vezes repetida: "não me pagam para isto".

Por enquanto estes "condecorados" ainda são a excepção. Oxalá um dia sejam a regra... O louvor, esse, será sempre merecido.

Publicado por castafiore às 01:00 AM | Comentários (1)

setembro 14, 2005

O carisma do rock 'n roll

Uma das vantagens das férias (e dos fins de semana...) é que geralmente consigo sempre ler muito mais, e muito mais intensamente, do que durante os restantes períodos. Estas férias (que ainda continuam, mas agora em terras lusas) não estão a ser excepção.

Estou inclusivamente a pôr em dia a leitura de algumas revistas "Visão" que tinha deixado menos bem lidas.

Aproveito para transcrever um excerto de um artigo do Pedro Norton, na revista de 31 de Agosto:

"Um Estado só poder ser respeitado se se der ao respeito. Se os seus representantes máximos souberem cultivar, obviamente sem conservadorismos barrocos, uma consideração mínima pelos símbolos e pelas tradições que lhe dão corpo. Ao condecorar em Belém um Bono Vox de jeans e chapéu de cowboy o Presidente da República não contribui - ao contrário do que possa pensar - para construir uma imagem "moderna" ou cosmopolita do País. Muito pelo contrário, associa Portugal à imagem de um país provinciano cujo Presidente se presta a tudo para receber uma estrela rock internacional."

Pois é.... infelizmente é mesmo assim...

Publicado por castafiore às 12:20 AM | Comentários (1)

setembro 13, 2005

Já cá estou!

... ainda tenho o zumbido do avião nos ouvidos... Detesto sentir isto...

Publicado por castafiore às 12:09 AM | Comentários (2)

setembro 04, 2005

4, 3, 2, 1 ... zero!

É agora!
Cá vou eu!
Até daqui a uns dias...

Publicado por castafiore às 12:15 AM | Comentários (7)

setembro 02, 2005

Quase... quase...

... de férias...

Depois de um verão demasiado quente e com demasiado trabalho, é já no dia 4 que estou de partida....

Publicado por castafiore às 12:36 AM | Comentários (1)

agosto 12, 2005

Que neura!

Avaria sem pre-aviso, dois dias sem email e sem internet e já estava a ficar enervada....

Será que estou viciada...???

Publicado por castafiore às 11:53 PM | Comentários (4)

agosto 10, 2005

Um pequeno exercício de estatística

Em cada 100 incêndios que ocorrem na Europa, 41 têm lugar em Portugal...

Desde o início de 2005 já tiveram lugar 20.000 ocorrências incendiárias, contabilizando incêndios de grandes dimensões, fogos e fogachos...

Desde essa mesma data já arderam em Portugal 68.000 hectares de terreno: uma área equivalente aos concelhos de Sintra, Cascais, Lisboa, Amadora e Loures todos juntos...

Não digo mais nada!!!

Publicado por castafiore às 10:49 PM | Comentários (6)

agosto 09, 2005

E ainda arde!!!

Desta vez é todo o Parque Nacional da Serra da Estrela...

... e ontem foram os 10.000 hectares que formavam a mais vasta área europeia de pinheiro manso, situados em Vila Pouca de Aguiar...

Que vergonha! Que imensa vergonha!!! E que imenso desgosto!

Pena é que as nossas lágrimas não formem um rio suficientemente grande para apagar este fogo que nos destrói de forma irremediável... para sempre...

Publicado por castafiore às 12:39 AM | Comentários (6)

agosto 06, 2005

Sem ela não somos nada!

Poupar água!

Cada vez mais importante!

Publicado por castafiore às 01:02 AM | Comentários (2)

O seu a seu dono

No Portugal está a arder!!! escrevi que não compreendia como é que se mantinham os militares nos quartéis e não se dava ordem para irem ajudar os bombeiros neste combate brutal que se repete incessantemente. Na altura e na hora em que o escrevi, fi-lo porque em lado nenhum tinha conseguido obter informação em sentido contrário. Apenas na 6.ª feira de manhã soube que essa já não era a realidade e que havia já vários grupos de militares no terreno a lutar lado a lado com bombeiros e populações.

O seu a seu dono e a verdade acima de tudo.

Obrigada Vítor Marques, pela chamada de atenção (vd. comentário àquele post), mas foi apenas por uma questão horária que ainda não tinha rectificado este facto.

Publicado por castafiore às 12:51 AM | Comentários (0)

agosto 01, 2005

Sensacionalismo barato

Ainda a propósito da forma por vezes bastante deturpada como as notícias são transmitidas pela nossa comunicação social: hoje de manhã ainda meia a dormir, ligo o rádio e sai-me o Rádio Clube Português a abrir o noticiário das 8 com a seguinte notícia, dita em tom solene pelo locutor:
"Bom dia, 8 da manhã, 1 de Agosto. Tropas Portuguesas dominam o aeroporto de Kabul".

Confesso que parte de mim ainda estava a dormir e com aquilo dito daquela maneira, comecei a achar que tinha dormido 2 ou 3 dias seguidos e que alguma coisa de muito grave que eu desconhecia tinha acontecido entretanto.

Sintonizo a TSF para ouvir a mesma notícia, num tom mais normal e dita de outra forma:
"Bom dia, hoje 1 de Agosto tem início o período de 6 meses durante o qual será o contingente militar Português o responsável pela administração e gestão do aeroporto de Kabul."

Faz diferença, não faz? É a distância entre uma declaração de guerra e um facto até algo banal...

Depois espentamo-nos com outras coisas...

Publicado por castafiore às 11:59 PM | Comentários (2)

julho 29, 2005

Prémio tapar o sol com a peneira

Mais um prémio!

Este vai para o Governo em geral e para o Ministro da Justiça em particular com a medida anunciada a semana passada que visa reduzir o atraso dos processos judiciais!!!

Será o quê? Nomear mais juízes? Abrir mais tribunais? Apertar os prazos? Alargá-los, talvez... Reforçar o número de funcionários de apoio administrativo? Providenciar ferramentas tecnológicas mais eficazes...??? Qual quê!

Muito mais fácil e óbvio: reduzir aquilo que é crime!!! Em 1.º lugar, a emissão de cheques sem cobertura!!! Estejam à vontade! Independentemente do valor que esteja em causa, não há problema! Como somos um país de gente séria e honesta, agora que se sabe que já não é crime, os cidadãos vão colaborar e vão até deixar de usar cheques não vá alguém enganar-se no valor que preenche... Até os comerciantes colaboram, pois a maioria já nem os aceita como forma de pagamento....

Qual o próximo crime que vai deixar de o ser para reduzir ainda mais o n.º de processos? Talvez assaltos, furtos, homicídios, pedofilia ou violações... Que importância é que isso tem? O que interessa é que estatisticamente falando resulta!!!!!

Publicado por castafiore às 12:00 AM | Comentários (8)

julho 28, 2005

Emel - 4.º episódio

Ao fim de todo este tempo (de notar que a saga começou a 27 de Abril), 3 meses mais tarde portanto, a EMEL reconheceu que tinha rebocado o meu carro indevidamente... Foi um engano, um erro, disseram eles... Errar, parece que é humano... Magnânimes, devolveram-me parte do dinheiro que paguei. Da multa de € 90,00, devolveram-me € 60,00 porque os restantes têm de ser devolvidos pela DGV, para onde na altura também reclamei, mas que até agora se remeteu ao mais absoluto silêncio...

Há pachorra para isto...???

Episódios anteriores:
Emel - 3.º episódio
Emel - 2.º episódio
Emel

Publicado por castafiore às 11:34 PM | Comentários (1)

julho 26, 2005

Prémio Inchado como um perú

Obviamente atribuído a Mário Soares, que "modestamente" considera a sua (re)candidatura à presidência da República Portuguesa como "um acto cívico e pedagógico" (sic), de acordo com notícia de hoje do Diário Digital.

Amor próprio ninguém o pode acusar de não ter.... Quanto à noção da realidade, já será diferente...

Publicado por castafiore às 09:58 PM | Comentários (1)

julho 16, 2005

Diplomacia...

... ou a arte de tocar em assuntos delicados de forma muito subtil...

Publicidade numa loja de Bilbao especializada em roupas XXL!

Publicado por castafiore às 02:50 AM | Comentários (0)

julho 14, 2005

Pequeno grande nada

O ar condicionado do meu carro avariou!

Pode ser trágico depois de estacionado um dia inteiro ao sol.

Ainda não recuperei inteiramente da sensação sauna/banho turco/microondas...

Publicado por castafiore às 12:41 AM | Comentários (1)

junho 29, 2005

You're in the movies!

O João (Amnésia) passou-me este questionário sobre cinema. Não posso quebrar a cadeia... Sendo assim, aqui vai:

1. Qual o último filme que viste no cinema?
Foi "Mr. and Mrs. Smith" (muito "profundo", eu sei...).

2. Qual a tua sessão preferida?
Gosto especialmente depois de jantar (será que é à sessão horária que a pergunta diz respeito...???).

3. Qual o primeiro filme que te fascinou?
Ben-Hur. Foi o primeiro filme de "adultos" que vi e na altura fez-me sentir muito crescida e importante...!!!

4. Para que filme gostarias de ser transportado?
"Mar adentro", para ajudar o Ramón Sanpedro a fazer aquilo porque lutou toda a vida e só conseguiu ao fim de 30 anos de dor e sofrimento: morrer com dignidade!

5. E, já agora, qual a personagem de filme que terias gostado de conhecer um dia?
A tenente Ripley da série Aliens; gostava de ser como ela quando fôsse crescida...

6. Que actor(actriz)/produtor(a)/realizador(a)/argumentista gostarias de convidar para jantar?
Pode ser um ménage à trois? Se sim, então convidava o Clint Eastwood e o Robert de Niro.

7. A quem vais passar o testemunho?
... and this year the Oscar goes to: Mr. X, Carriço and Luis!!!!

(ufa, ufa, ufa, que trabalheira todos estes links!)

Publicado por castafiore às 11:53 PM | Comentários (1)

junho 23, 2005

Tampinhas

Que tal reciclar e fazer uma boa accção ao mesmo tempo?

As Tampinhas explicam como.

Pessoalmente, entre amigos e colegas de trabalho, desde Outubro do ano passado já recolhemos mais de 150kg.

Publicado por castafiore às 11:10 PM | Comentários (0)

junho 21, 2005

Encontra-me

Está disponível a partir de agora um novo recurso para ajudar a aproximar os animais desaparecidos em Portugal dos seus respectivos donos.

Através do Encontra-me, pretende-se fornecer um meio central, abrangente e prático de ajudar a localizar um animal perdido e trazê-lo de regresso a casa rapidamente e em segurança.

Se todas as pessoas anunciarem o desaparecimento do seu animal num único local centralizado, o número de animais que se recuperam aumentará consideravelmente.


Publicado por castafiore às 12:23 AM | Comentários (2)

junho 19, 2005

De regresso...

... as férias acabaram... infelizmente! Não podiam ter sido melhores. Centenas de fotografias, de histórias para contar, de opiniões para partilhar. Prometo que a pouco e pouco aqui fica tudo.

Publicado por castafiore às 10:07 PM | Comentários (0)

junho 11, 2005

Paixão absoluta

... pelo edificio do Museu Gugenheim, aqui em Bilbao.

Para já fica só a declaração de amor. As fotos só daqui a mais uns dias aquando do regresso a Lisboa. É que esquece-se sempre alguma coisa quando se vem de férias e desta vez foi o cabo para fazer o download das fotografias para o computador...

Publicado por castafiore às 09:14 PM | Comentários (4)

junho 10, 2005

Weather channel

Saída de Lisboa às 10 da manhã com 28.º graus. Passagem da fronteira em Vilar Formoso às 2 da tarde com 31.º graus, um sol de rachar e o inicio da suspeita que o ar condicionado do carro só podia estar avariado para se sentir tanto calor ... depois...

... depois, no espaço de 10 minutos a temperatura baixou para 11.º graus, caíu gelo do tamanho de bolas de pingue-pongue, a estrada ficou coberta de branco e a chuva era uma cortina tão espessa que todos os carros tiveram de parar...

Não há previsão meteorológica que resista!

Publicado por castafiore às 10:20 PM | Comentários (0)

Intervalo

Vou de férias! Yes! Yes! Yes!!!!

O portátil, para variar, vai atrás mas não sei se vou ter acesso à net e/ou se vou conseguir editar alguma coisa.

O passeio tem as seguintes metas principais: Bilbao, Santiago de Compostela e Gerês.

Cá vou eu!

Publicado por castafiore às 12:29 AM | Comentários (3)

junho 03, 2005

A França, a SIDA e a publicidade

A SIDA é um flagelo cada vez maior a nível mundial. Isso abrange países não apenas do 3.º mundo. Nos EUA e na Europa morre-se cada vez mais de SIDA, o que não deixa de ser um contrasenso se considerarmos o volume de publicidade e de divulgação de medidas pedagógicas que, à partida, deveriam ser suficientes (mas não são!) para que fossem tomados mais cuidados que, em diversas situações (sexo, drogas, etc.), poderiam provavelmente evitar muitos contágios. Acima de tudo, é preciso ajudar quem padece desta doença e tentar sempre, e cada vez mais, evitar que a propagação feroz, incontida e descontrolada continue!

Como nada parece resultar, as campanhas desdobram-se. E como "uma imagem vale por 1000 palavras" nada como fotografias-choque para fazerem passar a mensagem.

Em França, encontra-se actualmente a decorrer uma mega-campanha que utiliza apenas 2 imagens: tratam-se de 2 fotografias muito intensas, uma virada para o público masculino e outra para o feminino, deixando de forma muito clara a noção que, em determinadas circunstâncias, sexo sem preservativo é uma sentença de morte assinada de forma consciente e deliberada pelo(a) próprio(a).

As fotografias são estas:

A legenda, que aqui não se consegue ler bem, diz: "sem preservativo é com a própria doença que fazes amor".

Eficazes, sem dúvida!

Mas não são para estomâgos fracos nem para mentes retrógadas!

Não me interpretem mal: sou a primeira a aplaudir este tipo de intervenção, mas não deixa de me causar estranheza que o mesmo país que lança e divulga uma campanha destas, com este tipo de fotografias, com esta postura adulta, dura e crua, seja exactamente o mesmo onde esta campanha publicitária é proíbida por ordem do Supremo Tribunal de Justiça, por se considerar a respectiva fotografia chocante e ofensiva dos mais nobres princípios religiosos (leia-se, católicos, claro!)...

Memória curta, dois pesos e duas medidas ou apenas e tão sómente a fabulosa e "isenta" participação da Igreja Católica?

Você decide...

Publicado por castafiore às 12:49 AM | Comentários (3)

maio 27, 2005

Já abriu...

... a Feira do Livro!

Publicado por castafiore às 01:43 AM | Comentários (1)

maio 25, 2005

Ruídos de verão

Agora que as noites começaram a ficar menos frias os grilos, no jardim sobre o qual se encontra a minha casa, ficam ruidosos. Não há nada que goste mais como barulho de fundo, do que ouvi-los em desgarrada com a água que sai da fonte. Depois, mais tarde, passada a meia-noite, desligam a fonte e um súbito silêncio paira... Os grilos interrompem a conversa durante breves instantes, suponho que confundidos por aquela inesperada quebra de ritmo. Mas, breves momentos mais tarde, ei-los que retomam a sua cantoria... Com tal entusiasmo que, muitas vezes, quando já estou deitada, prestes a adormecer, reparo que ainda falam e conversam e discutem e que é aquele ruído que me embala até adormecer. Transporta-me para outras noites, outros verões da minha infância, trazem-me cheiros tão típicos desta altura do ano e de outras que ainda virão, mais quentes, e sem saber exactamente porquê nem porque razão sinto-me bem, acompanhada, aconchegada, dou por mim a sorrir no escuro e a adormecer tranquilamente.

Publicado por castafiore às 01:21 AM | Comentários (2)

maio 16, 2005

Inquisição legitimada

O Supremo Tribunal de Justiça francês proibiu a divulgação do cartaz publicitário da marca Marithé et François Girbaud, com a designação "A Última Ceia" por o considerar violador dos mais elementares princípios fundadores da religião católica e por acusar a marca de mercantilizar com desrespeito ícones religiosos.

O cartaz, como se pode ver, é uma réplica do famoso quadro de Leonardo da Vinci, onde 11 mulheres substituem as tradicionais figuras dos apóstolos, vestidas com roupas da marca. A pseudo figura de Cristo é também uma mulher vestida da mesma forma. O 12.º apóstolo e a 13.ª figura do quadro é o único homem representado que surge de tronco nu e de costas, abraçado a uma das mulheres...

Por muito que me esforce ainda não consegui ver desrespeito ou falta de consideração; vejo uma interpretação com sentido de humor e alguma dose de saudável provocação... Devo ser eu que sou muito liberal, decerto, porque isto a mim parece-me um acto digno da Santa Inquisição nos tempos aúreos do Cardeal Torquemada...

Publicado por castafiore às 09:52 PM | Comentários (2)

maio 11, 2005

Emel - 3.º episódio

Recebi hoje os avisos de recepção comprovando que as minhas reclamações e pedidos de reembolso deram entrada na Direcção Geral de Viação e na Emel no passado dia 4. Agora vamos aguardar mais um bocadinho antes de os começar a massacrar por uma resposta.

Episódios anteriores:
Emel - 2.º episódio
Emel

Publicado por castafiore às 12:12 AM | Comentários (3)

maio 09, 2005

Tricot

Fui pela primeira vez a um encontro do grupo de tricot de Lisboa, e achei imensa piada. Tem o seu quê de curioso estar num bar do Bairro Alto, ainda com luz de dia, na versão "fora de horas", vendo os bares daquela maneira que nunca vemos quando lá vamos beber uns copos à noite, e ao mesmo tempo estarmos ali sentadas à volta das mesas, a conversar sobre o que nos apetece e a fazer uma coisa que vem já de tempos imemoriais, das nossas trisavós, das nossas tetravós, que muita gente associa a pessoas velhas e "fora de moda", e que no entanto é tão intemporal.

Achei mesmo piada!

Publicado por castafiore às 10:50 PM | Comentários (2)

maio 08, 2005

#197

Já sou a feliz possuidora de um destes fantásticos bonecos da Rosa Pomar! Não são apenas bonitos mas são principalmente muito bem feitos, perfeitos e realizados com aquilo que lhes dá luz especial: a alma que foi empregue a fazê-los. Sente-se só de lhes tocar... ao de leve, devagarinho para não os estragar nem sujar...

Quando eu era miníma o meu Pai foi numa das suas muitas viagens de trabalho, a Londres, e trouxe-me uma boneca de pano, a quem eu, sabe-se lá porquê, resolvi charmar Balbina. Essa boneca acompanhou-me anos a fio, dormiu comigo, assistiu a todas as minhas doenças, riu-se com todas as minhas alegrias, acompanhou-me nas noites boas e nas más, fez-me sentir "quentinha" quando era preciso e consolou-me a alma das pequenas tragédias e dramas da infância. Foi a amiga mais dedicada e a mais fiel companheira.

Com muitos arranjos e remendos ainda hoje existe, bem guardada para não lhe acontecer nada de mal.

Estes bonecos, sem terem a mais pequena semelhança física, fazem-me recordá-la.

Obrigada Rosa.

Publicado por castafiore às 01:34 AM | Comentários (2)

maio 04, 2005

Emel - 2.º episódio

Já enviei a reclamação para a EMEL e para a DGV indignando-me com o reboque indevido do meu carro e solicitando o reembolso da quantia gasta e dos prejuízos daí decorrentes.

Vamos ver quanto tempo isto vai demorar!

Publicado por castafiore às 12:47 AM | Comentários (1)

maio 02, 2005

Feira Ecológica

Nos primeiros domingos de cada mês realiza-se em São Pedro de Sintra uma Feira Ecológica composta por mercado biológico, restaurantes vegetarianos, cosmética e produtos naturais, actividades terapêuticas e desenvolvimento pessoal, bem como eventos no âmbito das energias renováveis e da reciclagem.

Tem lugar entre as 10.00 e as 19.00, na Sociedade Filarmónica "Os Aliados", um pouco à frente do largo da feira, onde aliás se pode deixar o carro estacionado.

Para mais informações bem como para um mapa com a localização exacta consultem Sintra Natura.

Publicado por castafiore às 11:54 PM | Comentários (1)

abril 27, 2005

Emel

Hoje a EMEL esteve igual a si própria.

O meu carro foi rebocado.

O detalhe que faz a diferença é que foi rebocado estando estacionado em frente de um parquímetro onde está assinalada a zona a que o meu dístico de residente pertence...

Perdi 2h. 30m. para recuperar o carro, tive de pagar €90,00 e agora espera-me uma saga de reclamações e protestos junto da EMEL e da DGV para recuperar o dinheiro em questão e restantes custos acrescidos.

Vai ser lindo! Como é que é possível pôr isto a funcionar como deve ser quando existem empresas deste calibre...???

Vou relatando a saga à medida que for decorrendo.

Publicado por castafiore às 11:54 PM | Comentários (4)

março 29, 2005

Parabéns atrasados

"O Rei vai nu" completou ontem o seu 1.º aniversário.

Até agora tem sido divertido!

Publicado por castafiore às 11:58 PM | Comentários (6)

março 21, 2005

Sombras chinesas

Sombras, reflexos e outras imagens...

Quando olhamos para um espelho qual das imagens é a verdadeira?

Quando procuramos agarrar a sombra que se reflete na superfície oposta quais os contornos mais consistentes?

Quando nos encantamos com o que vemos gostamos mais da imagem real ou do seu negativo?

Por cada imagem que vemos em cima temos outra em baixo à nossa espera. Por cada uma que olhamos do lado esquerdo encontramos outra à direita. Por cada contorno a preto e branco temos outro a branco e preto.

Qual escolhemos? Qual é o verdadeiro....???

Publicado por castafiore às 10:52 PM | Comentários (0)

março 13, 2005

Voltei!

Nevava razoavelmente no dia em que chegámos; no dia seguinte senti na pele a maior tempestade de neve que alguma vez presenciei com temperaturas de "feels like" 25 graus negativos... A partir daí o sol brilhou e o termómetro chegou a marcar os 20 graus (positivos) à hora do sol: quase que dava vontade de andar de tshirt!

A neve estava óptima e toda a gente animada e bem disposta. O único senão foi a enorme e desastrada queda que dei na 6.ª feira à tarde e que implicou que as minhas aventuras em snowboard terminassem logo ali - uma lesão nas costas, na zona dos rins/fim da coluna que transformou a viagem de regresso, de carro, hoje, com a duração de 12 h num verdadeiro martírio....

Enfim, quem corre por gosto não cansa....

Publicado por castafiore às 11:53 PM | Comentários (2)

março 04, 2005

Férias

Amanhã vou de férias! Para Andorra. Uma semana inteirinha a fazer snowboard, com 1,40m. de altura de neve "pó" e temperaturas na ordem dos 20 graus negativos.... Mas com a promessa de sol radioso toda a semana e do novo domínio de Grandvalira aberto a 100% (193 km. de pistas...)! Até parece mentira...

Como vou levar o portátil, se não congelar, vou tentar deixar aqui algumas notas.

Publicado por castafiore às 11:34 PM | Comentários (2)

março 01, 2005

Entrevista com um néscio

Não é um assunto original, já li diversos artigos sobre a questão, mas confesso que não resisto a comentar a famosa entrevista que JOÃO CÉSAR DAS NEVES deu ao jornal “Independente” no passado dia 18/02/05. Interrogo-me como é que alguém, supostamente inteligente, um homem que é professor universitário, que foi consultor do Prof. Cavaco Silva, pode dizer o conjunto de enormidades que este senhor diz!

E não sei o que é pior! Se é ele dizer estas deformidades, se é o facto de se lhe dar a relevância e a importância necessárias para ele as dizer! Porém, se elas não fossem reveladas, ele poderia continuar a dizê-las num círculo restrito que de certeza as acharia fascinantes! Assim ao menos, a verdadeira dimensão da sua imbecilidade revela-se ao mundo, mas ....

Partilho aqui algumas das “pérolas de sabedoria” que este “douto” espírito emana:

- Há semelhanças entre homossexuais e drogados e ambos são considerados doentes; tratam-se de comportamentos anormais.

- A homossexualidade é um comportamento desviado como afirma o próprio catecismo da Igreja Católica. É uma relação que vai contra a própria natureza do corpo humano. Está fechada à vida. É uma acto imoral.

- A masturbação é um desvio da acção sexual. A pessoa fica cada vez mais agarrada ao prazer, deixa-se controlar pelo prazer. Isso distorce a personalidade.

- Antes da Igreja era o deboche absoluto, com regras muito sortidas. Abandonar a Igreja significa voltar ao mesmo.

- (...) droga, suicídio, desorganização da família, abandono dos mais velhos. Uma enorme quantidade de problemas que todos os estudos sociológicos sérios mostram que estão relacionado com a destruição da família e com a sede do prazer. A nossa obsessão pelo prazer carnal está a destruir a sociedade (...).

- Para quem leva uma vida debochada e ignora as regras da Igreja, o preservativo é um detalhe. (...) Com o preservativo a relação sexual passa a ser a mesma coisa que comer um pastel de nata. Isso destrói a relação entre marido e mulher. (...) Quem quiser percebe a grandeza desta questão.

....


Abstenho-me de continuar! Garanto-vos que estou a ficar fisicamente enjoada só de reproduzir tanta estupidez!


Publicado por castafiore às 12:14 AM | Comentários (0)

fevereiro 28, 2005

Crescer!

A propósito dos resultados eleitorais ocorre-me tecer um comentário e ocorreu-me também uma letra simplista de uma música não menos simplista mas que há meses atrás durante o Euro 2004 todos cantarolávamos entre dentes: “Menos ais! Menos ais! Queremos mais! Queremos mais! Queremos muito mais!”.

Pode ser que a partir de agora os Portugueses se habituem a ser menos derrotistas e menos resignados e menos apáticos e a encolherem menos os ombros conformando-se com o seu triste destino ou sorte. O nosso destino está nas nossas mãos. Se for triste é porque nada fizemos para o tentar melhorar. Enfrentar os problemas, analisá-los, estudar hipóteses de solução, partir para a luta e com menos queixas e muito menos pena de nós próprios, tentarmos resolver o que está mal e aquilo que não gostamos.

A ver se é desta que crescemos um bocadinho e deixamos de nos portar como criancinhas mimadas e pouco responsáveis a quem os idiotas papás fazem todas as vontades julgando que assim é que se educa alguém.

A ver se é desta que aprendemos a ser responsáveis, coerentes, coesos, íntegros e consequentemente, apesar de algum aparente paradoxo, se apreendemos a ser um pouco mais felizes! Sem baixar os braços e sem desistir à primeira ameaça de contrariedade! A ver...

Publicado por castafiore às 11:26 PM | Comentários (0)

fevereiro 19, 2005

A abstenção e a avestruz

Amanhã mais importante do que em quem se vai votar é o próprio acto de ir votar. Por muito batida que seja a frase, votar é mesmo um direito e um dever cívico. Em todo o mundo, diariamente, milhares de pessoas lutam, sofrem, arriscam a vida, a sua e dos que lhes são mais queridos, resistem e morrem pelo direito de votar. Direito que lhes é negado e recusado!

Nós temos a possibilidade de exercer esse direito em liberdade, e consequentemente a obrigação de o fazer, quanto mais não seja por consideração por aqueles que não o têm e não desistem de o tentar conquistar.

Como disse, não importa em quem votamos, não importa se votamos em branco, não interessa se riscamos o boletim ou escrevemos lá um disparate qualquer. Com a abstenção não resolvemos nada; demitir-nos da responsabilidade de escolher não vai evitar que a escolha seja feita. E nestas matérias, deixar que os outros escolham ou decidiam por nós parece-me o síndroma da avestruz que quando atacada enterra a cabeça na areia em vez de procurar uma solução para o seu problema. O final da história é óbvio: a avestruz, animal pouco inteligente, morre e o seu atacante ganha uma bela refeição.

Decididamente, não me identifico com as avestruzes...

Amanhã vamos todos votar. Simplesmente porque temos essa obrigação!

Publicado por castafiore às 04:41 PM | Comentários (1)

fevereiro 01, 2005

Talvez

Talvez o nosso passado seja uma âncora que nos prende a quem nós já fomos, e que temos de largar para nos podermos transformar naquilo que seremos.

Publicado por castafiore às 11:31 PM | Comentários (3)

dezembro 31, 2004

Ano Novo

Porque tudo o que nos rodeia precisa de nós
Porque precisamos do mundo em que vivemos
Porque os sonhos de hoje serão as realidades de amanhã
Porque amanhã há sempre um recomeço
Porque todos os dias voltamos a acreditar naquilo que mais queremos
Porque os nossos desejos são as conquistas mais saboreadas
Porque os nossos erros se devem transformar em experiências
Porque devemos transformar as nossas fraquezas em forças
Porque temos de continuar a acreditar
Porque melhorarmos sempre tem de ser um objectivo
Porque realmente podemos fazer a diferença
Porque amanhã começa um novo ciclo...

Bom Ano para todos!

Publicado por castafiore às 12:46 AM | Comentários (2)

dezembro 29, 2004

Decisões de Ano Novo

Não será certamente a mais saudável, mas é provavelmente das mais originais que tenho ouvido: um amigo meu que decidiu uma das grandes medidas para o Ano Novo que aí vem - no dia 1 de Janeiro.... vai voltar a fumar... !!!

Publicado por castafiore às 01:20 AM | Comentários (0)

dezembro 27, 2004

Curva Descendente

Ainda não resolveram o problema por completo mas parece, apenas parece, que os fantásticos técnicos da Netcabo, ao fim de quase 1 mês de acalorados esforços estão quase a conseguir solucionar a questão.... Boa! Acima de tudo não desistiram .... se não ganham de certeza o prémio de eficiência talvez conquistem o da perseverança....
:-(

Publicado por castafiore às 01:17 AM | Comentários (0)

dezembro 18, 2004

Irritação-2

Há mais de 1 semana.... ???????? Que ingénua que eu sou...!!!! Já vai para mais de 2...!!!! Isto não é normal......

Publicado por castafiore às 01:20 AM | Comentários (0)

dezembro 13, 2004

Irritação

Há mais de uma semana que os senhores da NETCABO andam a fazer uma alteração no servidor "ftp", o que faz com que eu não consiga ter acesso ao domínio onde tenho de alojar as fotografias que aqui quero editar...

Há mais de uma semana..... Será assim tão complicado...????

Que nervos!

Publicado por castafiore às 10:49 PM | Comentários (2)

outubro 24, 2004

Campeonato

Decidi que vou participar no Campeonato Nacional de Língua Portuguesa. Achei que aquilo iam ser "peanuts" ... Pois sim! Confesso que já ando há 2 dias de volta do 1.º questionário para chegar à conclusão de que sei muito menos do que eu pensava..... Não faz mal.... Pelo menos aprendo...

Publicado por castafiore às 01:17 AM | Comentários (3)

outubro 22, 2004

Chuva

Detesto o Inverno, adoro a Primavera, Outono e o Verão.
Mas gosto de estar à noite em casa, a ouvir a chuva a cair lá fora, bem puxada pelo vento...
E depois....
Depois fico a sentir-me culpada por me poder dar a esse luxo...
... porque as pessoas que vivem com os tais € 300,00 por mês devem odiar as noites de chuva e frio e vento em que tudo é ainda mais difícil...
... e em que tudo se torna necessariamente ainda mais precário...
Não devia ser assim!
Não deviam existir estas situações....
Não quero um mundo perfeito, mas gostava de uma sociedade mais justa...

Publicado por castafiore às 01:21 AM | Comentários (0)

setembro 23, 2004

Portugal - um retrato ambiental

O primeiro episódio da série documental "Portugal - Um Retrato Ambiental", da autoria de Luísa Schmidt e realização de Francisco Manso, começará a ser exibida no dia 23 de Setembro (5ª feira) na RTP 1 às 23h 10m.

A este episódio, que faz um retrato geral da situação ambiental em Portugal nas últimas décadas, seguir-se-ão outros três no mesmo dia de semana e à mesma hora com os seguintes temas:

- Episódio 2 "Das Catástrofes às Fontes de Energia"

- Episódio 3 "Águas"

- Episódio 4 "Paisagens e Ordenamento do Território"

A partir desta data a RTP 1 abre em antena às 5ª feiras à noite um espaço de produção nacional de documentário, consolidando desta forma o seu objectivo de operador de serviço público de televisão.

Publicado por castafiore às 10:36 PM | Comentários (1)

agosto 27, 2004

Aberrações

Sou a favor da despenalização do aborto, acho que a legislação vigente em Portugal deveria ser revista, não concordo não posso concordar, acho que em bom rigor, ninguém pode dizer, sendo verdadeiro, que concorda que uma mulher que pratique um aborto deve ser mandada para a prisão, equiparada a qualquer vulgar criminosa...

Do mesmo modo, por uma questão de decência, princípios e consciência, não posso concordar que o recurso à prática do aborto sirva como um qualquer método anti-concepcional só porque os actos praticados não foram devidamente pensados e "neste momento não dá mesmo jeito nenhum ter mais um bébé"...

Estamos a falar de vidas humanas, já efectivas ou pelo menos de projectos bem palpáveis, pelo que me parece que o minímo que se exige para lidar com este assunto é seriedade e dignidade. Muita! Porque as decisões envolvidas são sempre e necessariamente, graves, sejam elas quais forem.

Por isso mesmo, acho impensável este conceito do "Barco do Aborto" de que agora tanto se fala e que, na minha opinião, ao ostentar tanta suposta descontração e leveza de espírito, abertura de mentalidades e modernismo ao tratar deste assunto, apenas o rebaixa, minimaliza e vulgariza. Quanto mais não seja pela tentativa humorista de fazer graça com o seu próprio nome.

Tudo, ou quase tudo, é defensável. A favor de tudo ou quase tudo é possível apresentar argumentos: no entanto, essa tarefa torna-se muito mais difícil quando a questão é banalizada de forma tão rasca como esta organização o conseguiu fazer.

Em nome dos direitos das mulheres que querem poder decidir em liberdade e consciência, com seriedade, ponderação e dignidade sobre este assunto, o "Barco do Aborto", faz mais mal do que bem, e em pouco tempo, com as campanhas de publicidade utilizadas e com a gritante e aberrante divulgação que faz das suas práticas, regride em muito o pouco que já se tinha conseguido conquistar.

Publicado por castafiore às 12:09 AM | Comentários (4)

agosto 04, 2004

Regresso

Pois é...!!! Foram óptimas, mas infelizmente as férias acabaram.... Os Açores são um destino fabuloso! A pouco e pouco irei aqui deixando algumas notas e fotografias....

Publicado por castafiore às 01:41 PM | Comentários (1)

julho 21, 2004

Férias!

Pois é! Amanhã vou de férias! :-) Para os Açores, até ao fim do mês.... :-) Como estou proibida de levar o portátil, :-( , não sei se consigo deixar aqui algumas notas entretanto.... Logo se vê...

Publicado por castafiore às 12:02 AM | Comentários (1)

julho 07, 2004

Essencial

Alguém disse que o essencial é invisível ao olhar...

Publicado por castafiore às 12:34 AM | Comentários (0)

junho 05, 2004

Uma questão de ética

Consideremos um cenário hipotético em que chegou finalmente a altura de eleger o Presidente dos Estados Federados do Mundo Inteiro.

Vou fornecer-lhe os dados principais sobre os 3 possíveis candidatos.

O candidato A está associado a políticos corruptos e consulta astrólogos. Tem duas amantes. Fuma como uma chaminé e bebe entre oito a dez martinis por dia.

O candidato B já foi destituído duas vezes de outras funções, geralmente dorme até ao meio-dia, fumava ópio nos seus tempos de estudante e bebe um quarto de litro de whisky todas as noites.

O candidato C é um herói de guerra condecorado. É vegetariano, ocasionalmente bebe uma cerveja e nunca teve casos extraconjugais.

Agora suponha que com base nestas informações teria de decidir o seu voto. Entre estes três candidatos, qual escolheria (honestamente)?

........

Ora bem, para avaliarmos o perigo que existe na forma como se fazem as perguntas, e, consequentemente, como a informação é manipulada, tenho a informar que:
- O candidato A descreve sumariamente Franklin D. Roosevelt.
- O candidato B traça um rápido perfil de Winston Churchill.


- O candidato C é ... Adolf Hitler....

Publicado por castafiore às 12:32 AM | Comentários (2)

maio 23, 2004

Boda Real

Estou doente!

O que começou há 2 semanas como uma alergia, evoluiu para uma infecção alastrada nas vias respiratórias e culminou no diagnóstico de uma gripe hepática, seja lá o que isso for! O resultado é péssimo e poupo-vos a descrição dos detalhes mais "sórdidos". Numa tentativa desesperada de recuperar, passo os fins de semana em casa. Assim sendo, ontem "vegetei" em frente da televisão e apanhei um concentrado de "Boda Real" espanhola em todos os canais nacionais e em muitos da TVCabo.

Considerações à parte sobre a pompa e circunstância da festa, 2 meses apenas após os atentados do 11 de Março, a minha atenção vai para um detalhe mais fútil: o dia do casamento não é um dia de festa e alegria????

Então porque é que a noiva esteve com aquele ar de dor de estomâgo durante toda a cerimónia, de olhinho arregalado e aparentando trazer às costas todo o sofrimento do mundo???? Ninguém explicou à rapariga que já que era para celebrar, aquela cerimónia era uma festa e não um velório?

Ou será que a futura raínha já acha que um sorriso rasgado e um ar de felicidade assumida são manifestações de emoção demasiado plebeias????

Publicado por castafiore às 05:24 PM | Comentários (0)

maio 11, 2004

Mourinho

O José Mourinho vai treinar o Chelsea já a partir da próxima época e por 3 épocas consecutivas. A prova de um bom trabalho reconhecido. Sem dúvida! E os factos? Esses revestem a forma de um contrato milionário em que irá receber, por mês, e perdoem mas vou regressar momentaneamente aos escudos para ser de mais fácil apreensão o que vou escrever, vai receber por mês, repito, 60 mil contos...
Provavelmente merece-os; para qualquer verdadeiro "dragão", ou para qualquer amante convicto de futebol merece-os de certeza...
Nem sei bem o que vos diga sobre isto. Correndo o risco de todos os fãs de futebol deixarem de me falar, mesmo assim não consigo deixar de achar um bocado escandaloso.
Ainda mais se pensarmos que um médico, um cirurgião que trabalha no hospital onde dia após dia salva vidas humanas recebe pouco mais de 200 contos.
Se pensarmos que um professor que nos transmite as bases da nossa educação, e nos prepara para o nosso futuro, nem a isso chega.
Se pensarmos que um jornalista free-lancer que vai para o teatro de guerra e arrisca a vida para conseguir uma boa reportagem em que relata situações importantes e relevantes para a nossa vida (da humanidade entenda-se) a seguir anda de porta em porta a tentar vender o seu trabalho ....
Se pensarmos que todos os dias, voluntários anónimos vão pelas ruas da cidade dar uma refeição quente aos sem abrigo e tentar ajudá-los a sobreviver mais um dia, em troca de um simples olhar de agradecimento....
Não sei realmente.... o trabalho de um treinador de futebol será muito meritório decerto mas mesmo assim ....

Publicado por castafiore às 12:16 AM | Comentários (0)

maio 04, 2004

Choque de gerações

Outro dia recebi este texto por email:
“Olhando para trás, é difícil acreditar que estejamos vivos. Nós viajávamos em carros sem cintos de segurança ou air bag. Não tivemos nenhuma tampa à prova de crianças em frascos de remédios, portas, ou armários e andávamos de bicicleta sem capacete. Bebíamos água directamente da mangueira e não da garrafa. Saíamos de casa de manhã, brincávamos o dia inteiro, e só voltávamos quando se acendiam as luzes da rua. Ninguém nos podia localizar. Não havia telemóveis. Nós partimos ossos e dentes, e não havia nenhuma lei para punir os culpados. Eram acidentes. Andámos à bulha, fizemos troça uns dos outros e aprendemos a superar isto. Nos jogos da escola, nem toda a gente fazia parte da equipa. Os que não fizeram, tiveram que aprender a lidar com a decepção e não foram todos parar aos divãs dos psicólogos e psiquiatras...

Comemos doces e bebemos refrigerantes mas não éramos obesos. Estávamos sempre ao ar livre, a correr e a brincar. Compartilhámos garrafas de refrigerante e ninguém morreu por causa disso. Não tivemos Playstations, X-box’s, 99 canais de televisão, filmes em vídeo, telemóveis, computadores ou internet. Nós tivemos amigos que vinham para nossa casa brincar ou com quem andávamos em grupo por todo o lado.

Alguns estudantes não eram tão inteligentes quanto os outros. Chumbavam e repetiam o ano! Não inventavam testes extras. Éramos responsáveis pelas nossas acções e arcávamos com as consequências. Não havia ninguém que pudesse resolver isso. A ideia de um pai a proteger-nos, se desrespeitássemos alguma lei, ou alguma regra era inadmissível! Se fossemos malcriados com os professores éramos suspensos ou mesmo expulsos das escolas e podíamos não voltar a ter autorização para as frequentar. E conseguimos aprender a lidar com essas situações. Tivemos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade, e aprendemos a lidar com isso.”.

Depois do post que aqui há tempos fiz sobre a “Geração Heidi vs. Geração Pokémon” não gostava que ficassem com a ideia que sou um “velho do Restelo” sempre a achar que dantes é que era bom e que agora nada presta. Não se trata de nada disso, mas acho que hoje em dia se perderam muitos valores e muitas normas pelas quais, na minha opinião, é fundamental pautarmos a nossa vida. Não se trata tanto do que se podia ou não podia fazer; hoje pode-se fazer tudo, pelo menos muito mais do que quando eu era adolescente (e já então não era pouco o que se fazia...), mas em compensação nada é exigido. Face à forma como as crianças são hoje criadas, à desresponsabilização que lhes é incutida e ao “facilitismo” que lhes é proporcionado em tudo, pergunto-me muitas vezes se estaremos hoje em dia a criar adultos responsáveis, capazes de lidar com as contrariedades que a vida infelizmente trás a todos nós, ou se a incapacidade de ouvir um “não” e a vida já “pré-mastigada” em versão soft que muitas pessoas entregam aos filhos não lhes faz mais mal do que bem.

Cresci num ambiente de quase total liberdade mas com regras absolutamente invioláveis e normas que tinham de ser respeitadas sem espaço para qualquer excepção e em que me era exigida absoluta responsabilidade e completa responsabilização pelos meus actos. Dei muitas vezes “com a cabeça nas paredes”, sofri muito e tive e tenho momentos da mais pura felicidade. De tudo retirei importantes lições e aquilo que tenho conseguido alcançar desse processo sem fim que é crescer, aprender, evoluir e dar um passo ainda mais longe, tem-me sabido muito bem; viver dá-me muito gozo... Um gozo que apesar de tudo não vejo assim tão generalizado entre as gerações mais novas. Oxalá seja eu quem já não está a ver bem...

Publicado por castafiore às 12:35 AM | Comentários (2)

abril 30, 2004

Sei lá...

Li ontem que a escritora Margarida Rebelo Pinto compareceu na Feira do Livro de São Paulo onde promoveu a edição, no Brasil, do seu mega-hit literário, o romance "Sei lá!". E ao que parece já é o segundo livro que edita por aquelas bandas... Tenho que admitir que este assunto me enerva, e para fazer jus ao nome deste blog, sinto-me obrigada a dizer que relativamente a esta senhora o rei vai nu! O rei, ou a raínha; no caso concreto, a raínha do mau gosto literário. Para saber do que falo aqui há tempos dei-me ao trabalho de explorar as produções desta senhora. Fiquei-me pelo dito "Sei lá!", que com grande sacrifício li de um só fôlego numa tarde, com a mesma rapidez com que se desfolha a revista "Caras" ou a "Lux", sendo que a profundidade dos conteúdos é a mesma e com a desvantagem de não ter fotografias... Sarcasmos à parte, há que reconhecer que aquilo é mesmo muito mau, ao nível de qualquer revista de fotonovelas, como a saudosa "Simplesmente Maria". Enfim... cada um com o seu gosto, mas o pior é que aqueles livros realmente vendem, o que implica uma outra preocupação: é que ela escreve mal e os livros não têm pevide de interesse mas as pessoas apreciam!!! Surge então a polémica sobre a qual já ouvi a nossa personagem dissertar. Não interessa se a literatura é "light", interessa é que pôs toda a gente a ler, e isso representa uma mais-valia.... Pois, de facto! Mas se é para lerem aquilo, não seria preferível ficarem-se pela "Bola" ou pela "Maria"? Sempre seria uma atitude mais honesta e cerebralmente menos poluente... É que também nestes casos me parece que "mais vale só do que mal acompanhado"...

Publicado por castafiore às 12:40 AM | Comentários (4)

abril 19, 2004

Entrevista com Maria João Pires

" O que me assusta mais são as coisas não assumidas, as coisas escondidas. A mentira em que nós vivemos. Eu chamo-lhe um primitivismo porque acho que o Homem, neste momento, está mais perto do Homem primitivo do que alguma vez esteve."

"Há impedimentos que nos fazem crescer e há sofrimentos que nos fazem evoluir e eu tomo isso, por vezes, quando estou um pouco desesperada e quando as coisas me correm mal, tomo isso como uma forma de aprender."

(Maria João Pires em entrevista ao DNA, 14 de Dezembro de 2002)

Publicado por castafiore às 12:22 AM | Comentários (1)

abril 18, 2004

Leonardo da Vinci

Outro dia, ao ler um artigo muito interessante sobre a vida de Leonardo da Vinci, deparei-me com a seguinte frase, de um historiador russo (Dmitri S. Merezhkovsky), que em 1901 iniciou uma série de estudos e trabalhos que acabaram por culminar numa importante biografia do génio italiano:
"Foi como um homem que acordou demasiado cedo, na escuridão, enquanto todas as outras pessoas ainda dormiam".
Achei a frase cheia de significado e de verdade.

Publicado por castafiore às 11:16 PM | Comentários (1)

abril 17, 2004

O meu Pai

O meu Pai fazia hoje anos. O tempo do verbo está no passado porque, infelizmente, há já 8 anos que não posso dar-lhe um beijo especial de Parabéns neste dia ... E todos os dias, hoje em particular, penso nele e, curiosamente, as saudades não diminuem...; apenas aprendi a viver com elas.
Para ele, gostava de aqui deixar o último parágrafo do livro "Morreste-me" do José Luís Peixoto, escrito também em memória de um Pai querido...

"Descansa, pai, dorme pequenino, que levo o teu nome e as tuas certezas e os teus sonhos no espaço dos meus. Descansa, não vou deixar que te aconteça mal. Não se aflija pai. Sou forte nesta terra nos meus pés. Sou capaz e vou trabalhar e vou trazer de novo aqui o mundo que foi nosso. Vou mesmo, pai. O mundo solar. Reconhecê-lo-ei, porque não o esqueci. E também o tempo será de novo, e também a vida. Sem ti e sempre contigo. A tua voz a dizer orienta-te (...). Não se apoquente, pai. Eu oriento-me. Pai, não se preocupe comigo. Eu oriento-me. E vou. Anoitece a estrada no que sobra da manhã. Chove sol luz onde está o que os meus olhos vêem. A carrinha grande que prometeste, que planeaste para nós, que ganhaste a trabalhar meses, leva-me. Onde estás pai, que me deixaste só a gritar onde estás? Na angústia, preciso de te ouvir, preciso que me estendas a mão. E nunca mais nunca mais. Pai. Dorme, pequenino, que foste tanto. E espeta-se-me no peito nunca mais te poder ouvir ver tocar. Pai, onde estiveres, dorme agora. Menino. Eras um pouco muito de mim. Descansa, pai. Ficou o teu sorriso no que não esqueço, ficaste todo em mim. Pai. Nunca esquecerei."

Nunca esquecerei...

Publicado por castafiore às 12:50 AM | Comentários (2)

abril 14, 2004

Vizinhos

Um apontamento mais trivial: os meus vizinhos. Concretamente os meus vizinhos de cima. São muito versáteis! E muito, mas mesmo muito enérgicos! Acordam todos os dias às 7 da manhã, calçam sapatos de salto alto e botas cardadas a toda a família e iniciam aquilo que só pode ser um treino de sapateado... Em simultâneo começam a mudar toda a mobília da casa de umas divisões para as outras, com especial incidência naquela que fica por cima do meu quarto... Depois falam, gritam, chamam uns pelos outros, correm, deixam cair coisas ao chão e praticam actividades tão estranhas como diversificadas: jogam ao berlinde, saltam à macaca, treinam cama elástica e truques de malabarismo e dançam sevilhanas...
Se não é exactamente isto são coisas muito parecidas...
Incomodam??? Não, que ideia... Há 6 anos, dia após dia que andamos nisto...
Já foram contactados diversas vezes; já lhes foi explicado que perturbam, já foi pedido, negociado, suplicado, ameaçado.... Já foi informado que a lei e o regulamento do condomínio proíbem aqueles ruídos, àquelas horas... Inútil! Absolutamente inútil!!!!! Há mais reacção quando se fala com uma parede. Os seus cérebros mono neurónicos revelados pela expressão bovina do olhar levam até a duvidar se percebem sequer o som da língua Portuguesa. Apenas para se concluir, posteriormente, que não percebem uma vez que continuam a fazer exactamente o mesmo...
As hipóteses de mudar de casa para o último andar de um prédio, para um monte alentejano bem isolado ou mesmo para uma ilha deserta já foram seriamente ponderadas; tirar férias com calendários desencontrados é sempre uma alternativa... Ou então ... Planear vinganças sumarentas! O pior é que as madrugadas consecutivas impostas há tanto tempo começam já a afectar a imaginação. Se alguém tiver uma sugestão, as boas ideias agradecem-se...

Publicado por castafiore às 12:33 AM | Comentários (1)

abril 09, 2004

Major crisis

O sistema informático teve um colapso grave, global e generalizado. Apenas ontem voltou a ficar operacional e hoje começa a recuperar as suas anteriores potencialidades .... Esta a razão do silêncio. Curioso o clima de nervosismo/pânico que se instalou e a sensação de isolamento apenas porque não tínhamos acesso à internet, ao email, ao blog... Pensar que há 10 anos atrás as nossas vidas decorriam de forma perfeitamente equilibrada sem computadores em casa, emails, internet, telemóveis e esta necessidade/busca constante de estarmos em permanente comunicação e permanentemente on-call e on-line... "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades" e ninguém questiona a necessidade de acompanhar o ritmo do tempo, mas às vezes surge a dúvida se estas evoluções vão realmente no bom caminho... Pensar que outro dia estava a ver um filme na televisão e dei por mim a pensar que devia ser um filme já muito antigo pois os personagens, quando precisavam de comunicar uns com os outros, usavam cabines telefónicas e não telemóveis ... Até fiquei irritada comigo mesma!

Publicado por castafiore às 06:59 PM | Comentários (0)

abril 02, 2004

Moedinhas

Um muito breve comentário sobre essa verdadeira "praga" que assola algumas ruas de Lisboa. Mas ninguém extermina definitivamente aqueles parasitas da sociedade que em locais de estacionamento pago ou em parques em lugares marcados saltam para o meio do caminho, gesticulam até à exaustão, bloqueiam a passagem e, uma vez o carro parado, mergulham sobre a porta num acesso nunca visto de cavalheirismo?
Não são velhinhos, não são aleijados; a maioria tem até uma constituição física de respeito ... São todos homens novos e capazes de trabalhar mas em vez de irem procurar um qualquer emprego, por muito precário que seja, preferem parasitar os outros. E isto admite-se?
Não dou moeda! Recuso-me! Sou diariamente insultada e já me mentalizei para, um dia ao regressar ao carro, o encontrar riscado ou com um pneu em baixo, mas não contribuo para isto!
Será que mais ninguém se incomoda ...??? Ou têm pena deles...???

Publicado por castafiore às 11:55 PM | Comentários (3)